História Colors - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Chandler Riggs, Norman Reedus, The Walking Dead
Personagens Carl Grimes, Carol Peletier, Daryl Dixon, Maggie Greene, Rick Grimes
Tags Carl, Fear, Grimes, Negan, Rick, The Walking Dead, Zombies, Zumbis
Visualizações 283
Palavras 1.690
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção Científica, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Desde já peço desculpas pela demora! Talvez hoje saia mais de um capítulo, não vou prometer, mas estou preparando um capítulo bem grandão para vocês! <3
E estou com uma nova fic de zumbis, pra quem quiser saber mais é só perguntar nos comentários! Hehe
Estou tentando formatar minha escrita como a nova fic, eu percebo que melhorei muito naquela, e nessa eu ainda estou deixando muito a desejar, bem é isso que sinto! Huahuaha
E estamos chegando nos 100 favoritos! MUITO OBRIGADO DE CORAÇÃO MESMO, DE VERDADEEEEE
Eu nunca pensei que uma fic minha ia chegar a esse tanto de favoritos, sério huahahaha
Dessa vez vou colocar uma música de capítulo, só pra comemorar!
Boa leitura, queridos Walkers! <3

Capítulo 17 - Fique.


Fanfic / Fanfiction Colors - Capítulo 17 - Fique.

Música do capítulo: Stay - Rihanna ft. Mikko Ekko

 

 

Quiet pensava na sua vida quando aquela garotinha chegou perto e simplesmente tocou em seu ombro.

- Você é Quiet. - ela disse. Sua voz de criança era fofa e agradável aos ouvidos. Era muito difícil ouvir uma voz tão inocente em meio a um caos tão grande.

Quiet se ajeitou e escondeu o rifle para não assustar a garotinha que deveria ter no mínimo, 4 a 5 anos.

- Como sabe que eu sou Quiet? - ela pergunta, começando a conversar com a pequena garota.

A garotinha se senta perto de Quiet e observa o rifle quase escondido. Quiet percebe que a garotinha está olhando para ele mas resolve não dizer nada, só esperar a sua resposta.

- Papai diz que você é uma pessoa ruim. - a garotinha responde.

Então aquela era a tal Judith, filha do Rick, irmã mais nova de Carl. Quiet sabia muito pouco sobre Judith, mas tinha certeza de que a garota era a mais linda que ela já havia visto. Ela se daria muito bem com Lucille...

Quiet afastou aquele pensamento sobre a sua filha da sua cabeça e continuou sua conversa com Judith:

- Você acha que eu sou uma pessoa má?

- Não sei. - Judith responde.

- Deveria achar. - Quiet comenta irônica.

- Papai me disse que você perdeu sua filha. Como foi?

Uma faca enfiada no coração de Quiet doeria bem menos do que a pergunta que Judith resolveu fazer. Engoliu em seco e respirou fundo, essa era uma das coisas que Quiet mais odiava lembrar.

- Ela era pequena como você. Tinha olhos bem verdes, e um cabelo bem preto. Um dia, eu estava fora, a comunidade foi atacada e Lucille foi tirada de mim. Foi assim.

- Sinto muito.

- Pra uma garota com a sua idade, você é bem esperta.

Neste momento, Rick chega e vê Judith conversando com Quiet.

- Judith! - Ele grita. - O que eu mandei você fazer? Vá ajudar Michonne, agora!

- Mas pai, eu não gosto!

- Judith. - Rick pega ela e a afasta de Quiet. - O que eu conversei com você sobre falar com ela?

- Você não deixou pai.

- E por que você me desobedece? 

- Por que ela não é má, pai.

Rick fica sem palavras, então simplesmente manda Judith ajudar Michonne. Em seguida, ele chega perto de Quiet e diz:

- Nunca chegue perto de Judith. Você me ouviu?

- Não farei nada que ela não queira.

- Claro, por que você nunca vai se aproximar dela, por nada. Entendeu?

Quiet não responde.

Depois de tantos desentendimentos, Rick e Quiet se tornaram inimigos mortais. Ambos não suportam ficar perto um do outro e isso causa um clima negativo para o grupo que estava se preparando para enfrentar os Sussurradores. Quiet teria sua sentença e Negan seria libertado se ela voltasse viva. E tudo o que mais Quiet queria era voltar viva.

A rivalidade entre os dois ficou tanta, que suas brigas se tornaram constantes e Rick ameaçava bater em Quiet a todo momento. O homem pacífico que ele é, foge quando Quiet chega perto. Tanto ódio nunca foi explicado. Eles simplesmente a queria longe do grupo e de todos que o rodeavam.

Até mesmo Maggie, que também não gosta de Quiet, acha que Rick exagera as vezes. Mas ela o entende. Toda a raiva que Rick gostaria de descontar em Negan, ele desconta em Negan. Isso está se tornando uma grande tempestade, porém é somente o começo.

Quiet continua a limpar suas facas e sua rifle quando Daryl se aproxima.

- Rick reclamou de novo com você. - ele diz.

Quiet não responde.

- Ei, estou falando com você. Não quer conversar comigo?

Ela se vira pra ele, se levanta, dá um grande sorriso e diz:

- Não.

- Nunca vamos resolver os problemas assim, Quiet.

- Meus problemas já estão resolvidos com você, Dixon. - ela sai andando. - Passe bem.

Daryl pega no braço de Quiet e ela logo se defende, tirando a mão dele de perto dela.

- O que você quer?! - ela pergunta irritada.

- Garantir que você não enlouqueça Rick.

- Pra mim seria um honra se ele enlouquecesse. Pelo menos alguém teria algum motivo pra matá-lo, e isso seria ótimo, Dixon.

- Não, não seria. Negan é um carrasco, e você sabe disso. Está indo pelo caminho errado.

- Sei me resolver sozinha. Tchau.

Daryl deixa que ela vá embora, toca na sua testa e diz:

- Quiet, volta aqui.

Ela continua a andar.

- Quiet. - ele se aproxima. - Quiet, volta aqui!

- O que você quer?!! - ela grita.

Daryl dá um soco nela e ela cai no chão.

Rosita e Michonne chamam Rick e correm para ver o que está acontecendo. Quiet cospe sangue no chão e Daryl fala:

- Você têm que saber resolver os problemas de forma adulta! Soltar Negan não vai resolver absolutamente nada!

Michonne observa Quiet se levantando e percebe algo de diferente nela. Linhas negras apareceram em seu rosto, em torno dos seus olhos. Rosita chama Maggie e Rick pergunta:

- O que está acontecendo aqui? Prendam esse animal! - ele diz com Quiet.

Quatro homem chegam para prender Quiet, mas então acontece o inesperado.

A mulher chuta um dos homens com uma força descomunal, e ele para a metros de distância dali. Em seguida, pega a faca e arranca a cabeça de outro cara como se aquilo fosse papel. Rick tenta atirar nela mas ela usa o corpo do homem decapitado como escudo. Michonne sai de perto, junto com Maggie e Quiet continua a ferir o pessoal que se aproxima dela. Daryl tenta cair em cima dela, mas simplesmente é chutado com força como o primeiro homem.

Um dos caras morde Quiet e ela grita, arrancando a orelha do homem com a boca. Ela cospe a orelha no chão e dá dez facadas no peito do homem, com um salto, ela ultrapassa outros caras e atinge uma mulher com a perna.

Daryl tenta chegar perto novamente mas dessa vez é cortado. Se inicia uma briga de facas entre os dois e Quiet vence, acertando Daryl no braço. Rick se levanta e tenta fugir do local, mas ele pega a arma e atira em Quiet, mas por incrível que pareça, ela se move tão rápido que desvia a bala e outra pessoa é atingida.

Daryl tenta se levantar novamente, vendo cada corpo detonado no chão e Quiet indo em direção a Rick. Ele joga coisas nela mas nada adianta, então ela perde a paciência e dá outro chute nele, que perde a consciência por alguns minutos.

Completamente fora de controle, e cheia de sangue pelo corpo, Quiet senta em cima de Rick e aperta o seu pescoço. Ele implora pela vida, mas Quiet não é piedosa. No entanto, ela para quando Daryl grita:

- Me mate! Me mate, mas não mate ele! Judith não pode ficar em pai!

- Eu não ligo! - ela diz com raiva.

- Você ligava pra Lucille!

- Lucille morreu! Todos que eu amava estão mortos!!!

- Eu não estou morto!

Quiet solta Rick que cai desacordado, e se aproxima de Daryl.

- Nunca - ela dá um soco nele - mais - outro soco - chame o nome - outro soco - de Lucille em vão!! Tenha um pouco de respeito! - Ela cospe em cima de Daryl. - Eu odeio você! Odeio você!!! - ela grita.

Daryl já não consegue mais respirar.

- Quiet pare!! - Rick grita de longe. - Você vai matar ele!!

Quiet não para de dar socos, Daryl já não está mais acordado.

Tudo para por um momento. Quiet começa a chorar. Daryl não está respirando.

- Eu odeio você!! - ela ainda grita. - Acorde seu desgraçado!!

Rick enche seus olhos de lágrima, tanto por Quiet quanto por Daryl.

- Por que você faz isso comigo?!! - ela grita novamente. - Eu preciso de você. Eu preciso de você vivo!

Rosita não consegue pronunciar palavra alguma. Aquele era um campo de batalha, e os Sussurradores já começavam a chegar.

Quiet se levanta, tudo parece câmera lenta. Ela pega o seu rifle e começa a atirar um em um. Mulher, homem, adolescente. Os Sussurradores são lentamente exterminados.

Ao acabar as balas, ela pega sua faca e parte pra cima de todos. O grupo de Daryl observa de longe toda a carnificina. Os Sussurradores que tenta fugir têm suas gargantas cortadas e seu estômago perfurado. Os que ficavam tinham suas cabeças arrancadas. Rick observava tudo de longe, mas então resolveu ajudá-la.

Ele pega uma pistola, mas tudo está em câmera lenta. Tudo passa muito devagar para ele.

Michonne pega Daryl com ajuda de Rosita e ele volta a respirar.

- Quiet! - Rick grita. Ele dá a pistola a ela e ela consegue terminar de matar todo o grupo dos Sussurradores.

Sua cor estava vermelha. Coberta por um manto escarlate de sangue e se aproximando dele. Ele pôde jurar que estava no céu e aquele era um anjo escarlate, coberta por uma manta vermelha de sangue dos pecadores. Mas era só Quiet. Seus olhos exalavam ódio.

Ela aponta a arma para ele e ele sente o cheiro de sangue vindo do corpo dela. O cano da arma encosta na sua testa e ela olha no fundo dos olhos dela. Seus cabelos estão encharcados de sangue e suor.

- Eu sou uma mulher de palavra. - Ela diz. - Eu acabei com o grupo dos Sussurradores. Eu quero um pedaço de Daryl e se quiser eu posso tirar um seu também.

- Quiet...

- Não gaste suas palavras Rick. Eu salvei vocês dos Sussurradores, liberte Negan e estaremos quites. Sem tortura, sem mais mortes. Judith não precisa ver mais carnificina.

- Você quase me matou.

- Você mereceu.

- Daryl está quase morto!

- E ele também mereceu! Vocês não sabem quantas vezes eu quase morri pelo bando de vocês!

Rick se cala.

- Liberte Negan. Ou eu vou precisar matá-lo na prisão, com as minhas próprias mãos!


Notas Finais


Desculpem se foi pouco! Por favor comentem!
Beijos! <333


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...