História Colors (Larry Stylinson) - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Little Mix, One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Perrie Edwards, Zayn Malik
Tags Larry, Larry Stylinson
Exibições 295
Palavras 2.336
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


AGORA SANTO CRISTO ERA BANDIDO DESTEMIDO E TEMIDO NO DISTRITO DEFERAAAAAL
desculpa a empolgação e desculpa eu ficar cantando legião urbana a essa hora da madrugada
MAS EU SOU LOUCA
isso vcs sabem né

genteeeee esse caaaaaap aaaaaa
só boa leitura xx

Capítulo 12 - I'll Made This Feel Like Home, Where My Demons Hide


Perrie: Eu não acredito que as aulas mal começaram e já estamos cheios de trabalhos. Isso é castigo. – Perrie resmungava do chão. Ela e Louis estavam no dormitório de Harry (sim, de Harry) fazendo todos os trabalhos que eles conseguiam.

Louis: Além de ter me arrastado ao dormitório do Harry, você ainda esta reclamando? – Tomlinson se remexeu desconfortável na poltrona em que ele estava sentado. Harry tinha saído para um lugar que Louis não ousou perguntar onde era, e tinha deixado Perrie no seu dormitório, e ela insistiu em dizer que só ajudaria Louis se ele fosse no dormitório de Harry.

Perrie: Meu amor, não foi você que ajudou o Harry com esse piano. – Pérrie apontou para o instrumento recém colocado no centro da sala do dormitório de Harry. - Eu estava exausta demais pra sair daqui, então ou você vinha ou eu não te ajudava, e você sabe que eu sou a mente desse lugar.

Louis: Mas tinha que ser justo aqui? Não tinha outro lugar?

Perrie: E qual o problema daqui? Achei que vocês tinham virado amigos, ou pelo menos tinham começado a se falar.

Louis: Nós somos meio que amigos, mas sei lá, não me sinto bem aqui.

Perrie: Deixa de frescura e estuda. O Harry nem ao menos esta aqui. Além do mais, estamos quase terminando.

Louis bufou e voltou sua atenção ao seu notebook. Quanto mais rápido ele terminasse, melhor seria. Eles ficaram assim por mais vinte minutos, e Louis estava terminando de formatar a ultima linha, quando a porta da frente se abriu, com Harry entrando pela mesma.

O cacheado estava com a mão cheia de papeis, e passou por eles sem nem ao menos olha-los. Bem, eles já tinham se cumprimentado mais cedo, mas um pouco de educação seria bom.

Harry foi em direção ao piano e se sentou em frente a ele, deixando os papeis em cima do instrumento. Ele começou a dedilhar as teclas levemente, mas Louis tirou sua atenção dele quando Perrie o chamou.

Perrie: Lou lindo do meu coração, eu vou ter que sair, meu trabalho já esta pronto, imprime e grampeia para mim? Obrigada, pode deixar meu notebook aqui, depois eu pego, te amo querido. – A sorte de Perrie foi ter saído correndo do dormitório, ou Louis iria mata-la sem nem pensar duas vezes. Ele ficou estático por alguns segundos percebendo que ela realmente tinha deixado ele ai, sozinho, com Harry.

Harry: A impressora esta ali naquela mesinha. Você pode usa-la. – A voz rouca de Harry soou baixa por todo a sala. Louis apenas assentiu idiotamente com a cabeça, já que Harry estava focado demais no piano para olhar pra ele. Louis pegou seu notebook e o de Perrie e conectou com a impressora, preparando os trabalhos para a impressão. – Você se importa se eu tocar uma musica agora?

Louis: Claro que não. O dormitório é seu de qualquer maneira. – Louis respondeu meio acanhado e Harry deu de ombros, sorrindo um pouco... envergonhado?

Os dedos de Styles novamente começaram a dedilhar as teclas, logo criando uma melodia um tanto familiar para Louis.

(Deem play na musica: Demons – Imagine Dragons)

Harry: When the days are cold

And the cards all fold

And the saints we see

Are all made of gold

(Quando os dias são gelados

E as cartas todas dobradas

E os santos que nós vemos

São todos feitos de ouro)

 

When your dreams all fail

And the ones we hail

Are the worst of all

And the blood’s run stale

(Quando todos os seus sonhos falham

E aqueles que saudamos

São os piores

E o sangue vai secando)

 

I wanna hide the truth

I wanna shelter you

But with the beast inside

There’s nowhere we can hide

(Eu quero esconder a verdade

Eu quero te abrigar

Mas com a fera por dentro

Não há lugar onde podemos nos esconder)

 

No matter what we breed

We still are made of greed

This is my kingdom come

This is my kingdom come

(Não importa o que criamos

Continuamos sendo feitos de ganância

Esse é meu reinado vindo

Esse é meu reinado vindo)

 

When you feel my heat

Look into my eyes

It’s where my demons hide

It’s where my demons hide

(Quando você sentir meu calor

Olhe para os meus olhos

É onde meus demônios se escondem

É onde meus demônios de escondem)

 

Don’t get too close

It’s dark inside

It’s where my demons hide

It’s where my demons hide

(Não chegue tão perto

É escuro por dentro

É onde meus demônios se escondem

É onde meus demônios se escondem)

 

At the curtain’s call

Is the last of all

When the lights fade out

All the sinners crawl

(Quando as cortinas se fecharem

Será a ultima de todas

Quando as luzes se apagarem

Todos os pecadores rastejarão)

 

So they dug your grave

And the masquerade

Will come calling out

At the mess you’ve made

(Então eles cavaram as suas sepulturas

E o baile de mascara

Irá vir anunciado

Até a bagunça que você fez)

 

 

Don’t wanna let you down

But I am, hell bound

Thought this is all for you

Don’t wanna ride the truth

(Não quero te decepcionar

Mas meu destino é o inferno

Apesar de isso tudo ser pra você

Não quero esconder a verdade)

 

No matter what we breed

We still are made of greed

This is my kingdom come

This is my kingdom come

(Não importa o que criamos

Continuamos sendo feitos de ganância

Esse é meu reinado vindo

Esse é meu reinado vindo)

 

When you feel my heat

Look into my eyes

It’s where my demons hide

It’s where my demons hide

(Quando você sentir meu calor

Olhe para os meus olhos

É onde meus demônios se escondem

É onde meus demônios de escondem)

 

Don’t get too close

It’s dark inside

It’s where my demons hide

It’s where my demons hide

(Não chegue tão perto

É escuro por dentro

É onde meus demônios se escondem

É onde meus demônios se escondem)

 

 

They say it’s what you make

I say it’s up to fate

It’s woven in my soul

I need to let you go

(Eles dizem que é o que você faz

Eu digo que é o destino

Está enrolado na minha alma

Eu preciso deixar você ir)

 

Your eyes, they shine so bright

I want to save that light

I can’t escape this now

Unless you show me how

(Seus olhos, eles são tão brilhantes

Eu quero salvar essa luz

Eu não consigo escapar disso agora

A menos que você me mostre como)

 

When you feel my heat

Look into my eyes

It’s where my demons hide

It’s where my demons hide

(Quando você sentir meu calor

Olhe para os meus olhos

É onde meus demônios se escondem

É onde meus demônios de escondem)

 

Don’t get too close

It’s dark inside

It’s where my demons hide

It’s where my demons hide

(Não chegue tão perto

É escuro por dentro

É onde meus demônios se escondem

É onde meus demônios se escondem)

 

Louis estava em choque. Totalmente em choque

A impressora já tinha impresso todas as folhas a séculos, mas Louis não moveu um musculo. Em nenhum momento ele deixou de prestar atenção na melodia, na voz de Harry, e na letra.

Ele estava completamente boquiaberto com tudo, enquanto Harry olhava pra Harry em expectativa. Quando Louis percebeu o olhar sobre si, logo tratou de abrir a boca e tentar pronunciar alguma coisa.

Louis: Isso foi... Isso foi...

Harry: Você não gostou?

Louis: Harry Styles, isso foi incrível. Perfeito. De verdade. Essa musica nem é tocada no piano e você... você... como você fez isso? Isso foi perfeito.

Harry: Obrigada. – Harry sorriu pra Louis , e caralho, os olhos dele estavam mais verdes do que nunca. O sol entrava pela janela e iluminava o corpo de Harry, principalmente seus olhos. Porra.

Cada vez mais a voz que estava na mente de Louis desde que ele reconheceu aquela musica, estava gritando:

Essa musica não era coincidência. Ela tinha um significado.

Olhe para os meus olhos, é onde meus demônios se escondem.

Ah, os olhos verdes e brilhantes que estavam na frente de Louis, que na maioria das vezes eram escuros e vazios. Os demônios definitivamente se escondiam ali.

Quando nossos sonhos falham e aqueles que saudamos são os piores.

Os sonhos de Harry eram cinza. Eram quebrados, assim como ele.

E Harry sabia, ah ele sabia, que as pessoas que o cercavam, todos os que o bajulavam, eram sem alma. Sem cor. Sem vida. Sem nada. O bajulavam por puro interesse. Apenas para ter a chance de estar com Harry Styles, o popular da escola. O quão ridículo isso podia ser? Ele não era a porra de um objeto. As pessoas que o cercavam eram as piores.

Não importa o que criamos, continuamos sendo feitos de ganância.

Aquilo era definitivamente triste. Porque essa era provavelmente a visão que Harry tinha do mundo. A visão que ele tinha dos humanos. E era a mais pura verdade, ninguém, absolutamente ninguém podia negar isso, mas Louis ainda sim se sentia triste, porque Louis conseguia ver bondade nos outros. Ele conseguia ter esperança.

Não chegue tão perto, é escuro por dentro.

Harry.

Harry era escuro por dentro. Harry era fodido por dentro. Harry era sem cor por dentro.

Eu não consigo escapar disso agora, a menos que você me mostre como.

E pela milésima vez, Louis prometeu a si mesmo que iria ajudar Harry.

Ele iria mostra-lo como.

A única coisa que Louis não percebeu, foi que outra parte da musica tinha sido direcionada especialmente pra ele.

Seus olhos são tão brilhantes, eu quero salvar essa luz.

...

Louis: E-eu posso tocar uma musica? No piano?

Harry: Claro. – Harry se levantou dando espaço pra Louis. O maior se apoiou no piano e observou Louis se sentar e começar a dedilhar as teclas. – Não sabia que você tocava.

Louis: Eu toco desde pequeno... Vamos lá. – Louis começou a sua melodia. Ele iria mostrar como.

(Deem play na musica: Home – One Direction)

Louis: Make a little conversation

So long I’ve been waiting

To let go myself and feel alive

So many nights I thought it over

Told myself I kind of liked him

But there was something missing in his eyes

(Um pouco de conversa

Estive esperando por tanto tempo

Para me libertar e me sentir vivo

Tantas noites eu pensei sobre isso

Me convenci que eu gostava dele

Mas tinha algo faltando em seus olhos)

 

I was stumbling, looking in the dark

With an empty heart

But you say you feel the same

Could we ever be enough?

Baby we could be enough

(Eu estava tropeçando, procurando no escuro

Com um coração vazio

Mas você diz que sente o mesmo

Poderíamos ser o suficiente?

Baby, poderíamos ser o suficiente)

 

And it’s alright

Calling out for somebody to hold tonight

When you’re lost, you’ll find a way

I’ll be you light

You’ll never feel like you’re alone

I’ll make this feel like home

(E esta tudo bem

Chamando por alguém para abraçar essa noite

Quando você estiver perdido, você irá achar um caminho

Você nunca vai se sentir sozinho

Eu farei se sentir em casa)

 

 

So hot that I couldn’t take it

Want to wake up and see your face

And remember how good it was being here last night

Still high with a little feeling

I see the smile as it stars to creep in

It was there, I saw it in your eyes

(Tão quente que eu não conseguia aguentar

Quero acordar e ver o seu rosto

E lembrar o quão boa foi a noite passada

Ainda chapado com a pequena sensação

Eu vejo o sorriso quando ele começa a aparecer

Eu estava lá, eu vi isso em seus olhos)

 

I was stumbling, looking in the dark

With an empty heart

But you say you feel the same

Could we ever be enough?

Baby we could be enough

(Eu estava tropeçando, procurando no escuro

Com um coração vazio

Mas você diz que sente o mesmo

Poderíamos ser o suficiente?

Baby, poderíamos ser o suficiente)

 

 

And it’s alright

Calling out for somebody to hold tonight

When you’re lost, you’ll find a way

I’ll be you light

You’ll never feel like you’re alone

I’ll make this feel like home

(E esta tudo bem

Chamando por alguém para abraçar essa noite

Quando você estiver perdido, você irá achar um caminho

Você nunca vai se sentir sozinho

Eu farei se sentir em casa)

 

 

I’ll make this feel like home

(Eu farei se sentir em casa)

 

Baby we could be enough

(Baby, poderíamos ser o suficiente)

 

It’s alright

Calling out for somebody to hold tonight

When you’re lost, you’ll find a way

I’ll be you light

You’ll never feel like you’re alone

I’ll make this feel like home

(Está tudo bem

Chamando por alguém para abraçar essa noite

Quando você estiver perdido, você irá achar um caminho

Você nunca vai se sentir sozinho

Eu farei se sentir em casa)

 

Louis não sabia se Harry tinha entendido o que ele quis dizer. Mas ele esperava que sim.

E o que ele quis dizer?

Me convenci que eu gostava dele, mas tinha algo faltando nos seus olhos.

No começo, Louis praticamente odiava Harry. Ele teve que se auto convencer de que gostava do cacheado para que eles pudessem conviver, já que eles estavam juntos praticamente toda hora, mas sempre tinha algo faltando nos olhos de Harry.

Eu vejo o sorriso quando ele começa a aparecer, eu estava lá e vi isso nos seus olhos.

Louis queria que Harry soubesse que Louis sabe quando Harry esta sorrindo verdadeiramente. E ele ama quando Harry sorri de verdade pra ele, porque ele sorri com a boca, os olhos e o coração. É uma coisa linda, realmente. Louis poderia ver aquilo acontecendo pelo resto da vida. Principalmente do dia que eles pegaram chuva juntos.

Mas principalmente, em tudo isso, Louis queria que Harry entendesse uma coisa:

Esta tudo bem, chamando por alguém para abraçar essa noite.


Notas Finais


Twitter: @boymeetstydia
SE PA não vai dar pra postar destiny
sorry ae mas é a vida

beijao e até mais sz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...