História Com um K é dois T - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Adolescentes, Diversão, Escola, Romance
Visualizações 13
Palavras 463
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Desculpa estou ocupada então os capítulos estão menores amanhã vou tentar posta a continuação desse bjos.

Capítulo 10 - Um manhã boa.


Maldita hora que coloquei Animals como despertador, ficava cada vez mais animada e tive que levantar porque a esperta deixou o celular na penteadeira, estava frio para melhorar, minha cara de sono tava para ver se longe, coloquei um moletom qualquer, um tênis meu cabelo nao arrumei só coloquei de lado, tomei dois cafés para ver se acordo, e não teve jeito tive de passar com corretivo, Beto me mandou mensagem estava na porta de casa, peguei minha mochila, meu celular fui, provalvelmente Beto Não tinha dormido estava com o cabelo muito bagunçando, um moletom largo, e falou:

- Oi, acho que estamos atrasados Joe já tinha Saído. - Ele disse coçando o olho.

- Como assim? - Falei espantada.

- Ele não me acorda, se um de nós quiser faltar, não acorda. - Ele falou andando mais rápido.

- Por que ele não passou aqui? - andei mais rápido para escutar ele.

- Ele não te ligou, mensagem? 

- Deixa eu ver. - Peguei meu celular para ver. - Sim me ligou estava dormindo ainda - Andamos rápido, quase chegando corremos, a primeira aula era geografia estávamos fudidos, batemos na porta e Adam falou:

- Os senhores estavam fazendo o quê, para não chegarem no horário? 

- Ahh - Começou Beto. - Meu celular não tocou.

- Então meu celular estava mal conectado e não carregou. - Falei seria para o professor.

- Sério - Adam olhou para nós dois. - Vocês estavam aonde?

- No caminho aonde mais estaríamos! - falou Beto perdendo a paciência.

- Sei lá, namorando, fazendo coisas proibidas o que mais esperar de um Watson. - Disse Adam com um sorriso muito irritante.

- Oi? Nos temos 16 anos, insunie mais uma coisa dessa que o senhor irá se ver não comigo porém com seus chefes, E NUNCA MAS FALE DA MINHA FAMÍLIA! - Beto perdeu a paciência.

- Não falei nada de mais da sua família - Parecia que Adam queria ver o circo pegar fogo. - eles não são o que dizem, pelo que minha casa se lembra vocês não são muitos cilivizados.

- Tem certeza que quer pagar para ver ou vai deixar meu irmão entrar para ver essa sua aula de merda. - Joe falou no ouvido do professor teve muita coragem.

- Entrem porém outra vez que isso acontecer vocês não entrem. - Ele deu passagem, Joe saiu rindo com um tom de deboche.

- Por que ele acha isso de vocês? - Eu perguntei estava curiosa, muita coisa aconteceu antes de eu vim para cá.

- Então, ele sempre me odiou ai em um dia eu, Beto e papai jogamos papel higiênico na casa dele toda. - o dia passou nemhum professor deu mais um chilique graças a deus, depois todos iriam na minha casa, para a gente conversar sobre essa linda cena do professor chatonildo Adam.



Notas Finais


Comentem!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...