História Com um K é dois T - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Adolescentes, Diversão, Escola, Romance
Visualizações 20
Palavras 816
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oiii, estou de volta, boa leitura espero que gostem.

Capítulo 11 - Uma tarde muito boa.


Cheguei em casa, mamãe estava na cozinha ela nunca ficava em casa sempre almoçava no trabalho ou ficava revolvendo casos, porém estava com roupa de trabalho e perguntei:

- Mãe tá fazendo o quê em casa? 

- Meu salto estava machucando então vim para casa, comprei hot dogs são ótimos, ,não como os de Nova York mais é muito bom. - Disse mamãe pegando pratos.

- Ah ok, você não sabe o que aconteceu - Falei muito animada. - Eu me atrazei ai o professor Payne  deu um chilique, não queira deixar eu e Beto entrar, Beto perdeu a paciência e começou a discutir com ele, até que Joe entrou na discussão e ele deixou a gente entrar, ele é muito louco, tipo louco pra porra.

- Nossa não sei se me surpreendo com esse Payne ou com você falando palavrão? - Disse mamãe rindo.

- Nossa são bons mesmo, até parece que se surpreendeu. - Falei pegando mais molho, quando acabei fui para o quarto tomar banho, coloquei uma casaco estilo militar com uma calça rasgada, fiz um coque que estava mais bagunçado que o cabelo do Beto, comecei a arrumar meu quarto, tinha muito tênis meia jogados pelo chão, quando terminei fui ler as últimas páginas de Maze Runner Que livro pode enrolar no começo mas o final é sensacional com certeza foi para a lista dos favoritos.

A campanhia tocou, fui atender Joe e Choe estavam brigando para variar:

- Oi Kattherine sua amiga Choe ficou com Nicloas Cohen! - Joe quase gritou estava com raiva, não como falava com Adam porém com raiva mesmo,Nicolas era capitão do time de futebol, tinha um corpo atlético, seu marxilar era bem marcado, sua boca era bem vermelha ele era bem bonito.

- Joe ele é bonito, e beija bem pra porra. - Disse Choe rindo e entrando em casa.

- Ele estava quase engolindo você, ele é um pervertido. - Disse Joe sentado no sofá ou melhor se jogando Beto estava normal como sempre.

- Ah Joe chega, falou o culto nem vou citar o que faz com quem você fica. - Disse Beto perdendo a paciência.

- Parou Joe? - Disse Choe calma.

- Ok, vamos fazer o que? - Falei tentado quebrar o gelo. 

- Que tal, ir andar de skate, acho que não vai acontecer mais nada para algum de nós se estressar. - Disse Choe encarando Joe.

- Vocês vão para a pista eu e Joe vamos pegar os skates Ok? - Disse Beto se levantando.

- Ok. - eu disse.

Saímos eu e Choe comecamos a conversar:

- Como foi? 

- Ele me perguntou sobre a matéria de Química, - Começou Choe o que eu amava nela porque contava as histórias completas. - comecamos a conversar, aliás ele é muito engraçado, comecamos a nos olhar é ele me beijou no começo foi só um beijo besta, ai ele me puxou e o beijo começou a esquentar, nessa hora Joe viu a gente, não falou nada só no caminho para cá, que fez esse lindo drama todo.

- Nossa ele é lindo passou, seu número né? - Eu tenho de parar de fazer essa perguntas.

- Sim olha essa foto do perfil. - Ela me mostrou, meu deus ele é lindo, sexy tipo a foto do Beto só que mesmo zueiro, sentamos em um banco 15 minutos depois Beto e Joe chegaram, os skates deles eram lindos tinha  de andar em um, porém fiz a que não sabia remar:

- Me ensinam? - Falei.

- Lógico, vamos você já andou alguma vez? - Perguntou Beto pegando o skate.

- Nunca. - Menti.

- Vamos para a aquele lugar que é mais plano é tem menos gente. - Disse Beto.

- Ok. - fomos para onde ele pediu Joe e Choe foi junto para rirem.

- Coloca o pé em cima tenta se equilibrar sozinha, - eu obedeci, mesmo já sabendo remar - agora você vai remar tipo o que o Joe tá fazendo Ok? Eu vou estar aqui se for cair. - eu remei normal, o que queira mesmo aprender era fazer manobras, mas se eles souberem que já sei eles vão pegar pesado - Boa!! Tem certeza que não sabia andar? 

- Não muita, como faz um ollie? - Falei.

- Calma você acabou de aprender a remar sei lá louca! - Disse Choe.

- Você manda bem... - Disse Joe.

- Ok vou ensinar, porém Oliver e Patrick estão aqui não me sinto bem eles aqui. - Falou Beto com um jeito fofo.

- Quer saber vamos embora com nossa sorte ele vai vim arrumar briga com a gente. - Disse Choe determinada, indo para casa Beto tropeçou em uma pedra caindo de cara na neve fazendo a gente morrer de rir, eles foram para casa por Beto estar todo molhado com frio.

Em casa tomei uma xícara de chá bem quentinha  mamãe chegou fez lasanha para a gente comer, dessa vez eu fui dormi cedo, trocando Animais por Tremor, sim eu queira ficar surda quando acordar.



Notas Finais


Comentem o que achou, estão gostando??


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...