História Com você - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Drama, Original, Perda, Romance, Sexo
Visualizações 3
Palavras 1.259
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


MAIS UM AI PRA VCS! ESPERO QUE GOSTEM!!!!!!

Capítulo 8 - Chapter 7


 

CAPÍTULO NÃO REVISADO.

 

Samara — To ferrada!!!!! Minha mãe vai me matar Kim. Olha quanto eu tirei - ela praticamente esfrega a avaliação na minha cara - 

 

Kimberly — 3,0 ? Tirei mais que você amiga - mostro a minha pra ela - 3,5 porque eu acertei na sorte essa questão de verdadeiro ou falso. - dou língua -

 

Estávamos na sala de aula recebendo nossa avaliação de física e já previ o meu futuro, que seria sentada na frente da diretora, me justificando o do porque eu estar com uma nota tão baixa se eu andava frequentando as aulas de reforço. 

 

Roberta — Tua mãe vai te matar mesmo Sam, já é o que? A sexta nota abaixo de cinco que você leva pra casa? 

 

Samara — Acho que é a quarta... Não sei direito. - parou pra pensar - 

 

Professora — Se continuarem assim mocinhas - disse olhando pra mim, Sam e Roberta - já sabem que podem dar adeus para a festa do fim de ano. 

 

Roberta — Sabemos disso professora. 

 

Professora — Recado dado! Se repetirem novamente, é porque não foi por falta de aviso. 

 

Depois que a rabugenta acabou de dar as lições de moral para a metade da turma que também se deu mal na avaliação, ela finalmente nos liberou para o intervalo. 

 

 

 

Roberta — Querendo ou não ela tem razão. - comentou Roberta após dar um gole no seu refrigerante - Precisamos parar de ficar na vagabundagem e começar a focar mais nos estudos. Não quero pegar mais uma recuperação. 

 

Kimberly — É verdade! 

 

Samara — Uhum.... - resmunga com os olhos fixos na tela do celular - 

 

Kimberly — Mano, larga esse celular um pouco, já está dando nos nervos você digitando rápido sem nem olhar direito para as teclas! 

 

Samara — Posso fazer nada se você é pior do que a minha vó quando o assunto é tecnologia. E eu estou conversando com o Léo, estamos marcando de ir ao cinema nesse fim de semana. 

 

Kimberly — Hum.

 

Roberta — Você acha que depois de mostrar essa nota, sua mãe vai te liberar pra sair? 

 

Samara — Primeiramente são NOTAS, porque até hoje eu não mostrei a ela as notas anteriores, e sinceramente... Não pretendo mostrar tão cedo, sei que vou ficar de castigo mesmo! Então preciso aproveitar enquanto posso. 

 

Kimberly — Se você pensa assim....... - murmuro - 

 

Samara — Falou a certinha. 

 

Kimberly — A questão não é essa Samara. Eu só acho que você deveria dar graças a Deus por ter alguém que realmente se preocupe com você e que sempre vai querer o seu bem. Acha mesmo que eu me orgulho de ter apenas uma pessoa da família, e que por ironia do destino, essa única pessoa caga e anda pra mim?!

 

Samara — Foi mal Kim.... Saiu sem querer. - me encara - 

 

Kimberly — Sempre sai... - desvio o olhar -

 

Silêncio.

 

Roberta — Bom gente..... Deixa eu ir me adiantando e pegar meu livro de sociologia que eu emprestei pro Tiago hoje mais cedo. Até daqui a pouco.

 

Samara — Até.

 

Kimberly — Valeu! 

 

Samara — Léo tá dizendo aqui que o Gael quer o seu número para te adicionar no WhatsApp, posso passar? 

 

Kimberly — Não. - volto a comer meu biscoito - 

 

 

 

Durante a aula de sociologia, eu fiquei reparando que a Samara ficava me encarando inquieta.....

 

E isso já estava me deixando irritada e curiosa ao mesmo tempo. 

 

Kimberly — Desembucha logo Sam.

 

Samara — O...o...Que ? 

 

Kimberly — Você sabe. - reviro os olhos -

 

Samara — Sei que você disse não.... Mas eu...passei o... o...

 

Kimberly — O... o ... o O QUE SAMARA? Pelo amor de Deus cara. - gargalho - 

 

Professor — Lugar de conversa é lá fora. Mais um incômodo desse tipo e eu retirarei vocês duas da minha aula. 

 

Kimberly — Foi mal. - reviro os olhos e volto a encarar Samara - Agora fala! 

 

Samara — Seu número pro Gael. 

 

Kimberly — Meu número? Pro Gael? - fico confusa - 

 

Samara — Sua lerdeza me irrita as vezes. - bufa - 

 

Kimberly — Cara, seja mais específica? - volto a anotar a atividade do quadro no meu caderno - 

 

Samara — Passei o seu número pro Gael. - diz normalmente -

 

Kimberly — At...PORRA!!! O QUE EU DISSE HOJE MAIS CEDO SOBRE ISSO SAMARA? - exclamo - 

 

Samara — Mas é qu...

 

Professor — AS DUAS FORA DA MINHA AULA AGORA! APROVEITEM O CAMINHO E FIQUEM DIRETO NA ORIENTAÇÃO. - esbraveja - VAMOS VER SE A ORIENTADORA VAI FICAR FELIZ COM A SUA SÉTIMA VISITA NA SALA DELA SENHORITA KIMBERLY!!!!! 

 

Kimberly — Se ela ficar eu te aviso professor. - dou um sorrisinho e guardo todo o material na mochila - 

 

Samara — Me espera... - a espero na porta - Pronto. 

 

 

 

Samara — Eu sei que fiz errado, mas caramba! Eu só fiquei empolgada com isso e passei seu número. O que tem demais nisso? 

 

Eu e Samara estávamos sentadas na arquibancada da natação, esperando dar o horário da saída pra meter logo o pé e não encarar a orientação.

 

Kimberly — Você sabe que eu detesto quando alguém não respeita minhas decisões. Se eu disse não, era porque eu não queria Samara. - encaro ela que desvia o nosso olhar para a piscina - 

 

Samara — Eu só fiquei com esperança. 

 

Kimberly — De? - indago confusa - 

 

Samara — Ah sei lá..... De você finalmente querer uma pessoa do seu lado... E deixar a felicidade fazer parte da sua vida mais uma vez...

 

Suspiro cansada.

 

Kimberly — Você sabe o que eu penso sobre isso. Não quero falar tudo de novo. 

 

Samara — "A felicidade é para os poucos, e eu não estou inclusa nessa minoria" ... E blá blá blá - revira os olhos - Sempre fugindo do assunto e dizendo essas coisas. Só quero ver o dia que você começar a gostar realmente de uma pes... - interrompo ela - 

 

Kimberly — Aí que tá! Eu não quero uma pessoa para se envolver, além de uma simples ficada. 

 

Samara — Nem tudo acontece duas vezes. - murmura me fazendo relembrar da minha terrível perda - 

 

Kimberly — Em relação à perda das pessoas sim. E eu não estou preparada para isso. - murmuro com a voz embargada - 

 

Samara — De alguma maneira você precisa estar. Porque eu não sei se amanhã eu vou acordar viv... - interrompo ela - 

 

Kimberly — Nem ouse terminar de falar isso. - fulmino ela com o olhar - Já chega desse assunto. 

 

Silêncio.

 

Samara — Você precisa parar de pensar nisso, tira isso da cabeça e comece a viver, porque algumas coisas só passam pela nossa vida, uma única ve.... - somos interrompidas pelo meu celular - 

 

Ligação: 

 

Kimberly: Oi. 

 

XxxxX: Tudo certo pra mais tarde meu amor? 

 

Kimberly: Tudo sim. Mas não me chame de seu amor, porque eu não sou. 

 

Ligação Encerrada. 

 

Me levanto da arquibancada.

 

Samara — Eitaaaaa. Quem era? 

 

Kimberly — Renan. - dou de ombros - 

 

Samara — E o que ele queria com você? O que tem mais tarde? 

 

Kimberly — Uma pergunta de cada vez. Mas responde suas duas perguntas, é sexo. E antes que você diga alguma coisa, sou solteira e não sou como a Mia que além de se envolver com caras comprometidos, dá vários moles e deixa vazar vídeos dela transando. 

 

Samara — Não sei como você não tem receio de alguém sair espalhando que tá transando com você. 

 

Kimberly — Quem come quieto almoça e janta. E eu nunca repito o mesmo prato do mesmo local. - pisco - 

 

Samara — Minha melhor amiga é uma vadia... - faz uma voz de sofrimento - Me ajuda senhor. - rimos - 

 

Kimberly — Vamos logo andando porque o sinal já vai bater pra liberar. 

 

Abraço ela de lado e caminhamos em direção à saída


Notas Finais


Gostaram? Se sim, não esqueçam de comentar. Críticas construtivas tbm são bem-vindas!!!! Beijos e até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...