História Com você no coração - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Boruto Uzumaki, Chouchou Akimichi, Chouji Akimichi, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Himawari Uzumaki, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Inojin Yamanaka, Iruka Umino, Kakashi Hatake, Konohamaru, Mitsuki, Naruto Uzumaki, Sai, Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sasuke Uchiha, Shikadai Nara, Shikamaru Nara, Temari
Tags Narusasu, Sasunaru
Exibições 177
Palavras 1.966
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá meus queridos.
Mais um capítulo para vocês, como disse no capítulo anterior essa história gira em torno de Naruto e Sasuke e a interação de ambos! Procuro usar palavras que dificilmente ouviremos eles dizer no anime, estou tentando focar neles como pessoas normais e não somente como ninjas então aventuras do nível ninja serão raras se tiver.

Espero que gostem, boa leitura e desculpe os erros!

Capítulo 8 - Oitavo


Fanfic / Fanfiction Com você no coração - Capítulo 8 - Oitavo

Naruto ainda continuava encarando a tela do computador, olhando as diversas imagens que se abriam, leu alguns arquivos referentes ao assunto, descobrindo produtos para utilizar na hora do ato.

— Espero que tenha terminado? – arregalou os olhos e se atrapalhou todo quando ouviu a voz de Shikamaru na sala, estava tão distraído que não o ouviu entrar, apressadamente levou sua mão no mouse fechando a guia, em seguida olhou para o amigo nervosamente. — Aconteceu alguma coisa Naruto – estranhou a atitude do outro. — posso saber o que estava olhando ai no computador? – seguiu em direção ao loiro parando ao seu lado e encarando somente a imagem do símbolo da aldeia da folha como protetor de tela.

— Não estava vendo nada! – quase gritou ao dizer aquelas palavras se recompondo logo em seguida. — Quer dizer, não era nada demais.

— Hum, será mesmo? – Shikamaru levou a mão até o mouse e abriu a página que ao invés de ser fechada foi minimizada. — Nada demais Hokage, essas imagens monstrão ao contrário! – Naruto olhou em direção ao computador vendo a página que supostamente havia fechado.

— SHIKAMARU – gritou afastando a mão do outro e por fim fechando a guia. — O que pensa que está fazendo idiota? – Shikamaru sorria alto ao ver a reação do outro, o que tinha de tão estranho em querer fazer sexo anal com sua esposa, só aquele cabeça oca mesmo para ficar assim, de repente parou analisando pelo outro lado, a não ser que não fosse para Hinata, olhou interrogativo para o loiro.

— Naruto me responde tudo isso que você está olhando ai – apontou para o computador. — é para a Hinata, não é mesmo? - O loiro ficou extremamente corado e desviou o olhar, tinha que contar para o moreno, precisava da opinião de alguém de fora. — Kami-sama não é. – concluiu por si só.

— Não, não é Shikamaru! – confirmou, vendo o outro sentar em sua frente.

— Se não é para ela é para quem? – perguntou e não obteve resposta. — Naruto você está traindo Hinata com outra mulher? – se exaltou levantando-se.

— NÃO! – disse também alto. — Quer dizer não com outra mulher! – sussurrou.

— O que? Não entendi, fala mais alto! – pediu ao amigo.

— Não com outra mulher! – disse em voz alta dessa vez, sentindo seu rosto esquentar com a confissão. Shikamaru processou aquelas palavras, se não era com mulher era...

— Naruto é um homem! – não foi nem mesmo uma pergunta e não precisou de resposta a expressão do outro confirmava, restava saber quem era, embora já tivesse suas suspeitas. — Quem é?

— É o Sasuke. – Shikamaru não se surpreendeu com a resposta, retornou-se a sentar em frente ao loiro, Naruto vendo que o outro não dizia nada se sentia ainda mais sujo, digamos assim. — Não vai dizer nada?

— Dizer o que Naruto? Tudo o que direi você já se questionou e resolveu ignorar, eu sabia que existia algo entre vocês, o sentimento de ambos foi sempre muito forte me surpreende terem se envolvido somente agora? – o loiro olhou para o amigo espantado.

— Isso era tão obvio quando éramos adolescentes? – perguntou.

— Com certeza, confesso que me surpreendi quando você aceitou os sentimentos de Hinata, claro que tudo foi muito de repente, ela se confessou e foi raptada por Toneri o que fez com que os seu sentimentos se confundissem e acabasse achando que a amava – Naruto ouvia aquilo meio atônico, seria verdade tudo isso? Ele havia confundido seus sentimentos por Hinata? — se Sasuke estivesse presente na vila naquela época eu duvido que você tenha se casado, lembro-me muito bem quando Sakura lhe deu o bilhete que ele havia mandado em seu casamento, era uma simples palavra, mas seus olhos brilharam de uma maneira intensa, não duvido que você ainda o tenha guardado. – realmente aquele pedaço de papel estava dentro de sua antiga bolsinha de dinheiro no formato de sapo. — Quando éramos jovens sempre acreditei que o que união vocês era um laço muito maior que amizade, mesmo depois de toda aquela história de Indra e Ashura, você sempre esteve atrás dele e ele sempre fugindo, talvez não de você, mas dos próprios sentimentos, imagine para um Uchiha se deparar gostando de seu melhor amigo e ainda por cima ele ser homem? Tenha certeza que não foi fácil para ele... Não é certo Naruto e você sabe disso, eu poderia falar inúmeras coisas contras, mas como disse você já sabe de tudo isso e se tomou essa decisão não vai ser eu e nem ninguém a fazê-lo voltar atrás, sou seu amigo e estarei aqui sempre, queria tanto que Sasuke e você tivessem descoberto isso antes, ao invés de ficarem brigando feito cão e gato tivesse aproveitado um ao outro. – levantou-se indo em direção a porta. — E por vocês serem homens não tem problema, o problema é saber quem vai levar no rabo, porque você sabe que o orgulhoso do Uchiha não vai deixar você enfiar seu pau nele – Naruto encarou o amigo risonho parado na porta. — um conselho Naruto compre um monte desse tal de lubrificante, pois vai precisar! – fechou a porta rapidamente gargalhando e ouvido o barulho do livro que foi arremessado em sua direção bater nela.

— IDIOTA! – gritou o loiro.

— Depois conversamos mais - Shikamaru apontou somente a cabeça dentro da sala. — tenho que ir com a Temari ver a decoração para nosso casamento! –  logo desaparecendo novamente.

Naruto bufou por Kami o que estava fazendo, não cansava de se perguntar isso, olhou no relógio e o horário indicava que já estava na hora do almoço, deixou sua sala indo até o Ichiraku, fazia algum tempo que não ia mais naquele local que tanto havia frequentado.

— Olá Teuchi, um lámen grande de porco! – pediu assim que se sentou. O senhor que agora estava mais velho do que antes, sorriu para o Hokage.

— Hokage-sama que honra tê-lo aqui, já faz algum tempo que você não aparecia, Ayame sirva o Hokage! – pediu a sua filha.

Naruto encarou aquela pessoa tão frágil em sua frente, como os anos haviam se passado, aquele senhor o havia lhe servido tantos lamens em sua vida, aquele local que trazia tantas lembranças do time 7, realmente o tempo não volta mais.

— Muito trabalho, acabo não tendo tempo de ver os amigos! – Teuchi se emocionou a ser chamado de amigo queria muito bem Naruto.

— Naruto? – o loiro olhou em direção a voz que lhe chamava se deparando com uma rosada que agora se sentava ao seu lado.

— Sakura-chan como vai? – perguntou pegando os hashi.

— Vou bem Naruto. – olhou para o senhor fazendo seu pedido, estava voltando do hospital e viu seu amigo sentado ali e resolveu se juntar a ele. — Queria agradecer você por convencer Sasuke a ficar na vila, sabe o quanto é importante para mim e Sarada, e como sei que ele sempre te escuta poderia falar com ele sobre o nosso casamento? – Naruto engoliu em seco quase se afogando, sério que Sakura estava falando aquilo? — Ele está relutante sobre isso, mas sei que se você falar com ele, ele vai te ouvir.

— Sakura, eu não sei o que posso fazer, você conhece o Sasuke quando ele coloca algo em sua cabeça é difícil faze-lo voltar atrás. - tentou desconversar.

— Eu sei, mais sei que você consegue, por favor, Naruto, sabe o quanto o amo e me sinto triste por ele não querer oficializar nossa união. – insistiu, tinha que convencer o loiro, estava farta dos comentários daquelas mulheres assanhadas sobre seu marido.

— Sinto muito, mas não posso fazer nada! – falou levantando-se e deixando o local sem dar tempo da rosada se manifestar.

Andou apressado pela rua era só o que lhe faltava, tentar convencer o homem que gostava a casar com outra pessoa, talvez se fosse em outra época com certeza ajudaria sua amiga, mas agora era diferente estava apaixonado por Sasuke e não podia fazer nada, andava observando as lojas até se deparar com uma que vendia utensílios picantes para casais, corou dos pés a cabeça, seguiu para uma viela e usou o jutsu de transformação, tornando-se uma linda garota loira a mesma do jutsu sexy só que dessa vez com roupa.

Entrou na loja procurando não chamar atenção, olhou tudo que ali tinha, não acreditando que estava fazendo aquilo, chegou à prateleira dos fundos encontrando alguns itens que havia pesquisado antes.

— Nossa que gracinha! – olhou se deparando com um cara grande e forte ao seu lado. — Quer ajuda com isso? – apontou para o vidro de lubrificante que o loiro segurava. Naruto o encarou fechando a cara e pronto para xingá-lo, como ele ousa falar assim com o Hokage? — Não precisa fazer essa cara loira! – loira?- pensou, céus havia se esquecido de que estava como mulher, saiu rapidamente dali pagando pela única coisa que havia conseguido pegar, antes que aquele tarado aparecesse.

Saiu da loja voltando para a mesma viela onde havia se transformado, porém não conseguiu voltar a sua forma real, pois foi impedido pelo tarado.

— Achei você gostosa, estava fugindo de mim? – disse se aproximando, Naruto se controlou para não dar pista de quem era. — Que foi gracinha, você não fala? – levou a mão em direção ao rosto do loiro para tocá-lo.

— Se eu fosse você não faria isso! – rosnou a pessoa encostada no muro um pouco longe dos dois, Naruto e o outro olhou em direção a voz que retumbou no local. — Não se deve tocar no que pertence a um Uchiha!

— Uchiha? – pronunciou o homem tremendo de medo. — Desculpe não achei que ela estava com você, afinal sua esposa não é aquela garota de cabelo ro... – não terminou e foi pego em um genjutsu, Naruto suspirou aliviado.

— Obrigado teme, não sabia o que fazer? – confessou, Sasuke foi em sua direção tocando seu rosto logo em seguida em seu cabelo.

— Tenho que concordar com ele, você fica uma gracinha de mulher! – sua mão foi rudemente estapeada pelo loiro.

— Seu idiota a culpa é sua, só estou assim porque fui comprar isso! – ergueu o vidro com o liquido em frente ao outro.

— E o que seria isso? – perguntou vendo-o corar, sabia muito bem o que era, mas ver Naruto corado e tímido em sua frente era maravilhoso.

— Como o que é isso bastardo? É lubrificante horas e não me pergunte aonde ele é usado? – bufou indo em direção à rua principal, Sasuke encarou a bunda do loiro, vendo o vestido que ele usava se movimentar com o gingado do seu quadril.

— Vai sair assim? – quando ouviu isso Naruto se deu conta que ainda estava como mulher.

— Droga! – praguejou logo sendo virado bruscamente ficando com o corpo colado ao do moreno. — Sasuke estamos na rua!

— Eu sei!

— Então me solta idiota! – empurrou com força deixando aquele local sendo seguido pelo outro, algumas mulheres olhavam Sasuke com aquela loira se perguntando quem era e porque ele estava com ela, já que era marido de Sakura. — Porque todos estão nos olhando? – perguntou Naruto.

— Porque você ainda está como mulher. – falou sem se incomodar.

— Por culpa sua me esqueci, vamos sair daqui logo! – ditou andando rapidamente.

 

Sakura depois da conversa nada promissora que teve com Naruto, agora estava comprando algumas frutas na quitanda, estava desconfiada, pois algumas mulheres estavam cochichando e olhando em sua direção.

— Boa tarde Sakura! – cumprimentou a senhora dona da quitanda. — Mais alguma coisa? – perguntou ao terminar de passar a compra da outra.

— Boa tarde! – respondeu ignorando os cochichos atrás de si. — Não obrigada.

— Sinto muito querida – começou a senhora, deixando uma Sakura confusa. — sempre achei que o Uchiha não lhe merecia!

— Do que está falando? – questionou a rosada.

— Da mulher loira que estava com seu marido hoje de manhã, e a maneira que ambos conversavam intimamente! – Sakura arregalou os olhos, que mulher loira? Perguntava-se, Sasuke estava com outra seria por isso que não queria casar-se consigo? Juntou suas coisas e saiu batendo o pé iria descobrir quem era a vadia que estava atrás do seu homem!


Notas Finais


E então?
Aguardo comentários!

Beijoss até o próximo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...