História Come Guide Me Home - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias 24K, 2PM, AOA, B.A.P, Bangtan Boys (BTS), Block B, BtoB, EXO, Monsta X, SHINee
Personagens Bang Yongguk, Chanyeol, Cory, Himchan, J-hope, Jongup, Kai, Mina, Personagens Originais, Seolhyun, Show Nu, Suga, Suho, Taecyeon
Tags 24k, Aoa, Bts, Exo, Monsta X, Romance
Exibições 19
Palavras 609
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Hentai
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


2º Cap ❤️ Pretendo postar capítulo novo todo o dia até o 5º... espero conseguir...
espero que gostem do cap de hoje, não tá muito comprido mas tem o selo de aprovação de uma das minhas amigas ajsjajs

Capítulo 2 - Who are You?


Fanfic / Fanfiction Come Guide Me Home - Capítulo 2 - Who are You?

Dia 25 de Fevereiro de 2016 - 22:00 da noite
A porta se fechou eu ouvi passos vindo na direção da sala, só tive tempo de pegar uma almofada em cima do sofá e me esconder (ótimo Clarissa, gênio por pegar essa almofada ein? Tomara que morra).
Ouvi a pessoa falar uma coisa, era a voz de um menino.
- Woah, que casa grande... - ele disse, parecia realmente surpreso.
Essa era a hora de atacar, pulei de trás do sofá e comecei a bater nele com a almofada.
- Que merda é essa? - ele disse segurando meus pulsos. Olhou para o meu rosto. - Não sabia que a casa vinha com um brinde - Disse com um sorriso malicioso me olhando.
- ME SOLTA OU EU GRITO. - falei encarando ele nos olhos... que olhos lindos... PARA Clarissa.
- Calma, Calma. - ele disse me soltando. - não precisa fazer escândalo, quem é você?
- Eu é quem pergunto.- falei.
- Então... eu sou a pessoa que alugou esse apartamento.- ele disse, irônico.
- Ah claro, o problema é que eu sou a pessoa que alugou esse apartamento. 
Ele me olhou da cabeça aos pés, me analisando, um silêncio incômodo se estabeleceu no ambiente, comecei a olhar pra ele também esperando que falasse alguma coisa.
Ele era lindo, meu senhor, cabelo meio castanho, ele era vesguinho, o que eu achei muito fofo, era bem alto e parecia ter a minha idade.
Ele percebeu que eu o estava encarando e começou a sorrir, e que sorriso lindo ele tinha. Começou a falar.
- acho que a gente alugou o mesmo apartamento. - disse com uma casualidade estranha, eu só sabia ficar de boca aberta, porque não conseguia acreditar nisso...- vamos passar a noite aqui e amanhã a gente resolve esse problema. - falou indo em direção ao quarto.
Eu parei ele no meio do caminho:
- Ei, parado aí, Aish não acredito que isso tá acontecendo comigo.- Disse indo na direção dele e parando na sua frente. - mas já que não tem outra saída... só tem um quarto e eu que vou dormir nele hoje.
- Haha, não sonha princesa, eu to cansado, o quarto é meu. - falou me empurrando levemente e passando por mim.
- EI VOLTA AQUI. - gritei e ele olhou para mim revirando os olhos. - Eu não sei seu nome, não sei quem você é e nem da onde veio, mas eu cheguei aqui primeiro, O. QUARTO. É. MEU, entendeu ou quer que eu desenhe? - caminhei até o quarto e fechei a porta deixando ele lá, parado, encarando a parede.
Logo que eu fiz isso me senti meio culpada... andei em direção do armário, peguei um cobertor e um travesseiro, ele provavelmente já tinha os dele, mas isso me ajudaria a me sentir melhor, abri a porta e ele estava arrumando o sofá pra deitar. Quando percebeu minha presença na sala, se virou e ficou me encarando.
- veio brigar comigo mais uma vez? - disse, irônico (droga, mal conhecia ele e já odiava essa ironia)
- Não, vim te trazer isso. Me desculpa por antes.- entreguei as coisas e me virei pra entrar no quarto. - Boa noite. 
- ESPERA, você não me falou seu nome. - ele disse segurando meu pulso.
Me soltei e respondi sua pergunta:
- Clarissa... e o seu?
- Ah, eu me chamo Hong Joohyun, mas pode me chamar de Cory. - falou com um sorriso
- Prazer em te conhecer Cory. - aquela situação estava muito constrangedora. - Até amanhã 
- Até...princesa. - falou e se deitou no sofá 
Esse menino é estranho.


Notas Finais


Então, foi isso :3 até amanhã (talvez)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...