História Come Home - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Adam Milligan, Balthazar, Bobby Singer, Castiel, Charlene "Charlie" Bradbury, Crowley, Dean Winchester, Gabriel, Lúcifer, Meg Masters, Michael, Miguel, Sam Winchester
Tags Destiel, Sabriel, Universo Alternativo
Exibições 174
Palavras 1.050
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Ok, eu sei que demorei pra chegar aqui e postar esse capirulo pequeno, mas estava com problemas queridos e esse capítulo vai ser importante para os capítulos que vem

Capítulo 10 - Capítulo IX - Uma pequena Surpresa e Confusão


 Eram 10h 30min quando Castiel acordou; ele se sentou numa cama e começou a coçar os olhos, Dean ainda dormia profundamente ao seu lado, então o moreno se levantou e foi sem pressa alguma ao banheiro fazer sua higiene matinal e tomar um banho. Moreno se lavava calmamente sentindo a água quente relaxar seus músculos, mas mesmo assim, Castiel ainda estava com uma sensação de incômodo; já tinhas uns dias que ele vinha tendo essa sensação, como se algo o avisasse que algo estava prestes a dar errado. Mas ele ignorou, não deixaria seu recém começado sábado se acabar por causa de um pressentimento bobo.

 Castiel terminou seu banho e voltou para o seu quarto com apenas uma toalha enrolada na cintura, ele foi direito para o armário pensando em que roupa vestir. Dean já estava acordado e Castiel nem percebera, o loiro ficou assistindo o marido sair do banheiro e parar em frente ao armário com uma mão na toalha e a outra no queixo. 

 Castiel pegou uma boxer na gaveta e deixou a toalha cair no chão, Dean arregalou os olhos pela surpresa, mas não deixou de encarar a bunda farta do moreno no momento que ele parou para pensar antes de colocar a peça. Depois, quando Castiel estava colocando um short largo pouco mais curto que uma bermuda, Dean já estava entediado e levanta da cama, indo até o banheiro tomar banho, dando um susto em Castiel.

 Quando Dean saiu do quarto já pronto, ele foi até a cozinha e encontrou o moreno cozinhando enquanto dançava ouvindo música do rádio que tinha no cômodo. O loiro se sentou silenciosamente no banco da bancada e ficou quieto observando o outro.

 — Dean!  – Ele gritou chamando pelo outro – Eu fiz o café! 

 Castiel estava assobiando e se virou colocando os ovos e o bacon nos pratos, já de olho na torradeira a espera das torradas ficarem prontas.

 — Já estou aqui Cas.

 Castiel o olhou assustado, quase derrubando a frigideira no chão enquanto Dean dava risada do susto do outro. Castiel fechou a cara, colocou o prato na frente do outro foi comer perto da geladeira para não ficar perto do Winchester.

 — Cas, não fica bravo. Vem sê sentar pra comer.

 Castiel bufou, ele odiava quando o assustavam. Ele terminou de comer e lavou seu prato, pegou uma xícara de café e foi para a sala. Dean terminou de comer e lavou seu prato, pegou um chocolate que ele tinha guardado no armário da cozinha, uma coberta no quarto e levou para Castiel na sala.

 — Aqui, um pedido de desculpas. 

 Castiel o olhou pelo canto do olho e o loiro entregou a coberta e o chocolate. Castiel deu uma leve risada e aceitou, ligou a televisão e chamou Dean para assistir uma maratona de Dr. Sexy que iria passar hoje.

 — Na verdade Cas, hoje eu tinha combinado de sair com o Sam. Já está quase na hora que tínhamos combinado.

 — Ah... Tudo bem Dean, pode ir. 

 — Não vou voltar tão cedo, ok? – Ele viu o moreno dar um aceno com a cabeça concordando – Até mais tarde Cas.

 O loiro deu um aceno para o moreno e pegando as chaves do Impala, ele saiu de casa. Não demorou para Castiel ouvir o barulho do Impala indo embora.

 Já era 14:00 quando Castiel começou a sentir fome e foi ver se tinha algo pronto na geladeira. Como não achou nada, Castiel desligou a televisão, ligou seu rádio e começou a fritar alguns hambúrgueres para comer. Ele montou três sanduíches e se não aguentasse mais, deixaria para depois;  enquanto comia metade do primeiro sanduíche, balançando na cadeira ao ritmo da música, Castiel ouviu batidas na porta.

 O moreno se levantou ainda mastigando e foi atender a porta, quando abriu, viu Gabriel e Sam na porta com sacolas nas mãos. Cas olhou levemente confuso para os dois mas deixou que ambos entrassem e logo o outro fechou a porta.

 — O que estão fazendo aqui? – Castiel perguntou enquanto olhava o irmão dar uma mordida em seu sanduíche e o cunhado tirasse algumas garrafas de cerveja da sacola e as colocava na geladeira – Ei, esse sanduíche é meu, pode parar Gabe.

 — Estamos te fazendo uma visita surpresa. Afinal você recusou todos os convites que fizeram pra uma saída hoje. Aliás, esse sanduíche está muito bom. – Gabriel deixou o  sanduíche de novo no prato e olhou para o irmão de cima a baixo – Que visual lindo hein Cassie.

 — Não enche Gabe. Não esperava visitas. 

 O moreno olhou para Sam então, se lembrando do que Dean habita dito mais cedo que iria sair com o irmão e agora Sam estava ali, parado no meio da cozinha vendo ele e o gnomo discutindo; mas afinal de contas onde estava Dean? 

 — Ei, onde está o Dean?

 —Ei, onde está o Dean? 

Os dois perguntaram ao mesmo tempo e ao se darem conta do que tinha ocorrido, os três se entreolharam com expressões confusas. 

 — Eu pensei que estivesse com você.

 — Eu pensei que estivesse com você. 

 Os três arregalaram os olhos se olhando confusos.

 — Cas, que merda está acontecendo?

 — Pensei que Dean tivesse saído com você hoje, ele saiu antes do meio dia dizendo que ia te encontrar e que não iria voltar cedo...

 — O que? Mas o Dean não me mandou uma mensagem sequer hoje, não fomos nos encontrar Cas.

 — Então onde o filho da mãe está? – Gabriel perguntou curioso, trocando olhares entre Sam e Castiel.

 Castiel estava confuso, por que Dean tinha mentido para ele?

 Já Sam tinha uma ideia de onde o irmão pudesse estar. O desgraçado ainda falou que iria sair com ele, ainda bem que Dean não havia pedido para ele o encobrir, por que se não ele iria ouvi poucas e boas do irmão. Ele irá ouvir de todo jeito quando chegar em casa. Somente de Sam pensar nessa possibilidade, a de Dean estar agindo de modo sujo e nojento com o cunhado, ele já fico nervoso e fechou a cara; o moreno alto pegou uma das cervejas que tinha colocado na geladeira e a abriu, bebendo direto enquanto ficava olhando feio para o nada.

 Gabriel e Castiel não estavam entendo a mudança repentina em Sam, mas, pegaram cervejas também e ficaram na cozinha ouvindo som e conversando enquanto bebiam na espera de que Dean chegasse.


Notas Finais


Bom, acho que vocês ja sabem o que vira a seguir.
Não me matem pelo capítulo pequeno porém demorado.. :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...