História Comes and Goes - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Chandler Riggs, Chloë Grace Moretz, The Walking Dead
Personagens Abraham Ford, Beth Greene, Bob Stookey, Carl Grimes, Carol Peletier, Daryl Dixon, Enid, Glenn Rhee, Maggie Greene, Michonne, Negan, Personagens Originais, Rick Grimes, Rosita Espinosa, Sasha, Tyreese
Tags Amizade, Amor, Carl Grimes, Crystal, Família, Jake Marin, Rick Grimes, Romance, The Walking Dead
Visualizações 600
Palavras 890
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Mais um capítulo pra vocês

Espero que gostem

Capítulo 2 - Humans make mistakes


Fanfic / Fanfiction Comes and Goes - Capítulo 2 - Humans make mistakes


Crystal P.O.V

Todos acordaram cedo essa manhã. Graças a experiência militar que meu irmão tinha, dois anos servindo no exército, Rick o chamou pra fazer parte de uma formação junto do Glenn, Daryl, T-Dog e Maggie. Eu queria ter ido também, mas meu irmão havia me feito prometer ficar com a minha irmã e o resto do grupo na cerca, matando os errantes.

-Aqui! - gritávamos para os errantes, chamando-os para a cerca- Aqui!

Eles chegaram mais fundo até eu não conseguir mais enxerga-los

-Eu não posso vê-los - Lori falou para a Carol. - Você pode?

-Lá no fundo- minha irmã respondeu, apontando na direção que estavam 

Depois de fechar o portão e matar todos os errante que sobraram do lado de fora, eles pararam e conversaram um pouco, logo depois entraram no bloco C. Decidi me sentar um pouco na grama enquanto esperava meu irmão voltar. Alguém sentou ao meu lado e por um momento pensei ser a Emily. Olhei pra a pessoa e vi que se tratava de Lori 

-Você tem uma mira muito boa- ela falou, mencionando ao meu uso do arco e flecha para matarmos os errantes do pátio no dia anterior. 

-Obrigada- agradeci- Prefiro eles, já que a munição nunca acaba 

-Imagino- ela acariciava a barriga enorme. Carregar um bebê devia ser muito cansativo- Será que você poderia me fazer um favor ?

-Se estiver ao meu alcance....

-Acha que poderia tomar conta do Carl?

-Como assim?- perguntei, confusa 

-Carl tinha uma amiga- ela disse olhando para o céu, como se estivesse pensando em uma época distante- Ela infelizmente morreu e Carl ficou arrasado. Ele tem ficado um pouco sozinho esse tempo, ser a única criança é complicado. Só não quero que ele se esqueça completamente que ainda é uma criança e acho que você pode ajudar...

- Eu... Eu posso tentar...- concordei, mesmo sem ter tanta certeza se isso ia dar certo 

Vejo meu irmão e alguns outros saindo do bloco para nos ajudar a levar as coisas. Jake me levou em suas costas igual a quando eu era menor e a sua mochila estava em seu peito, Emily levava a dela e a minha.

-O que vocês acham- Rick perguntou ao entrarmos no bloco de celas

-Lar doce lar- Glenn disse, ironicamente 

(...)

Rick, Daryl, T-Dog e Hershel  estavam na entrada do bloco decidindo o que  fazer com as roupas especais que eles tinha achado em alguns andarilhos 

-Não agradeci você- falei ao me aproximar do Rick- Não agradeci a todos vocês 

-Por...?- o mesmo perguntou, ligeiramente confuso 

-Por aceitar a mim e aos meus irmãos. Sei como deve ser difícil aceitar pessoas que você mal conhece- eu balançava as pernas pra aliviar o nervosismo 

-Eles tinham você. Não sou de deixar crianças morrerem 

-Mesmo assim - lancei um sorriso pra ele- Não acho que aguentaríamos muito tempo andando desse jeito- ele olhou pra mim, sorrindo de volta e eu tive a impressão que ele não fazia muito isso 

-Hershel - minha irmã apareceu de dentro do bloco de celas, chamando pelo pai da Maggie 

-Esta tudo bem? - Rick perguntou, preocupado, já que minha irmã estava cuidando da Lori 

-Está- ela o tranquilizou sorrindo- Não é nada sério 

Aproveitei pra entrar também. Me despedi do restante do pessoal e encontrei Carl em uma das celas 

-Oi - disse, após me lembrar da promessa que fiz a Lori- Posso entrar?

- Tanto faz- ele disse, sem olhar na minha cara 

-Você não confia em mim, não é? - perguntei encostando na grade de sua cela- Sabe, eu só pensei que poderíamos conversar um pouco. Já que temos quase a mesma idade....

-Só por que temos a mesma idade- ele disse, sem paciência- Não quer dizer que vamos ser grandes amigos 

-Você tem medo? Medo de se tornar próximo de alguém e depois perder?

Ele olhou na minha cara. Estava estampado por todo o seu rosto que eu tinha acertado em cheio 

-Isso não é da sua conta- ele disse tentando disfarçar 

-Realmente não é - falei, me afastando- Só não ache que é a única criança do mundo que perdeu os amigos para os errantes 

(...)

Rick, Hershel e mais algumas pessoas estavam se preparando para explorar um pouco mas a fundo a prisão. Queria ter ido, mas Jake disse que agora que estávamos em um "lugar relativamente seguro" não precisaria me arriscar sem necessidade

-Você não vai, Carl- Rick falou após pegar o capacete que o menino brincava 

-Mas...

-Se nós não voltarmos, você será o último homem- Rick explicava para o filho- Você terá que proteger esse lugar 

-Tudo bem- o menino parecia orgulhoso pelo pai lhe confiar tanta responsabilidade 

Fui até o meu irmão pra me despedir pois ele iria também e vi o mesmo conversando com a Beth. Ele parecia feliz falando com ela, e eu que não iria atrapalhar.

Eu sentei nas escadas enquanto via todos irem embora. Carl fechou a porta depois que todos saíram, ele olhou pra mim e depois saiu. Suspirei, chateada. Me levantei pra subir as escadas e vejo a minha irmã descendo 

-Você ta bem?- ela perguntou ao me ver. 

-Já sentiu como se tivesse a melhor das intenções- falei, cruzando os braços- Mas só cometesse um erro após o outro ?

-Bem...- ela falou, pensativa- Somos humanos e humanos cometem erros


Notas Finais


Crystal tentando se aproximar do Carl <3<3<3
Só um aviso: eu não se quando eu vou portar de novo por causa que eu to em semana de provas finais e provavelmente fique de recuperação, mas eu vou postar assim que der

Beijo de luz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...