História Command - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens Jackson, JB, JR, Mark
Tags Bjack, Got7, Jackbum, Jackson, Jaebum, Jark, Jinson, Jinyoung
Exibições 52
Palavras 579
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa noite amadienhos de Shay!!!

Como já tinha dito, Command seria encurtada, mas eu não abandonaria ela sem um final. Sinto que poderia ter explorado mais, prolongado mais, porem nesse momento, não estava pronta para isso, por isso, é com uma leve tristeza, mas com a sensação de dever cumprido que apresento o ultimo capítulo desta fanfic.
Muito obrigada aos leitores que acompanharam e aos que virão, muito obrigada por tudo sempre :')

Ótima leitura~

Capítulo 9 - Liberdade


Jackson observava o apartamento vazio e suas coisas, tudo que tinha de mais essencial colocado em duas malas pequenas. Estava sentado em um canto da sala, encostado na parede, uma das pernas esticada e a outra dobrada, seu olhar parecia perdido e longe.

Ele despertou daquele transe e se levantou, procurou uma folha de papel e uma caneta dentro das malas bagunçadas e assim que encontrou, se sentou no chão novamente e apoiado na mesa de centro, começou a escrever e ao fim aquele papel foi dobrado.

Jackson ligou para Mark e torceu para que atendesse logo. Não que tivesse o aguardando para partir, apenas queria ter a certeza de que o recado seria passado como deveria.

- Alô?

- Eu preciso te encontrar agora, mas não aqui.  - Um lugar foi dito, era discreto o suficiente.

- Pensou no que eu disse?

- Só preciso que vá agora para esse local.

 

Mark por um momento estranhou, mas aceitou sem questionar, na torcida para que Jackson tivesse aceitado que ele entrasse nos negócios.

A porta foi batida.

Jackson havia ido embora dali, a passos largos, pegou um taxi e logo estava impaciente no local combinado, aguardando para que Mark aparecesse, por sorte, o mais velho logo surgiu e antes que perguntasse algo, Jackson falou.

- Eu não tenho muito tempo, só precisava te entregar isso. – Esticou a mão e deixou nas mãos de Mark aquela mesma carta que escrevera mais cedo.

- O que é isso? – E começou a abrir aquela folha.

- Não abre agora, abre depois que eu sair, é pro seu bem, agora eu preciso ir, o carro esta me esperando.

Antes que Mark mais uma vez o questionasse, ele o deixou ali, com aquela folha dobrada na mão e entrou no táxi que ainda o aguardava.

 

Poucos minutos depois ele se encontraria com Jaebum, em um local também distante, uma estrada com uma natureza linda ao redor, o mais velho o aguardava do lado de fora de seu carro, abriu um sorriso e não foi retribuído.

Jackson entrou imediatamente no carro, estava tenso, seu coração estava acelerado, Jaebum viu o mais novo naquele movimento e riu, também entrou.

- Só vamos logo, eu preciso sair daqui.

- Fica tranquilo, você esta comigo. – Disse Jaebum. – Você me escolheu, não escolheu? Agora confia em mim. Tudo vai ser diferente daqui para frente.

O motor foi ligado e naquela estrada eles sumiriam. O destino? Somente aqueles dois saberiam, mas dentro deles apenas uma certeza, era decisão que o coração de cada um havia tomado e isso bastava.

 

 

Quando ler essa carta provavelmente estarei longe, precisei fazer isso, escolhi fazer isso. Até pouco tempo atrás a minha confusão mental quase custaria minha liberdade e espero de coração que não custe. Optei pelo certo e pelo que meu coração queria, agora jogo essa sensação para você.

Sim, aceito que faça parte dos negócios, mas agora, são seus negócios, sua vida, suas decisões.

Você sabe que esse meio é perigoso, tanto que seu próprio irmão te colocava limites ate onde você poderia se envolver, mas agora você pode se envolver ate onde achar que deve.

Lembre sempre onde está pisando, deixei alguns contatos, apareça no apartamento daqui a uma semana, não menos, não mais, agora é perigoso, se escolher pisar realmente lá, aquilo será seu, todo seu.

E lembre-se do mais importante, quando pisar naquele apartamento, você será dono de suas escolhas e o principal: você nunca conheceu um Jackson Wang.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...