História Como aguentar o meu vizinho - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Juugo, Kakashi Hatake, Kankuro, Karin, Kizashi Haruno, Konan, Kurenai Yuuhi, Kushina Uzumaki, Madara Uchiha, Maito Gai, Mebuki Haruno, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Nagato, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Orochimaru, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shizune, Suigetsu Hozuki, Tayuya, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju
Tags Naruto, Sakura, Sasuke, Sasusaku
Visualizações 42
Palavras 2.085
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - Sasori


Por que será que estou sentindo que vai dar merda?

Tentei não pensar nisso e me concentrei no professor que se preparava para se apresentar. Ele era alto dos cabelos platinados, não sei se era por conta de sua idade ou moda mesmo, ele usava uma máscara dificultando a visão de seu rosto.

- Bom dia, classe! – Os alunos responderam juntos – Sou o professor de história de vocês, me chamo Kakashi Hatake – Ele começou a caminhar no meio da sala – Creio que alguns eu já conheço e outros terei a oportunidade de conhecer esse ano. Como será o último ano de vocês ou da maioria – O professor Hatake encarou Naruto e o mesmo apenas deu um sorriso sem graça – Eu irei revisar tudo o que foi passado nos anos anteriores assim sabendo qual é a dificuldade de vocês e tentar melhorar, lógico que também irei passar matéria nova.

O professor se aproximou da lousa e pegou um giz, logo começou a escrever e a explicar.

- Para começar, vocês formaram trios – Os alunos começaram a comemorar, mas desanimaram depois que o professor disse que seria ele a escolher – Esses trios ficaram juntos até o final do ano. Então, se você não se der bem com algum colega seu, trate de se dar bem agora. – O professor lançou um olhar ameaçador para todos nós da sala, e não vou mentir que fiquei com medo.

- Continuando, toda semana eu irei passar uma atividade em sala de aula e de 15 em 15 dias eu irei passar um trabalho para vocês, sem falar nas lições de casa. – Os alunos começaram a reclamar, mas o professor não se importou e continuou – Por agora, vou explicar sobre o trabalho que eu quero que façam para entregar daqui a duas semanas. – Ele se virou e começou a escrever na lousa.

Peguei meu caderno e comecei a anotar tudo o que precisava, torcia firmemente para que fosse escolhida para fazer grupo com Hinata. Não conhecia ninguém além dela, e por mais que essa fosse a oportunidade perfeita para conhecer alguém, eu tinha receio em se comunicar com o povo daquela sala.

-//-

Quando o professor terminou de explicar o que queria, começou chamou a atenção dos alunos, pois naquele momento seria a escolha dos grupos. Automaticamente olhei para Hinata e ela me encarava com seu rosto um pouco corado, trocamos sorriso e voltamos a encarar o homem que estava em nossa frente.

-Bem alunos, para facilitar a minha vida, decidi fazer o grande e velho sorteio. Coloquei o nome de todo mundo aqui nesta caixa, irei colocar a mão e...

- Professor, a gente já sabe, só vai logo!!! – Disse um garoto de cabelo castanho que estava no fundo da sala.

O homem de cabelo platinado respirou fundo e demostrando “animação” começou o sorteio.

- Então vamos começar, grupo um... – Conforme o professor falava os nomes, os alunos dos grupos se levantavam e iam para frente com o seu material. Logo o professor escolhia um lugar para eles sentarem, os alunos que tinham que ceder o lugar ficavam em pé ao lado da mesa a espera de ser chamado.

Isso aconteceu comigo e Hinata, o terceiro grupo composto por Deidara, um garoto com longos cabelos loiros e olhos azuis sentava no lugar que antes era de Hinata, uma tal de Konan que tinham os cabelos azuis, sentava ao lado dele e um ruivo com o nome de Sasori que agora sentava no meu lugar.

Recolhi todo o meu material em cima da mesa e fiquei de pé enquanto aguardava ser chamada, senti algo ou alguém cutucando meu braço e me deparei com Sasori que olhava para mim enquanto sorria.

- Você quer deixar suas coisas aqui? – Ele perguntou. – Você está com peso, pode deixar aqui enquanto não é chamada.

Tutorial de como matar Sakura Haruno: Primeiro, seja bonito. Segundo, de um sorriso bonito. Terceiro, seja educado e está tudo certo.

Sasori me encarava a espera de uma resposta enquanto eu encarava que nem uma boba para ele, mas fui despertada quando ouvi a voz do professor Kakashi me chamando.

- Sakura Haruno – Desviei meu olhar de Sasori para o professor e levantei minha mão com dificuldade por conta dos materiais que quase caíram, mas que foram segurados por Sasori. – Pode se dirigir aqui para frente.

Peguei meu material com o ruivo sem encara-lo e fui até a frente como o professor havia pedido, logo ele chamou os outros dois alunos que seriam meu grupo e que infelizmente nenhum deles se chamava Hinata. – Naruto Uzumaki – O loiro que a uma semana atrás quase tentou matar meu gato, mas que no final fez amizade com ele se levantou e foi em minha direção enquanto sorria, parecia que ele havia ganhado na loteria ou algo do tipo.

- Sasuke Uchiha – O moreno no qual não batia de frente era outro que fazia parte do meu grupo. Revirou os olhos recolhendo seu material e foi em nossa direção olhando para algum ponto cego e ficando do lado de Naruto.

Nossa sala tinha em torno de 30 alunos, dos 30 por que eu teria que ficar justamente com eles? E para piorar, eu não teria outra opção, afinal como Kakashi mesmo disse, a partir de agora era para se dar bem com os colegas.

Fomos direcionados a sentar na primeira fileira. Sentei ao lado da minha carteira antiga, isso quer dizer, ao lado de Sasori. Naruto sentava entre eu e Sasuke, talvez imaginando que se sentássemos um do lado do outro eu poderia sei lá, assassinar seu amigo.

Hinata foi chamada no grupo seguinte, sentando junto com um tal de Kiba que tinha cheiro de shampoo de cachorro e Shino um cara meio esquisito que se escondia atrás de um par óculos escuros. Por sorte, pelo menos eles sentaram atrás de nós.

Depois de mais alguns minutos os grupos já estavam formados e em seus devidos lugares.

Como tinha pouco tempo, o professor só passou o trabalho, as atividades e explicações seriam para a próxima aula. Nós teríamos que falar sobre algum país da Ásia, desde a sua descoberta até sobre os dias de hoje, não seria difícil isso se os meninos colaborassem e acho que duvido muito isso acontecer.

Meu plano era, reunir esses dois idiotas para que combinássemos sobre o que cada um ia fazer, sem briga, sem morte, sem maltrato aos animais, apenas um trabalho comum com pessoa aparentemente comuns. Mas o que aconteceu foi que quando deu o sinal em um piscar de olhos Sasuke havia sumido, deixando até mesmo Naruto para trás que olhou para mim sem graça e logo saindo atrás dele.

Recolhi meus livros me levantando e fui até Hinata que “conversava” com seu grupo. Enquanto o tal Kiba falava, Shino ficava parado igual a uma estátua olhando para não se aonde pois seu óculos não ajudava em nada, enquanto Hinata estava com o seu rosto vermelho e olhava para baixo.

- Então é isso. O que vocês acham? – Kiba perguntou.

Shino não disse nada, enquanto Hinata tentava falar algo, mas não conseguia. Me aproximei a puxando e falando que ela ia analisar seja lá o que ele havia falado.

-//-

- O que achou do seu grupo? – Perguntei. Vi Hinata abaixar a cabeça enquanto desviava o olhar.

-B-bem, eu até que gostei. Conheço eles desde a primeira série, m-mas...

- Você não gostou do grupo né? Eu também não gostei do meu, queria era fazer com você, mas hoje a sorte está contra a mim. – Desabafei.

- S-sério, p-por que?

- Quando eu cheguei nessa cidade, digamos que eu tive uma pequena briga com aquele moreno lá, o Sasuke. Naruto estava junto, mas ele parece ser gente boa e idiota ao mesmo tempo. E você por que na sua frase tem um “mas”?

- É que... eu... eu queria fazer grupo com você e... o Naruto-kun.

Parei por um instante encarando a morena em minha frente. Quando Naruto chegou na sala, vi o jeito que ela ficou o encarando que nem uma boba. Agora ela diz que queria ser do grupo dele, isso quer dizer que... – Hinata, você gosta desse Naruto?

Para muitas pessoas quando se é perguntado se ela gosta de pessoa “x” ou ela diz que sim ou nega que nem uma pessoa maluca com a cabeça. No caso de Hinata, não foi nenhum nem outro, ela simplesmente desmaiou.

Me aproximei dela tentando acorda-la, mas não deu muito certo. Havia muitas pessoas no corredor e elas começaram a se aglomerar, nenhuma fez questão de dar uma ajudinha mesmo eu pedindo ajuda, o jeito foi ter que usar toda a força que eu tinha para carrega-la.

Estava me preparando para pega-la quando uma pessoa de cabelos ruivos apareceu em minha frente e pegou a morena do chão, ele se levantou e pude ver quem era. Sasori. Que sorriu para mim antes de dar as costas e começar a andar pelo corredor carregando a minha amiga.

- O que aconteceu com ela? – Sasori perguntou enquanto seguíamos para o outro prédio.

- Eu não sei. Estávamos caminhando no corredor e conversando, quando do nada ela desmaiou. – Expliquei a ele que não falou nada.

Chegando até a enfermaria, a enfermeira pediu para que o ruivo deitasse Hinata em uma das camas e depois pediu para que nós saíssemos enquanto ela fazia uns exames.

No lado de fora eu andava de um lado para o outro enquanto Sasori estava sentado em uma das poltronas me encarando e de vez em quando soltava um risinho.

- Está rindo de que?

- De você.

- Por que? – Qual era a graça de estar rindo de mim. Minha nova amiga havia parado na enfermaria do nada e o outro fica rindo de mim?

- A Hinata vai ficar bem, não se preocupe, deve ter sido apenas uma queda de pressão. Senta aí e fica calma, senão você pode ser a próxima a desmaiar.

O encarei por alguns segundos e depois fui sentar numa poltrona ao lado dele. Ficamos alguns minutos em silencio até ele começar a falar.

- Então, eu nunca te vi por esse colégio, você é nova certo?

- Sim, me mudei faz uma semana e por conta disso tive que me transferir de colégio.

- Entendo. Bom, o meu nome é Sasori, prazer em conhece-la. – Ele estendeu a mão para mim, demorei alguns segundos para pensar se pegava ou não, mas acabei pegando sua mão. Gente que mão macia.

- Sakura. – Falei desviando meu olhar do seu, mas sem soltar sua mão. A partir de hoje serei tarada por mãos, principalmente se for do Sasori.

- Nome bonito. Por isso pintou o seu cabelo de rosa? – Disse rindo, enquanto eu fazia uma careta.

Qual é o problema desse cara, ele quer me deixar sem jeito mesmo?

- Sakura? – Olhei para ele e notei que ainda não tinha soltado sua mão.

Sorri sem graça enquanto puxava a minha mão e olhava para um ponto qualquer.

-//-

Não demorou muito para a enfermeira chegar. Ela explicou que Hinata havia tido uma queda de pressão e que era bom ela descansar um pouco antes de voltar para sala. Ela também pediu para que fossemos para nossa sala e que daria um papel que comprovava a nossa demora.

Voltamos até o primeiro prédio, e com a movimentação pelos corredores concluí que mais uma aula já havia passado. Que ótimo!

- Sakura? – Olhei para o garoto que até então estava ao meu lado – Eu tenho que me encontrar com o meu grupo. Tudo bem para você, ou precisa de algo?

- Pode ir, eu me viro daqui. Obrigada por ter me ajudado e principalmente a minha amiga.

- Tudo bem. Qualquer coisa pode me chamar. – Confirmei com a cabeça e dei as costas a ele, precisava trocar de material e principalmente ir ao banheiro.

Como eu havia perdido a aula de geografia, então já fui pegando a de matemática. Caminhei em direção a sala, mas a minha esperança era encontrar um banheiro naquele corredor imenso e que por ironia do destino tinha um ao lado da minha sala.

Quando entrei no banheiro me deparei com algumas garotas que estavam papeando e pararam assim que perceberam a minha presença, percebi que alguma delas eram da minha sala, como uma ruiva que usava óculos chamada Karin e uma loira peituda chamada Shion. Fingi que os olhares não eram para mim e caminhei para uma das portinhas, mas fui impedida por uma das garotas que puxou o meu cabelo e me faz cair no chão.

Outra, a tal de Karin se aproximou de mim e deu um tapa na minha cara. Mas que por..?

- O que pensam que estão fazendo suas malucas? – Perguntei sem entender o motivo de tudo aquilo.

- Você – A ruiva começou apontando para o meu rosto – Você cale essa sua boca garota, que fala aqui sou eu!

O que foi que eu fiz?


Notas Finais


Até a próxima gente o/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...