História Como amar o fim? - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Angst, Sentimentos
Exibições 7
Palavras 558
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drabble, Drabs, Droubble

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Esse texto não fala do universo ou algo vinculado ao mesmo. Esse texto não retrata uma história ou algo assim. São apenas palavras que expressam o meu querer de vida eterna. Ou seja, é apenas um desabafo de minha pessoa e ser.

Após eu ver um video, vieram diversos pensamentos em minha cabeça. Comecei a refletir sobre o quanto eu tenho medo da morte e do esquecimento. Sabe, durante muito tempo eu não dei valor a vida, mas hoje eu a vejo como meu motivo para continuar.

Bem, as palavras e pensamentos não couberam nos pensamentos e nem no meu coração. Por fim transbordarão nessas linhas.

Espero que gostem e boa leitura.

https://www.youtube.com/watch?v=MgDV67DwHFY&t=540s = ( link do video que citei acima ).

Capítulo 1 - Único


Fanfic / Fanfiction Como amar o fim? - Capítulo 1 - Único

Vida, algo que me foi dado como a chama ardente de um fogo e que será tirada como areia entre os dedos. Ao fim dessa longa caminhada serei apenas memórias minhas. Serei apenas um pó soprado pelo vento. Serei apenas partes minusculas e imperceptíveis a olho nu.  

As vezes pergunto-me porque os humanos lideram sua autodestruição. Pergunto-me porque o pobre se deixa ser mandado por um ser igual a si.  

 Todos somos iguais, viemos da mesma explosão e iremos para diferentes vazios no escuro.  

 Vivemos em um vazio completo que tem apenas cores reluzentes, mas terminaremos em um mesmo vazio; sua cor se compara ao nomeado preto.  

 As vezes um escuro toma conta do meu ser. Tudo perde as cores que descobri no meu meio tempo de vida. Tudo perde a colocação de antes. Tudo perde o valor dado por mim. Tudo se torna um vazio mais agoniante e agonizante que o mundo e seus humanos. Esse escuro usa uma máscara chamada: "Tristeza".

 Sabe, eu não tenho vontade de ser esquecido. Sabe, eu quero que gerações reconheçam meu dever e passagem na terra. Eu quero ser eterno. Sou apenas um miserável que não aceita o fim do inicio. Sou apenas um alguém que não aceita ser deixado pelo oque me fez e faz.  

 A bolha cresce cada vez mais e não estoura, eu vejo o mundo através dela. Ela tem grades! Sim, uma bolha com grades. Porque não? Porque ela não pode existir? Sabe, essas grades me impedem de achar meu amor. O amor que tanto desejo compartilhar a passagem de minha vinda à terra.  

 Eu apenas não aceito o fato do fim sempre chegar. Quando digo o "fim" eu digo o fim de tudo. Eu digo me referindo ao fim do inicio que ainda não existe. O fim do beijo que ainda não dei. Eu digo o fim do amor que ainda não amei. Eu digo o fim da amizade que tenho. Eu digo o fim da vida. Eu digo o fim das batidas do meu coração.  

 Não serei um vazio no escuro. Não quero esse fim!  

 Talvez amanhã chegue, talvez não. Talvez tudo acabe nesse segundo. Talvez o "talvez" signifique um acaso.  

 Talvez eu morra.. Talvez eu viva...  

 Eu amo ver o mar! Sentir a água salgada queimando a ferida de minha alma. Sentir o curar ao soprar o vento. Eu amo o ver e sentir. Eu aceito o ter e não ter. Eu aceito o inicio, mas não o fim. Eu aceito a vida, mas não a morte. 

 Não tenho crenças para seguir. Não tenho um amor para amar. Eu não tenho nada que eternize minha vinda ao mundo. Eu tenho apenas a certeza do fim. Talvez eu passe pela vida sem saber  amar o fim. Talvez esse talvez seja a certeza do que digo.  

Eu apenas descrevo cada passo que dou nesse papel. Apenas gravo meus momentos de vida aqui. Talvez na intenção de me eternizar na memória de meu leitor. Pra não cair no esquecimento vazio.  

Após minha morte encontrarei vida na saudade que quem vive. Serei lembrado por minha única e simples maneira de usar palavras. Serei lembrado por minhas ações promissoras e solidarias.  

Apenas não me esqueça, não permita meu cair no vazio do esquecimento. Após minha ida lembre de minha vinda. Esse será meu último pedido. 

Como amar o fim? 


Notas Finais


Obrigada por ler.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...