História Como conquistar o Crush sendo uma batata - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O
Tags Baekyeol, Chanbaek, Comedia, Exo
Visualizações 43
Palavras 1.428
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


hehe nn consegui voltar semana passada, mas consegui voltar nessa então td bem ne eu acho? kkk
Obrigada por lerem.
S2 bjs

Capítulo 10 - Duas pizzas


Tudo bom, meu amado diário/caderno de confissões de desespero do Baek?

Meu amorzinho rechonchudinho, ¨perdeu¨ seu caderno, e eu misteriosamente ¨achei¨ sem querer.

Mentira, eu só estava muito curioso para saber o que o Baek escrevia sobre nós, no seu amado diário.

Admito que estou bem emocionado com tudo que ele me escreveu, e como estranhamente ele me achava lindo, mas fazer o que eu sei que sou maravilhoso! Só não consigo ser mais perfeito, do que a linda criatura que está neste momento comendo a segunda pizza que pedimos para comer aqui na minha casa com a família.

Já faz um bom tempo que eu e o Baek começamos a namorar, foi tudo muito estranho, mas ao mesmo tempo mágico ~ aí como eu estou meigo ~ Mas também foi um grande alvoroço na escola quando chegamos juntos de mãos dadas.

Afinal nós éramos o OTP principal de muito mais da metade da escola, não preciso nem dizer que o Baekhyun quase teve um treco quando soube disso não é mesmo?

Ele não tinha a menor ideia de que sim, todo mundo sabia que eu gostava dele, e que ele gostava de mim (na verdade não todo mundo, eu não sabia que eu o Baek gostava de mim, e ele, bem ele não sabia de nada basicamente).

E como todo relacionamento que se preste um tempo depois eu o levei para conhecer os meus pais, a minha mãe o adorou de primeira, já que o Baek adora comer, e a minha mãe adora cozinhar então eles se tornaram uma dupla perfeita.

Tivemos um pequeno problema com o meu pai, ele não aceita muito bem essas coisas de homossexualismo, tivemos uma longa conversa, mas ficou tudo bem, porque mesmo eu sabendo que ele não aceita, ele tem respeito por nós e isso é muito bom.

Os pais do Baek também não aceitaram muito bem, ele chegou até mesmo a passar uns dias aqui em casa por conta disso, mas acho que agora eles estão bem melhores.

Baek e os pais não possuem uma convivência muito boa deis de sempre, eles viajam demais então meu bacon acabou por ficar muito solitário e carente.

Carência essa que agora cabe a mim cuidar, e pode ter certeza que eu faço isso com muito prazer. Tomar conta daquela bolinha cheirosa, dar amor e carinho para ele são tarefas muito fáceis, eu posso fazer isso por décadas, e bem eu pretendo fazer isso por décadas.

Nós só temos um pequeno problema.

Vocês ( leitores como o Baek chama, que na verdade eu nem entendo direito com quem ele está falando ) sabem que em um relacionamento, existem outras coisas além da carícias, certo?

Coisas bem mais quentes, digamos assim.

Minha bolinha tem muita vergonha com essas coisas (por incrível que pareça), quando ficamos sozinhos pela primeira vez aqui em casa e eu tentei tirar as roupas dele vocês tinham que ter visto a cara de vergonha dele.

Estava lindo, mas ao mesmo tempo muito engraçada.

Não é novidade para mim que ele é virgem, nós já conversamos sobre isso, e eu tive toda a paciência do mundo com o meu anjinho, então ontem ele veio me dizer que os pais dele estariam viajando de novo a trabalho, e que bem a casa estaria vazia, então ele queria tentar.

E esse dia seria hoje.

Não vou negar, estou super nervoso, mas ao mesmo tempo super animado em conhecer as maravilhosas coxas do Baek ao vivo.

**

Estou cagado de medo.

Chanyeol estava se despedindo dos pais, dizendo que iria passar a noite na minha casa.

Okay, não era a primeira vez que iriamos dormir juntos na mesma cama, mas porra tínhamos planejado de hoje ser a nossa prieira vez, e só de pensar nisso está me dando vontade de vomitar.

Por que diabos eu fui comer duas pizzas inteiras justamente hoje?

- Vamos Baek? – Ele me pergunta segurando uma de minhas mãos, já andando em direção a minha casa.

E nossa como Chanyeol consegue ser tão mágico? Ele conseguiu acalmar a minha ânsia de vomito só conversando comigo sobre a nova temporada de Game Of Thrones, e eu nem me importei de levar alguns spoilers, já que eu amava tudo que ele falava para mim.

Ao chegar em casa fomos direto para o quarto, já sabíamos o que iriamos fazer mesmo.

Eu tranquei a porta só por precaução, vai que entra um assaltante dentro de casa e ele nos vê transando? Eu sei que ele vai olhar para o corpo maravilhoso que é o do mozão e ficar tarando ele, afinal quem não quer Park Chanyeol nu na cama com você?

Sim eu sou um pouco ciumento.

Me virando, depois de trancar a porta, vejo uma cena maravilhosa, um Channie já tirando a camisa e a calça olhando em minha direção.

Ai socorro, eu não achei que seria tão rápido assim.

Ele se aproxima de mim, se encolhendo para me beijar intensamente nos lábios, já começando a desabotoar a minha calça.

Deixo-me levar e passo os braços em seu pescoço, e assim que retiro a calça, me penduro naquele corpo lindo, enlaçando as pernas sobre a sua cintura.

Chanyeol me leva até a cama me deitando nela, e saindo de cima de mim para ir até a mochila, onde vejo ele pegar duas camisinhas e um frasco que eu presumo ser de lubrificante.

Ai meu Deus, como ele é prevenido, adoro.

Quando ele volta para a cama, para e começa a analisar o meu corpo, fico muti constrangido, é a minha primeira vez e essas coisa nunca tinham se realizado, só nos meus sonhos eróticos e nas fanfics hot que eu leio.

Ele tira a minha cueca e nossa, eu já estava muito duro só de ficar imaginando o quão mágico isso vai ser.

Ele começa a lamber o meu membro e nossa, como isso é bom, eu até queria fazer o mesmo com ele, mas eu não tenho prática nenhuma, por isso me contendo em ficar observando aquele rosto magnifico me chupando cada vez mais rápido.

E nossa como Chanyeol gostava de me fazer sofrer, ele começou a não só chupar, mas a também começara a dar vários chupões nas minhas coxas e a lamber a minha entrada que já estava necessitada por mais.

- Chanyeol – pedi com a voz manhosa, quase em um gemido – Vai logo, eu quero foder agora.

Não posso explicar o quanto essas palavras devem ter sido excitantes para ele, já que ele me deu um sorriso tão mais tão pervertido, no qual eu nunca tinha o visto que eu acabei gemendo de tesão só por isso.

Ele tirou a box que ainda estava usando e eu aproveitei o momento e tirei a minha camisa, para ficar completamente nu, para ele ter mais áreas para chupar.

Peguei a camisinha e o lubrificante que ele tinha deixado na cômoda, e lhe integrei, abrindo depois mais as pernas, porque sim eu estava amando o momento.

Sentir o lubrificante em mim era meio estranho, era gelado, mas também era gostoso, ele colocou a camisinha e passou mais um pouco de lubrificante no próprio pênis, sorriu e então sussurrou no meu ouvido.

- Baek, você não queria foder logo? Então fica de quatro para mim.

Ah, senhor, eu nem discordei, virei de barriga para baixo ficando bem exposto para ele, eu estava morrendo de vontade de tê-lo em mim.

Antes de meter, ele me deu um tapa na bunda, e depois começou a enfiar.

Não doeu tanto assim por conta do lubrificante, por isso foi bem mais fácil sentir o prazer rapidamente.

Chanyeol me fodeu da maneira que ele quis, eu aceitei fazer todas as posições que ele queria, porque eu também queria senti-lo das mais diversas formas.

Depois de gozarmos, fizemos uma pausa e depois transamos de novo, porque era só simplesmente muito delicioso transar com Park Chanyeol.

E eu fiz chupões em praticamente todo metro quadrado de pele dele, para ele sair na rua mesmo e todos verem que ele tem dono.

Acabamos nossas transas, quando já estava amanhecendo, sim transamos por horas mesmo, meu cu está quase caindo, mas foi incrível demais.

Chanyeol acabou por dormir antes de mim, me abraçando.

E eu não conseguia dormir, só de ficar imaginando que poderíamos ficar o retso de nossas vidas assim.

Ah era bom demais para ser verdade.

E de repente a imagem de uma vida inteira com meu lindo galã de novela das nove, surgiu novamente na minha mente.

Nossa, como eu sou estranhamente apaixonado por ele.

Não vou mentir, adoro.


Notas Finais


Então eu ia encerrar a fic neste cap, mas eu achei estranho demais encerrar depois deles transarem meio impessoal vcs nn acham?
Por isso essa fic vai ter mais um cap, provavelmente uma coisa mais fofa.
Bjao para todas as leitoras,
ate nn sei quando, pq nn faco a menor ideia de quando vou ter tempo de escrever de novo.
dsclp kkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...