História Como eu era antes de vc (imagine jungkook) - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 129
Palavras 1.157
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem povo ...

Capítulo 12 - Incêndio/ coma


Fanfic / Fanfiction Como eu era antes de vc (imagine jungkook) - Capítulo 12 - Incêndio/ coma

                História off

   - aí meu Deus mãe, ela não vai morrer não né. - pergunto aflita, e ela me responde com um simples:
  - não sei, pra saber você tem que ouvir o resto da história! 
   - tá então conta logo por favor eu tô aflita.
   - tá ok.

            História on...
     
          ~ jungkook on ~

   Eu não estava acreditando. Era ela mesmo ali no meu telefone. Ela me ligou, ela podia ligar pra qualquer um mais resolveu ligar pra mim. Quando falei seu nome em minha ligação todos me olharam com olhar aflito e ancioso:

Ligação on:

Eu: alô ?

Mara: kookie, é você ? - ela falou aflita e chorando.

Eu: MARA?

Mara: sou eu. Que bom ouvir sua voz. Kookie socorro.

Eu: Mara onde você está ?

Silêncio...

Eu: MARA, RESPONDE.

Mara: aí meu deus ele acordou...
SOCORRO. ...

Eu: MARA - eu gritei assustando todos a minha volta que já estavam chorando, então eu coloquei no viva voz.

Mara: não, por favor, não... SOCORRO! ! - o som saio meio abafado. Aí a ligação caiu.

Ligação off

   Eu já estava desesperado junto com os meninos, alguém podia estar torturando ela agora é eu aqui sem poder fazer nada.

   - o que ela disse ?? - hope
   - nada, ela não disse nada... - eu falei
   - como assim nada, ela deve ter dado alguma pista. - Jin
   - na verdade com essa ligação nos não precisamos de pistas. - o policial falou e nos olhamos pra ele tipo ( QUE )
   - ela nos ligou, então o telefone está com ela. - ele falou nos deixando mais confusos.
   - resumindo podemos rastrear o número.

   Todos nós corremos pra mesa dele enquanto ele tentava rastrear o número.
  - droga está sem sinal. - na hora namjoon deu um soco forte na parede de frustração.

   - é brincadeira. Ela está no depósito abandonado de produtos de limpeza. - ele fala.

   - essa não, chame uma ambulância agora. - eu falei muito preocupado.

   - porque?  - jimim

   - bom além dela está sendo torturada, ela tem alergia a produtos de limpeza. - na hora todo mundo se despertou. Então o policial  chamou seu companheiros, pegaram duas viaturas, uma ambulância, e um caminhão de bombeiros, não entendi direito o porque mais aí ele explicou:
  
   - bom se ela é alérgica a produtos de limpeza tanto quanto você falou, eles podem tocar fogo no depósito e fazer ela inalar toda a fumaça dos materiais que estão lá. - eu fiquei apreensivo.

             ~ jungkook off ~
              ~ Mara on ~

   Aquela foi uma idéia estúpida,  eu estava ligando pro kookie, e quando ia falar minha localização,  o menor acordou e me pegou com o celular, então ele chamou os mais velhos e eles começaram a me cercar menos o que tinha me ajudado. Eles pegaram pedaços de ferro e começaram a me bater com força. Só me lembro do menor contando tudo é o mais velho falando:
  
    - vamos logo acabar com isso. - então ele pegou um fósforo e foi em direção ao outro lado do deposito logo eles saíram correndo e me deixaram  ali acorrentada, foi o tempo de eu ouvir uma enorme explosão vindo e um nevoeiro de fumaça preta de produtos tóxicos vindo até mim. Tentei me soltar mais foi inútil. Então começou a gritar:

   - SOCORRO, SOCO... - e tudo foi ficando embasado e eu senti uma mancha de sangue em minha roupa, foi quando eu apaguei.

    
           ~ Mara off ~
            ~ jungkook on ~

   Chegando perto do deposito, senti um cheiro forte de...   fogo, aí me deus ele tinha razão. O policial aumentou a velocidade e finalmente chegamos lá. Déssemos  do carro correndo mais antes que pudesse mos entras no depósito em chamas uma fileira de bombeiros nos em pedio  dizendo que era muito perigoso e que nos podemos morrem entoxicados. ..
Mais nos não desistimos.  Ficamos lá nos debatendo.
   - ela está lá dentro ainda, eu preciso tentar... - eles nos jogaram no chão.
   - fiquem calmos já mandamos nossos melhores operadores pra lá pra dentro, eles vão achar sua amiga, se ela ainda estiver viva ... - a mossa falou tirando a mangueira do caminhão.
 
   - pera, como assim se ela ainda estiver viva. - tae
   - como vocês disseram ela foi torturada, e está lá a um tempo inalando a fumaça do material que ela é alérgica. - ela respondeu calma.
  
   - aí meu deus, meus deus. MARA, MARA, RESPONDE. - o hope falou gritando.

   O rádio da mulher toca e ela ouve:

• achamos ela, informe aos socorristas, ela está desacordada, perdeu muito sangue, e está em estado grave...

   Só aquilo foi motivo pra eu me desespera. Ele pedia reforços...
   Derrepente um homem sai da fumaça com ela toda ensanguentada, em seus braços desacordada e com algumas queimaduras em seus braços e pernas. Eu e os meninos corremos até lá mais não nos deixaram toca lá, a levaram direto pra ambulância. Então Jin pegou o carro e fomos em alta velocidade até o hopital. Chegando lá vimos ela saindo da ambulância em uma mac, conectada a muitos fios pra ajudar a a respirar. Eu e os meninos estávamos horrívei, com os olhos inchados, esperando na qual maldita sala de espera... tempo passou e nada de respostas. Até que um médico veio até nos e falou:

   - vocês são os responsáveis por a paciente Mara Inter ?

   - SIM - nos falamos juntos e logo em seguida, levantamos aflitos.

   - bom infelizmente tenho que dar o relatório da paciente.

   Nos nos olhamos com os olhos marajá dos.

   - bom é melhor se sentarem... - ele falou e nos obedecemos.

   - bom o estado dela é grave, ela está em coma, sofreu diversas hemorragias internas, traumatismo craniano, e suas vias respiratórias estão dificultadas por conta da alergia e ela inalou muita fumaça, alem de ter sido acorrentada o deixou seus pulsos torcidos...

   Na hora meu mundo caio, olhei para o lado e vi os menino derramando lágrimas em seus rostos junto a mim.

   - p-podemos v-visita lá ... - suga

   - claro, só não podem fazer muito barulho.

   Ele nos levou pra uma área específica do hospital. Entramos numa sala toda branca e vimos ela, corremos até lá e a vimos mais de perto, ela estava desacordada com muitos fios ligados à seu corpo, tinha marcas roxas por todo ele, estava recebendo sangue nas veias pra recompor o que tinha perdido.

   - ela teve muita sorte de ter um sangue fácil de encontra em bancos de doação. - doutor

    Senti um aperto forte no coração, mais estava feliz por estar ali com ela. Eu e os meninos fizemos uma roda em volta dela e fizemos uma promessa de nunca sair do lado dela mais. O rosto dela ainda com todos aqueles fios estava lindo. Nos conversamos com o médico e ele entendeu nossa situação e nos deixou dormir lá com ela.

              CONTINUA



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...