História Como eu era antes de você? - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 15
Palavras 548
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá pessoas <3
Essa é minha primeira história então me ajudem a melhorar em quaisquer pontos possíveis, estarei agradecido!
Ainda não agendei dias fixos para postar os capítulos então por hora serão postados avulsos!

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Como eu era antes de você? - Capítulo 1 - Prólogo

                Então eu me vi sentando naquela cadeira dura e debruçado sob a mesa toda rabiscada dessa escola que outrora me ajudara a pensar em outras coisas que não fossem meus familiares discutindo sobre dinheiro ou traição, até que cansado de desperdiçar meu intervalo chorando e pensando na vida, levantei um pouco a cabeça e enxuguei algumas poucas lágrimas em minhas bochechas até que escutei aquela voz...
            - Aconteceu alguma coisa com você?
Educadamente respondi o garoto: - Não, tudo bem!
            - Claramente você não está bem, você precisa de ajuda? Logo após falar isso, o garotinho foi até em frente a minha mesa e abaixou-se o suficiente para me olhar nos olhos com minha cabeça abaixada esperanto eu tomar minha postura normal.
            - Obrigado, mas já está tudo bem. São só problemas em casa. Levantei meu rosto e olhei o garotinho nos olhos que não parava de me observar, seus olhos mais piscavam, até que ele diz: - Meu nome é Anthony, tenho observado você desde o começo deste semestre, não me leve a mal, mas sempre te vejo muito sozinho...
Por um momento me senti um tanto quanto feliz por ter sido notado, a maioria dos outros estudantes nunca se aproximaram de mim para uma conversa e em todos os trabalhos escolares eu sempre fiz tudo sozinho, então para matar a curiosidade do jovem, o respondi:     - As pessoas geralmente me evitam, então prefiro ficar mais sozinho.
- Não deveria! Ele,retrucou
- Vem, vamos usar o balanço, como hoje é dia de jogar bola, os outros alunos vão para a quadra e o pátio ficará provavelmente vazio. Após isso, mesmo eu negando um pouco ele acabou insistindo demais e eu cedi, então fomos em direções aos balanços e quando começamos a usá-los ele ficou um tanto curioso sobre minha história: -Então, você havia dito sobre problemas em casa, quer desabafar um pouco? Hesitei um pouco mas já que ele estava disposto a me ajudar, cedi e comecei a contar sobre o fator “dinheiro” pelo qual minha família tanto fazia questão e sobre os problemas de amantes do meu pai, e a cada palavra os pequenos olhos e ouvidos do garoto concentram sua total atenção em mim, o que me fez sentir abraçado e confortado  pelo brilho dos olhos dele, e quando eu terminei de contar sobre meus dias agonizantes naquela casa, ele levantou do balanço e veio a minha frente e a única coisa que ele fez foi me abraçar durante cinco minutos interruptos, foram os cinco minutos que eu precisava para soltar todo aquele peso que eu sentia nos ombros. Até que ele quebrou o silencio me oferecendo um passeio a sua casa que não era a mais de duas quadras dali:
            -Minha mãe sabe fazer biscoitos deliciosos , você quer ir a minha casa depois da escola? Para retribuir todo o momento aconchegante que ele havia me prestado, respondi um tanto quanto tímido e receoso o pedido do garoto: - S-Sim ...
            - Ótimo! Retrucou ele.  –Meu nome é Anthony e o seu?
            - Christopher. – Respondi.
            - De hoje em diante somos amigos! Ao falar isso ele estendeu sua mão a mim esperando uma espécie de concordância sobre o que ele havia falado, então apertei a mão dele e dei um pequeno sorriso: - Claro.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...