História Como foi que aconteceu? ... (scorbus drarry) - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alvo Potter, Draco Malfoy, Harry Potter, Scorpius Malfoy
Tags Albus, Drarry, Scorbus, Scorpius, Sociopata
Exibições 125
Palavras 2.531
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


ESTOU INDESIVA A CASO DO WILL , bem me ajudem amores
olhem as fotos la em baixo e me diz quem deve ficar com ele, bjs

Capítulo 9 - Uma grande novidade


Fanfic / Fanfiction Como foi que aconteceu? ... (scorbus drarry) - Capítulo 9 - Uma grande novidade

Mais antes devo falar para aquele idiota que não somos mais

 “cumplices”, não somos mais nada, nunca mais!

Ele com certeza deve esta no salão comunal ou na sala de aula

Devo seguir meu plano rapido, acho que nem vou pegar roupas so vou pegar oque tenha para gasta e...

ai que dor, AI MERLIN, QUE DOR E ESSA, ai minha barriga

Derrepente me deu uma tontura. eu não consigo respirar.. ta ficando escuro eu...

***

Ooo

Merda estou acabado, isso não é nada bom para um nacorlepsico como eu, o que mais me preoculpa é o scorp, conserteza ele não vai lembrar, e se lembrar colocara toda a culpa em mim, mesmo sendo que foi ele que saiu pulando em cima de mim, mesmo que foi ele que começou a me despir, mesmo que foi ele que disse mil e uma coisas, mesmo que foi ele que roubou meu coraçao... merlin oque eu estou pensando, vou dormir amanhar é um novo dia!

--;--

-ALBUS ACORDA E VER SE PRESTA PARA AJUDA AQUI! – Merlin que susto!

- NÃO WILL, não o acorde! – Scorpius!? Oque esta acontecendo?

- oque esta acontecendo? -agora que reparei, ele estava no chão com as mãos nas temporas - porque você esta no chão?

- estou procurando elefantes minúsculos Extras terrestres ! – Nossa acordou com o pé esquerdo hoje em?! Mesmo que o tom dele seja sacastico e agressivo é meio que engraçado como ele lidar com o acontecimento ou então ele se lembrou e quer jogar – eu cair seu idiota!

- caiu porque?

- porque!? - ele olhou para mim com os olhos arregalados como se quisesse falar mais algo o empedia – eu não sei...– depois dessa pequena frase ele me olhou de forma agressiva – não é da sua conta...

- serio!? – é assim que ele quer jogar?

- sim.

- então vou voltar a dormir! – Se é assim que assim seja!

- já vai tarde Imbecil!!

- seu jeito de falar comigo ontem estava bem melhor!

- QUE!? Oque eu falei? – Ah então ele não se lembra!

- AH! Nada – Dou uma risadinha auta so para irritalo– sera alguma coisa relacionada a o que o doutor disse?

- oque o doutor disse? – bateu um pouco de curiosidade aqui também!

- nada Storm, pensei auto sô isso ! Vou dar uma volta estou meio tonto blz!

- Blz!

Conversa esquisita, (A) como um bom nerd curioso devo seguilo (B) devo ficar aqui como um bom preguissoso

E a resposta certa é a (B) porque ele esta agindo como se eu fosse... hum... ah sei la uma praga uma peste, tanto que ele nem quis que me acordasse não tenho nada a ver com ele e ontem ele deixou bem claro oque sente por mim!!! Bem quase deixou!

Ooo

16:00

Hoje esta um dia muito ensolarado, sim graças a merlin, terei que fazer um bom plano, estou com um plano infalivel na cabeça que envolve pansy

Hoje harry vai fazer um trabalho de auror e so volta daqui dois dias, não consegui falar com albus em hogwants, não avisei o malfoy do jantar e james so vem amanhar

Estou preoculpada com james, mooly disse que ele esta trancado no quarto gritanto  “eles vão me pagar” e so sai para comer e banhar!

Hoje sera so eu pansy e o pequeno Willy e o meu plano infalivel

Fui no supermercado e comprei friresk e vinho por que fazem parte do meu plano

18:00

Já estava quase tudo pronto para o jantar so faltava...

Ouço a campainha tocar

- pansy você veio mesmo?

- estava intediada, sem nada para fazer, então eu pensei porque não!

- cade o willy?

- não consegui falar com ele!

- nem eu com albus! Não consegui avisar o malfoy do jantar e james so vem amanhar harry vai fazer um trabalho de auror e so volta daqui dois dias!

- PERAI, estamos sozinhas!?

- sim, desculpe!

- aaaaah não, então é melhor eu ir!

- NÃO PERAI! – gritei no desispero - A gente não pode ser pelo menos amigas! Sera que não da para me perdoa! Somos adultas temos que parar de ser infantil!

- Belo discurso mais não me comovel!

- pufavor pansy!

- NÃO RUIVA PORCA TESTUDA!

- PANSY SO HOJE!

- OQUE PENSA, QUE HOJE PODE ME COMVENCER QUE SEREMOS GRANDES AMIGAS?

- SIM, DEIXA EU PELO MENOS TENTAR PANSY!

- (Suspiro) tah bom, So hoje!

Dei um longo suspiro aliviada

- obrigada!

No meio do jantar pansy e eu já tinha bebido 1 litro de friresk, pansy estava meio tonta, e eu não sou fraca a bebida então estava normal

Avistei uma velha revista bruxa do harry que me fez viajar em pensamentos

- pansy você se lembra de algo relacionado? – eu disse apontando para a revista – velhos tempos neh!

- sim eu lembro, eu estava Indo comprar um livro mais você ai...

PASSADO  **

 Hoje estou indo comprar um livro bruxo mais minha namorada o cabelo dela está tão lindo hoje, não deu tempo dela amarrar ele então deixou solto e admito que assim, ela fica muito mais linda:

- Oi meu amor! - ela anda até mim..

- Oi paixão! - dei um selinho nela e sorri. - Vamos indo?

- Claro!

Demos as mãos e começamos a caminhar juntas, queríamos comprar algumas coisas na banca bruxa. Eu estava necessitando de livros, porque eu ler livro bruxos e também alguns trouxas (ninguem precisa saber que leio coisas trouxas) e ela queria algumas revistas de fofocas! Não demoramos muito para chegar, pois quando estamos juntas conversando, tudo passa ou acontece rapidamente. Eu procuro pelos meus livros e ela pega as revistas dela.

Na hora de pagar eu vi quais revistas ela pegou e fiquei levemente irritada. Eu não me importo de ela pegar revistas de fofoca bruxas ridiculas, apenas fico injuriada quando a fofoca da revista se trata de um moreno testa rachada com cabelo de porco espinho, denominado Harry potter. Acho ele bonito? Mais ou menos. Tenho invejada dele? Dele não, da obsessão que a ginny tem por ele sim!

Após eu pagar e sair com a ginny para voltarmos pra casa, não resisti:

- Não acredito que você comprou revista de fofoca por causa daquele testa rachada de novo!

- Ahhh não! Não começa pansy! - ela fala com o tom de voz alterado.

- Não começa o que? As perguntas pra saber o que você tanto gosta naquele cara?! - falo também alterando minha voz.

- Já te falei inúmeras vezes, ele é gato, talentoso e eu adoro ele! - o sarcasmo na voz dela me deixou mais irritada.

- Então, se você pudesse me trocar por ele, trocaria? Já que ele é tão incrível a ponto de uma simples manchete lhe fazer ficar animada, mais do que uma surpresa minha lhe deixa!

- Ah, começou! Pare de se fazer de vitima pansy! Entenda que eu sou fã e amiga dele, entendeu?

- Uma fã louca e obcecada! - não pude evitar meu ciume.

- Ahhhh Pansy! O seu ciume com o Harry é muito grande. É tão difícil pra você me deixar sonhar com ele? - maguei com aquilo.

- É, eu queria que você sonhasse comigo, não com aquele moreno sem graça! - pessoas nos olhavam confusas e surpresas, nós andávamos discutindo em voz alta e chamávamos a atenção de todos.

- Ora, não fale assim do Harryzinho. Você apenas tem ciume porque ele é perfeito, com um corpo lindo e um rosto atraente, sem um ciume enorme que nem você , ele é mais bonito que você e não é sonserino.

Eu olhei pra ela surpresa, não consegui crer no que acabei de ouvir. Então ela realmente preferia ao moreno do que a mim! E se não bastasse jogar isso na minha cara, ela falou de algo que tinha prometido que essa coisa de grifinorio e sonserina não ia nos atrapalhar! Não consegui esconder minha tristeza e muito menos conter as minhas lágrimas. Em todas as nossas discussões, ela nunca chegou a esse ponto. Deveria ser um sinal, um sinal que realmente não é pra ser:

- Então se prefere ele ao invés de mim, fique com ele! - eu falei sem pensar e sai correndo em direção a casa de minha mãe.

Eu não voltaria para hogwants, não sabendo que eu a veria lá. Eu a ouvia me chamar, sabia que estava atrás de mim, mas eu não queria mais saber, eu não aguentava mais. Assim que cheguei na casa de minha mãe eu entrei sem ao menos bater na porta. Ouvia a ginny bater na porta me chamando e com todo o barulho meu pai apareceu. Eu o abracei chorando e ele me ajudou a ignorar a ginny na porta. Contei tudo a ele que ficou me consolando o tempo inteiro e depois que minha mãe chegou em casa, eu fiquei mais magoada ela me chingou e disse que tinha me avizado, mais também me deu conselhos. Foi sendo assim até anoitecer e eu pegar no sono.

No outro dia, eu ia voltar pra hogwants e tentar conversar com Ginny, dar um fim aquilo tudo de um modo correto, ia seguir o conselho de minha mãe. No momento em que cheguei na escola, vi inúmeras caixas e sacolas do lado de fora do quarto dela, fiquei olhando, eram as coisas da Ginny, todas as coisas que ela tinha daquele moreno idiota! Achei que ela ia embora, mas assim que entrei no quarto vi que não era isso.

Ela tinha se livrado de tudo referente ao Harry potter e prometeu a mim não querer ter ou saber de mais nada sobre ele. Me pediu desculpas e falou que era uma idiota por ter me tratado daquele modo.

Eu sempre a amei e não consegui por um fim como planejara, pra dizer a verdade, já imagina que seria assim, já que isso aconteceu mutias vezes, eu querer terminar mas não conseguir

PRESENTE **

- eu ia por um fim para não me magoar de novo! – ouvi ela suspirar – mais mesmo assim voce me magoou!

Já estavamos completamente bebadas

- acho que um mal entendido pansy! Harry que me beijou Para fazer ciumes para o draco! Ele o amava mais que tudo nesse mundo, QUER DIZER eu sinto que ele ainda o ama!

- eles estavam juntos naquela epoca?

- não, mais harry queria conquista-lo então me beijou para fazer ele ciumes ou ver se fazia!

Demos risadas feito loucas

- mais eu quero uma coisa sua pansy! Uma coisa que você me prometeu mais nunca me deu!

- uma coisa minha, oque??

- Vem aqui comigo pansy?

Estavamos bebadas, estavamos loucas não estavamos pensando na consequencias, que tinhamos filhos que tinhamos maridos, mais agora sou eu e ela!

Eu me joguei na cama e Ela se jogou em cima de mim e senti seus seios se roçando nos meus.  Eu estava me molhando cada vez mais. Precisava tocar aqueles seios fartos, aquela intimidade, aquele corpo. Ela devia ser minha. Quando ela me soltou, eu rasguei sua blusa e tirei seu sutiã, e segurei aqueles seios. Eram tão fartos, tão gostosos, tão meus. Enquanto no seio direito eu mordia e lambia o seu mamilo, no esquerdo eu brincava com os meu dedos nos mamilos daquela morena. Ela gemia muito, o que me deixava mais excitada. Então a mão que estava brincando com o mamilo esquerdo desceu, passando pela sua barriga e chegando a sua intimidade tirei o short dela, Ela estava molhada, e muito. Primeiro brinquei com os dedos por cima da calcinha pra a deixar cada vez mais excitada. Era uma delicia fazer aquilo com quem eu amava. Enquanto brincava com a intimidade dela, ela gemia, segurava meu cabelo, fazendo tudo ficar cada vez melhor, mais excitante, mais delicioso, e eu ficava cada vez mais molhada. Então a deitei, e após um longo beijo, fui beijando seu corpo até sua intimidade, e por cima da calcinha eu a mordia, excitando-a cada vez mais. Seus gemidos me atormentavam, então senti seus dedos trêmulos na minha calcinha. Ela era boa. Tirei os dedos dela, que ainda não tinham passado da minha calcinha e falei:

- Ainda não, minha linda – primeiro passo e meu - Primeiro eu

Ela sorriu e gemeu. Retirei a calcinha dela com um movimento brusco. A visão era linda e depilada. Passei meus lábios levemente para excita-la cada vez mais. Era tão bom ouvi-la gemer. Então comecei a chupar cada vez mais rápido e de maneira cada vez mais profunda aquela intimidade tão desejada. Era tão bom. Então coloquei minha língua dentro daquilo. Que delicia. Era tão delicioso. Ela gemeu mais e mais alto a cada movimento meu. Então coloquei um dedo. Era tão bom senti-la me apertando. Coloquei outro dedo. Era muito bom. Com movimentos de vai e vém, acabei fazendo ela gozar no meio de muitos gemidos. Ela caiu pra trás. A elogiei:

-Seu gosto é ótimo.

Ela sorriu, e em meros segundo arrancou meu vestido e segurou meu seio. Apertou-os. Os lambeu. Mordeu. Eu gemia cada vez mais. Ela desceu lentamente, me torturando. Não brincou comigo. Rasgou minha calcinha e logo começou a morder minha intimidade. Eu gemi muito alto. Ela sorria. Pegou seus dedos e colocava e tirava em uma velocidade impressionante, enquanto mordia meus mamilos. Eu sentia que aquilo era cada vez melhor. Eu segurava ela pela nuca, impulsionando-a a fazer aquilo cada vez mais rápido, masi profundo. Ela fazia cada vez melhor. Era tão bom, tão perfeito. Principalmente por fazer com aquela mulher. Com aqueles peitos. Aquela intimidade. Aquele corpo. Aquele gosto.

Ao gozar, acabei por cair para trás. Ela se deitou ao meu lado, nua. Linda! E adormercemos!

Ooo

Estava andando distraidamente no corredo de hogwants, quando vejo scorpis desmaiado no chão, corri e coloquei a cabeça dele no meu colo

- SCORPS, MERLIN – eu gritei disisperado – ALGUEM ME AJUDA?

- que gritaria e essa will?

- PROFESSOR NEVILLE EU ENCONTREI ELE ASSIM!

- ele esta com dificuldade para respirar!

Professor neville pegou scorps no colo e o levou para a ala hospitala

Eu fiquei do lado dele o tempo todo, vi senhorita poopley fazer exames, ela foi para a sala dela analizalo

- aiiiii que dor de cabeça!

- scorps você esta bem?

- Will oque aconteceu? Porque estou aqui?

- encontrei você desmaiado no corredor!

- mas...

- AHHHHH MERLIN! QUE MILAGRE, QUE BONITO MEU DEUS, MEU DEUS!

Scorpius foi interrompido pelos gritos de poopley

Ela saiu correndo disisperada para a cama de malfoy

- Ai pequeno, você e o milagre da vida, você e a coisa mais grandiosa que existe!

- senhorita poopley, pra que isso tudo?

- VOCÊ ESTA GRAVIDO PEQUENO SCORPIUS! NÃO É GRANDIOSO PEQUENO!

Scorpius tentou falar algo mais perdeu a respiração, tentou sugar, mais o ar não vinha, apertou a garganta, apertou tanto que chegou ficar vermelha mais continuou sem ar

Num momento de disispero ele forçou a mente mais nada apareceu

 Mais sem perceber veio frash beqs

 Acabou se lembrando de tudo e de cada detralhe

Agora mais que nunca tinha que fugir

Fugir o mais rapido possivel,

 pois o outro pai era

 Albus severos potter

 

 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...