História Como irmãos... SQN!! - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Chiyo, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Juugo, Kakashi Hatake, Karin, Kiba Inuzuka, Mebuki Haruno, Mikoto Uchiha, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shion, Suigetsu Hozuki, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju, Utakata
Tags Colegial, Comedia, Naruto
Visualizações 276
Palavras 6.218
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiiii amores!! =D

cheguei com mais um cap pra vocês ;}
preparem seus coraçõeszinhos, coisas ruins estão vindo por aí >-<

espero que continuem gostando da fic, escrevo com muito carinho <3
Super beeeeijo ;***

Capítulo 11 - Uma ameaça se aproxima


Fanfic / Fanfiction Como irmãos... SQN!! - Capítulo 11 - Uma ameaça se aproxima

Temari e Tenten caminham apressadas pelo longo corredor que leva a sala de informática, ambas estavam sérias.

_ A Hina parecia bem demoníaca no telefone… - Tenten fala ainda confusa com a reação da amiga.

_ Concordo… ela deve ter algo em mente… - a loira responde a olhando de canto.

Em seguida elas chegam diante da  porta que indica o laboratório 23, Tenten leva a mão ao trinco e abre a porta, dando de cara com Hinata e Suigetsu ali.

_ Hina? Sui? - a morena fala confusa os olhando.

_ Entrem, rápido! - Hinata fala em tom seco, mas um sorriso malicioso estava em seus lábios.

_ Oi oi minhas gatinhas, vem cá dar um beijo no Sui de vocês, vem… - Suigetsu fala de forma galante abrindo os braços para elas, que se aproximam e o cumprimentam com um beijo no rosto - hmm loira, você está uma gata hoje em, Shikamaru tem muita sorte de dar uns pegas em você sempre - Temari sorri acanhada - e Tenten meu docinho de côco, que coxas são essas, que pedaço de mal caminho… - ele se aproxima da morena e a olha com malícia - como pode aquele imbecil do Neji não olhar pra você em? - ele olha de relance para Hinata - nada pessoal contra seu priminho, Hina…

Ela revira os olhos entediada com a conversa dele.

_ Ai ai ai chega desse papo em, você não veio aqui pra dar em cima da gente, seu idiota, fala logo o que tem sobre a Ino vadia e a novatazinha irmã do Sasuke… - Hinata era mais impaciente que Ino.

Suigetsu sorri ladino e se senta de maneira confortável em uma das cadeiras ali, colocando os pés sobre a mesa do computador. As três o olham em expectativa.

_ Então minha doce Hinatinha, acabei de descobrir que sua ex-amiga Ino é uma baita fura-zóio da novata - Hinata arregala os olhos e um sorriso começa a surgir nos lábios dela - o Gaara tá super afim da Sakura, mas a Ino tá de olho nele, os dois sempre se encontram na sala de maquetes no bloco de Artes… - claro que ele tinha que aumentar um pouco os fatos - o jogadorzinho de basquete agarrou ela e lascou um baita beijo na boca dela! - as três se entreolham boquiabertas - aquele cara é muito esquisito, depois ele vazou e disse que não ia perder a Sakura para o Sasuke….

_ Como assim? - a Hyuuga pergunta confusa - como sabe de tudo isso??

Suigetsu retira as penas de cima da mesa e sorri ainda mais.

_ Eu estava na sala de maquetes, fui buscar uns materiais que esqueci lá, aí ouvi umas vozes e quando vi era a loira e o tal Gaara aí fiquei na espreita com meu celular na mão, claro… - ele fala como se estivesse orgulhoso de si mesmo - ah! Não foi só eu que escutei tudo, o Sasuke também… e sobrou até pra ele na conversa, a Ino falou que nosso amigo bonitão beijou a novata…

_ O SASUKE BEIJOU ELA??!! - as três falam pasmas.

_ Ah ele só fez isso pra zuar, sabem como ele é, não tá nem aí pra garota nenhuma e ele faz questão de infernizar a Sakura e também ele detesta o Gaara… - Suigetsu fala em tom maldoso.

_ Então deixa eu ver se entendi bem, a novata de cabelo cor-de-rosa está afim do capitão do time de basquete, é amiga da Ino vadia porca e a Ino está dando uns catas no crush da amiga às escondidas e justo você e o Sasuke que descobriram isso?

_ Isso mesmo!! - Sui confirma as palavras da Hyuuga - registrei o momento do beijo deles… - ele retira o celular do bolso, procura a imagem e em seguida inclina o celular na direção delas - imagem é tudo! - Hinata pega o celular na mão e observa as várias fotos que ele tirou.

_ Depois nós é que levamos a fama de sermos falsas… - Temari fala com certo aborrecimento observando as fotos também.

Hinata sorri maliciosa, amou receber toda aquela informação. Tramar contra Ino seria um prazer, visto que ambas guardavam ressentimentos uma pela outra. Na época que eram amigas, Ino sabia de todos os segredos das “Poderosas”, mas devido a uma briga que tiveram, a loira, como ato de vingança, revelou a todos as informações contidas no chamado “Livro do arraso”, uma espécie de diário que Hinata e suas amigas usavam para escrever sobre todos do Colégio, criando diversos apelidos pejorativos, descreviam supostos “casos” entre professores e alunos, críticas ao visual das colegas, difamações, algo tremendamente infantil e que ao ser revelado abertamente gerou uma onda de raiva pela maioria dos colegas, além de que tal assunto chegou na Diretoria e só foi graças a um acordo entres os pais e o reitor, que elas conseguiram permanecer no Tokyô High School, mas como punição tiveram que prestar serviços durante todas as férias de verão. Depois disso apenas ódio e ressentimento foi o que restou entre elas.

_ Hinata, o que está pensando em fazer? - Temari fala séria.

[Song: Rihanna - Bad Girl (Audio) ft. Iggy Azalea]

Ela sorri ainda mais em resposta.

_ Todo ano nós fazemos o vídeo de abertura dos jogos escolares, não é mesmo? - o tom de voz dela soa confiante, vendo suas amigas assentirem com a cabeça - então… nós só vamos fazer algo diferente esse ano, vamos expôr a Ino vadia da mesma forma que ela fez com a gente no passado… vamos mostrar pra todo mundo que ela é tão cretina quanto a gente - ela sorri de forma diabólica - vamos revelar que ela ainda é uma poderosa como nós,vamos mostrar quem ela é de verdade!

Os demais ali se entreolham surpresos com o plano que Hinata tem em mente, não duvidaram em momento algum que ela faria tal coisa.

_ Uau! Isso é maldade pura! - Tenten fala espantada, mas dá de ombros logo depois - que seja, não gosto dela e nem dos amiguinhos dela, até agora eu não sei o que é ser capacho de alguém, mas não gostei do tom que eles me falaram isso… - a morena cruza os braços e faz um bico irritada.

_ Ela merece passar vergonha na frente do colégio todo, mas quero mesmo é ver a reação da tal Sakura quando souber disso, não tenha nada contra ela, mas infelizmente ela vai entrar nessa confusão...  - Temari fala em seu tom sério habitual.

_ Aquela garota é tão safada quanto a Ino, Temari!!! Não venha com esse papo agora! - Hinata fuzila a loira com o olhar, mas logo volta a sorrir diabólicamente - vão ser duas tacadas numa jogada só, vou expôr a Ino e de quebra vou arrancar lágrimas da novatazinha metida que adora ficar cheia de intimidade pra cima do Naruto… ela vai se sentir tão traída pela amiga… ah Ino… eu sabia que ia pegar você… - Hinata mordisca o lábio inferior e se perde em seus pensamentos maldosos.

_ Fiquei sabendo que o Uzumaki é apaixonadinho por ela, mas ae o Gaara tomou a frente aí pra ficar perto da delicinha ele pulou pra friendzone mesmo…. - Suigetsu fala desinteressado.

Sem que esperasse, Hinata o agarra bruscamente pela camisa, o fazendo levantar da cadeira. Estava furiosa. Suigetsu engole seco ao se deparar com a expressão assustadora dela.

_ Nunca mais diga isso… entendeu? - ela fala entredentes o encarando com ódio - o Naruto não é apaixonado por ela… não mesmo…entendeu?

Temari e Tenten arregalam os olhos de ver a amiga agir tão ameaçadora como naquele instante, não se atreveram a dizer nada. Hinata era indomável.

_ Eu só tava zuando, Hina… - ele fala com um sorriso amarelo.

_ Eu quero mais, Suigetsu - a voz dela soa baixa e firme.

_ Hã? - ele a olha confuso - eu só ouvi isso!

_ Quero algo que acabe com essa moral da novata metidinha a gostosa… - ela o solta lentamente.

_ E o que poderia ser? Não tenho contato com ela, a Sakura me detesta! - ele explica sério.

_ O pai do Sasuke não está namorando com a mãe dela? - ela vê Sui confirmar com a cabeça - ela deve frequentar a casa dos Uchihas então, eu quero mais informações Suigetsu! Quero mais! Eu vou expôr essas garotas, é isso que vou fazer! E você vai me trazer mais… - ela fala de maneira autoritária se aproximando do rosto dele com ambas as mãos na cintura e o fuzilando com  o olhar, o fazendo dar um passo para trás sentindo arrepios daquele temperamento da Hyuuga.

_ Hoje a tarde vamos na casa do Sasuke, vou tentar descobrir mais alguma coisa, tá legal? Só fica de boa Hinatinha… - ele responde com um sorriso forçado.

Ela sorri convencida. Temari e Tenten sorriem e olham para ele com certa pena, Hinata tem um temperamento forte e intimidador.

_ Ótimo, você tem menos de dois dias, Sui… - ela fala em falso tom meigo e se afasta do mesmo - vai ser um prazer causar desarmonia entre eles… - Hinata fala e em seguida solta uma risada - vai ser um prazer tirar aquele sorriso irritante da cara delas...

_ Seu desejo é uma ordem, minha linda… - Suigetsu fala sorrindo nervosamente.

 

(...)

 

Quarteto Fantástico ;) <3

Ino, Karin, Ryuu, Você


 

Ryuu:                             19:30h

Cd o povo desse grupo? Cd a loira poderosa?

 

Karin:                             19:31h

Inooooooo!!!!! Cadê vc amada?

Mas em, vocês já terminaram a apostila de exercícios do prof Ibiki? É pra sexta!

 

Ryuu:                             19:32h

Ooohhhhh trevaaaaaaa!!!!!! Ainda não!! Q cor é sua apostila, ruiva?

 

Karin:                             19:32h

Verde! ;)

 

Ryuu:                              19:33h

AAAHH!! OBRIGADA KAMIIII!!! A minha tbm! Já leva amanhã mon amour, poix vou copiar! MUAHAHAHA!

 

Ino:                                  19:33h

Oi gente, tô aqui. Minha apostila é verde tbm, vou me juntar ao Ryuu e copiar seus exercícios, Karin.

 

Karin:                              19:34h

¬¬  vocês são terríveis! Tá bom, fazer o que né…

Loooiraaaa!!! Vc sumiu!!!

 

Ryuu:                              19:34h

Caramba em! Quem é vivo sempre aparece! u_u onde estava dona Ino??!! Vc deu maior sumiço na gente!

Gente cadê minha Lazy Town? Ino aparece aí a Sakura desaparece! Vou dar na cara de vcs em! #tôPitizentoHoje

 

Ino:                                 19:35h

Tive que resolver umas coisas pra minha mãe, nada sério, desculpa gente! :}

 

Karin:                             19:35h

Ai gente vocês sabem que não sou de fofoca, mas vou falar… A Sakura deve estar muito ocupada agora hahaha Gaara se ofereceu para levá-la pra casa.

 

Ryuu:                             19:36h

Cretinaaaa!!!! Nem contou pros amigos!!! :O o ruivo ta de marcação cerrada pra cima dela! Até parece que ele sabe que o Uchiha Macho Alfa das Trevas lascou um beijo top na nossa princesa Jujuba!

 

Karin:                            19:36h

:O :O :O :O

 

Ryuu:                             19:37h

O ruivo tem que tomar atitude logo ou a Sakura vai pender pro lado negro da força… afff eu queria ter opções tbm! E que opções em! Aii meu Kami pq não nasci com uma piriquita tbm?!!! Infeeeeeerno!!!

 

Karin:                            19:37h

Que horror Ryuu! :O até espantou a Ino da conversa!

 

Ryuu:                             19:38h

Ino?! Sumiu de novo? ‘-’

 

(...)

 

_ Olha meu porsche passando vocês, seus babacões!!! - Shikamaru fala em tom de deboche - vou ganhar a corrida de novo!

_ Você é um tremendo filho da puta, Shikamaru!! Você tá usando cheat!! - Deidara resmunga irritado.

_ Tem que aprender a perder, Deidara, já que isso é normal pra você! - ele responde e ri.

_ Não é Deidara, é Deidi! - Suigetsu entra na conversa e arranca risadas de todos ali.

_ Vai se ferrar Suigetsu!!! - o loiro responde com raiva e apertando o controle com mais  força.

_ Vocês dois podem calar essas bocas e se concentrar no jogo? - Juugo fala sério sem deixar de olhar pra tela - quem tá na frente é minha Lamborghini agora, seus cuzão!

Todo o bando das trevas estava reunido no quarto de Sasuke enquanto se divertiam jogando Counter Strike, era frequente esses momentos entre eles. Havia uma TV de 60 polegadas na parede, Juugo, Shikamaru e Deidara estavam sentados no chão sobre o tapete concentrados na partida, Sasuke estava deitado na cama de forma descontraída observando eles jogarem enquanto ouvia música com seus fones de ouvido e Suigetsu estava em pé próximo à janela devorando um pacote de salgadinhos e olhando para a tela.

_ Sasuke, não vai jogar hoje? - Juugo pergunta em tom impassível sem olhá-lo.

_ Não tô afim… - ele responde como quem não quer estender a conversa.

Suigetsu o olha de canto.

_ Sasuke e a tal carta da Sakura que você disse que pegou? - ele pergunta enquanto analisa a reação dele, vendo-o fechar os olhos.

_ O que tem? - Sasuke pergunta impassível.

_ O que tava escrito nela? Você nunca falou pra gente… - claro que Suigetsu queria a carta.

_ Umas bobagens que a Sakura escreveu sobre o imbecil do Gaara, era endereçada a uma amiga de Niigata onde ela morava - ele fala com uma pitada de aborrecimento nas palavras e Juugo percebe, olhando o amigo por cima dos ombros - mas ela pegou a carta de volta…

Todos param o que estavam fazendo e o olham surpresos.

_ Como assim? - Shikamaru fala confuso - quando ela conseguiu mexer nas suas coisas?

Sasuke puxa o ar com força e o solta lentamente, voltando a abrir os olhos e então encara o teto.

_ Ela está morando aqui por alguns dias… - tal afirmação os deixaram mais espantados ainda.

_ Tá de zuera!! Onde é o quarto da delicinha? - Suigetsu pergunta já com um sorriso malicioso na face, recebendo uma olhada mortal do Uchiha - tô brincando, tá legal?

_ E por falar na bonitinha, ela acabou de chegar… - Deidara fala parado a frente da janela e olhando para a entrada da mansão - hmm conheço aquele carro… é do Gaara!!

Sasuke se senta rapidamente na cama e olha para o loiro. Juugo e Shikamaru se entreolham de forma suspeita ao ver a reação do amigo.

_ Hmmmm o cunhadão atleta veio trazer sua meia-irmãzinha, Sasuke… - Suigetsu vai até a janela e os observa - convida ele pra entrar e participar da nossa reuniãozinha de amigos… - como ele adora provocar.

_ Vish, ela não desceu ainda, já sabe né, quando um cara fica com a mina dentro do carro é pra dar as últimas passadas de mão nela… - Deidara complementa.

A raiva se projeta no rosto de Sasuke, que se levanta da cama e vai em direção a porta.

_ O jantar já deve tá pronto, vamos logo… - ele fala totalmente aborrecido e sai do quarto.

_ Wow! Que mudança de humor em! Deve ser fome! Vamos logo galera, tô faminto também! - o loiro fala sorridente e acariciando a própria barriga e segue em direção a porta.

Juugo e Shikamaru fazem o mesmo.

_ Já encontro vocês lá embaixo, só vou mandar um e-mail pro meu pai, meu celular acabou a bateria… - Suigetsu fala antes que o ruivo sumisse de suas vistas, em seguida ele vai até o laptop em cima da escrivaninha e se senta de frente para o mesmo - conhecendo você como eu conheço, Sasuke, tenho certeza que você salvou essa carta em algum lugar no seu computador… - ele fala com um sorriso ladino para si mesmo e dá uma olhada rápida na direção da porta conferindo se ninguém entrava ali - se a Hinata quer mais informações, eu vou dar a ela… - ele estava concentrado mexendo em todas as pastas que havia ali, não localizando nada nos documentos mais recentes - backup! Claro! Só pode estar nos backups dele! - ele fala animado e rapidamente acessa o e-mail do Uchiha que mantém a senha salva, mais alguns cliques e então o sorriso de Suigetsu aumenta, se maravilhando com o que via na tela diante dele - … achei… - ele abre o arquivo “carta idiota Sakura” e então a imagem digitalizada do papel cor-de-rosa e repleto de desenhos de florzinhas aparece ali - hora de enviar pro e-mail do papai aqui e…. pronto! Em casa me divirto com isso… - ele fecha todas as abas e abaixa a tampa do laptop - mais rápido e fácil do que imaginei… eu sou mesmo demais! - ele olha na direção da porta - Sasuke você vai me agradecer depois de rirmos muito quando essa carta aparecer no telão no dia da abertura dos jogos…

 

(...)

 

_ Obrigada pela carona, Gaara, e pelo lanche também, fazia tempo que eu não comia um Mc Donalds… - falo com um sorriso gentil nos lábios - tenho que ir, preciso terminar os exercícios do professor Ibiki… - faço uma expressão de total desânimo assim que lembro dos malditos exercícios.

_ Adorei sua companhia, como sempre… - ele responde e sorri - que cor é sua apostila de exercícios?

_ Vermelha! - naquele instante rezo com toda fé contida em mim pra que ele respondesse que o livro dele também é o vermelho e que me emprestaria para… copiar. Que vergonha!

Vejo ele fazer uma expressão um tanto decepcionada.

_ Meu livro é o azul… sinto muito - ele realmente sentia.

_ Ah tudo bem, dos meus amigos só eu fui a diferentona e peguei a apostila vermelha, todos eles pegaram a verde… - fala em meio a um sorriso forçado - fazer o quê, só sei que vou dormir tarde hoje resolvendo todos aqueles cálculos… - Gaara solta uma risada baixa o que desperta minha atenção - o que foi? Falei algo engraçado? - falo um tanto preocupada - tem alguma coisa no meu rosto?

Ele ri, agora mais alto.

_ Não se preocupe, só ri porque você consegue ficar ainda mais linda quando fica nervosa ou preocupada… - ele me encara de uma maneira intensa e sério - eu ficaria aqui a noite toda te olhando, Sakura, e não me cansaria...

Caraca! Que flertada fatal!

Minhas bochechas coram no mesmo instante. Ele leva uma das mãos ao meu rosto e então acaricia minha bochecha.

_ G-Gaara… - não sei o que falar a ele.

Fala que você queria que fosse o Uchiha maravilha no lugar dele.

O QUE?!!!

_ Sakura eu não quero mais perder tempo, eu quero você, eu quero poder estar com você todo dia, quero que me vejam com você, que saibam que você está comigo e… - sem que eu esperasse ele puxa meu rosto de encontro ao dele e me beija, me obrigando a arregalar os olhos no mesmo instante.

Ele manteve os olhos fechados enquanto nossos lábios se tocavam, eu não consegui fazer o mesmo, só pensava em quão repentino e estranho estava sendo aquilo, imaginava que quando ele me beijasse eu iria me sentir flutuar, me faria fechar os olhos e aproveitar aquele momento. Mas não foi o que senti. Maldição! Por que não?! Porque você sentiu isso quando o Sasuke te beijou, queridinha.

Interrompo o beijo.

_ Gaara… eu… - ele me interrompe.

_ Namora comigo, Sakura… seja minha namorada! - aquele pedido me deixa boquiaberta - eu ia te pedir isso hoje de manhã, mas o Uchiha apareceu e estragou todo o clima entre nós… - percebo a irritação nas palavras dele.

_ Sei que vocês dois tem uma rivalidade do passado e… é que… minha mãe… nossos pais estão juntos o que nos faz estar juntos também e eu estou hospedada na casa dele por alguns dias e - mais uma vez sou interrompida.

_ Não me importo! Juro que não me importo! Vocês são como irmãos, certo? - ele sorri gentil demais, o que me deixa desconfiada - por você eu esqueço tudo o que aconteceu no passado entre eu e ele…

Fala a verdade Sakura.

Qual?

Aff… que você não quer mais o ruivo delícia!!

Mais eu queria sim!! Sempre sonhei com esse dia!! Por que não consigo ficar feliz?

Sério mesmo que preciso falar o porquê?

Fico o olhando séria e sem dizer nada, perdida em meio ao meu conflito pessoal.

_ E então? - ele desliza o polegar sobre os meus lábios - diz que aceita, por favor… - posso não estar apaixonada pelo ruivo mais lindo do Tokyô, mas aquele olhar de cachorro na chuva e aquela voz doce que ele me lançou amoleceu meu coração. Aff, você tá com dó de dispensar ele.

_ M-Me deixa pensar… por favor… isso realmente me pegou de surpresa - claro que isso foi a desculpa mais esfarrapada do mundo.

Ele sorri mais uma vez.

_ Só não vou dizer que você tem todo o tempo do mundo porque eu quero uma resposta amanhã… e eu sei que vai ser um sim… - ele pisca pra mim de forma galante - boa noite Sakura e… pense em nós dois - ele segura uma das minhas mãos e deposita um beijo nela.

Gente, esse menino tá tomando a mesma vitamina de sedução que o Uchiha sempre toma.

_ B-Boa noite Gaara… - falo ainda pasma e desço do carro.

O sorriso gentil de Gaara é tomado por algo mais… sombrio, enquanto me observava se distanciar.

_ Quero ver a cara que você vai fazer quando eu anunciar pra todo mundo que estou namorando a Sakura… ah Uchiha quero muito ver sua reação… ponto pra mim… - ele fala já se sentindo vitorioso.

Nem olhei pra trás, só ouvi quando ele ligou o carro e saiu, me condeno por minha enorme capacidade de ser covarde e não falar logo o que sente. Porra Sakura! Pediu pra pensar? Por que não disse sim logo ou melhor, não logo!? Aperto os olhos ao levar uma bronca da minha deusa interior. Caminho em direção a entrada toda iluminada da mansão.

_ Burra! Burra! Burra! - falo para mim mesma e aperto os olhos, enquanto caminho em direção a mansão.

Assim que entro, ouço risadas e vozes altas ecoarem da sala de jantar, claro que imediatamente reconheci que eram as vozes do bando trevoso, jamais me esqueceria da voz irritante do Suigetsu. Molequinho intragável. Fecho a porta com cuidado e planejo subir as escadas até meu quarto sem que ninguém me veja, na pontinha dos pés.

_ HMMMMMMM TÁ NAMORANDOOO…. - Já falei que odeio esse maldito de cabelo platinado e horroroso? Suigetsu berra ao me ver subir as escadas, fazendo todos me olharem, menos Sasuke, que se manteve inabalável enquanto saboreava sua comida.

Paro na escada, respiro fundo e me viro vagarosamente, lanço um olhar de total desprezo para Suigetsu.

_ Boa noite pra você também… - falo e seguro com muito esforço a vontade de vomitar que sempre tenho quando olho pra ele.

_ Achei que seu namoradinho ia entrar aqui, Sakura, que chato… ele podia ter se juntado a nós e já se enturmar… - ele fala em total deboche.

Vejo uma veia saltar no canto da testa de Sasuke, estava furioso, mas manteve a expressão neutra. Senhora Chiyo estava próximo da mesa, vejo a preocupação dela me olhando. Sorrio irônica.

_ Ele não gosta de você… eu não gosto de você - respondo firmemente - e ele não é meu namorado! - Vovó Chiyo suspira aliviada, o que me deixa confusa. Me viro e volto a subir os degraus a minha frente.

_ CABEÇA DE ALGODÃO DOCE TÁ NAMORANDOOOO! - ouço ele berrar melodiosamente e depois rir, me seguro para não ir lá e xingar até a décima geração dele, mas apenas continuo meu percurso.

Assim que chego no alto da escada, uma voz me faz cessar os passos e me virar para olhar quem era.

_ Sakura, espere - era o ruivo simpático, Juugo.

Ele sobe as escadas de maneira afoita e se aproxima de mim, o que me deixa confusa. Lá vem mais um!

_ Juugo, não é? - pergunto um tanto receosa.

_ Isso, muito prazer… - ele sorri da mesma forma que sorriu quando o encontramos no tatame, um sorriso encantador - você é amiga da ruiva, é Karin, não é?

AAAAHH! Ele está interessado na minha amiga ruiva! Que lindo!!!

_ Sou sim, Karin e eu somos muito amigas - sorrio ao falar dela e vejo ele corar e desviar o olhar um tanto envergonhado.

_ Pode entregar um bilhete a ela? - ele pergunta tentando evitar de me olhar. Que bunitinho.

_ Um bilhete? - pergunto confusa.

_ É… é que eu… er… não tenho o número dela, não quero parecer invasivo, quero que ela me dê, não que alguém arrume o número pra mim… - ele fala totalmente sem jeito.

Eu quase derreto ali mesmo diante de tanta fofura contida num rapaz de quase 2 metros de altura e forte, que mesmo que esteja a três degraus abaixo de mim consegue ficar muito mais alto que eu. Qualquer um é mais alto que você. Não consigo evitar de imaginar Karin e ele juntos. Ele retira um pequeno cartão em tom vermelho suave do bolso e me entrega.

_ Se puder não ler… er… eu... eu agradeço… - vejo ele corar ainda mais.

Não consigo evitar o sorriso de orelha a orelha.

_ Prometo que não vou ler!!! Juro!!! - Não vai nem dormir a noite, te conheço, sua bisbilhoteira. Calada!! Agarro o cartão e a sensação de protegê-lo com minha vida surge no mesmo instante, como se fosse um documento ao príncipe do Japão.

Ele me olha e sorri de forma amigável. Constato que Juugo é o elemento bom do grupo, aquele que dá bons conselhos, além de ser muito bonito. Adorei ele!

_ Obrigado Sakura… - ele fala e desce as escadas.

_ Por nada! - respondo animada e vejo ele me olhar mais uma vez assim que chega ao final da escada - aaaahhh Karin sua ruiva delícia!!!! - falo para mim mesma e saio saltitante pelo corredor até meu quarto.

Doidinha pra ler o bilhete…

Er… claro que não!!
 

(...)

 

23:30h

Estou eu já trajando um de meus pijamas bonitinhos, debruçada e concentrada sobre a cama tendo o livro de exercícios abaixo de mim, enquanto minha mente chegava ao limite do esforço pensante tentando resolver aqueles cálculos infernais. Eu já estava a ponto de me descabelar em desespero, quanto mais eu chegava próximo das questões finais, mais difícil ficava. Mordo a extremidade do lápis já fungando de raiva.

_ Urrrrg!!!!! Simplesmente não consigo fazer isso! - me jogo na cama dando-me por vencida - por que eu não peguei a apostila verde também?!! Raios!!!! A Karin fez tudo em dois dias!!! E a Ino e o Ryuu devem ter copiado em duas horas… - faço um bico de choro, de repente me esperneio igual uma criança birrenta, depois me aquieto e encaro o teto sobre mim - Sasuke foi tão grosseiro comigo… ontem ele estava tão… carinhoso… e hoje já está possuído pelas forças malignas de novo! Ele não percebe o quão grosseiro é expulsar alguém de um lugar? Eu só queria dar uma olhada nos exercícios dele, afinal, temos os mesmos livros… - suspiro desanimada e aperto os olhos - Buda… o que eu faço?

O silêncio se instala ali por alguns instantes.

Abro os olhos e um sorriso cretino surge nos meus lábios. Você tá pegando isso do Gostoso Uchiha. Pego meu celular e confiro as horas.

_ Sasuke já deve estar dormindo… - falo comigo mesma - então… - me levanto, procuro o app lanterna no meu celular e sorrio ainda mais - hora da missão código vermelho, vou entrar naquele quarto, achar aquele livro e me livrar de uma vez por todas disso! - solto uma risadinha cúmplice - depois que eu copiar, ele pode berrar o quanto quiser, huhuhu… - inflou o peito de coragem, seguro meu celular com firmeza e vou até a porta do quarto, saio no corredor e noto que todas as luzes já estavam apagadas - perfeito… - olho para todos os lados verificando alguma movimentação.

Caminho cuidadosamente até a porta do quarto de Sasuke, toda a coragem que usei pra inflar meu peito desapareceu no mesmo instante que cheguei ali. Gambatê Sakura! Dou outra olhada no corredor e, rezando a Kami fervorosamente, imploro para que a porta não ranja assim que eu abrisse e ele me atendeu, entrei furtivamente no quarto sem expressar nenhum ruído. A sensação de ser uma criminosa é amedrontante, e maravilhosa.

_ Lanterna - sussurro minimamente e aciono o app do meu celular, ilumino na direção da cama e vejo Sasuke dormindo de costas para mim - perfeito… - depois ilumino na direção da escrivaninha a procura dos materiais dele. Totalmente concentrada e convicta que acharia.

Ouço Sasuke resmungar algo desconexo, congelo no mesmo instante e abafo a luz da lanterna contra meu corpo. Engulo seco. Ele fica em silêncio de novo.

_ Vai logo Sakura… - sussurro já ficando nervosa enquanto vasculho tudo ali. Acidentalmente bato meu cotovelo no guarda-roupa, me fazendo sentir uma forte dor desde o ombro até a ponta do dedo maior, reprimo a vontade de gritar tapando a boca com uma das mãos.

Sasuke se remexe na cama. Arregalo os olhos e fico olhando na direção dele quase chorando de dor. Suspiro aliviada assim que o vejo ficar quieto. Que maldita adrenalina.

Procuro por toda escrivaninha e não encontro, olho para todos os lados ali a procura da bolsa dele, que por obra do destino está pendurada na cabeceira da cama.

_ Inferno! - meu sussurro sai mais alto que devia. Fica quieta sua bocuda!!

_ Humm…hummm... - ele resmunga e se mexe, retirando o lençol que o cobria e virando de barriga para cima.

Ilumino na direção dele, assim que o vejo só de cueca box vermelha desvio imediatamente a luz daquela região, e claro que eu já estava mais vermelha que a cueca, só que de vergonha. Minha deusa interior pega fogo.

_ Não olha pro volume, não olha pro volume… - sussurro já com a respiração pesada, volto a iluminá-lo -  meu Kami… urg! - desvio dali já desesperada - se acalma… não pense… não imagine... que difícil! - cerro os dentes sofrendo com a maldita imagem dele já na minha mente, respiro fundo duas vezes e me recomponho, tentando não pensar no que vi. Deos é mais! Minha deusa interior estava jogada no chão e babando.

Caminho na ponta dos pés e em câmera lenta até me aproximar da cama, sem tirar os olhos do rosto de Sasuke eu estico o braço e agarro a mochila e com muito esforço a trago pra mim, caminhando de costas até tomar uma distância segura da cama. Sorrio aliviada. Me agacho no chão e começo a fuçar na bolsa e quase choro de emoção assim que vejo a capa vermelha da apostila, pego e o abraço sorridente.

_ Obrigada Buda! Obrigada Kami!  - sussurro emocionada e imediatamente já começo folheá-lo, colocando a lanterna sobre ele - hmmm então é essa a conta… eu sabia que estava fazendo errado… urrg que burra que eu sou! - me levanto rapidamente - hora de copiar! Partiu… - me viro para sair dali me sentindo vitoriosa.

_ Onde pensa que vai? - a voz grave de Sasuke me faz paralisar no mesmo instante - e esse livro é o meu? - sinto um friozinho na espinha.

Me viro lentamente, mas antes substituo minha expressão de desespero por um sorriso forçado.

_ Hahaha… Sasuke… - ele realmente está irritado. Ainda. Seria difícil se explicar com ele diante de mim trajando só uma peça íntima, esse garoto não tem vergonha não? - então você acordou…. - eu tentava encontrar uma explicação não muito cara de pau na minha mente.

Ele cruza os braços de forma intimidadora e me trucida com aquele olhar ônix intenso.

_ Acordei Sakura… afinal alguém invadiu meu quarto e roubou minhas coisas… - ele arqueia uma das sobrancelhas - e ainda por cima me acordou...

_ Menino que coisa horrível de se falar! Não houve roubou nenhum aqui, eu posso ter invadido o seu covil, mas roubar não, isso é ofensivo demais… - explico como se fosse dona da razão e tentando ganhar tempo. Você está sendo ridícula, Sakura. Arg!

_ Não lembro de ter emprestado meu livro pra você copiar… - ele fala irritado.

Sorrio e coço a cabeça embaraçada.

_ Não lembro de você ter negado ele pra mim… - solto uma risadinha sem graça, mas a expressão dele em nada muda - Sasuke… por favor… eu não quero ficar de exame no final do semestre!! - falo da forma mais meiga e sincera possível.

_ Isso não é da minha conta - ele fala com total indiferença.

_ O QUE?!! - dou um berro sem pensar.

_ Você pode parar com esses gritos?! - ele sussurra mais irritado ainda.

_ Desculpa… - em seguida uno as palmas das mãos como numa prece - por favorzinho Sasuke, pelo menos hoje e agora, deixei que luz de Deos habite seu coraçãozinho negro e então você me ajuda… por favor… por favor… por favor… - implorei mesmo, não me envergonho, situações desesperadas pedem medidas desesperadas.

Vejo ele suspirar se dando por vencido, em seguida sorri malicioso pra mim. Iiih tava demorando. Ele agarra os meus pulsos me fazendo derrubar a apostila no chão e me puxa de encontro a ele, pude sentir o volume da cueca dele bem na altura da minha barriga e isso me fez sentir um arrepio estranho, no meio das pernas.

_ Quer saber Sakura… nada de copiar agora… eu quero fazer uma coisa com você que nunca fiz antes… - ele sorri ainda mais e desce o olhar para a blusa justa sobre meu peito, podendo ele admirar o contorno exato dos meus seios e mamilos, eu sinto um iceberg dentro do meu estômago mas meu rosto queima.

Minha deusa interior estava em chamas, ela pega um balde de água gelada e joga em si mesma.

_ O… q-que va-vai f-fazer? - minha voz falha.

_ O que nós dois vamos fazer? - ele me pega no colo me surpreendendo - vou te mostrar agora!

00:40h

_ … é só lembrar que sinais iguais fica positivo e sinais diferentes fica negativo, no final então você tem x igual a 756 positivo sobre 9, então você tem x igual a 84 - Sasuke fala enquanto fazia o cálculo numa folha de rascunho.

Ele me ajudava a resolver os cálculos, estávamos usando a mesa da sala de jantar iluminada apenas pelos abajures ali. Ele se mostrou tão prestativo em descer comigo no colo e me fazer entender a matéria ao invés de apenas copiá-la. Nunca imaginei que ele faria isso.

_ Hmm entendi! - respondo em meio a um sorriso.

_ Ótimo, então faz o próximo sozinha, quero ver se entendeu mesmo… - ele fala em tom calmo e o vejo sorrir amistosamente.

_ É o último exercício Sasuke! Depois desse acabou! - falo eufórica.

_ Shiiiii, fala baixa tampinha, vai acordar todo mundo - ele me repreende e toca com certa força no meio minha testa com dois dedos , mas não deixa de sorrir - vai, faz logo, eu quero dormir…

_ Aii Sasuke! - massageio levemente o local que ele tocou - pode ir deitar, já me ajudou bastante… te libero do seu carma… - ofereço meu sorriso mais carinhoso a ele. Ele fica em silêncio me olhando. Você quis dizer te admirando né?! Tal reação me deixa um tanto confusa - Sasuke? - o chamo tirando-o de seus supostos devaneios.

_ Faça o cálculo, eu espero você… - ele responde e se debruça sobre a mesa. Ele tá coradinho de novo. Não tá não.

_ Está bem... - falo animada e volto a me concentrar no exercício - hmm certo, considerando que x é igual a 90 e y igual a 30… hmm que fácil, antes era tão difícil… - sorrio enquanto escrevia no papel - em pensar que eu estava desesperada, você é muito bom em matemática… - olho para ele e me deparo com Sasuke já dormindo debruçado na mesa - tão lindo… - sussurro em meio a um sorriso de admiração.

[Song: Boyce Avenue - Water Runs Dry Lyrics]

Me debruço também e fico ali em silêncio, o observando dormir tão sereno e em paz. Uma mecha de cabelo cai sobre o rosto dele e eu não consigo conter a vontade de tirá-la dali, acariciando levemente a bochecha dele. Ele se remexe mas não acorda. A quem eu quero enganar, eu estou totalmente encantada por Sasuke Uchiha. E quem não está? Eu senti que poderia ficar ali a noite o olhando, queria fazer isso. No mesmo instante sinto algo como culpa pesar nas minhas costas, senti que estava agindo de forma errada com Gaara, não sei como e quando aconteceu, mas sei que Sasuke conseguiu tomar a maior parte dos meus pensamentos, pensamentos estes que antes eu ocupava com a imagem de Gaara. Agora não mais.

_ Preciso ser honesta com o ele… preciso dizer a verdade… - sussurro enquanto olho para Sasuke, certa preocupação surge na minha expressão - preciso dizer que não posso namorar com ele… porque é do Sasuke que eu gosto...


Notas Finais


Já devem ter notado que logo o tempo vai fechar, merda será jogada no ventilador haha ^^' com o perdão da palavra!
Por isso que eu disse: preparem seus corações, tempos ruins chegarão, infelizmente. Não será no próximo, porque antes da tempestade vem a calmaria ;)

Beeeeijo amores! <3


Links:

Pijama Sakura:
https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/564x/71/3f/01/713f01ac635d058f42838fad3aacb583.jpg


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...