História Como irmãos... SQN!! - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Chiyo, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Juugo, Kakashi Hatake, Karin, Kiba Inuzuka, Mebuki Haruno, Mikoto Uchiha, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shion, Suigetsu Hozuki, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju, Utakata
Tags Colegial, Comedia, Naruto
Visualizações 281
Palavras 5.344
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiii meus loves! :D

demorei essa semana né, mas cheguei finalmente! Uhul!
Mais um cap pra vocês e preparem seus coraçõezinhos (de novo hahahaha)

Espero que continuem gostando :D não sabem como fico feliz com a aceitação de vocês ;)

Super beeeijo amores <3
;***

Capítulo 16 - A chuva passou...


Fanfic / Fanfiction Como irmãos... SQN!! - Capítulo 16 - A chuva passou...

Mansão Uchiha

23:10h

Duas batidas na porta são ouvidas e em seguida senhora Chiyo adentra o quarto de Sasuke.

_ Querido, você tem visita… - ela fala calmamente o tocando no ombro, enquanto ele se manteve imóvel deitado na cama de costas para ela.

_ É a Sakura? - ele pergunta sem olhá-la.

_ Er… não… - Chiyo responde com pesar nas palavras.

Ele suspira aborrecido.

_ Não vou falar com ninguém… - a voz dele soa mal-humorada.

_ É o rapaizinho loiro e gentil de novo... - no mesmo instante Sasuke se levanta da cama a assustando.

_ Naruto?! - ele a olha com total ansiedade.

_ Está lá embaixo, pediu para falar com você e disse que é urgente… - ela mal acaba de falar e ele sai rapidamente do quarto seguindo em direção as escadas - querido, você podia se vestir primeiro! - ela o segue aflita.

Sasuke não se importou nenhum pouco de estar vestindo somente uma cueca samba-canção preta, assim que Naruto o vê descendo as escadas, ele aperta os lábios reprovando o que via.

_ Uzumaki! O que foi?? - Sasuke fala já próximo a ele e impaciente.

_ Cara, vai se vestir!! Que vergonha! Não tô afim de ficar te vendo só de cueca!! - ele responde em tom aborrecido, fazendo o Uchiha revirar os olhos.

_ Aff fala logo! O que foi? Aconteceu alguma coisa com a Sakura? Onde ela está? - ele ignora o resmungo do loiro e o segura nos ombros com ambas as mãos.

_ Ah qualé! Sem viadagem em! Você já tá desse jeito aê só de cueca, sem encostar em… - Naruto dá alguns passos pra trás desviando de Sasuke - e fica de boa, ela ta bem, ela ficou muito abalada e chorou bastante, dormiu a tarde toda, mas agora está… menos pior… - ele olha para o Uchiha ainda aborrecido, vendo a preocupação no rosto dele.

_ E então? - ele fala afoito, em seguida senhora Chiyo desce as escadas com algumas peças de roupa em mãos e fica observando-os em silêncio.

Naruto desvia o olhar dele e revira os olhos, cruzando os braços sobre o peitoral.

_ Eu falei pra ela... - ele aperta os lábios e o olha ladino.

_ Falou o que?! - o Uchiha já estava inquieto.

_ Aff! Falei o que você pediu pra eu dizer!!! - ele responde alterando um pouco o tom de voz.

Sasuke sorri em resposta e o abraça de súbito.

_ Sabia que você não era um babaca como eu! -  Naruto arregala os olhos assim que sente o abraço dele.

_ SAI CARA!!! TA LOCÃO, UCHIHA??!! - ele berra totalmente constrangido e se afastando dele. Senhora Chiyo ri - e claro que não sou um babaca como você!! E claro que você é um babaca! E orgulhoso! E metido! E detestável, ah, sem falar que é um arrogante e - Sasuke revira os olhos e o interrompe.

_ Dá pra calar essa bocona?! - ele fala com tédio.

_ NÃO ME MANDA CALAR A BOCA!!! - o loiro berra.

_ Caramba! Você é mesmo muito barulhento!! - Sasuke faz uma careta incomodado com o grito dele e depois o fuzila com o olhar, Naruto faz o mesmo - bocão!

_ Babaca!! -o loiro responde com firmeza e empina o nariz desviando o olhar dele - ou você concorda que é tudo isso que eu falei ou não digo onde a Sakura está…

_ O que?! Ora seu… - Sasuke arregala os olhos e em seguida aperta os punhos iirritado - eu não vou concordar com nada!!!

_ Então não vou dizer onde ela está… - o loiro sorri convencido.

_ Arrrg!! Ora Uzumaki, seu.. seu… - ele fala entredentes.

_ Tchauzinho Sasuke, boa noite senhora Chiyo.. - Naruto caminha em direção a porta com as mãos apoiadas atrás da cabeça.

_ Hey!!! Espera!! - ele salta sobre o sofá e corre até a porta e se encosta nela, impedindo que o Uzumaki saísse - aii que saco!!! Tá legal, Naruto!

Ele sorri ainda mais.

_ Tá legal o que? - o loiro cerra os olhos com certa desconfiança, mas se divertindo com aquilo.

_ Aff… eu concordo que eu sou… um babaca e orgulhoso! - Sasuke desvia o olhar pro lado totalmente aborrecido.

_ Que mais? - Naruto insiste.

_ Ora seu maldito!!! Eu sou um metido e arrogante também!!! Tá bom assim pra você??!!! - ele eleva um pouco a voz.

Senhora Chiyo segura a vontade de rir que teve naquele instante, nunca ninguém falou daquela forma com Sasuke e nunca o viu tão espontâneo como agora. Ela gostou do loiro bocudo e sincero.

_ Faltou detestável, mas ok, isso me basta… - Naruto sorri presunçoso.

_ Ah que ótimo, que bom Naruto… - Sasuke revira os olhos e sai da frente da porta.

_ Agora eu vou… boa noite… - ele abre a porta.

_ Hey!!! Você ainda não disse onde ela está! - o Uchiha quase berra.

Naruto para na porta e antes de sair ele o olha por cima do ombro com um sorriso presunçoso.

_ Eu não vou dizer que ela está na casa dela… - Sasuke arregala os olhos surpreso. Naruto franze o cenho com raiva - se magoar ela de novo, eu quebro sua cara, entendeu? E vai se vestir pelo amor de Deos! - em seguida ele sai.

_ Na casa dela?! Como eu não pensei nisso antes? Burro! Burro! Burro! - Sasuke resmunga consigo mesmo - vou atrás dela!!! - ele segue na direção da porta totalmente eufórico.

_ Querido!!! Não está esquecendo de algo?? - Chiyo fala em tom alto, o fazendo parar na porta e olhá-la.

_ Claro!!! - ele corre até a mesa de centro da sala e pega a chave do carro - obrigado por lembrar, vovó!!! - ele a beija na testa e sai rapidamente.

_ NÃO QUERIDO! VOCÊ ESTÁ SÓ DE CUECA!!! - ela berra o fazendo parar e olhar para si mesmo.

_ Ah… - ele volta até ela e pega as peças de roupas que a mesma tinha em mãos - me visto no caminho! - ele sorri e sai correndo.

_ Por favor, Kami, junte esses dois logo… - ela fala consigo mesma sorrindo em expectativa.

 

(…)
 

Acho que alguém não consegue dormir porque tá pensando no Uchiha delícia…

Minha deusa interior está coberta de razão, não consigo pegar no sono devido minha cabeça estar fervendo em pensamentos. A voz de Naruto não para de ecoar na minha mente, dizendo que Sasuke estava preocupado comigo. Desde o acontecido na manhã, eu ainda não havia habilitado meu celular para verificar as milhares de chamadas e mensagens que devo ter recebido, usei o celular do Naruto para ligar pra dona Mebuki, dando a desculpa que eu estava sem bateria e fora de casa.

Agarro meu travesseiro e me aninho a ele, bato as pernas ajeitando o edredom e me viro de lado, fecho os olhos. Fico assim por alguns segundos. Puxo o edredom me cobrindo toda e me aquieto. Me viro para o outro lado e descubro os pés. Puxo o travesseiro que estava debaixo da minha cabeça.

_ Tá bem! Tá bem! Eu vou procurar ele, caramba!!! - resmungo comigo mesma já me levantando da cama e indo até minha bolsa pendurada no cabideiro no canto do quarto - certo, hora de encarar as mensagens no celular… - falo enquanto espero meu iphone ligar - o que?! Sem bateria?! Ah fala sério! Tava desligado!

Desconfio que o universo começa a conspirar contra mim.

_ Carregador… carregador… ah não!!! O Ryuu pegou emprestado hoje de manhã e não devolveu!! Arrrg! Bicha cretina!!!! Ótimo! Estou sem meio de comunicação, obrigada Kami! - resmungo irritada - meu laptop!!!! - sorrio confiante e corro até o quarto da minha mãe - Dona Mebuki usou pela última vez!! - assim que chego no quarto dela, meu computador está sobre a cama, quase choro de emoção. O plano é chamar o Sasuke no inbox, sinto um frio na barriga me consumir - aiiii não é hora de dor de barriga em, não agora!!! Se acalma! Se acalma… - me contorço enquanto espero o aparelho ligar.

De repente um forte clarão entra pela janela e logo em seguida o som estrondoso de um trovão, a chuva só aumentava. E então a energia acaba.

_ Não preciso de você-ê, e-ner-gi-a… eu tenho um laptop e internet 4G, rá! Por essa você não esperava, não é mesmo?! - sorrio de forma esnobe, em seguida o som de um “bip” é ouvido, o que atrai minha atenção para o computador - O QUE??!!!! SEM BATERIA!!!!! - grito horrorizada com minha falta de sorte e me jogo na cama.

Você é um desastre mesmo…

Claramente o universo estava conspirando contra a mim.

_ Não vou desistir!!!!! - urro determinada e levanto da cama - eu vou pra casa dele! É isso que vou fazer!!! - outro trovão é ouvido - nossa… que chuva… caramba… toma vergonha na cara, Sakura!!! - dou alguns tapinhas no rosto - você não é de açúcar!!! Vai logo!!! Até porque não quero ficar aqui sozinha no escuro… - sorrio constrangida da minha súbita covardia.

Minha deusa interior revira os olhos.

[Song: KT Tunstall - Suddenly I See]

_ Let’s go!!! - estufo o peito.

Como mamãe sempre é muito precavida sabia que ela tinha uma lanterna na gaveta do criado-mudo, o que me ajudou ser guiada pelo corredor até meu quarto. Vou até o guarda-roupa e o abro, já avistando o que eu queria.

_ Equipamento para os pés? Ok! - pego meu adorado par de galochas cor-de-rosa e a visto por cima da calça legging preta, em seguida procuro minha capa e o guarda-chuva, eu sou tremendamente apaixonada pelo meu ‘kit chuva’ de gatinho que ganhei no meu aniversário de doze anos, o guardo até hoje, claro que não me veste folgadamente como antigamente, mas é super usável ainda. Não entendo porque minha deusa interior me olha como se eu fosse doida, dou de ombros, estou linda, tenho certeza - capa e guarda-chuva? Ok!!

Você tá parecendo uma criança de dez anos…

Calada!

Caminho saltitante em direção as escadas que levam para o andar de baixo, vestir aquele ‘kit’ elevou minha auto confiança totalmente. Assim que abro a porta me deparo com o "pé d’água" que caía lá fora, um pouco da minha autoconfiança escoa pelo chão junto com a enxurrada ali. Alguém vai voltar pra cama…  

_ NÃO!!! Eu vou!! - aperto o punho com valentia pura - pensando bem, ele quem devia vir atrás de mim nessa chuva, não eu, rum! - empino o nariz orgulhosa - aaaah!!! Para de pensar assim, Sakura!!! Ele não fez nada!! - chacoalho a cabeça evitando tal pensamento - Eu acho… - expresso certa desconfiança e desdém.

Nossa, você troca de estado emocional igual troca de roupa! Cala essa boca e vai atrás daquele gostoso logo!!!!

Nossa, que mau humor ¬¬

Respiro fundo e sigo meu caminho no meio da chuva, mal saio e já sou atingida por uma rajada de vento e chuva que já me molha toda antes mesmo que eu saísse do quintal de casa. Força Sakura! Ninguém disse que seria fácil! Tchá! Eu parecia uma louca andando no meio da rua tentando segurar o guarda-chuva, estava vendo a hora que o vento ia me levar junto. Claro que eu tinha que enfiar o pé dentro de uma poça e quase cair no meio da rua, quem estivesse me vendo de longe devia estar rindo, rindo muito! Me perguntei várias vezes se o Sasuke valia todo esse esforço e no mesmo instante a imagem do bendito só de cueca e seu volume surgem na minha mente. Pervertiiiida!!!! Quase caio na rua de novo.

_ Oh céus..  isso não é hora… pelamor de Kami!!! Não pensa no volume! Não pensa!! - falo comigo mesma enquanto tento manter a touca da capa no lugar, não sei pra quê, eu já estava ensopada - são só quinze minutos a pé até o metrô… força Sakura… - luto bravamente contra a ventania.

 

...
 

_ Ah qual é!!! Congestionamento nessa merda e uma hora dessa??!! - Sasuke urra impaciente enquanto toca insistentemente a buzina do carro - SEUS PORRAS!!!! VÃO PRA CASA DORMIR, CARALHO!!!! - ela berra e em seguida bate com força no volante enquanto sua atenção estava nos carros parados à sua frente, buzinando ainda mais.

Ele pega o celular e mais uma vez tenta ligar, sem sucesso claro, o que faz ele xingar uma sequência de palavrões feios. Sasuke sabia ser muito bocudo.

_ Puta que pariu, tem celular pra quê?! PRA QUÊ!!!? Pra enfiar no… - ele respira fundo - calma Sasuke, calma… se controla… é a maldita garota que você gosta... - ele encosta a testa no volante tentando pensar em uma solução - nossa Sakura… se eu não fosse louco por você, juro que te dava uma surra… - ele faz uma pausa por alguns instantes - quer saber? - ele ergue a cabeça e franze ainda mais o cenho - que se foda! Eu vou a pé! - ele veste a camiseta com certa brutalidade e pega um guarda-chuva no porta-luvas.

Com muito esforço ele consegue manobrar o carro e estacioná-lo na lateral da rua, antes xingou vários motoristas e lhes ofereceu um gesto obsceno com o dedo do meio. Grosseiro level high. E então ele desce do carro e ativa o alarme, seguindo então entre os carros e embaixo de chuva intensa. Conforme ia passando entre os carros, ouvia urros, risadas e assovios maldosos, deu de ombros, estava com pressa, estava a menos de dez minutos de seu destino. Praguejou quando enfiou o pé dentro de uma poça funda, ensopando ainda mais seu tênis, se é que era possível, pensando em como eu o instigava a agir como um idiota. O auge da irritação dele foi quando a ventania levou para longe o guarda-chuva preto que ele usava, Sasuke parecia um cachorro raivoso e molhado no meio da rua tendo um ataque de loucura.

 


 

_ Meu Kami… sair nessa chuva e uma hora dessa foi uma baita loucura!!! - urro já em desespero olhando para todos os lado - eu nem cogitei a hipótese de dar de cara com um maluco estuprador!!!!

A única pessoa maluca o suficiente pra sair uma hora dessa, nessa chuva é você, querida…

_ Bem, estou a uma quadra da estação, pensamento positivo! - sorrio, mas minha vontade é de chorar.

De repente, uma rajada de vento joga meu amado e maravilhoso guarda-chuva para longe, certamente eu tinha que resgatá-lo e então saio correndo no meio da rua vazia. Essa cena sim com certeza foi a mais engraçada, tenho medo de no dia seguinte meu vídeo estar nas redes sociais com o título “a maluca da capa rosa”, mas descarto isso da minha cabeça. E é claro que como boa estabanada que sou, eu tinha que cair no meio da rua, praticamente mergulhei de ponta no meio da enxurrada.

Eu sempre vou concordar com o Ryuu, você sabe como destruir sua dignidade, Sakura... tsc, tsc, tsc…

Suspiro totalmente desanimada, ainda estirada no chão.

_ Com certeza vou chegar na estação de metrô e vai acontecer alguma coisa que vai me impedir de ir… vai acabar a energia lá também ou abrir um buraco no meio dos trilhos, aliens vão invadir a Terra ou sei lá… qualquer coisa… - suspiro mais uma vez - hora de voltar pra casa… -

Tento me levantar com certa dificuldade e assim que ergo meu rosto, dou de cara com um par de pernas a minha frente, já me sinto arrepiar no mesmo instante, pra fechar com chave de ouro a minha desgraça o tal maluco estuprador está aqui. Abaixo a cabeça imediatamente, apavorada.

_ É-é… e-eu… p-por fa-favor… n-não f-faça n-n-nada co-c-comigo!!! Eu sei que o senhor será movido pelos seus hormônios, mas eu só estou no lugar errado e na hora errada!!! Pensa que eu podia ser uma filha sua!! E outra! Eu nem tenho experiência no ramo sexual, se é que você me entende.. - quando sob stress eu disparo a falar sem parar, em seguida começo a gargalhar de desespero juntando as mãos a frente da cabeça em posição de prece - então não vou agradar você… hahahahah… e eu queria muito que o Sasuke fosse meu primeiro… hahahaha… então por favorzinho tenha piedade dessa pobre alma vítima da desgraça do universo e...

_ Você está parecendo uma criança de dez anos, só um pedófilo pra se aproveitar de você assim, Sakura...

[Song: Jikan yo Tomare - AZU feat SEAMO {Instrumental}]

Arregalo os olhos no mesmo instante. Minha respiração trava. Aquela voz. Só podia ser uma pessoa. Ergo a cabeça para olhá-lo.

_ Sa.. suke... - sussurro tentando controlar a vontade de chorar, mesmo embaixo de chuva sinto meus olhos lacrimejarem.

Eu imaginava encontrar qualquer pessoa ali, menos ele. Ele estava tão ensopado quanto eu, mas não deixava de ser lindo como sempre. Isso é impossível! Ele havia resgatado meu guarda-chuva rosa de gatinho usando-o agora pra se proteger da chuva, enquanto me olhava sério como sempre. Em seguida vejo ele suspirar e desviar o olhar irritado para o lado.

_ Sua idiota… não imagina como fiquei preocupado quando te vi caindo no chão… - ele volta a me olhar, agora com angústia - e desesperado só de pensar em te perder por causa desse maldito mal entendido…

Eu não sei explicar, mas aquele olhar que ele me lançou foi o mais sincero que já vi em toda minha vida. Sinto um bolo se formar na minha garganta.

_ Sasuke!!!! - falo já chorosa e me levanto rapidamente do chão, ele então ele solta o guarda-chuva e me puxa para os braços dele.

Tchauzinho guarda-chuva ridículo...

Aaahh... me senti no paraíso de novo. Com certeza o inferno se converteu em paraíso. Sasuke me abraça com total carência, como se eu fosse o bem mais precioso da vida dele, eu já chorava litros, mas agora de alívio de estar com ele. Senti toda a tristeza escorrendo do meu coração e sendo levada com o pequeno fio de enxurrada da chuva agora mais calma.  Sasuke havia vindo atrás de mim embaixo de chuva, quer gesto mais sincero que esse?

Ele desce uma das mãos para minha cintura e nos separa apenas para me olhar, levando a outra mão ao meu rosto. Vê-lo sorrir mesmo que sutilmente, mas em sorriso carinhoso e de pura admiração, aqueceu meu coração, me obrigando a sorrir também.

_ Sua irritante… - ele cola nossas testas e fecha os olhos - você é minha Sakura… sempre foi… - ele abre os olhos e me encara - e sempre vai ser...

Minha deusa interior está com uma pá em mãos enquanto cava a própria cova.

MORRIIIIII!!!!! x_x R.I.P.

Como não arregalar os olhos diante de uma coisa dessa? Pra sempre eu pertencerei a Sasuke Uchiha? Esse será meu destino? AHHHHHH!!! Isso me deixa mais que feliz, me faz querer sair gritando aos quatro ventos!!!

Ele sorri da minha expressão boquiaberta e então ele se aproxima ainda mais do meu rosto, ahh como senti falta dessa aproximação.

_ Eu preciso desesperadamente te beijar… - ele sussurra já roçando nossos lábios, me obrigando a fechar os olhos já me sentindo extasiada.

_ E eu preciso urgente que você me beije… - respondo no mesmo tom que ele e tenho certeza que ele sorriu ainda mais.

Sasuke me beija com uma urgência na qual ele nunca tinha me beijado antes, realmente ele estava desesperado por isso e eu não estava diferente dele. Coincidentemente as luzes da rua voltam a acender. Então é isso que você planejou, Kami? Prometo me ajoelhar e agradecê-lo devidamente.

Explicações ficaram pra depois, nesse momento eu só queria beijar meu boy das trevas em paz. Minha deusa interior estava orgulhosa enquanto segura um cartaz escrito “Sakura, meu orgulho!!”. Podem imaginar uma cena de filme, dessas que rolam o beijo clichê na chuva, pois é isso mesmo que estava acontecendo. Eram os beijos mais intensos de toda minha existência, eu queria aquilo, eu precisava. Levo ambas as mãos a nuca dele enterrando meus dedos nos cabelos negros. Sentia os cabelos da minha nuca sendo puxados por ele e cada vez mais ele apertava minha cintura. Minha “Sakura inner” já começava a se incendiar. Cretina pervertida!

Relutante, ele interrompe o beijo colando nossas testas mais uma vez, Sasuke respirava de forma acelerada e manteve os olhos fechados.

_ Eu estou… - ele segura meu rosto me fazendo olhá-lo, agora me encarando com seriedade - …completamente apaixonado por você… Sakura… - meu corpo inteiro se arrepia diante daquela afirmação, entreabro os lábios mas não consigo falar nada - eu não fiz nada daquilo… eu juro…

_ Sasuke eu - ele me interrompe.

_ Eu fiquei desesperado com tudo aquilo, não soube como reagir… - aqueles olhos negros estavam esbanjando sinceridade e ao mesmo tempo angústia, ele me abraça com firmeza - eu não quero ficar sem você, Sakura…

Meus olhos se inundam ainda mais e eu o abraço da mesma forma.

_ Sasuke… achei de verdade que você tinha feito aquilo comigo… fiquei devastada… - me aninho mais ao peito dele - senti meu coração ser partido em vários pedacinhos...

Ele nos separa e segura meu rosto com ambas as mãos.

_ Jamais faria isso com você!! Jamais!! Eu fiquei louco quando você me evitou e saiu correndo! Eu perdi o controle dos meus sentidos, eu quebrei a cara do Suigetsu! Foi o que consegui fazer naquele momento! - fico totalmente pasma com essa informação, ele aperta os olhos e me abraça mais uma vez - nunca mais me olhe daquele jeito de novo… com indiferença… me destruiu você me olhar daquela forma…

_ Eu bati em você… - fico envergonhada de lembrar disso, ouço ele rir.

_ Você tem força… - não consigo evitar de rir - mas prefiro que me bata de novo do que me olhar daquela forma.

Desfaço o abraço e o olho.

_ Prefiro que eu não precise fazer isso de novo… - sorrio ainda mais, assim como ele.

E então mais uma vez nossos lábios são atraídos um pelo outro, mas agora num beijo calmo e repleto de sentimentos. Poderíamos ficar ali a noite inteira fazendo isso, tenho certeza. Ele encerra o beijo e depois me beija de forma demorada na testa e me aninha ao peito dele.

_ Vou te levar pra sua casa… - ele fala calmamente.

_ Tá bom… - respondo e suspiro confortável.

_ E vou realizar seu desejo, vou ser o seu primeiro hoje… - arregalo os olhos no mesmo instante.

_ O QUE??!!!! - berro me separando dele com rapidez e horror - H-HOJE??!!!!

Sasuke estava curtindo com minha cara, minha expressão de desespero arranca uma gargalhada alta dele. Mesmo já me constrangendo, pensei em como senti falta daquela risada espontânea dele.

_ Como você é patética, Sakura… - ele fala já parando de rir e, sem que eu esperasse, ele me pega no colo - vou ser seu primeiro quando você se sentir pronta… - ele sorri com carinho, fazendo minha deusa interior se derreter inteira.

_ Er.. é que eu.. é.. eu nunca.. - tento me explicar mas fico nervosa demais pra isso, claramente eu estava mais cor-de-rosa que minha capa de chuva.

_ Eu sei que você não tem experiência no ramo sexual… - nossa, não precisava falar assim. Contenho um gritinho de vergonha nesse momento, ele fala como se fosse algo normal.

_ S-Sasuke eu - ele me interrompe.

_ Fico aliviado em saber disso… - Heeeee?! Ele me olha sério - eu realmente quero ser o primeiro... ficaria puto se não fosse…

Travo instantaneamente, assim como minha deusa interior, que em seguida cai para trás paralisada. Mesmo morrendo de vergonha de estarmos falando sobre o meu lacre nunca rompido, não consigo evitar de sorrir já com os olhos marejados e então o agarro forte.

_ Sasuke!!!! - mais uma vez eu choro de felicidade, ele sorri confortável com aquilo e segue pelo caminho de casa - meu guarda-chuva!!!! - eu não podia deixá-lo no meio da rua, com certeza no dia seguinte ele estaria nas mãos de alguma garotinha de dez anos, não podia permitir isso, não ainda. A Sakura ineer, gostei de falar assim, revira os olhos.

Sasuke para e me olha um pouco confuso e me coloca no chão. Corro até meu amado guarda-chuva e o fecho, abraçando ele logo em seguida.

_ Awnn nunca te deixaria aqui… - devo ter parecido uma ridícula nesse momento, com certeza, mas não me importo. Assim que me viro e olho para Sasuke um pouco distante de mim, arregalo os olhos perplexa - Sasuke....

Ele me olha com estranheza.

_ O que foi?

_ Você… - ergo uma das mãos e aponto para ele - você está… só de... cueca?!

[Song: Say U Love Me - Jason and Lara Lyrics]

Vejo aquele par de olhos negros e sempre sérios se arregalarem no mesmo instante, descendo o olhar para ele mesmo. Não consigo segurar a súbita vontade de rir, ele faria o mesmo comigo. Sejamos sinceros, eu não estou rindo, estou gargalhando!!! Pela segunda vez vejo o Uchiha sutilmente corado e claro que ele me olhou reprovando totalmente minha diversão.

_ Ora, sua… - ele fala entredentes, mas tenho certeza que ele está mais envergonhado do que irritado. Ele ficou em dúvida se me advertia ou se fazia alguma coisa em relação a sua cueca samba-canção preta.

Controlo meu divertimento e me aproximo dele, que ainda estava pasmo em saber que andou alguns quarteirões só de cueca e camiseta, agora entendeu o porquê das risadas, assovios e comentários maldosos. Agarro um dos braços dele e me encosto carinhosamente nele, tendo a atenção do mesmo. Sasuke envergonhado é a coisa mais linda de se ver.

_ Você saiu apressado, não é mesmo? - sorrio ainda se divertindo com a cara que ele fazia.

_ Eu… - ele não conseguiu formular nenhuma resposta enquanto “admirava” sua roupa íntima.

_ Essa é a primeira e única vez que permito que ande desse jeito na rua, Sasuke.. - ele arregala levemente os olhos na minha direção - não quero que as outras garotas te vejam assim! - faço uma falsa expressão aborrecida.

_ Eu só saí assim por sua culpa, Sakura!!! - ele esbraveja e eu rio de novo.

_ Minha culpa?! Agora é minha culpa que você saiu como um pervertido no meio da rua?! - eu atiço a irritação dele.

Sasuke rosna mais irritado ainda e novamente me pega no colo e segue pela rua a passos firmes.

_ Então eu sou um pervertido, Sakura?! Tudo bem então, como sou movido pelos meus hormônios eu vou ser seu primeiro hoje sim!! Você não me escapa!! - arregalo os olhos e fico vermelha no mesmo instante - hoje você vai adquirir experiências no ramo sexual!! Vamos transar a noite toda!! - ele ainda estava zangado.

_ Sasuke!!!! Não fale isso assim!!! - levo uma das mãos a boca dele a tapando - as outras pessoas não precisam saber que ainda sou uma virgem, por Kami!!! - fico totalmente embaraçada.

E finalmente o sorriso malicioso que é a marca registrada do Uchiha, surge nos lábios dele.

_ Não estou nem aí, você é minha virgenzinha… - ele me olha com sarcasmo.

_ EHH!!!?? Para de falar isso!!! Que vergonha!!! - tapo meu rosto com ambas as mãos, fazendo ele rir.

Sasuke sempre tão inconveniente e grosseiro. Ele estava se divertindo às minhas custas mais uma vez. Como sempre.

_ Que capa de chuva mais ridícula, Sakura! Isso nem te serve mais! Vão achar que sou um pedófilo! - ele fala já irritado - você tá com seus documentos pessoais?

_ Hee!? Er… não… - respondo envergonhada.

_ O que?! Como você sai de casa a noite sem nenhum documento?! Se um policial nos abordar eu posso ser preso, sabia?! Afff Sakura, você é realmente irritante…

_ Desculpa, Sasuke… - sorrio constrangida.

 

(...)

 

Eu já havia tomado um banho e estava deitada na cama ouvindo nervosamente o som do chuveiro, Sasuke estava tomando banho. Não tomei banho junto dele, acho que ele ia amar se me visse aparecendo sem roupa e me juntasse a ele embaixo do chuveiro, mas não rolou. Não me olhem com essa cara gente, eu posso ter meus momentos de excitação e pensamentos libidinosos com ele, mas eu ainda não me preparei psicologicamente pra finalmente copular com o Sasuke.

Copular? Sério? Que ridículo! Parece que está se referindo a uma experiência científica, Sakura.

Mamãe colecionava várias camisetas com a logo dos hospitais que ela trabalhava, sempre pegava as GG porque sempre dispensou os pijamas e as usava de forma larga e confortável pela casa. Cedi uma para Sasuke e antes de entrar no banho colocamos a cueca dele na secadora. Pensar que ele podia dormir ao meu lado só de camiseta me fez ruborizar no mesmo instante, ele não entendeu minha súbita reação e eu não ousei falar.

Ouço o chuveiro desligar. Engulo seco. Aiii mamita querida! Vem mozão gostoso!!

Aperto os olhos e respiro igual mulher grávida em pré-parto. Ele é homem, vai querer algo, não vai conseguir se segurar e eu me pergunto se eu vou conseguir evitá-lo. Penso que preciso falar com Ryuu e Ino sobre isso, com certeza eles saberão o que me dizer. Arregalo os olhos no mesmo instante.

_ Ino… - me lembro de toda a confusão e sinto uma pontada de tristeza.

[Song: AZU - Violin]

Sentir Sasuke engatinhando sobre a cama se aproximando de mim, me tira de meus devaneios. Ele fica por cima me olhando impassível, sem dizer nada. Fico hipnotizada com aquela imagem, Sasuke é uma verdadeira obra de arte. Ele se inclina e me beija calmamente, repousando o peso do corpo sobre o meu. Meu ventre já se contorce. Certo! Estou decidida! Vou permitir que ele seja meu primeiro essa noite! Eu consigo sim!!!

Ele separa nossos lábios e roça a ponta do nariz ao meu ainda com os olhos fechados.

_ Não precisa ficar nervosa… - ele sussurra - eu me contento em apenas dormir com você… - abro os olhos surpresa. Ele está lendo meus pensamentos?! - nossa primeira vez vai ser em um lugar especial e quero que você se sinta totalmente certa disso… - ele abre os olhos e me encara com aquele sorriso carinhoso que eu amo - você é especial, Sakura, então você merece que tudo seja assim…

Sinto meu coração na garganta e quase engasgo com ele ali. Nunca esperei que o malicioso e frio Príncipe das trevas fosse tão sensível nesse momento comigo. Sasuke me surpreendia cada vez mais, as vezes temia estar sonhando. Levo ambas as mãos ao rosto dele e o acaricio, meus olhos já estavam inundados por lágrimas.

_ Sasuke… - sinto um bolo se formar em minha garganta - eu… eu estou apaixonada por você… muito… mesmo…  - precisava dizer isso olhando nos olhos dele.

Ele me olha em silêncio e mais sério que o normal, passando o olhar por cada detalhe do meu rosto. Sinto uma das mãos dele acariciar meu rosto me fazendo fechar os olhos e então as lágrimas escorrem, ele as enxuga carinhosamente e sorri mais uma vez.

_ Eu sei… - ele sussurra e então me beija com mais intensidade e eu o correspondo da mesma forma.

Como será no dia seguinte? Eu não faço a mínima ideia! Não parei pra pensar nisso ainda e nem quero. Só tenho duas certezas agora: a primeira é que esse momento entre nós é o melhor da minha vida até agora e a segunda certeza é que irei dormir transbordando de felicidade em saber que amanhã ele irá acordar ao meu lado.

Minha deusa está caída no chão golpeada pela felicidade, enquanto haviam coraçõezinhos vermelhos em seus olhos.

 

(...)


Notas Finais


Sei que vocês estavam crentes que eles iriam para os finalmentes né hahahahaha
caaaalma amores, calma.... ^^ a Sakura perder o lacre vai render muitas risadas ainda, mas vai acontecer ;B

Espero que tenham gostado! *-* suuuuuuper beijo e até loogo! ;D


Links:

Kit chuva da Sakura (kkkkkkkkkkkk) guarda-chuva, galocha e capa;
http://roteirobaby.com.br/wp-content/uploads/2013/04/kidorable-capa-de-chuva-galocha-i-sombrinha-bolsa_MLB-O-205645279_5290.jpg


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...