História Como isso aconteceu?? (Jikook) - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Exibições 105
Palavras 461
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá amores

Capítulo 32 - Uma unica certeza


~~~~~~JIMIN~~~~~~

 

E lá estava eu, vendo um cara apontando uma faca para minha mãe! Sem saber quem ele era, sem saber da onde ele veio e sem saber oque ele queria! me abaixei e dei a volta por trás da bancada e olhei para minha mãe encostada na parede sem ter escapatória, voltei a encostar as minhas costas na parede e tentar pensar em alguma coisa que eu pudesse fazer para ajudar ela

 

OM: NÃO CHEGUE PERTO - ela gritava

???: calma meu anjo... você nem vai sentir dor - ele disse rolando a faca entre os dedos - quer dizer eu acho que não... pelo menos eu não vou - nessa hora olhei para o chão e via a arma do tenente no chão ( AU: acho que bombeiro não tem arma mais fodaccccccccccc) peguei ela e me levantei sem fazer barulho e quando ele ia esfaquear a minha mãe, atirei em direção ao teto e a facada pegou no braço dela - mais que merda está acontecendo aqui?? - ele fala se virando pra mim - ahh... então você deve ser marido dela!

JM: Não... sou o filho dela

???: então quer dizer que a puta já tinha um filho!?

JM: NÃO FALA ASSIM COM ELA - gritei engatilhando a arma 

???: você não teria coragem!?

JM: duvida? - perguntei com um sorriso sínico entre os lábios - encoste mais um dedo nela pra ver

???: vamos fazer o seguinte deixe eu terminar oque vim fazer e logo depois eu saio e nós fingimos que nada aconteceu!

JM: e oque você veio fazer? - pergunto temendo pela resposta

???: comecemos a historinha... sua mãe foi estrupada por um homem muito importante na sociedade sul coreana.. e isso não pode sujar a reputação dele... apesar dele estar bêbado na hora de tal ato, isso não justifica... então fui contratado para me livrar da sua mãe, ou dás crianças... hoje de manhã quando coloquei fogo no quarto errado, depois que vi sua mãe cheguei a conclusão de que não vale apena matar tal preciosidade - ele fala olhando para ela - por isso decidi eliminar a criança

JM: e como sabe da criança??

???: tenho minhas fontes... além de ter investigado o banco de dados do médico dela - ele fala se ajoelhando perto dela - agora se me der licença - disse levantando a faca em direção a minha mãe que ainda chorava compulsivamente

JM: NÃOOO - gritei e puxei o gatilho... o acertei bem no meio da cabeça o fazendo cair pro lado - omma - fui correndo em direção a ela - a senhora esta bem??

OM: está doendo - ela disse apontando para um ferimento em baixo do braço

JM: meu deus.... vamos para o hospital

 

~~~~~~CONTINUA~~~~~~


Notas Finais


OLHA EU SEI QUE TÁ CURTO... EU SEI Q TA MEIO POMBO... MAIS FOI DE CORAÇÃO, AMANHÃ VAI TER UM BEM GRANDÃO PROMETO... E EU LEMBRO QUE PROMETI JIKOOK NESSE CAPITULO... MAS AVIDA DÁ DESSAS... AMANHÃ TEM JIKOOK E TODO MUNDO VAI FICAR FELIZ... QUEM SABE AMANHÃ NÃO SAI O PRIMEIRO LEMON DA MINHA VIDA... MAIS EM TODO CASO É SO ISSO... ESPERO QUE GOSTEM DESSE GNOMO QUE EU CHAMO DE CAPITULO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...