História Como lidar com seus vizinhos famosos - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Lay, Personagens Originais, Sehun, Suho, Xiumin
Tags Exo, Vizinhos
Visualizações 103
Palavras 1.619
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


AAAAAAAAAAAAAALELUIA, TERMINEI!
Terminei uma parte né, ainda tem um monte de coisas pra acontecer.
Obrigado pelos comentários.
E boa leitura!

Capítulo 7 - Uma noite memorável - Parte III - e fim


Noite de sábado, 23:27

Pizza ✔

Sorvete ✔

Pessoas agradáveis ✔

Baekhyun sentia-se feliz naquela noite, enquanto observava seus amigos conversando e se enchendo de pizza. Kyungsoo e Chanyeol conversavam tranquilamente, nem parecia que tinham tentado se matar alguns minutos antes disputando uma fatia da pizza de queijo. Sehun e Kai estavam tentando descobrir qual deles seria o professor de dança de Victoria, Lay e Chen assistiam um filme de comédia na tv, mas Chen tinha que explicar cada piada para Lay porque ele não as entendia. E Baekhyun estava ao lado de Victoria na mesa da cozinha, a garota havia pego o pote de sorvete e os dois comiam juntos.

- Obrigado. – Disse Baekhyun para Victoria, e ela o olhou sem entender.

- Pelo que?

- Por nos deixar felizes. Nossos dias tem sido bem cansativos, temos dado o máximo de nós. – Baekhyun confessou, suspirando em seguida. – É bom descansar e rir de vez em quando. Você proporcionou isso hoje.

- Só fiz minha obrigação como ser humano. – Ela disse, dando de ombros e comendo mais sorvete. – Vim ao mundo para deixar as pessoas felizes, Baekhyun.

- E você está se saindo muito bem nisso. – Ele concordou, bagunçando o cabelo dela e rindo. – Alias, pode me chamar de oppa. Eu deixo.

- Baekhyun oppa... – Victoria testou e Baek aprovou. – Ok, ficou bom.

- Victoria, cante pra gente. – Jongdae pediu da sala, a surpreendendo.

- Ela canta? – Questionou Chanyeol, entrando na conversa. Logo todos se voltaram para a moça.

- Oh sim, nós já ouvimos uma vez. – Lay respondeu enquanto desligava a tv. – Era alguma música do país dela.

- Isso mesmo, cante alguma música em português. – Baekhyun disse e os outros a incitaram.

- Mas vocês não vão entender nada.

- Não tem problema, vemos a tradução depois. – Jongin falou, Sehun concordou e Victoria acabou cedendo.

- Ok, mas preciso de um violão.

Chanyeol foi correndo até seu estúdio e voltou com um de seus violões na mão. Ele estendeu para Victoria.

- Aqui está, senhorita. Bem afinado e tudo o mais.

Ela pegou o violão e, para a surpresa deles, começou a dedilhar alguns acordes.

- Uau, não é que ela sabe mesmo?! – Exclamou Sehun e Kyungsoo se voltou para ele.

- Não gênio, ela pediu o violão pra usar como bateria.

- Shiu, vocês dois aí. Ou vão apanhar. – Avisou Jongdae antes que Sehun revidasse a resposta de Kyungsoo.

- O que eu canto? – Ela perguntou, mais para si mesma do que para eles. Passou um tempo pensando até chegar em uma música. – Já sei!

Ela dedilhou o violão e começou a cantar com a música, os outros apenas prestavam atenção, principalmente Chanyeol por conta da habilidade dela.

Não é sobre ter todas as pessoas do mundo pra si

É sobre saber que em algum lugar alguém zela por ti

É sobre cantar e poder escutar mais do que a própria voz

É sobre dançar na chuva de vida que cai sobre nós.

É saber se sentir infinito, num universo tão vasto e bonito, é saber sonhar

E então fazer valer a pena cada verso daquele poema sobre acreditar.

Mesmo não entendendo o que ela cantava, Jongdae conseguiu sentir que havia emoção ali. Era uma música bonita e um tanto aconchegante.

Não é sobre chegar no topo do mundo e saber que venceu

É sobre escalar e sentir que o caminho te fortaleceu

É sobre ser abrigo e também ter morada em outros corações

E assim ter amigos contigo em todas as situações

A gente não pode ter tudo, qual seria a graça do mundo se fosse assim?

Por isso eu prefiro os sorrisos e os presentes que a vida trouxe pra perto de mim.

Por entender o que cantava, Victoria sabia o significado daquela palavras. Esperava que pudesse ser abrigo para aquelas pessoas e ter abrigo nelas também.

Não é sobre tudo o que o seu dinheiro é capaz de comprar

E sim sobre cada momento, sorriso a se compartilhar

Também não é sobre correr contra o tempo pra ter sempre mais

Porque quando menos se espera a vida já ficou pra trás

Segura teu filho no colo, sorria e abrace seus pais enquanto estão aqui

Que a vida é trem-bala, parceiro. E a gente é só passageiro prestes a partir.

Ao fim da canção, todos a aplaudiram, mas Victoria balançou as mãos pedindo que parassem.

- Aigoo, parem. Estão me deixando sem jeito.

- Mas isso foi incrível, sua voz é tão boa. – Disse Lay, ainda impressionado com as habilidades musicais da garota.

- É verdade, sua voz é incrível. – Concordou D.O. – Sobre o que você estava cantando? Nós não entendemos a letra da música, infelizmente.

Victoria pegou seu celular e procurou a tradução da música, em seguida o entregou pra Kyungsoo e todos os outros se amontoaram em cima do rapaz para ver a tradução. Mesmo com reclamações e cutucões, eles conseguiram ler e acharam muito interessante.

- Cara, isso foi profundo. – Comentou Sehun, voltando para seu lugar. – É uma composição e tanto.

- Fiquei até inspirado. – Disse Jongdae.

- Você bem que podia cantar mais uma... – Pediu Baekhyun, juntando as mãos e se ajoelhando a frente de Victoria. – Por favorzinho...

Ela pensou em negar o pedido, mas Baekhyun estava usando um olhar pidão, e ela acabou concordando.

- Certo, certo, eu canto mais uma. Mas só mais uma, da próxima vez faremos um karaokê, ok? – Os outros concordaram e se arrumaram para ouvir a moça mais uma vez. Jongin deu um bocejo e Victoria viu o quanto já era tarde: o relógio marcava 23:48. – A última música da noite.

Ela cantou uma música tranquila em inglês, e os bocejos foram aumentando cada vez mais. No fim, Chanyeol, Sehun e Jongdae estavam adormecidos no tapete da sala; Baekhyun dormiu em um sofá e Jongin estava deitado no outro. Victoria passou os dedos pelos cabelos negros de Jongin, o fazendo dar um leve sorriso.

- Eu não estava realmente dando em cima de você, Victoria. Só para esclarecer. – Ele sussurrou para a morena. – É só brincadeira, ok?

- Sem problemas. – Ela deu de ombros. – Espero que sejamos amigos, não vim aqui atrás de um namorado. Boa noite, Jongin-sshi.

- Jongin oppa. – Ele a corrigiu. – Boa noite para você também, Victoria.

Yixing deu boa noite para Kyungsoo e Victoria e foi para seu quarto, Suho e Minseok provavelmente só chegariam no dia seguinte. Victoria e D.O ficaram conversando por um tempo, mas logo o sono também chegou para eles.

- Eu deveria ir. – Disse a moça, bocejando. Ela levantou seus óculos e coçou os olhos.

- Pode ficar, se for para casa com tanto sono assim é capaz de cair na calçada e dormir lá a noite toda. – Kyungsoo também estava com sono, ele foi até a porta de seu quarto e abriu. – Pode dormir na cama de Jongin.

- Vamos ser colegas de quarto por uma noite? – Ela perguntou enquanto entrava no quarto. Era bem organizado de um lado, mas do outro ela um pouco bagunçado.

- Se não tiver problemas para você...

- Não, sem problemas, eu já dividi quarto com meu irmão durante um ano. – Victoria o interrompeu e seguiu para uma das camas. – Eu presumo que essa é a cama de Jongin. Acertei?

- Facilmente identificável pelo lençol bagunçado. – Kyung concordou, observando Victoria se deitar lá. Ele se aproximou da cama e a cobriu com o lençol, pegando os óculos dela em seguida e os guardando. – Não se preocupe, não vou encostar um dedo em você.

- Eu sei. Você não é esse tipo de homem, Do Kyungsoo. – Victoria falou e Kyung assentiu com a cabeça. – Boa noite, Kyungsoo.

- Boa noite Victoria, durma bem.

Não demorou muito para que os dois dormissem, e logo a casa ficou totalmente silenciosa. Até que eles acordassem novamente e toda barulhada começasse outra vez.

~(^-^~) (~^-^)~

Victoria acordou bem cedo para um domingo, talvez fosse porque não havia dormido em sua cama. A cama de Kyung estava vazia e os lençóis arrumados, a moça se levantou e espreguiçou, logo se pôs a arrumar a cama de Jongin, depois pegou seus óculos e saiu do quarto. Os outros ainda estavam dormindo no mesmo lugar, mas o trio do tapete parecia um emaranhado de braços e pernas, a moça achou engraçado, mas seguiu para a cozinha.

- Bom dia chefe. – Ela disse ao encontrar Kyungsoo começando a preparar o café.

- Bom dia. Você acordou cedo, dormiu bem? – Ele encheu uma xícara de café e entregou para ela.

- Sim, mesmo que não fosse na minha cama. – Ela tomou um pouco do café. – Desculpe pelo susto logo de manhã.

- Susto?

- Eu com essa cara de sono. – Ela disse e Kyungsoo riu.

- Você está me vendo sem maquiagem, deveria estar assustada também.

- Você é bonito com make ou sem. – Victoria bocejou e tomou mais café. – Eu acho que já vou.

- Já? – Disse Lay entrando na cozinha, ainda com as calças de dormir, mas usando uma regata azul em vez de seu moletom de unicórnio. – Bom dia, alias.

Victoria e Kyung deram bom dia, e ela explicou que tinha outro compromisso naquela manhã.

- Deixa eu adivinhar, igreja? – Arriscou Kyung.

- Acertou. – Victoria confirmou. – Vejo vocês qualquer hora dessas, venham me visitar quando puderem. Deem tchau aos outros por mim.

Ela terminou de tomar o café rapidamente, se despediu dos rapazes e saiu da casa. Menos de 10 minutos depois, Suho e Xiumin chegaram e se depararam com os rapazes apagados na sala.

- O que aconteceu aqui? Perdemos alguma festa? – Minseok perguntou e Baekhyun, que já havia acordado, apenas riu.

- Ah hyung, senta aí porque a história é longa...

~(^-^~) (~^-^)~


Notas Finais


Gostou? Não gostou? EU QUERO SABER!
Agora, sobre músicas...
Trem-Bala - Ana Vilela (porque essa música é linda, mesmo que já tenha enjoado): https://www.youtube.com/watch?v=ZIoHSaQ70Zo
Safe and Sound - Taylor Swift (Victoria gosta dessa música, sim): https://www.youtube.com/watch?v=RzhAS_GnJIc

E agora fique com o vídeo que me define quando escuto o novo álbum do EXO:
https://www.youtube.com/watch?v=9zz0-Z4eBJY

Vlw Flw


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...