História "Como Me Ves" - Simbar - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sou Luna
Visualizações 109
Palavras 407
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção
Avisos: Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 9 - "Confia em mim!"


P.O.V Ámbar Smith

Ámbar:fala isso pra sua namoradinha, ela que tá morrendo de ciúmes de mim e do Simón. Eu não posso fazer nada. - Luna bufa e sai, assim como Matteo. 

Ramiro: depois desse beijo eu aconselho a usarem camisinha! - ele fala e todos saem rindo, deixando eu e Simon a sós. 

Ámbar:Até que você não beija mal... - falo e vejo Simón revirando os olhos. Como já era 18:37.  Todos foram jantar, menos eu, já que não estava com fome, decido ir para o quarto

P.O.V Simón Álvarez 

Tinha acabado de jantar e subo para o quarto. Entro no mesmo e me deparo com Ámbar olhando para a janela. 

Simón:Não sabia que apreciava a vista. 

Ámbar:Você não sabe nada sobre mim. - Fala com uma voz de choro

Simón:Estava chorando? 

Ámbar:claro que Não! 

Simón: por que estava chorando? 

Ámbar:Já disse que não estava chorando! 

Simón:Confia em mim!  Agora, me conta, o que aconteceu?

 P. O. V Ámbar Smith

Eu nunca contei esse história para ninguém, mas eu sinto que para o Simón eu posso contar, por algum motivo, eu confio nele. 

Ámbar:Quando eu tinha meus sete ou oito anos, o meu avô me levava a uma casa de Verão. E nessa casa tinha uma linda vista, e toda a noite nós íamos  para a janela do quarto e ficávamos observando. O meu avô sempre me deu atenção, sempre me tratou com carinho. Mas depois que ele faleceu, tudo mudou. Minha madrinha se tornou mais séria e fria que o normal. Ela só fala comigo pra saber se eu tirei a melhor nota do Blake. Ela só quer saber de mim se eu for a melhor... Se eu for... perfeita. Eu sempre contava tudo ao meu avô, por que sabia que eu podia confiar nele, ele me fazia sorrir nos momentos mais difíceis. Mas agora que ele se foi, não tenho com quem contar. - termino de falar e já estava com várias lágrimas em meu rosto. Eu nunca tinha chorado na frente de ninguém. 

Simón:Ei, saiba que pode confiar em mim, para o que for. - ele fala e eu simplesmente sorri e ele me abraça. Saímos do abraço e com o polegar ele limpa as lágrimas de meu rosto. 

Ámbar: Obrigada Simón! - O abraço novamente. Depois de nos separarmos do abraço eu me deito na cama e ele faz o mesmo. 

Simón:Boa noite. 

Ámbar:Boa noite - falo e percebo ele abrir um sorriso. 

No dia seguinte









Notas Finais


Hoje foi um capítulo pequeno, sorry.
Espero que tenham gostado.
Beijinhos ar. 💋❤️🔥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...