História Como não amar esse canalha - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Júlio Cocielo
Personagens Júlio Cocielo, Personagens Originais
Tags Julicia
Exibições 54
Palavras 969
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii gente sou nova nisso mais espero que gostem ok?ok!!

Capítulo 1 - 1


Bom ca estou eu arrumando minhas malas por que estou indo morar em São Paulo a famosa Osasco achei um apê muito legal pra dividir com minha irmã (melhor amiga mas chamo de irmã) o nome dela é Júlia tem a minha idade é morena com olhos castanhos e baixinha e tem um corpão de dar inveja namora um tal de Igor que tem um canal no YouTube, já eu sou loira de olhos verdes meio alta, meu corpo não é lá essas coisas mas ninguém reclamo até agora.

Bom atualmente estou morando em Curitiba com meus pais, minha mãe não gostou nada dessa idéia de eu me mudar pra São Paulo meu pai deu todo o apoio disse que ta orgulhoso de mim 

Segunda 04:35 AM

Bom agora estou indo pro aeroporto pegar meu vôo para a "liberdade" minha mãe tá aqui chorando como sempre 

Mãe: Filha se cuida, e vê se liga pra mim tá não esquece que tem mãe não ta?- disse em meio as lágrimas e eu ri

Eu: Mãe para de graça, a última coisa que eu vou esquecer é isso eu amo muito vocês e prometo que logo venho visitar!! - disse abraçando minha mãe e em seguida meu pai

Último vôo para São Paulo portão A5

Sorri pra eles e fui rumo a minha nova vida...

Dormi o vôo todo, tava saindo do aeroporto e chamei um uber, passei o endereço e liguei pra Júlia

Eu: OHHH O GÁS -eu berrei no telefone até o taxista se assusto ela se assusto do outro lado da linha 

Júlia: Sua puta, acordei agora meo fala baixinho - disse com voz de sono e fazendo manha

Eu: A vai lava a casa da cachorra meo, quase uma da tarde e você dormindo que bonito hein- disse rindo 

Júlia: Vai direto ao assunto- mansa como sempre- então chegou ou não?

Eu: Uma triste notícia pra te dar - ouvi ela bufar do outro lado - an an cheguei

Júlia: Ainda bem que vc sabe que é uma triste notícia-riu- mas vamos ao que interessa hoje tem churras no vocês sabia e o Igor falo pra te chamar caso voce chegasse hoje

Eu: Opa, to precisando sair, to quase chagando beijos meu amorr

Júlia: Beijos irmã te amo 

Eu: Te amo

...

Paguei o uber desci, peguei minhas chaves e fui entrando quando vejo a rabuda com fone de ouvido na bancada da cozinha comendo um bolo de cenoura (que eu amo) só chego e "paah" dou aquele tapa na bunda que até minha mão doeu

Júlia: Viada você chegou meooo - disse e pulo em cima de mim e eu caí no chão 

....: Que barulho é esse aq...-disse um menino e saiu correndo porque ele tava só de cueca (eu consegui ver isso hue) 

Eu: Quem é esse?- perguntei rindo da situação

Júlia: O Igor maninha-ela disse rindo 

Eu: Ta bem de namorado hein mana-disse e dei uma cutucada nela com o cotovelo 

Júlia: Por falar em ta bem vai tomar banho e se arrumar porque o churras começa cedo lá hein- disse voltando pra cozinha 

Eu: Qual é meu quarto?-disse gritando pra ela 

Júlia: Segunda porta a esquerda, eu decorei, não sei se você vai gostar - ela disse e começou a cantar alto e eu logo sai dali

Fui andando e achei meu quarto, entrei e putz ela arraso na decoração, fui direto pro banho, lavei meu cabelo sequei e passei uma make bem básica mesmo só pra não assustar os outros né, um croped preto um shorts branco com detalhes pretos e um tênis da adidas 

Desci e vi o Igor e a Júlia na maior pegação no sofá

Eu: Caham-ele deu um pulo de cima dela e coçou a nuca envergonhado e eu ri muito

Júlia me deu um tapa na cabeça e riu comigo, ele me comprimentou e fomos em direção ao carro que estava parado em frente à nossa casa 

Júlia: Te apresento nosso bebê-disse apontando para o Fiat uno preto na minha frente 

Eu: Ahhhh eu não acredito nisso meo

Júlia: Acredite e hoje você dirige -disee me entregando a chave, eu acho que to no céu e nem sei

Entramos no carro e o GPS foi dizendo o caminho e cara eu detesto segurar vela e eu tô fazendo isso exatamente agora

Chegando na festa eu estacionei o carro conheci o Daniel e o Lukas, fui aonde tinha umas meninas e la tava a Júlia quando me viu me deu espaço para sentar do nada chego um menino alto magrelo com uma menina com cara de cú acho que era namorada dele até fiquei triste por que eu queria pelo menos da uns pegas nele ne hue

Ele chego perto da Júlia perguntando do "Igão" acho que era o Igor

Júlia: Ah Júlio deve ta la na cozinha comendo e bebendo com o Daniel e o Lukas- Júlio esse era o nome dele 

Júlio: Valeu cunhadinha - disse e mostro a língua pra ela 

Eu: Quem era aquele mana?- perguntei curiosa 

Júlia: Ah é o Júlio ele e o Igor são tipo a gente grudados e pah - ela disse o pah fazendo jóia com a mão e eu ri

Eu: Humm, vo ali pegar uma bebida e já volto- disse e me levantei 

Do nada esbarrei em algo ou melhor alguém

Eu: Oh da pra olhar por onde anda - disse pegando um papel e limpando a bebida que caiu nos meus seios, porque a(o) trouxa bateu no meu copo bem na hora que ia beber

...: Ah foi mal gata- quando olhei pra cima era o Júlio eu peguei e sorri pra ele 

Eu: Tudo bem, pelo menos não foi na blusa- ele me olhava de cima a baixo e sorria de lado

Do nada ele foi me empurrando contra a parede eu sentia o bafo de cerveja dele e a respiração ofegante dele 

...: O que ta acontecendo aqui?-disse entrando na cozinha





Notas Finais


Oii espero que gostem logo logo tem mais beijoss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...