História Como (Não) se Ferrar em uma Audição - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Neo Culture Technology (NCT), Red Velvet
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, Chenle, D.O, Doyoung, Haechan, Hansol, Irene, Jaehyun, Jaemin, Jennie, Jeno, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jisung, Johnny, Joy, Jungkook, Kai, Kris Wu, Kun, Lay, Lisa, Lu Han, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, RenJun, Rosé, Sehun, Seulgi, Suga, Suho, Taeil, Taeyong, Tao, Ten, V, Wendy, Winwin, Xiumin, Yeri, Yuta
Visualizações 3
Palavras 1.046
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Hentai, Lemon, Orange, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Maldita seja


A uma semana eu estava vendo o Twitter, como sempre. Até que eu vi várias pessoas simplesmente desesperadas com algo, e fui ver, já que na minha concepção eu encontraria alguma discórdia para me divertir. Acontece que, não era nada do que eu pensava, era simplesmente sobre uma audição que a SM iria fazer por aqui. Mas não é algo que eu me importe muito.

Certo,  ignorei.

O problema é que isso estava em todos os lugares, todos os Youtubers que eu gosto sobre o Kpop estavam fazendo vídeos sobre isso, dando dicas e tudo. Um completo inferno. Mas até aí estava tudo bem, era apenas eu não ver os vídeos e talvez procurar outros que não falassem disso.

Certo, ignorei novamente.

Até que isso chegou até minha melhor amiga, e isso não podia ser pior, já que a maldita decidiu por mim que eu iria fazer a audição de qualquer maneira.

As vezes eu paro e penso o quão inútil pra minha vida é ter a Emy como minha melhor amiga. E porque, de todas as pessoas que conheço tinha que ser uma pessoa tão sádica e nazista. Quer dizer, qual os benefícios disso?

Eu vou dizer, nenhuma.


Vou começar pelo dia em que minha vida virou um completo inferno por causa dela


Segunda-Feira

Em um horário qualquer de manhã.


Eu realmente não sei o que me deixa mais puta: Acordar cedo em uma segunda, ou ser acordada cedo com alguém gritando no meu rosto. Digamos que minha mãe fez um mesclado dos dois.

Eu estava com raiva, no sentido de sono e ansiedade, por que hoje a megera, vulgo minha "melhor" amiga, iria me contar algo muito importante, e que iria mudar minha vida. Coisa que eu realmente duvido vindo dela, a pessoa que aos 13 anos ficou de luto, por que sua mãe "acidentalmente" (mesmo que todos nós sabermos que foi de propósito), Jogou seu ursinho fora, e me obrigou a me importar com o fato, mesmo não me importando muito.

Eu realmente não sei por que porra minha mãe decidiu vir me acordar aos gritos e tão cedo, simplesmente do nada, de manhã no meu quarto aos berros. Só pude dormir por três horas antes da minha graciosa mãe vir gritando no meu ouvido dizendo que a Emy estava em casa, muito possivelmente, atacando a minha geladeira como de costume.

Até tentei não dar atenção se Emy estava ou não estava na cozinha, e voltar a dormir, mas eu sabia que iria falhar e Emy iria tentar me acordar de todas as maneiras possíveis. 

Ao me concentrar para sequer ficar em pé no chão e dar um passo em que eu não morresse ao descer a escada, me levantei e apareci na cozinha, me convenci ao máximo de que em breve ela iria embora e me deixaria em paz para meu sono novamente.

Mas todos nós sabemos que ela não irá fazer isso.

— Que cara é essa? — Perguntou assim que me viu. Talvez eu tenha garantido demais de que ela iria embora rápido, então decidi ignorar o estado do meu cabelo e do meu rosto derretido pela maquiagem que eu esqueci de tirar ontem. — Você está parecendo um gremlim.

— Vai-te a Merda.

— Cada dia mais atenciosa! — Debochou.

— Fala logo o que você quer. E é bom ser por um motivo importante, pra me acordar em um domingo de manhã. Se não for, vai embora, que eu não estou com saco para isso.

— Bom, eu estive pensando... — Se bem conheço esse tom, é mais um dos seus planos bastante úteis — E se você se alistar para audição que a SM vai fazer?

— Serio que esse foi o assunto que você me disse que era "super importante"? Custava falar pelo celular? Aparecer na escola? Nem que fosse de madrugada, mas por que de manhã? E eu já sabia.

— Ah vai! Eu quero uma amiga que vire uma ídol! Quero que me traga vários produtos coreanos.

A animação de Emy as vezes chega a me enojar de várias formas. Ela é feliz até demais.

Odeio admitir que não é lá a idéia mais imbecil que ela já teve, de longe esse é um dos mais inteligentes até agora, se não fosse um plano que me incluísse, talvez se incluísse algo como alguém realmente com talento, talvez funcionasse. 

Emy escolheu a amiga errada.

— Até eu que acabei de acordar sei que esse plano é uma merda.

Provavelmente, na cabeça dela anda uma ligeira idéia de que eu realmente tenho talento. E de que se eu passar, ela poderá se aproveitar de todos os benefícios que isso traria a ela. Eu pensaria o mesmo, mas diferente dela, eu sei o que é e o não é talento, algo que ela e nem eu temos.

E convenhamos, eu não tenho saco o suficiente para aguentar uma fila, e asiáticos que nunca vi na minha vida me julgando na minha frente. Além disso, se tratando da minha pessoa, quais as chances de dar certo?

1. Eu sou um Gremlim.

2. Dizem que eu sei dançar, mas isso é claramente uma mentira, tenho certeza.

3. Se eu tenho um talento, com certeza consiste apenas para eu tomar no cú, área a qual eu domino.

Agora, pergunto novamente: Quais as chances de dar certo? Provavelmente você irá responder, nenhuma. E estaria certo se não houvesse o dedo da Emy nisso.

Eu não sei quais os poderes que ela tem com o universo, mas tudo que ela faz da certo. É como se tudo conspirasse a seu favor, e se ela quer uma amiga na SM, tenho certeza que ela consegue, e infelizmente, eu tenho que ser essa amiga.

E uma coisa que eu aprendi na minha vida é que se você não faz o que Emy pede, você se fode ou se decepciona, e é obrigado, de todas as maneiras ouvir ela falar que te avisou que seria melhor se tivesse a ouvido.

E não pense que ela só insistiu uma vez para que eu me inscrevesse, ela insistiu todos os dias, me acordando sempre de manhã não respeitando o meu fuso-horário, me atrapalhando nos momentos em que eu mais precisava estar concentrada, e aparecendo de madrugada. Por que eu tive que dar essa idéia a ela?

Então eu aceitei. Não por vontade de fazer, mas de cansaço, e não ter que ouvir o famoso eu te avisei novamente, como sempre acontece.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...