História Como (não) ter um Ômega-ABO Universe. - Capítulo 3


Escrita por: ~ e ~VorazOhFodao

Postado
Categorias Block B
Personagens B-Bomb, Jaehyo, Kyung, P.O., Personagens Originais, Taeil, U-Kwon, Zico
Tags Taepyo, Ubomb, Zikyung
Exibições 227
Palavras 764
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Festa, Ficção, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Como (não) discutir num corredor.


Fanfic / Fanfiction Como (não) ter um Ômega-ABO Universe. - Capítulo 3 - Como (não) discutir num corredor.

-Então... Eu estava imaginando o Kwon lá... E não ela...-Falo e os garotos assentem.
-Tá Hyung, essa parte a gente entendeu...-Zico falou e eu revirei os olhos.-Você deixou levar e achou que era o Mozinho ali... Mas o que a gente não entendeu, foi o porquê da Alana voar para cima de você tentando comer sua cara...-Ele completa, com o ar debochado dele, me fazendo revirar os olhos e praguejar mentalmente todos os ancestrais daquela vagabunda.
-Eu acho que ela achou que a declaração era real...-Pyo fala como se estivesse acabado de descobrir um mistério extremamente precioso.
-Estúpidos! Eu quero que vocês me ajudem a tirá-la do meu pé!-Rosno com a voz de Alfa e eles me olham entediados.
-Lee Minhyuk!-Uma voz assustadoramente bonita grita no começo do corredor onde estávamos. Fazendo-nos virar rapidamente assustado. Mas não, são só os Mozões dos patetas dos meus amigos.
Park Kyung vem caminhando em nossa direção com Lee Taeil em seu encalço, passando por todos que estavam no corredor que abriam caminho para os dois ômegas.
-Lee Minhyuk! Quem é Lee Minhyuk?-Park fala caminhando rápido e nervoso.
Nessa mesma hora, todos que estavam presentes no corredor apontam para mim, até mesmo os traidores de Zico e Pyo. Arregalo os olhos quando os dois corpos vem em minha direção em um misto de desfile e corrida. Sempre graciosos...
-Nossa... Quem usa calça de moletom com coturnos?-Park Kyung sussurra indignado. Olho para o meu próprio corpo e vejo que estão falando de mim. Aula de teatro é para usar roupas confortáveis!
-Kyungie... Não viemos para dar uma consultoria...-Lee Taeil sussurra de volta. Caralho! Vocês sabiam que Alfas tem a audição apurada?
-Se bem que ele precisa de uma consultoria...-Kyung responde o amigo. Os dois agora me analisam de cima à baixo, parados em minha frente, com as caras mais desgostosas que já vi na vida.
-Ele deve se vestir assim porquê gosta de parecer um babaca.-O baixinho fala e eu reviro os olhos.
-O que querem comigo?-Faço a pergunta que me rondou desde que esses dois apareceram no corredor.
-Esse topete tá feio viu?-Park fala e me analisa mais uma vez.-Sério Taeilie, não sei o que ele viu nesse ai... Ele já é uma negação ambulante...-Fala com uma falsa indignação na voz. Reviro os olhos e desisto de saber o por quê caralhos esses dois estão aqui.
-Se bem que ele disse que esse ai dança bem...-Taeil fala e arqueia uma sobrancelha.
-Eu sei... A gente viu no semestre passado...-Park fala e me lança um olhar enigmático.
-Vimos também na festa do fim de semana passado...-Taeil fala e sorri pequeno. Fofo...
-Pois bem!-Park Kyung quase grita com uma voz assustadora.-Você tem machucado o meu Bebê sem piedade nenhuma!-Fala bravo e me encolho. Caralho! Como esse Ômega pode me dar medo?-Você simplesmente faz isso? Saí pegando todas as Vagaranhas do campus sem piedade nenhuma com os sentimentos do meu Bebê!-Grita em plenos pulmões e eu me encolho ainda mais.
-Você é um babaca sem escrupúlos!-Taeil grita e aponta o dedo na minha cara. Como alguém tão fofo consegue ser tão assustador?-Como você pôde fazer algo tão sujo com alguém tão bom como ele?-Ele quem? Minha cabeça gritava por essa pergunta.-Ele sempre esteve com você! Sempre!
-E você faz isso?-Park continua, enquanto eu me assustava cada vez mais. Encolhido na parede e meus amigos ao meu lado. Assistindo a cena de camarote.-Ele até hoje nunca falou nada sobre aquelas Vacas, porque te ama tanto ao ponto de não perder a única coisa que tem com você, e você se declara para ela logo na frente dele?-Park lança-me as palavras me deixando tonto com as informações. Quem é ele? Minha cabeça só gritava isso e meus músculos tensos, indicavam que eu estava prestes a ter um acesso de raiva. Não! Tenho que me controlar...
-Você tem que falar com ele...-Taeil fala aparentemente mais calmo. O ataque de pelanca passou...-Ele está arrasado por ter visto você de declarando para uma das gêmeas...
-Eu não fiz isso!-Falo e Park revira os olhos.-Foi na atividade de teatro!-Falo e eles ficam pensativos.
-De qualquer forma... Me dói saber que o Kwonie gosta de um imbecil como você...-Park cospe as palavras e olha para Zico.-Jiho... Passe às 21hs...-Pega uma pulseirinha de festa na cor lilás e entrega para Zico que assente sorrindo.
-E você Minhyuk!-Taeil fala calmo e paciênte. Me causando um arrepio.-Presta atenção!
E assim os dois se foram. Me deixando com uma cara de tacho e a pergunta mais inquietante no ar: Por que caralhos eles disseram que Kim Yukwon é quem gosta de mim?


Notas Finais


Reviso logo mais.~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...