História Como (não) ter um Ômega-ABO Universe. - Capítulo 5


Escrita por: ~ e ~VorazOhFodao

Postado
Categorias Block B
Personagens B-Bomb, Jaehyo, Kyung, P.O., Personagens Originais, Taeil, U-Kwon, Zico
Tags Taepyo, Ubomb, Zikyung
Exibições 229
Palavras 1.160
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Festa, Ficção, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Como (não) pedir alguém em namoro.


Fanfic / Fanfiction Como (não) ter um Ômega-ABO Universe. - Capítulo 5 - Como (não) pedir alguém em namoro.

Pyo POV
Já eram 19hs. Eu estava um pouco atrasado para a aula de dança que teria com Bombie e Kwonie. Apressei o passo e entrei no campus. Os meninos costumavam treinar aqui na sala de dança, então acho que já deveriam estar aqui...
Subo as escadas rápido e animado, porque além de aprender a dançar, eu também tinha conseguido uma nova foto de Taeil... Ele estava tão fofo! Preciso mostrar para Kwonie...
Entrei no corredor que vai para a sala e tirei o celular do bolso, ascendendo a tela do mesmo e vendo a foto ali, tão maravilhosa! Ele é um ômega perfeito.
-Kwon! Olha que linda essa foto que eu tirei do Taeil!-Falo todo animado quando entro na sala e vejo um corpo de costas para mim. Coloco meu celular em frente ao seu rosto e vejo que Kwonie encolheu.
-Isso é montagem!-A pessoa falou completamente assustada.
Olhei para o corpo baixinho na esperança de ver Kim Yukwon ou até mesmo de Lee Minhyuk, mas o que eu vejo faz meu coração acelerar. Lee Taeil atônito, olhando com os olhinhos arregalados para a sua própria face que estava devorando um Hamburguer gigantesco capturada no meu celular. Juro que paralisei e pensei que apanharia do ômega que gritou com o meu amigo no corredor do Campus hoje mais cedo. Mas o baixinho só me olha desesperado e faz um bico maravilhosamente fofo nos lábios.
-Ya Pyo! Onde você conseguiu isso?-Perguntou-me olhando nos olhos.
-Eu... Meio que tirei... Sem você ver...-Falo envergonhado. Como ele pode me deixar assim? Reaja Pyo! Você é um Alfa.
-Eu juro! Só comi gordura hoje!-Fala fofinho e corando.
-Calma... Eu apago se você quiser...-Falo querendo que a resposta fosse negativa.
-Não precisa... Eu também... Tenho umas fotos sua...-Fala colocando as mãos sobre a face. Se alguém não me segurar, vou cometer uma loucura.
-Sério?-Pergunto envergonhado, e o vejo confirmar com a cabeça ainda mais envergonhado que eu.
Acontece que eu me sinto um ômega perto de Taeil. Ele é mais velho que eu e mais descontraído... Me sinto inexperiente perto dele, que tem tudo e é amigo de todos...
-As vezes me sinto um bobo por gostar tanto de você...-As palavras saem de minha boca sem que eu consiga controlar.
-Você... Gosta de mim?:Pergunta me encarando surpreso. Assinto e ele sorri envergonhado.-Eu também gosto muito de você Jihoonie...
Calma ai! O Taeil falou que gosta de mim? Lee Taeil gosta de mim? Chamem uma ambulância porque estou infartando!
-Você... Gosta de mim mesmo?-Pergunto com o meu sorriso bobo grudado no rosto.
-Gosto...-Responde sorrindo com aquela carinha fofa.
O que eu faço agora? Eu nunca passei desse nível... Quer dizer, nunca cheguei nesse ponto. Nunca gostei de ninguém além de Lee Taeil. Só tive meus rolinhos aqui e ali, mas nada muito sério. E agora tenho Lee Taeil em minha frente, dizendo que sente o mesmo que eu?
Meu corpo está tenso, minha respiração e batimentos cardíacos estão acelerados. Encarando Taeil agora, vejo que sou a pessoa mais sortuda do mundo por tê-lo retribuíndo meus sentimentos.
Preciso tomar alguma atitude que o faça meu. Meu lobo interior clama por sentir seu corpo e seus toques... Clamo por experimentar seu beijo.
E assim o faço. Puxo Lee Taeil pela cintura e tomo seus lábios com um selar um tanto quanto bruto.
Arregalo os olhos assustado, esperando uma negativa de sua parte, mas Taeil circula o meu pescoço com seus braços, se entregando ao beijo desajeitado.
Seu beijo era calmo, doce e me fazia sentir coisas que nunca senti por ninguém. Seu "abraço" se tornava mais forte a medida que avançavamos e intensificavamos mais o nosso beijo.
Seu sabor é único. Lee Taeil por completo é único. Ele tem um jeito exclusivo Lee Taeil de ser, e acho que ninguém chega aos pés desse homem...
O beijo estava se tornando um tanto quanto necessitado, as línguas dançando e se acariciando de forma graciosa. Mas como nada na vida é eterno, rompemos o contato.
Abri os olhos sorrindo e tomei uma bofetada estalada bem do lado esquerdo da face, me fazendo assutar e soltá-lo de imediato.
-Seu Alfa estúpido! Não sou um pedaço de carne!-Esbraveja Taeil me empurrando levemente.
-Me desculpa! Eu juro! Não fiz achando que fosse...-Falei levando as mãos à cabeça, desacreditando, que tinha passado dos límites de forma tão gritante.
-Eu quero que saiba que não sou qualquer um! Nem sou seu ômega para me beijar de forma tão... Quente...-Fala nervoso, escondendo sua vergonha.
-Mas é claro que você não é qualquer um! Eu amo você! E pretendo fazer de você meu ômega!-Falo e ele fica estantâneamente vermelho.
-Aaaanwww!-Taeil ronrona como um gatinho enquanto suspira. Mas logo toma uma pose séria e me encara.-Prova Jihoon...-Fala de maneira ameaçadora.
Engulo seco e me ajoelho em sua frente. Pego sua mão direita e coloco no meu peito. Perto do coração.
-Sabe... Desde o dia em que eu te vi, no começo do ano passado. Meu lobo interior ficou maluco por você e, de certa forma eu me apaixonei perdidamente... Mesmo sabendo que você é veterano e que provavelmente teria um alfa...-Começo e Taeil fica um pouco surpreso com a confissão.-Só que, quando eu descobri que não tinha, fiquei mais feliz que um banguela de dentadura... E então passei a meio que stalkear você... Pode ser loucura, mas eu nunca me achei bom o suficiente para falar com você, e quando você foi falar comigo sobre o meu terninho azul da apresentação  de teatro, eu fiquei à ponto de infartar com tamanha felicidade... E agora estou aqui... Como uma colegial apaixonada pelo cara mais cobiçado e adorado por todos... Eu sei que não tenho tanta chance assim mas, se você quiser... Eu quero muito te fazer meu ômega para sempre...-Falo escondendo toda a minha vergonha no bolso. Não tenho muita coisa à perder mesmo... Melhor colocar tudo para fora.
-Pyo... Me beija!-Taeil fala e se joga em cima de mim. Me beijando o rosto todo.
Sorrio com seu ato e pego-o pela cintura, colocando-nos em pé.
-Quer namorar comigo Lee Taeil?-Pergunto da maneira mais fofa que consigo.
-Quero!-Responde e sorri para mim de maneira fofa.
Beijo sua boca mais uma vez. E posso dizer que foi mais incrível que a primeira. Nos exploramos e nos conhecemos a cada movimento e, com toda certeza, nunca vou me cansar de beijá-lo... É sempre como a primeira vez...
( > y < )
-Pyo... Então você pediu ajuda deles para aprender a dançar por mim?-Ele pergunta, depois de eu ter contado para ele o por quê de eu estar ali.
-Sim...-Respondo e ele sorri envergonhado.-Posso te fazer uma pergunta?-Falo e ele assente.
-Por que diabos um estudante de moda usa uniforme da Adidas?-Faço a pergunta que me perturbou desde que vi que não era Yukwon ali.
-Ya! Eles são confortáveis!-Grita e bate com suas mãozinhas em meu peito.
Com toda a certeza no mundo, Lee Taeil é o amor da minha vida...


Notas Finais


Reviso logo mais.~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...