História Como notas musicais - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Big Bang, T.O.P
Personagens D-Lite (Daesung), G-Dragon, Personagens Originais, Seungri, T.O.P, Taeyang
Tags Big Bang, Romance, Top
Exibições 31
Palavras 1.328
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Ecchi, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Desculpa pela demora <3
É tanto trabalho pra fazer que fico sem tempo para escrever o capítulo,mas enfim escrevi!
Ainda bem que estão chegando as tão esperadas férias <3

Boa leitura <3

Capítulo 4 - Yang


-Também estou com saudades Omma - Falo no meu celular.Minha mãe tinha me ligado no fim de um treino dizendo que estava morrendo de saudades,também estava com saudades,mesmo com as meninas uma boa conversa com minha Omma faz falta.

-Está se comportando?não fez nenhuma briga né?comeu bem?- Modo mãe super protetora ativado com sucesso!

-Estou bem mãe,não se preocupe - Tento tranquilizá-la.

Estou muito feliz por você filha - Diz fungando, com certeza estava chorando - Seu pai ficaria muito orgulhoso de você.


Flashback on


Entro apressada no hospital,esbarrando nas pessoas sem preocupação alguma subo as escadas que davam para um corredor.

Acho minha mãe sentada de cabeça baixa,toco em seu ombro e vejo seus olhos vermelhos e inchados,ela estava chorando.Ela vem e me abraça e me diz palavras de conforto,tomo coragem e pergunto:

-cade o papai?- Digo já sentindo as lágrimas encherem meus olhos.


-Está lá dentro meu amor,quer ir lá?- Fala coma  voz Trêmula  aponta para uma sala e eu assinto.


Entro na sala e vejo meu pai deitado na cama,cheio de fios e uma máquina apitava a casa 2 segundos.Estava com os olhos fechados,parecia cansando e,quando percebeu minha presença,deu um leve sorriso.Chego para perto dele e dou um beijo na sua bochecha.


-P-Pai por que o senhor está assim? - Passo levemente a mão no seu cabelo preto com alguns fios brancos.

-Papai ta doente filha,mas vai melhor - Dá outro sorriso que só ele sabia dar.Sabia que ele estava mentindo,ele estava muito mal,essa doença tirava todas as suas forças,antes agente ia ao parque correr,brincar e se divertida,agora com essa maldita doença nem ao menos agente conseguia dar um passeio.


-Jura que vai ficar melhor? - Falo olhando seriamente pros olhos dele,tentando fazer uma cara emburrada.


-Claro que sim...filha.

 

Flashback Off


Depois de alguns dias meu pai tinha morrido de câncer,é muito doloroso para mim lembrar disso,ver meu pai dias e dias naquele estado era horrível,todo o dia pedia para alguma coisa acontecer e salvar ele,mas isso não foi possível.Ele foi uma das melhores pessoas que tive a sorte de estar perto,ele sempre será meu protetor e anjo da guarda aonde estiver.

- Mãe,tenho que desligar....tenho que ir pro dormitório.

-Ok,filha tome cuidado,te amo - Ouço uma risadinha.

-Também te amo,tchau.

-Tchau - Desligo o telefone e vou falar com as meninas.

-Gente,ainda vai demorar muito?- Pergunto desanimada.

-Não,já acabou melhor irmos pro dormitório - Respondeu Carolin calma eu e as meninas concordamos e fomos rumo ao dormitório.

Tomei banho,comi,assisti um pouco de tv e fui me deitar.Me cobrir toda porque estava fazendo muito frio e só uma pessoa vem em minha mente:

Seung

 Pego meu celular em cima de um criado mudo e me cubro mais uma vez dos pés a cabeça,não queria que alguém visse eu espionando ele nas redes sociais.

Primeiro entro no Instagram e começo a ver fotos dele de terno,bebendo vinho e brincando com seu sobrinho que era muito fofo.

Como pode existir um homem assim?

vejo mais fotos e adormeço com o celular ainda na mão.

Acordo e lembro que hoje era sábado e vou correndo para a sala convidar as meninas para irem ao shopping,estava precisando de uma roupa nova.

Levanto da cama,dou uma olhada no espelho e vejo que meu cabelo estava horrível,pego um pente e penteio fazendo um rabo de cavalo.Ainda com pijama continuo com meu propósito.

- Gente,vamos no shopping,por favor - Pergunto fazendo voz de criança.

- Melhor não,estou morrendo de cólica- Fala Sun Lee.

- As outras meninas sairão pra fazerem compras,queriam te chamar mas você estava dormindo bela adormecida.- Carolin da uma gargalhada.

- Que merda - resmungo.

- Não fale essas coisas mocinha,eu vou com você!

- Obrigada Unnie - Corro e dou um abraço apertado na mesma.

- Tome café,eu irei tomar banho - Diz indo para o corredor.

- Ok - Eu e Sook tomamos café e depois de alguns minutos vejo Carolin já arrumada,com uma calça rasgada,uma blusa branca e um tênis preto.

-Rápido Kim,não quero demorar!

- Ta bom senhorita chata - Corro para o banheiro,faço minhas higienes e saio entrando no quarto.Me arrumo escolhendo uma roupa e penteado simples e agente saiu dando tchau para Sook.

 

[...]

 

- Uau aqui é tão limpinho! - Falo com a boca aberta.

-Verdade,vamos em que loja primeiro?

- Naquela ali - Aponto para uma loja no fundo.

- Vamos então - Me puxa e começamos a andar.Várias pessoas ficam nos encarando,e fiquei um pouco com vergonha admito.

Não sei,mas isso era necessário?parece que nunca viram uma estrangeira?

Entramos,e vimos várias roupas florais lindas e vários sapatos estilosos. Carolin fica com os olhos brilhando e já pega um vestido e coloca ele na minha mão.

- Ficará lindo em você !- Viro o vestido e vejo a etiqueta só faltava eu cair pra traz .

- Aigoo é muito caro - Falo triste

-Eu te ajudo a comprar,vá para o provador! - Faço oque ela pede e visto o vestido,ele fica bem colada na cintura e solto nas coxas. 

Vou para o lado de fora e vejo Carolin sentada experimentando um sapato. Quando ela percebe que eu estava ali,abre um grande sorriso.

- Está linda,uma verdadeira princesa !

- Que isso Unnie,muito obrigada,mas não é pra tanto - Dou uma risada.

- é verdade,agora me ajude, esse sapato combina comigo? - Levanta um sapato da cor vinho.

- Sim, combina !

-Ta bom,agora me ajude com esses outros aqui.

 

[...]

Demoramos muito no shopping,Carolin só faltou levar a loja toda nas costas. Eu só comprei um vestido,um sapato e alguns acessórios.

Entramos no dormitório nas pontas dos pés e vejo as meninas assistindo tv.

- Nossa que demora,eu ia ligar pra polícia - Reclamou Sook.

- Nem é pra tanto - Carolin pega a sacola das minhas mãos e entra no quarto.

- Kim , quer ir na festa de uma amiga minha? ela convidou todo mundo e queria muito que você fosse,iria ser muito legal - Sun Lee

- Ah,tudo bem, que dia vai ser?

- Amanhã,vai ser muito divertido - Fala pulando.

- Isso é por causa de macho aposto. - Lee Jin.

 Damos risadas e Sun Lee fecha a cara.

- E oque tem?  

- Nada,só falei por falar

- Como é essa sua amiga Sun ? - Estava muito curiosa.

- Ah,ela é muito engraçada,você vai amar ela,somos amigas desde crianças e considero muito ela - Fala abraçando uma almofada. Me sento no sofá do lado dela.

Tomara que seja mesmo.


Pov Autora 


Yang estava e uma reunião para decidir o futuro da empresa, nela estavam vários sócios.

Ele estava muito preocupado com a outra empresa rival que estava indo de vento e poupa.Temia que a mesma passa-se a perna e sai-se vitoriosa , os grupos da mesma estava fazendo muito sucesso não só na Coreia e sim ao redor do mundo e isso dificultaria muito as coisas.

- Quero algo inovador,algo que nunca vi aqui - Falou pensativo.

- Um novo conceito? - Perguntou uma mulher.

- Sim, mas não só isso... , quero que pensem bastante e podem se retirar,até a próxima reunião - Dito e feito todos sairam,um senhor estava arrumando sua meleta pronto para cumprir a ordem,mas Yang o interrompeu.

- Ei, Chang pode ficar, tenho algo a tratar com você - Yang se levantou e foi para perto do homem, que concertou seus óculos e ficou frente a frente com ele.

- É sobre oque senhor? - Perguntou apreensivo.

- Parece que esqueceu não é mesmo? - Levantou uma sobrancelha- Mas vou refrescar sua memória,aquele assunto esta caminhando como planejado ?

- Ah,Sim senhor, ela já está trabalhando aqui,esta tudo dando certo .

- Ótimo, não se esqueça que essa conversa,não pode sair daqui...estou confiando em você.

- Não se preocupe da minha boca não sairá nada.

- Assim espero,já pode ir.... - Chang o cumprimenta e sai,deixando um Yang mergulhado em seus pensamentos.

'' Estou mesmo fazendo o certo?''

 

 


Notas Finais


E chegamos ao fim do capítulo!
Muito obrigada por lerem até aqui <3

Oque acharam? :3


Xoxo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...