História Como se fosse a primeira vez - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supergirl
Personagens Alex Danvers, Cat Grant, Kara Zor-El (Supergirl), Maggie Sawyer
Tags Alex Danvers, Cat Grant, Kara Danvers, Supercat, Supergirl
Visualizações 210
Palavras 1.577
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Orange, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Suspense, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 12 - "Entrevista"


Ela sentiu-se constrangida, e de alguma forma tímida. Isso lembrou pela primeira vez quando ela disse a Cat que ela era linda. Cat estava rindo de algo bobo que Kara disse sobre bolos. Ela queria dizer a Cat como era bela, por outro lado, ela estava gostando do eu espontâneo de sua esposa e ela não queria prejudicá-la.


  - Vamos ver. - Cat começou a dizer. - Você dorme?.


  - Você dorme? - Supergirl disse, sorrindo. - Essa é a primeira coisa que você vai perguntar? - Cat sorriu, revirando os olhos. -Você vai ignorar minha identidade, perguntando sobre quantas horas meu corpo precisa dormir?.


 Cat bebeu seu uísque, virando-se em direção à cidade. - Acho que, desde que nos conhecemos há tanto tempo, eu já conheço essa resposta. - Cat encolheu os ombros melhorando com a ajuda do álcool. - Estou certa?.


  - Sim, você esta. - Disse Kara. - Você é brilhante, é claro que você descobriu quem eu sou.


 Cat olhou para Supergirl por um segundo, notou a diferença na pessoa que estava ao lado dela. A imagem do que ela lembrou correspondia à descrição da Supergirl, mas a jovem que a cumprimentava era inovadora e fascinante.


  - O que significa que você se disfarça entre nós. - Disse Cat. - Imagino que você tenha um emprego, um marido e uma família.


  - Sim, eu tenho um emprego. - Disse Kara, virando-se, combinando a posição de sua esposa. - E uma família, - Ela balançou a cabeça. - Mas não um marido.


 Cat decidiu dar um espaço à Supergirl. Ela não gostou quando os convidados fizeram perguntas pessoais. Talvez Supergirl fosse um pouco como ela. - Então, quantas horas você dorme? - Cat perguntou com indiferença.


  - Eu não sei. Eu adoro dormir. - Kara disse sorrindo de novo. - Eu realmente não preciso, o sol, desta terra, me dá meus poderes. Mas dormir me faz sentir humano. Está fora do hábito e eu adoro isso, é claro.


  - Isso é algo que você deseja, a humanidade? - Supergirl ficou quieto por um segundo antes de sacudir a cabeça, não.


  - Isso é tudo o que eu queria, anos atrás, agora, não consigo me imaginar como uma pessoa normal. Adoro ajudar as pessoas. Se eu pudesse voltar no tempo, faria tudo de novo.


 Cat assentiu rapidamente. Ela olhou para o whisky, mas não tomou nada disso. - Voltando no tempo parece uma ótima idéia. - Cat inclinou a cabeça e tirou um gole do copo.


  - Eu vou ser mais cuidadosa, eu prometo. - Supergirl disse colocando sua mão em cima da de Cat.


 Kara percebeu o conforto e a forma como a esposa não hesitou ao tocar. Ela lutou para encontrar as palavras corretas. Ela tentou colocar sua esposa à vontade durante todo o dia. Ainda assim, Cat sentia-se estressado e bebia whisky.


- Imaginei o meu futuro inúmeras vezes. - Cat falou suavemente. Kara observou recostando sua mão, casualmente. - Eu estava ciente de que Carter iria crescer e partir para perseguir qualquer sonho que ele desejasse. Eu não ia segura-lo.


  - Até então eu teria dobrado meu dinheiro. Carter teria tido o suficiente para quem ele escolher se casar. Seria suficiente para ambos. Cat olhou para Supergirl. - Adam. 


 Kara assentiu enquanto escutava calmamente.


  - Eu me mudando para uma das casas da praia. Acordando todas as manhãs para tomar café da manhã em um café local. - Sorriu Cat com simpatia.


Kara sorriu para as travesuras de sua esposa.


  - Meus empregados iriam me servir. Eles preparariam o meu café regular e entregariam-no para a mesma mesa na parte de trás, longe das janelas e dos olhos curiosos. 


  - Eu iria para casa depois das dez da manhã. Então eu cuidaria do jardim. Um jardim simples, sem rosas ou arbustos.


 Cat colocou o copo na grade, tirando o cabelo do rosto e colocando-o de volta atrás da orelha. Kara ouviu, atordoada pela história de Cat.


  - Iria cuidar de algumas ervas, como manjericão e coentro. - Cat inclinou a cabeça, levando as mãos para cobrir seus antebraços nuas. Kara notou que sua esposa estava com frio. A temperatura caiu, mas era algo que Kara era quase inconsciente.


 Em um piscar de olhos, Kara desapareceu dentro da casa, ela foi direto para o quarto de hóspedes, pegou o cobertor sentado em cima da cama e apareceu ao lado de Cat.


 Cat quase não percebeu que Supergirl tinha desaparecido por menos de um segundo, mas deu um sorriso agradecido quando a jovem heróina colocou o cobertor ao redor de seus ombros.


  - Por favor - Disse Supergirl. - Continue.


 - Antes do pôr-do-sol, eu caminharia de volta para a casa. Eu atravessaria a porta principal, deixando cair meus sapatos no terraço e pegando uma jaqueta do armário.


  - Eu me sentaria na frente da praia, apenas para que eu pudesse ver  o por do sol.


  - O sol se pondo, o fogo me aqueceria, e se eu estivesse de bom humor, eu voltaria para dentro e beberia um copo de vinho. Os frutos fermentados me acompanhariam junto com as estrelas.


 As lágrimas de Kara correram por seus olhos. Tudo isso fez com que ela se sentisse fraca. Ouvindo sua esposa compartilhar essas palavras com ela ... pela primeira vez. Aprofundou o amor que sentia por ela.


  - Me desculpe - Disse Cat, bebendo de seu copo. - Provavelmente estou te chateando até a morte.


 Kara piscou rapidamente. - Você...você nunca compartilhou essa história comigo antes. - Kara disse, aproximando-se de sua esposa. - Quero dizer, normalmente falamos sobre coisas, você sabe, somos ... amigas.


  - Mesmo que isso pareça lindamente deprimente e pacífico de alguma forma. Eu me preparei para estar sozinho. Preparei-me para o meu futuro. - Disse Cat. A mudança súbita fez Kara querer segurá-la e nunca a deixar ir. - Apenas para acordar hoje, sete anos depois. Não foi isso que eu me preparei, não foi o que eu planejei.


  - Você está com medo. - Sussurrou Supergirl.


  - Não me interpretem mal, eu amo Ellie com todo meu coração. - Cat sorriu, limpando as bochechas com o cobertor. - Foi amor instantâneo.


  - Ela é linda. - Disse Supergirl, sorrindo suavemente.


Cat assentiu. - Eu não gostaria de acordar sem esse sentimento. Eu não mudaria Ellie.


  - Compreendo. - Supergirl disse. - Eu entendo ... isso ... você, Cat.


  - Agora eu sou casada e alheio à minha vida anterior. Eu não só estou com medo, Supergirl, eu estou apavorada.


 Ambos ficaram silenciosos por um segundo. Nunca foi estranho, não foi forçado ou falso. Era necessário. Kara lembrou do seu pensamento e se virou para a esposa.


  - Bem, se isso te faz sentir melhor, você tem muitas pessoas que se preocupam com você. - Disse Supergirl, se aproximando um pouco mais do Cat. - Você vê Adam quase todos os meses, Carter vem de Central City todos os fins de semana e, CatCo não foi substituído. - Cat riu disso. - Eu não acho que seria substituído. Carter não ira permitir isso.


 Cat sorriu, colocando o copo de whisky no lado. - Eu tenho que admitir que eu gosto muito disso.


  - O mais importante, você tem a Ellie. - Cat olhou para a heróina. - Ela é a melhor coisa para você. - Cat sorriu ao pensar em sua filha.


  - Ela é incrível. Estou contando os minutos até eu a ver de novo. - Cat voltou a fixar os olhos na frente. - Ela gosta muito de você. Você conheceu ela?.


  - Conheci uma vez, acho que foi o que iniciou sua obsessão. - Disse Supergirl sorrindo. - O que eu acho muito fofo e estou além de honrada.


  - Ela é muito apaixonada pelas coisas que ela gosta.


  - Sim, ela é como sua mãe, afinal. - Supergirl sorriu, tocando a grade com as mãos. - Quer saber. - Disse ela, quase nervosa. - Estou feliz por termos tido esse momento. Sempre estou feliz quando conversamos. Compreendo por que você está com medo, mas tenho certeza de que você passará por isso. Você tem uma família agora, eles te amam muito. - Supergirl olhou para Cat, sua mão suavemente colocada contra o braço debaixo do cobertor. - E sua esposa. - Ela disse devagar. - Kara ama você com todo o coração dela. Eu testemunhei esse amor várias vezes.


  - Isso é um super poder de que esqueci? Sempre saber o que dizer? - Supergirl tirou a mão do braço de Cat e deu alguns passos para trás.


  - Não, eu só conheço você. - Disse Supergirl. - Você não mudou ao longo dos anos.


  - Algumas coisas mudam, Supergirl. - Cat virou-se para ver a heróina se preparar para voar para longe. - Aparentemente, tenho medo de alturas.


 Supergirl riu. - Você tem. - Ela levantou a perna, flutuando instantaneamente no ar. - Não tenha medo de aceitar que o seu futuro seja diferente do que você planejou. Eu sempre estarei aqui para você. - Supergirl curvou-se, apontando na direção da casa. - Nós sempre estaremos aqui para você.


  - Obrigada. - Cat disse satisfeita.


  - Boa noite, Cat. - Foi a última coisa que Supergirl disse antes de voar para longe.


 Cat mordeu o interior de sua bochecha. Ela observou o herói voar para longe de sua cobertura. Ela abraçou o cobertor e caminhou para dentro. O copo de whisky foi esquecido há muito tempo.


Notas Finais


Bem galerinha esse capítulo ACHO que será o único dessa semana. Porque tenho muito trabalho essa semana. Espero que tenham gostado :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...