História Como ser pai de um adolescente - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pentagon (PTG), Seventeen
Personagens Junghan "Jeonghan", Seungcheol "S.Coups", Woo-seok
Tags Adoro Rs, Família, Fluffy, Jeongcheol, Jeongcheol Pais, Kiseok, Pentagon, Será Fluffy?, Seventeen, Verkwan, Wooyu
Visualizações 97
Palavras 426
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Famí­lia, Fluffy, Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Universo Alternativo
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá amores!
Voltei com mais um cap, a vontade de fazer atualizações diárias é maior queneu xD agradeçam (?)
Boa leitura ^^

Capítulo 2 - Os Hormónios


Fanfic / Fanfiction Como ser pai de um adolescente - Capítulo 2 - Os Hormónios


Todos nós já passámos, no mínimo, 1 hora no banho pensando sobre as escolhas da vida. Pensando naquela discussão com a inimiga, aquilo que poderíamos ter respondido quando nos perguntaram se éramos feios todos os dias ou estávamos fantasiados de Shrek. Pois, Wooseok passa o triplo disso, não sei onde aquele menino vai arranjar tanto para pensar e refletir.

E choros, oh choros, fui abençoado por ter um menino do papá muito sentimental e sensível. Ter ele sentado no meu colo agarrado ao meu pescoço como se fosse um bebê, sendo que é muito maior que eu… Mentiria se dissesse que não é fofo. Só que, também dói ver o coraçãozinho do meu filho quebrado tantas vezes.

“-Ela não te merecia, amor…”

Jeonghan repete inúmeras vezes essa mesma frase, fazendo um cafuné nos cabelos suaves do grandão. E ele sorri e diz que somos os melhores pais do mundo. Depois afirma que está tudo bem, às vezes levados pelo cansaço até acreditamos, mas à noite ele chora deitado na cama. E aí nós não podemos fazer nada…

Às vezes ele fica todo suado a queixar se de quanto a vida é injusta, aparece-lhe uma borbulha na face e ele xinga a humanidade pela puberdade ser tão egoísta com pessoas bonitas como ele. Tão humilde, saí ao appa Jeonghan.

E quando ele briga na escola? Com o tal minorca que pelos vistos é uns 4 anos à vontade mais velho que ele, mas como anda sempre rondando nas meninas que ele gosta, o ciúmes ataca e pronto. Acaba sempre com um olho negro, quando é que aquela criança aprende? Jeonghan diz que não é culpa dele mas bem, desde quando Jeonghan deixa de proteger o seu filhinho de tudo e de todos, incluindo de mim…

Para não falar do facto de Choi Wooseok poder ser um completo dark emo gótico das trevas. Veste-se todo de preto e fica lendo poemas em inglês no tumblr, enquanto escuta músicas deprimentes barra rock barra músicas rock deprimentes. Mas, não se enganem, ele é um completo fã de girlsgroup.

Os hormonios de Wooseok tiram-me a sanidade mental, quando eu só queria ter um domingo sossegado mas ele insiste que gostava de ir à lugar Y fazer X coisa, e “tem que ser hoje!”. Eu sempre respondo para ele pedir ao pai dele, porque né, convenhamos, eu posso estar disponível para tudo, mas a preguiça bate forte depois de uma semana estafante…


“-Então eu quero dinheiro para o ingresso VIP para aquel-”

“Vamos então, porque estamos à espera?”


Eu ainda tenho amor ao meu dinheiro. E um adolescente sabe como chantagear.



Notas Finais


Espero que tenham gostado!
Até amanhã kkkk
Kissus~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...