História Como ser pai de um adolescente - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pentagon (PTG), Seventeen
Personagens Junghan "Jeonghan", Seungcheol "S.Coups", Woo-seok
Tags Adoro Rs, Família, Fluffy, Jeongcheol, Jeongcheol Pais, Kiseok, Pentagon, Pktk, Será Fluffy?, Seventeen, Verkwan, Wooyu
Visualizações 319
Palavras 426
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Famí­lia, Fluffy, Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Universo Alternativo
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá amores!
Voltei com mais um cap, a vontade de fazer atualizações diárias é maior queneu xD agradeçam (?)
Boa leitura ^^

Capítulo 2 - Os Hormónios


Fanfic / Fanfiction Como ser pai de um adolescente - Capítulo 2 - Os Hormónios


Todos nós já passámos, no mínimo, 1 hora no banho pensando sobre as escolhas da vida. Pensando naquela discussão com a inimiga, aquilo que poderíamos ter respondido quando nos perguntaram se éramos feios todos os dias ou estávamos fantasiados de Shrek. Pois, Wooseok passa o triplo disso, não sei onde aquele menino vai arranjar tanto para pensar e refletir.

E choros, oh choros, fui abençoado por ter um menino do papá muito sentimental e sensível. Ter ele sentado no meu colo agarrado ao meu pescoço como se fosse um bebê, sendo que é muito maior que eu… Mentiria se dissesse que não é fofo. Só que, também dói ver o coraçãozinho do meu filho quebrado tantas vezes.

“-Ela não te merecia, amor…”

Jeonghan repete inúmeras vezes essa mesma frase, fazendo um cafuné nos cabelos suaves do grandão. E ele sorri e diz que somos os melhores pais do mundo. Depois afirma que está tudo bem, às vezes levados pelo cansaço até acreditamos, mas à noite ele chora deitado na cama. E aí nós não podemos fazer nada…

Às vezes ele fica todo suado a queixar se de quanto a vida é injusta, aparece-lhe uma borbulha na face e ele xinga a humanidade pela puberdade ser tão egoísta com pessoas bonitas como ele. Tão humilde, saí ao appa Jeonghan.

E quando ele briga na escola? Com o tal minorca que pelos vistos é uns 4 anos à vontade mais velho que ele, mas como anda sempre rondando nas meninas que ele gosta, o ciúmes ataca e pronto. Acaba sempre com um olho negro, quando é que aquela criança aprende? Jeonghan diz que não é culpa dele mas bem, desde quando Jeonghan deixa de proteger o seu filhinho de tudo e de todos, incluindo de mim…

Para não falar do facto de Choi Wooseok poder ser um completo dark emo gótico das trevas. Veste-se todo de preto e fica lendo poemas em inglês no tumblr, enquanto escuta músicas deprimentes barra rock barra músicas rock deprimentes. Mas, não se enganem, ele é um completo fã de girlsgroup.

Os hormonios de Wooseok tiram-me a sanidade mental, quando eu só queria ter um domingo sossegado mas ele insiste que gostava de ir à lugar Y fazer X coisa, e “tem que ser hoje!”. Eu sempre respondo para ele pedir ao pai dele, porque né, convenhamos, eu posso estar disponível para tudo, mas a preguiça bate forte depois de uma semana estafante…


“-Então eu quero dinheiro para o ingresso VIP para aquel-”

“Vamos então, porque estamos à espera?”


Eu ainda tenho amor ao meu dinheiro. E um adolescente sabe como chantagear.



Notas Finais


Espero que tenham gostado!
Até amanhã kkkk
Kissus~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...