História Como te amei? - Jikook - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Jikook
Visualizações 31
Palavras 979
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Capítulo 2


Taehyung sempre se preocupou comigo, quando algo estranho aconteceia comigo ele percebia e ele estava percebendo agora, ele merecia saber, mas ainda não estava preparado para contar. Então eu escrevi a ele que realmente estava acontecendo algo comigo, mas que ainda preferia guardar segredo e quando estivesse preparado contava. Entreguei o bilhete a ele, ele olhou para mim e assentiu.

Depois do fim da aula fui almoçar na casa dos meus pais como era de costume. Eu nunca fazia comida em casa, pois não gostava de ter que lavar a louça, eu sei que é preguiça de minha parte, mas eu também só sabia fazer macarrão e o almoço era a única parte do dia que eu conseguia ver meus pais, pois depois eu iria trabalhar.

Meus pais já estavam me esperando

- Oi filho - eles me cumprimentaram 

- Oi - eu disse e abracei eles

Eu não era o filho único, mas era o único que via meus pais, pois meu irmão mais velho, Park Jae, morava na minha cidade natal Busan e não tinha tempo para nos ver porque também ele trabalha todo dia e o dia todo. E nós moramos em Seul, pois aqui tem a melhor faculdade para mim. É claro que meus pais podia muito bem continuar em Busan, mas preferiram vir para cá junto comigo, não por causa de mim, mas sim porque meu pai tava louco para arranjar um trabalho para ele. 

Nos sentamos para comer

- Eai Jimin? Como foi hoje na faculdade? - meu pai me perguntou

- O mesmo de sempre pai - eu apenas disse

- E as namoradinhas? - engasguei com a comida na boca quando minha mãe havia me perguntado isso. Eu realmente fiquei incomodado com essa pergunta, ela nunca me perguntou coisas assim, era a primeira vez.

Eu sei que faz tempo que não saio com alguém, principalmente quando comecei a sentir essas coisas pelo Jungkook como eu sinto agora. Mas por que ela tava me perguntando aquilo? Será que está brincando? Ou realmente do nada tava preocupada com aquilo? E o que eu vou responder agora? 

Pensei apenas perguntar o porquê ela está perguntando isso 

- Por que essa pergunta mãe? - perguntei sério

- Faz tempo que eu não te vejo com alguém filho. Eu acho que você precisa sair com uma garota para te distrair um pouco

- A senhora sabe que eu não tenho tempo para essas coisas, eu tenho faculdade e trabalho a tarde inteira até a noite

- Mas dá para sair com ela no domingo

- É... até ela enjoar de ter que me ver só uma vez na semana - ela suspirou e não disse mais nada

Talvez eu realmente precise de alguém, mas eu não conseguia porque só pensava nele. Seria bom eu ter uma garota para me distrair e de vez esquecer o Jungkook, mas eu realmente não conseguia. Respirei fundo.

Havíamos conversado um pouco depois até dar a hora para eu ir a meu trabalho.

Meu pai me ofereceu carona até meu trabalho, eu aceitei e fomos conversando até chegar lá.

- Tchau jiminie, tenha um bom trabalho - meu pai disse sorrindo

- Tchau pai, obrigado - sorri de volta 

Eu trabalhava em uma sorveteria, sim, uma sorveteria, não sabia no que fazer enquanto estava ainda cursando a faculdade, trabalhar aqui era uma única oportunidade.

Vida sem graça, né? Eu não fazia nada além disso no meu dia a dia. Só ia na faculdade e trabalhava, eu só tinha tempo para sair dessa rotina domingo, mas ainda era muito sem graça.

O movimento estava muito parado, fiquei horas sentado sem fazer nada.

E lá estava eu com meus pensamentos sobre ele. Foi algo muito estranho, eu nunca me dei bem com ele e hoje somos melhores amigos. Acho que essa aproximação foi por causa dos nossos amigos, mas por que eu havia me apaixonado por ele? Eu derrepente sentia borboletas no meu estômago toda vez que via ele, minha expressão mudava, eu sempre ficava melhor quando estava perto dele e quando a gente se abraça, ah meu Deus, eu queria ficar dentro daquele abraço até o fim da minha vida.

Sou bobo? Sim e muito, mas eu não pedi para me apaixonar pelo meu melhor amigo.

16:32 

Finalmente tinha chegado um casal. Eles foram se servir e depois vieram pesar o seu sorvete.

O preço da garota deu 7,50 e o do rapaz 13,90 

Aquilo me deixou mal, porque pensei em como eu queria que fosse eu e o Jungkook tomando sorvete bem ali.

Que droga.

Para de pensar nessas coisas Jimin. 

Ainda depois tinha dado um pequeno movimento.

Quando tinha dado umas 23:30 da noite, já tava perto para fechar. Jungkook tinha chegado ali, ele tava todo arrumado e eu queria entender o porquê.

- Eaaii cara - ele disse sorrindo

- Eai - disse e continuei - O que está fazendo aqui uma hora dessa? 

- Ahh, é que eu tava indo sair com uma galera, ai passei aqui só para te dar Oi já que era caminho - fiquei incomodado com aquilo

- O que? Vai sair uma hora dessa com quem Jungkook? - eu tava sério

- Relaxa moço, eu vou sair com menina ali - senti meu corpo queimar

- Não podia sair com ela outra hora? Olha a hora agora, amanhã temos aula! 

- Para de se preocupar tanto, eu só vou ali rapidinho, tá bom? - ele dizia sorrindo, mas eu tava sério e eu não tava apenas preocupado, estava morrendo de ciúmes dele. Eu apenas ignorei ele e ele se foi.

00:00 meu expediente tinha acabado.

No meio da noite ainda tinha achado um mercado aberto, eu realmente queria esquecer tudo aquilo e por isso comprei a bebida mais forte que eu vi na minha frente.

Sentei no meio fio de uma rua e comecei a beber aquela garrafa daquela bebida forte inteira. Eu já estava muito tonto e começou a chover muito forte naquela noite. Como eu voltaria para casa agora nessa chuva e tonto desse jeito? 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...