História Como Tom Holland se tornou o novo Homem-Aranha - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Homem-Aranha, Tom Holland
Personagens Tom Holland
Exibições 5
Palavras 1.421
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - O novo Homem-Aranha


Tom Holland chegou à Marvel Studios em cima da hora marcada, mas ninguém notou sua entrada repentina pois uma pequena confusão havia se instaurado ali.

Robert Downey Jr batia boca com Asa Butterfield.

– Seu bêbado!

– Lombriga anêmica!

– Vai voltar a fazer filme de cachorro!

– Alguém tira essa baliza de quadribol daqui, faz o favor?

– Todo mundo cala a boca.

Mais uma vez, a voz sonora de Kevin Feige pôs fim à barulheira imediatamente. A figura do chefão da Marvel foi emergindo da escuridão como uma aparição sobrenatural, e ele aproximou do grupo como se deslizasse.

– Que baixaria é essa aqui?

– Sr. Feige, que bom que chegou – Asa Butterfield se adiantou – esse cachaceiro disse que não pode atuar comigo porque sou mais alto que ele! Que culpa eu tenho se esse tamborete de brega nasceu anão?

– Do que foi que essa tiriça me chamou?

Sem dizer mais nada, Kevin Feige tomou distância e fez uma moldura com as mãos, avaliando a disposição de Asa Butterfield ao lado de Robert Downey Jr. A disparidade entre a altura dos dois era alarmante.

– Não pode ser... Não foi isso que eu imaginei para o Homem de Ferro e o Homem-Aranha – disse o chefão da Marvel – Não bate com os aesthetics do meu tumblr. Não, o Peter precisa ser mais baixo que o Tony, isso é vital. De outra forma, não convencerei as pessoas da relação de pai e filho dos dois.

– O que? – disse Asa.

– Asa Butterfield, ordeno que se retire do meu estúdio neste exato momento. Está demitido.

Asa explodiu.

– Você não pode me demitir, sua maricona! Você sabe com quem está falando? Eu sou Asa Butterfield, astro da geração! Esqueceu que a gente assinou um contrato, seu idiota?

– Um contrato que você quebrou ao publicar mensagens sobre o filme e o papel no fórum do Reddit.

Houve um coro geral de “ooooh!”. O sangue pareceu sumir do rosto de Asa Butterfield, e ele pareceu ainda mais pálido. Até o próprio RDJ havia levado a mão à boca.

– Como assim... – Asa balançava a cabeça em negativa, tremendo dos pés a cabeça – Eu não...

Kevin Feige então tirou um papel do bolso, desdobrou e leu, imitando a voz de Asa.

– “Eu tenho 1,83m, eu posso interpretar o estranho magricela de óculos muito bem, na verdade, não estou muito longe disso”.

– Mas eu apaguei, gente...

– Eu disse que nada escapava de mim, Asa. Nada.

Asa desistiu de se fazer de vítima.

– Isso não vai ficar assim, tá me ouvindo, seu maníaco do boné? Vocês vão me pagar! Tão olhando o que? Pra mim é uma honra vocês não gostarem de mim!

Kevin Feige pegou o contrato de Asa.

– Acho que está na hora – ele rasgou ao meio – de você bater asas – rasgou em quatro partes – e voar daqui – rasgou mais ainda e jogou os pedaços na cara do rapaz.

Todos ovacionaram a atitude de Kevin Feige. e Asa Butterfield foi se afastando, prestes a cair no choro, e então se virou e saiu do estúdio às pressas.

– Isso nos coloca de volta à corrida! – comemorou Matt Lintz – Quer dizer que qualquer um de nós pode ser o novo Homem-Aranha agora, não é?

– Suponho que sim – disse Kevin – Retornaremos aos testes para o novo Homem-Aranha dentro de alguns minutos. Preparem-se.

Todos os outros garotos se retiraram, discutindo excitados. Tom Holland também ia saindo quando ouviu alguém lhe chamando.

– Ei, garoto, será que você pode me ajudar com uma coisa aqui no meu Whatsapp? Eu quero abrir a foto de perfil de uma pessoa e sempre clico em ligar.

Era Robert Downey Jr.

– Claro – disse Tom, sem jeito – A propósito, sou muito fã do senhor.

– Owwn. Como está se sentindo, sabendo que você pode ser o novo Homem-Aranha?

– Eu não sei direito.

– Nós astros nunca podemos ficar no meio termo.

– Eu, astro?

– Sim, ainda mais nós astros que viemos em tamanho pocket. Sabe que há outros jeitos de se expressar, não sabe, Tom.

Tom encarou RDJ assustado.

– Ah, não, não, de jeito nenhum. Eu não faço mais essas coisas. Billy Elliot tá morto, queimei a sapatilha.

– Nada disso, Tom, eu sei que o meu Billy tá vivo – Robert então se aproximou de Tom e disse entre dentes – Quer fazer o favor de cantar logo, carniça? Confia em mim, eu tenho um plano.

Antes que pudesse se conter, já estava cantando com o mais autêntico sotaque Geordie.

I can’t really explain it

I haven’t got the words

It’s a feeling that you can’t control

I supposse It’s like forgeting

Losing who you are

And at the same time something makes you whole

Tom revezava passos de balé com uma seqüência de acrobacias, mortais e piruetas, e ainda mantinha o fôlego para cantar.

And I’m freE

I’m FREEEE...

– E CORTA!

Tom deu pulou pra trás quando as luzes cegantes do estúdio acenderam-se de repente. Quando sua visão voltou ao foco, percebeu que estava cercado por câmeras e por toda a equipe técnica do estúdio.

Chris Evans aplaudia efusivamente, e Joe e Anthony Russo vieram ao seu.

– Inacreditável! Arrasou, viado!

Amy Pascal também chorava baixinho, enxugando os olhos num paninho enquanto falava ao telefone.

– Avi, você tinha que ter visto isso. Que performance! Cravou em todos os saltos. Um Homem-Aranha desses, bicho. Andrew fodido.

– Quem é essa gente toda aqui? – perguntou Tom, pasmado.

– O que é que parece? – respondeu Robert, se recompondo depois do número – Foi o seu teste, moleque.

– Meu teste?

– Olha como ele fica pequenininho do lado do Robert – disse Amy Pascal – Realizada, Avi. Eu me sinto realizada.

– Parabéns, Tom Holland – disse Kevin Feige, abrindo os braços para abranger Tom – Você acaba de se tornar o novo Homem-Aranha da Marvel.

Lá fora, ouviu-se o berro estridente de Asa Butterfield.

*

SONY PICTURES E MARVEL STUDIOS ENCONTRAM O PROTAGONISTA E O DIRETOR DE SEU HOMEM-ARANHA

Tom Holland foi escalado como o Cabeça de Teia e Jon Watts dirigirá a próxima aventura do Homem-Aranha

 

Tom Holland se encontrava em seu quarto de hotel em Atlanta, conversando com Haz por telefone.

– "...fico imensamente honrado de fazer parte desse time que revolucionou o cinema com suas histórias, e darei o meu melhor para acrescentar algo de único e original a esse personagem tão consagrado como o Homem-Aranha. Ass: Tom Holland".

– Uau – disse Tom, do outro lado da linha - ficou muito bom, Haz. De onde você tira tanta palavra bonita?

– Do coração, Tom, do coração...

– Pode postar no meu Twitter que eu vou jogar aqui no Insta.

– Beleza.

– Rapaz, vou te colocar como meu secretário, viu.

– Seu bobo.

 O anúncio de que a Marvel havia finalmente escolhido o seu novo Homen-Aranha e que ele atendia pelo nome de Tom Holland, um jovem britânico de dezenove anos indicado ao Goya, já havia ganhado o mundo. Qualquer outro garoto estaria comemorando a escalação desse que era considerado o papel dos sonhos, mas Tom se encontrava deitado em seu quarto de hotel, conversando por telefone com seu amigo Haz enquanto tentava prestar atenção num filme chato que Kevin Feige havia lhe mandado assistir, O Império Contra-Ataca, por um motivo que não havia lhe explicado. Ele desistiu e desligou a TV.

– Vê se não vai esquecer dos amigos aqui, senhor Homem-Aranha – Haz tentou parecer descontraído, mas havia um traço de preocupação em sua voz.

– Até parece que eu poderia me esquecer de você.

Haz demorou um pouco antes de responder.

– Tom, eu...

– Escuta – Tom interrompeu – eu tô chegando aí em Londres daqui a uns dois dias pra gente poder comemorar de verdade.

– Humm... acampar? – sugeriu Haz.

– Acampar!

– Uhuuul!

– Ainda to tentando processar tudo, é muita coisa na minha cabeça... E pensar que devo tudo isso ao Robert e ao Chris Evans, eles que armaram aquela marmota toda de teste.

Naquele momento, Dominic entrou no quarto.

– Espera um pouco, Haz. Que foi, pai?

– Ligação pra você.

– Se for jornalista da Record manda só eles escreverem que eu to feliz, só falo com a Globo.

– Não é jornalista nenhum, moleque folgado.

Tom recebeu o telefone do pai.

– Alô?

– Oi, Sr. Holland – disse uma voz feminina no outro lado da linha – Aqui é Shailene, a secretária do sr. Feige. É que vamos mandar fazer o seu quadro para colocar no salão de espera daqui da Marvel e eu queria saber qual a frase que o senhor gostaria que fosse colocada.

Tom parou para pensar um momento. Que frase poderia descrever a sua entrada na Marvel? Não dava tempo de mandar que Haz bolasse alguma coisa, portanto, ele viu que o caminho era a simplicidade.

- Coloca só “Hey everyone”.

FIM


Notas Finais


Espero que tenham gostado!
A continuação será publicada em breve.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...