História Como vai ser...? - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Angel, Aquarius, Aries, Bickslow, Bisca Connell, Cana Alberona, Câncer, Coco, Elfman Strauss, Erik (Cobra), Erza Scarlet, Evergreen, Freed Justine, Gajeel Redfox, Gemini, Gildartz, Gray Fullbuster, Hibiki Lates, Ichiya Vandalay Kotobuki, Jellal Fernandes, Juvia Lockser, Kinana, Levy McGarden, Lisanna Strauss, Loki, Lucy Heartfilia, Lyon Vastia, Mavis Vermilion, Meredy, Mest, Michelle Lobster, Millianna, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel, Romeo Conbolt, Sting Eucliffe, Ultear Milkovich, Virgo, Wendy Marvell, Zeref
Exibições 55
Palavras 1.092
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpem a demora!!!
Espero que gostem!

Capítulo 4 - Briga ( conclusão ) o tempo passou... Semana de festas...


Fanfic / Fanfiction Como vai ser...? - Capítulo 4 - Briga ( conclusão ) o tempo passou... Semana de festas...

Diário... Muitas coisas aconteceram... Ruins? Não muito, estou com um braço quebrado... Só isso. Quem quebrou? Como quebrou? No meio de uma briga com o Sting e seu irmão Rogue... Natsu saiu com uns pequenos ferimentos... Ele eh bem forte, eu sou meio fraca sabe. . . Muito fraca!

  Bem, resumindo, voltamos a nossa legítima ala restrita para garotas, cada um na sua agora.

  Um mês já se passou desde que reencontrei o Natsu, um mês que não vejo nem falo com ele...

  Como eu não tenho nada de empolgante pra fazer... Vou contar para você, querido diário, como foi aquela briga, voltando:

  - Lucy, você está bem?? - Ele perguntou segurando meu rosto com as mãos.

  - Estou bem sim - Falei segurando os pulsos que estavam doendo.

  - Esse cretino do Sting... - Ele falou entre os dentes.

  - Muito puto... - Falei dando um sorriso de canto.

  - Ele eh um galinha, pervertido, filho da mãe, desgraçado - Ele falou contando nos dedos.

  Fui dar risada da brincadeira do Natsu, mas percebi o Sting e o... Rogue? Um... Está diferente, mas eu acho que eh ele sim... Enfim, vi eles atrás do Natsu... Vocês já imaginam né! Corre poha!

  - Natsu! - Falei rápido.

  Com puro reflexo ele se virou de costas tacando um soco na cara no Rogue, e um chute na barriga do Sting.

  E, eu acho, que por conta do barulho no refeitório, ninguém escutou a briga que estava ocorrendo no corredor.

  - Vagabundo - Falou o Rogue limpando o sangue do nariz, ele tendo dar um soco no Natsu, que consegui desviar.

  - Socorro! - Gritei ao notar o Sting me puxar pelos cabelos e me tirar do chão.

  - Lucy! - Ele gritou tentando ir pra cima do Sting, mas o Rogue acertou uma rasteira por trás do Natsu.

  - Natsu! - Berrei de dor ao sintir o Rogue puxar meu braço com força.

  Senti meu braço torcer, até que senti algo sair do lugar... Ou pior... Quebrar.

  Só vi o Rogue cair de cara no chão, o Natsu tinha conseguido se levantar, e acertou o Rogue por trás. Ele deu um chute no estômago do Sting, que acabou me soltando e eu cai de cara no chão.

  - Lucy - Ele falou ao me pegar no colo - Enfermaria agora - Ele falou começando a andar.

  - Que dor - Falei fechando os olhos a sentir a dor aumentar.

  - Acho que quebrou ... - Ele falou parando de andar - Segura isso... Sempre me dá forças... - Ele falou olhando pro seu cachecol branco com detalhes pretos.

  - Sempre quis poder usar esse cachecol - Falei segurando o tecido com a mão que não estava machucada - É fofinho - Falei.

  - Eu sei, eh meio viciante de se usar - Ele falou voltando a andar.

  - Eu sei que isso vai ficar estranho mas... - Falei apertando o cachecol.

  - Mas...? - Ele falou curioso.

  - Tem seu cheiro... - Falei ficando vermelha.

  - E eu tenho cheiro de quê? - Perguntou.

  - Da sua comida favorita... Ou era, quando pequeno, chocolate - Falei.

  - Louco meu - Ele riu - Tenho cheiro de chocolate!? - Ele riu novamente.

  Ele se aproximou do meu pescoço.

  - Tem cheiro de Lucy - Ele falou - É muito bom... Ah, minha sobremesa favorita eh chocolate, comida favorita eh peixe - Ele completou.

  - Você eh mesmo obcecado por peixes - Falei me lembrando.

  - Sua memória eh boa pelo menos - Ele falou rindo.

  Ele virou um corredor e entrou na enfermaria.

(...)

  - Vai demorar um pouco pra se recuperar Senhorita Lucy - Falou a médica.

  - Obrigado - Falei dando um sorriso.
  A médica se retirou.

  - Minha memória eh muito boa - O Natsu falou me olhando.

  - Quê? - Perguntei estranhando.

  - Você tem cóssegas na orelha esquerda - Ele falou tocando minha orelha e me fazendo rir feito uma doida.

  - Tem medo de palhaços... - Comentou.

  - Muito boa - Falei dando um sorriso bobo.

  Natsu ficou de joelhos ao meu lado, ele segurou minha mão.

  - Senti muito sua falta... - Ele falou fitando nossas mãos.

  Entrelaçei nossos dedos, ele abriu um sorriso e me olhou nos olhos.

  - Também senti sua falta, Natsu - Falei também olhando pra ele.

(...)

  Claro que o diretor descobriu sobre a briga, não saímos impunes, tivemos que ficar os quatro fazendo uma atividade que iria valer 50% da nota do trimestre. Ai ferra né!

O meu problema é matemática... Eu fiquei tão nervosa que apoiei minha cabeça na mesa e fechei os olhos. Do nada, sinto algo leve atingir minha cabeça, levanto a cabeça e fito a bolinha de papel na minha mesa.

" Problemas na matemática, né?! Eu te conheço muito bem... Sim, estou passando cola pra vc, todas as respostas estão no verso da folha.
Ass: Natsu "

  Li o bilhete com um sorriso tonto na cara, me virei pro lado e sorri pro Natsu que correspondeu.

  Terminei a prova - com uma leve ajuda do Natsu - e fui dar uma volta com o Natsu.

  - Valeu - Falei fitando o chão.

  - Pelo quê? - Ele perguntou.

  - Por hoje, me livrou do Sting, se envolveu na briga, me levou pra enfermaria e me ajudou na prova... - Falei colocando uma mecha de cabelos atrás da orelha.

  - Vou te ajudar sempre - Ele falou - Sempre foi minha amiga mais importante...

  - Claro - Dei um sorriso - Você também.

  - Queria poder ver você todos os dias... - Ele falou colocando as mãos nos bolsos da calça.

  - Vamos todas voltar aos legítimos dormitórios hoje... - Falei - Foi bem te ver outra vez - Deu um sorriso.

  - Foi mesmo - Ele falou e me abraçou - Er... Tchau... Até a próxima...

  - Er... Até... Bem, sei lá... Até logo - Falei retribuindo o abraço e saindo.

....
 

  O tempo passa, as coisas mudam... Fiquei 10 anos sem ver o Natsu... Vi ele por três dias... Três dias que pareceram voar... Tão rápidos e passageiros... Não sei mas... Meu coração parece aceleram perto dele, e agora, entrei em uma depressão, me Fechei por três meses... 

  Quem diria que o destino me colocaria novamente na oportunidade de ver o Natsu?! A festa em que, por uma semana, todos se juntam para festejar... Eu nunca fui nessa festa... Mas agora, estou com algo pra me motivar...

  Vou poder ver o Natsu novamente...



Para: Mamãe...

 


 

 


Notas Finais


E ai?
Até a próxima!!!
Desculpem qualquer erro ortográfico! 😍


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...