História Complete parfait - Capítulo 1


Escrita por: ~

Exibições 391
Palavras 767
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Magia, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


°°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°• oi isso não é a minha primeira fic maaasssss, eu ainda sou nova e entao convém que não sou muito boa nessas coisas mas darei tudo de mim. Eu comecei essa história porque eu achava que a minha outra história está uma bosta. Curtam o cap.
°°•••°•°•°•°√°•°••^•^•^•^••^•^^^•°°•√°••°•°•°•°•^•^•^•°•••^^^^•^^•^••°•°^•°•°°•••••^•°••°•°•°••°•√•°√

Capítulo 1 - O teste especial.


Narrando Marinette:

Marinete, hoje acordou mais cedo do que a sua hora habitual.   Ela tinha um bom motivo para a tal. Ela ia ter um teste importantíssimo e entao ela se deitou às oito da noite. depois que ela se levantou, ela foi fazer as suas higienes matinais e logo de seguida, ela foi vestindo as suas roupas, que lhe davam mais sorte ( incrivel, quem é que tem roupas de sorte? ). Então, ela foi a caminho para a cozinha, logo em seguida encontrando sua mãe sua mãe, fritando bacon e ovos. Marinette somente disse : 

— huuuummmm, mãe cheira muito bem!!!— disse ela lambendo seus próprios lábios.

— bom dia filha — disse a mãe dela, depois de ter se assustado e colocado a mão no coração.

— desculpa mãe se te assustei!!!— disse ela.

— não faz mal filha. Como dormiste? Pareceme que, hoje estas bem disposta pois, te levantaste a horas.........—  a mãe dela parou pra pensar e disse : — já sei, o teste. Bem se tu conseguires, ter uma das duas melhores notas da escola e podesses ir para aquela faculdade fora de paris, com que irias, se podesses escolher? — tu sabes.........— disse a azulada maia nova.

— sei de quê? — perguntou a mais velha como se não soubesse.

— aquele que eu escolheria seria o........ Adrien, o garoto mais cavalheiro, gentil, bonito.........— marinette  começou listando as características maravilhosas do loiro, enquanto a sua mae a houvia e dessa forma, percebendo que sua filha estava apaixonada por ele. Depois de Marinette continuando a listar essas, características do loiro, se senta e logo de seguida a mãe dela lhe entrega o seu pequeno - almoço.quando a mãe entregou  - lho, ela apercebeu se do que ela havia dito e logo depois corou.

— hhuummm,...... cavalheiro, gentil, bonito.......... o teu crush.... — disse a mãe dela e marinette houvindo isso, já sabia que sua mãe descobriu por causa de ela se chibar dela própria em frente de sua mãe. Marinette apressou as garfadas e em 2 min. estava pronta. Ela subiu pra buscar a tikki e saiu, pra fora relendo os seus apontamentos, pra que não se esqueça de nada. Ela ia contra todas as pessoas sem querendo e sempre, pedindo desculpas. 

Narrando adrien : 

Ele acordou, espreguiçou - se é  foi pra casa de banho fazer suas higienes.ele vestiu suas roupas de sorte, e foi tomar o seu pequeno almoço solzinho, como sempre. Ele queria, ter alguém que estivesse sempre com ele mas infelizmente, não tinha.ele comeu o pequeno almoço e subiu pra seu quarto levando o plagg. Ele foi buscar o " caro camembert '' do kuwami guloso.ele saiu apressado de casa, pois era POSSIVEL encontrar seus migos lá enfrente da escola e assim ter mais tempo pra falar com eles. No caminho a ida pra escola, ele vê uma Marinette uma vez na vida assim tão calma indo para a escola. Ela estava pelos vistos a ler alguma coisa importante é não se estava a relembrar que estava na rua. Quando o Adrien vê que o motorista dele não tinha reparado nela, ele diz : 

— Gorila, cuidado isso é uma minha colega.— disse ele preocupado e meio que tentando não gritar pra não assustar o motorista.adrien desce de lá e vai até Marinette que fimalmente reparou no que realmente tinha acontecido.ela fica assustada e não se mechia. Adrien chega até ela e a pergunta : 

— Marinette estas bem?— disse o garoto, assim a interrogando .

— S- s- s- sim e- estou!!!— disse ela meio que tímida ainda pelo susto que tomou.

— de certeza?— perguntou ele colocando sua mão em suas costas.

— ........— Marinette não disse nada, só balançou a cabeça em sinal de confirmação.

— a senhorita quer uma carona? — perguntou ele dobrando - se.

— s- s- se não for um problema direi que sim.— disse ele ainda, se impressionando como pode gaguejar tam pouco.        

— não, não me importo, entre disse ele lhe abrindo a porta, como um cavalheiro como aquilo que é.

Eles não dizeram nada um pro outro, até não chegarem na escola. Saíram ao mesmo tempo e todos olharam pra eles. A loira queria ir lá discutir mas a alya estava a prever o que ela, ia dizer então ela lhe deu um tapa na cara. Adrien e marinette foram até alya e Nino que viam Marinette a ficar cada vez mais vermelha de que antes. Alya não chamou Marinette pra falar a sós nem nada pois, sabia que a azulada lhe contaria tudo.     O sinal, tota e todos vão fazer o teste............. Marinete, não achou nem uma dificuldade no teste e entao quando acabou ela estava feliz.


Notas Finais


Oi, espero, que curtiram bie vou dormir mas é


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...