História Complexity || jikook - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, V
Tags Jikook
Visualizações 239
Palavras 967
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Eles ficaram mais ou menos tp secreta garden nos abdominais

Lana del rey- dark paradise

P.s. algumas musicas vao ficar repetidas nos caps porque eu gosto de ficar ouvindo repetidamente

Capítulo 6 - No one compares to you


Fanfic / Fanfiction Complexity || jikook - Capítulo 6 - No one compares to you


Retiro minha mao transpirada apressadamente e me afasto daquele clima tenso continuando a vaguear pelo corredor.

A quentura da sua mao ainda estaba impregnada na minha. Apesar de uma expressao totalmente hipócrita esta ainda era banhada por mistério.

O professor Jeon lhe deixara inquieto. O calor incutido na sua mao espalhava-se por todo o seu corpo.


___________FLASHBACK OFF__________



- Jimin?! - tae estala os dedos perto do meu rosto me acordando dos meus desvaneios.

- huh?- balbucio confuso.

- melhor você terminar seu almoço  antes que eu o termine.- jin me dá uma cotovelada enquanto ria.

- ah sim...- murmuro ainda perdido.

- está tudo bem jimin?- jin preocupa-se assim que me vê a mexer na comida com o garfo.

- claro que está.- dou um sorriso singelo e rapidamente ponho uma garfada de comida á boca para disfarçar.

- jimin nao ligue a esse comentários.- jin coloca sua mao na minha e aperta brandamente.

- como é que...

- nós temos ouvidos.- tae interrompe.

- ignora, nao é como se fossem verdade.- eles apenas continuam comendo calmamente.

- é...


________________________________


Eu nunca passei que alguma vez diria isto mas...

Por favor Sr. Bennet volta eu te amo.

O prof. Jeon é bem pior. Eu realmente pensava que ele nao iria pegar pesado em mim apesar da sua personalidade dura.

Jin e tae tinham me dito que ele era calmo e nao mandava exercicios fisicos pesados, mas neste momento estou sendo vitima de bullying do mesmo.

Meu destino é morrer nas mãos de professores de física.

A aula acabara à 10 minutos atrás e eu sou o único aqui a fazer os abdominais mandados.

Jeon estava um pouco afastado de mim sentado numa cadeira com o seu olhar ríspido em mim. Com certeza ele estava a pensar em mil maneiras mais práticas de como me fazet sofrer, porque sejamos francos essa nao seria a primeira vez que aconteceria.

O olhar daquele homem no meu corpo deixava-me totalmente indefeso. Ja nao bastava estar a torturar-me de cansaço ele ainda precisava de me torturar com o olhar.

- está mal Park.- fritou firme com uma voz de fazer qualquer um tremer.- como pode errar numa coisa tao simples.- ele coça sua cabeça cansado.

Levanta-se da sua cadeira e põe-se de joelhos em frente das minhas pernas. Suas maos tocam a barriga de cada uma das minhas pernas e as abre lentamente.

- o que é que...- ele lança seu corpo para o meio das mesmas e com as suas duas maos depositadas em cada um dos meus ombros ele aproxima-se á medida que me empurra devagar para o chao até ficar completamente deitado.

Meu peito, que ja antes batia depressa, dispara mais uma vez ao sentir as suas maos a descer pelo meu corpo e de novo subirem pelas pernas repousando na parte de fora dos meus joelhos.

Ele cuidadosamente volta a fechar as minhas pernas assim que se tira do meio delas e prende os braços á volta das minjas canelas.

- suba.- diz simples porém firme.

Jogo meu corpo para a frente começando assim os abdominais. Chego ao topo e reparo que a sua cara ficara demasiado perto da minha. 

Sua respiração era quente e calma apesar de ter um semblante nervoso e irritadiço.

- eu sei que sou bonito mas você tem que descer para completar um abdominal.- saio dos meus devaneios com o seu sussurro no meu rosto e imediatamente me deito tentando nao dar nas vistas a coloração vermelha nas minhas bochechas.

Seu rosto havia ficado bem rente ao meu, ate era certo dizer que sua pele era perfeita, nao tinha espinhas ou alguma marca de que alguma vez ja tivera.

- chega por hoje.- ele se levanta e simplesmente sai me deixando perplexo e conguso no chão, mas tambem muito aliviado.

Troco minha roupa no balneário e saio da escola. Aquela fora minha última aula e por ser fim do dia ja estara bastante escuro.

Andar na rua de noite me dá um dejá vu. Seria muito azar para um vida só ser abusado de novo num sitio vazio que nem essas ruas.


Sou puxado por uma mao no escuro e de repente congelo. Seria ele? Ou uma pessoa diferente desta vez?

Olho para trás hesitante e suspiro de alivio por ser, por um lado, ele.

- eu te levo a casa.- jeon volta a me puxar pelo passeio da rua para o seu carro estacianado um pouco mais atrás.

- nao precisa.- me debato desconfortável pela presença do maior.

- você foi estuprado jimin, preciso sim.- cedo e me deixo levar pela sua mao agarrando pela articulação do meu braço, mas ainda relutante.


__________________________________


O silêncio no carro estava me matando aos poucos. Minha perna tremia constantemente de nervoso.

Tinha muitas dúvidas para tirar com ele, mas minha timidez e ansiedade me travava.

Jeon começa a rir do nada concentrado na estrada.

- está rindo do que?

- você está se roendo por dentro para me perguntar algo nao é?- um pequeno sorriso de deboche surge enquanto fala.

- estava assim tao obvio.- mordo o lábio  agitado.

- bastante...se tem algo a perguntar entao pergunte.- seu tom de voz agora era mais natural.

- porque eu tive que ficar depois do fim da aula.- jeon suspira e olha para mim, mas logo volta a concentrar-se na condução.

- sou o professor designado pela psicolga da escola para te ensinar a se defender ja que sofreu de abusos.- me encosto no banco soltando todoo ar que estava prendendo me aliviando.

- chegamos.- uma dúvida me veio á cabeça assim queestava saindo do carro.

- espera...como sabe onde eu moro?- pergunto comos olhos esbugalhados. O silêncio instala-se naquele carro e jeon apenas mira sua atenção na estrada á frente.

- você disse que eu podia perguntar.- digo revoltado assim que me aperceboque nao vou ter a resposta que eu quero.

- nao disse que ía responder a tudo.- faço um bico de  criança amuada.- agora saia Park, ja está tarde.- fecho a porta do carro com força  e caminho ate á porta bufando e sem olhar para trás.



Notas Finais


O bolineo zangado é tao fofooh...

Gente eu sinto que nao ta muito bom, ent me deculpa se nao gostarem, e eu tenho percebido que escrevo com muitos erros, me desculpem muito sobre isso é que escrevo muito depressa e depois tenho preguiça de chekar os erros


Bjs na boca viadas..😂😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...