História Complicações - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias K.A.R.D, Kim Woo Bin
Personagens B.M, J.Seph, Jiwoo, Somin
Tags Dominhakim, Jmin, Kard Ua, Mattwoo, Sepmin, Taemin
Visualizações 108
Palavras 858
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bem, aqui estou eu, publicando essa estória que faz um tempinho que queria publicar. Eu estava enrolando porque não tinha um editor para fazer a capa. Fiz pelo celular, e até que gostei do resultado.

Enfim, leia as notas finais, avisos importantes...!

Capítulo 1 - 01 - Mentiras mal contadas


Fanfic / Fanfiction Complicações - Capítulo 1 - 01 - Mentiras mal contadas

A cama batia violentamente na parede. 


O corpo de Matthew estava em cima do corpo menor em um ritmo rápido. A mais jovem gemia intensamente enquanto Matthew a enterrava na cama com a sua força.


- M-matthew... Mais r-rápido!


O moreno riu fazendo o que ela havia pedido, movimentando-se em uma velocidade surpreendente, arrancando um gemido de ambos.


- Isso... Jiwoo, eu... - arfando, Matthew se despeja dentro da loira, penetrando-a mais algumas vezes, fazendo a mesma se derramar também.


Caiu sobre ela, exausto, mas antes, encarando-a, viu que ela estava lindamente corada sorrindo para ele. O sol batia na janela que estava bloqueando a claridade, pela cortina cinza. O quarto de Jiwoo era simples até demais, pensava Matthew em devaneios.


- BM - chamou-o pelo apelido - você tem que treinar sozinho como gozar  depois da garota. 


O moreno riu do comentário da menor, grogue pelo sono. Quando estava prestes a dormir nos braços da jovem, o corpo abaixo de sí, se mexeu inquieto. Suspirando, levantoporquêbeça para encarar a loira.


- Que foi?


Jiwoo se soltou dos braços grandes e fortes que estavam á prendendo. Sentou-se na cama, cobrindo sua nudez com o cobertor e então disse:


-É... Você tem que ir. Vou tomar banho e depois vou trabalhar, oppa.


Matthew a encarou por um tempo e suspirou. Sabia que nada faria ela mudar de ideia, já haviam conversado sobre isso, mesmo não concordando com ela, tinha que aceitar.


Eles estavam naquilo já fazia quinze meses, lembrava do dia em que começaram aquilo, como se fosse ontem.

Sim, os dois estavam em uma "amizade colorida" e ele nunca se arrependerá de ter concordado com ela sobre isso. Até o dia em que um maldito sentimento cresceu em seu peito, estragando a porra toda. Tentou dizer para sí mesmo que aquilo era apenas coisa da sua cabeça, tentou ficar longe dela - o que não adiantou, pois cada mensagem que ela mandava ele respondia em segundos.


Não que ele estivesse cansado de transarem; estava exausto de sempre quando acabava o sexo, ela o expulsava como se ele fosse um objeto que depois que se usa joga fora!


Não entendia por quê ela não queria um relacionamento sério.


Mas, infelizmente, ele não iria mais se humilhar pelo amor dela. Iria destruir esse amor que estava-o destruindo. Sentou-se na cama, encarando-a. Não sabia como iria dizer isso para ela.


- Jiwoo... Eu quero falar algo para você... É importante.

A loira levantou as sombrancelhas, estava desconfortável com a seriedade dele.

- Que é?

Matthew apertou sua mão na outra, nervosamente.

- Bem... A gente é amigos a um bom tempo - continuou - só que isso - apontou para a cama - não é o que eu quero.

- Oppa, está me dizendo que você não quer sexo? - Jiwoo falou tirando sarro dele, que estava tão na defensiva. - É isso que está me dizendo?


Matthew piscou; aquilo era loucura, porém iria mentir para a amiga, era melhor do que falar a verdade e ficar se lamentando depois.

- Eu... Estou apaixonado por alguém, Jiwoo.

Bem, aquilo não era totalmente mentira; estava apaixonado, completamente abobalhado pela garota que estava na sua frente. Mas ela não queria o quê ele queria!

A garota tombou um pouco para trás.

Ele estava apaixonado?

Arregalou os olhos e, como se ele tivesse lido sua mente, respondeu rápidamente:

- NÃO - diminuiu a voz como se alguém pudesse ouvi-lo, como se estivesse sussurrando para a verdade continuar escondida e não escutar - não é por você que eu estou apaixonado.

Suspirando de alívio, Jiwoo se aproximou de Matthew, beijando delicadamente o pescoço do mais velho, arrancando um suspiro dele.

- Posso saber quem é a garota que roubou meu Oppa de Noitada?

- Somin - falou sem pensar, se arrependendo depois.


Somin era sua melhor amiga; desde que ele fora para a Coréia e conhecera ela, nunca mais se desgrudaram. A amiga era o seu porto seguro, quem ele confiava plenamente. Contudo, não gostava dela daquele jeito, muito menos ela dele. Nem um dia de sua vida, ele a olhou de outro jeito. Não sabia o que tinha de errado, simplesmente não tinha química os dois juntos. Porém, na amizade, eles eram firmes e forte, nunca conseguiam ficar sem se verem um dia sequer - exceto quando começou a se relacionar com a loira. E agora, envolve-lá no rolo com Jiwoo, havia sido a pior coisa que tinha dito em sua vida!



- Somin? - Jiwoo afastou bruscamente dele, assustando-o. - você está apaixonado pela Somin?

Matthew assentiu, incerto. 

Droga, pare de mentir BM, você está ferrando com tudo!

Mas ele não conseguia parar, queria ver a reação dela, queria ver como ela iria sentir por perde-lo.

Nada. Ela não estava se incomodando com nada.


-A gente... Eu quero falar com ela sobre isso.

Jiwoo fez uma careta, incrédula.

Consegui! Ela está se importando! 


- Só não estraga o nosso grupo, tudo bem? - a loira levantou-se da cama, indo para o banheiro, ignorando o olhar de Matthew sobre o seu corpo nú - Bem, eu nunca irei entender você por querer um relacionamento sério e não ficar só nas transas diárias - virou-se para ele antes de fechar a porta e então fechou-a bruscamente.


Encarou a porta fechada do banheiro do quarto e então disse em meio ao suspiro:

- Nem eu você.




Notas Finais


E ai, o que acharam?

Essa história terá bastantes flashbacks, tanto de J.so quanto Bwoo ( inicio do relacionamento, quando o B.m começou a se apaixonar e etc.)

Bwoo já começou a todo vapor em? Ashuashua
Matthew e Somin serão beeeeem próximos

Enfim, espero que gostem e não deixem de comentar, quero saber a opinião de vocês!

Qualquer mudança eu irei postar antes da próxima quinta, ok?
Desculpem qualquer erro...

Bjs e abraços


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...