História Complicada e Perfeitinha - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Agatha, Ambre, Armin, Castiel, Debrah, Iris, Kentin, Leigh, Letícia, Lysandre, Nathaniel, Nina, Peggy, Personagens Originais, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Violette
Tags Amor Doce, Armin, Capitãbarrinha, Capitãkapo, Capitãtoddynho, Castiel, Castielxdocete, Docete, Leigh, Lysandre, Nathaniel, Rosalya
Exibições 54
Palavras 1.674
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 11 - Ovosegalinhas.com


Fanfic / Fanfiction Complicada e Perfeitinha - Capítulo 11 - Ovosegalinhas.com

Assim que terminamos de jogar Guitar Hero, caímos na cama de cansaço, estávamos ofegantes de repente, escuto um barulho na porta.

- Hey, oque....- Quando vi, era Alexy, ele nos olhou com um olhar malicioso – Porquê estão ofegantes?

 

- Hey seu impuro, estávamos jogando Guitar Hero, só- Armin falou rindo

 

- Hmmm, só, sei- falou e veio em minha direção, sussurrando no meu ouvido – Eu shippo vocês dois- falou e saiu do quarto.

 

- He hehe, acho melhor eu ir Armindoim, amanhã tem aula e já ta tarde- falei levantando.

 

- Deixa que eu te levo, sei dirigir –ele falou mas, depois que eu vi ele jogando GTA, não posso ter certeza que ele sabe dirigir.

 

- A-acho melhor o Lys vir me buscar, sabe, hehe- falei coçando a cabeça.

 

- Relaxa, eu dirijo bem- ele falou, nós descemos e me despedi da Jane.

 

- Venha mais vezes- falou ela acenando para mim, retribui o ato e sai.

 

- Vamos – Armin falou entrando em um carro preto, um Honda civic igual do Lys, que bom gosto, hehe.

 

Entrei no carro, com medo, não que eu não confie no Armin, eu realmente, NÃO CONFIO no Armin.

 

- Oh, Yato poupe a minha vida – falei em posição de oração, fazendo Armin rir.

 

- Haha, comédia você heim, entra logo no carro- deu uma risada falsa e entrou no carro. A casa dele não é muito longe da minha, chegamos rápido.

 

- Amém Irmãos – falei pulando pra fora do carro agradecendo por não ter morrido- Tchau Min- falei dando um abraço nele e entrando em casa.

 

- Onde estava mocinha ?- perguntou Leigh que estava no sofá vendo um filme com a Rosalya.

 

- Te interessa? Não né? Bye bye!- falei e subi, não sem antes olhar para a Rosa que me olhava com um sorriso malicioso.

 

- Nii?- falei entrando no quarto do Lysandre, o mesmo estava sentado na mesinha de estudos com seus óculos de leitura, estudando. Que menino estudiente!

 

- Oi. Demorou demais pro meu gosto, ainda bem que era o Armin, se fosse outro eu ia tacar fogo na casa- falou me puxando pra um abraço.

 

- Posso dormir aqui contigo hoje?

 

- Pode, mas, vai tomar banho, parece que correu em uma maratona, ta grudenta- ele falou me largando e me empurrando para a porta.

 

- Credo, os irmãos não deveriam ter nojo das irmãs, eles tem que ficar compartilhando o grude- falei fazendo bico, fui pra perto dele de novo- Não quero tomar banho, to com preguiça.

 

- Tu não muda nada, né- falou se levantando, ele saiu e voltou com a minha toalha nas mãos- toma banho aqui logo- ele me empurrou pro banheiro e entrou junto, ele encheu a banheira de água enquanto eu tirava as minhas roupas, coloquei um pé na água.

 

- Credo, ta muito fria a água, não vou tomar banho- falei tentando me livrar do banho mas, ele me jogou com tudo dentro da banheira- Cretino !!!- gritei, fiquei um tempo parada, sentada na banheira, comecei a me ensaboar.

 

- Peraí – ele falou, pegou uma esponja de banho e veio em minha direção, se agachou no chão e começou a ensaboar as minhas costas – Tava com saudade de fazer isso em você – ele falou baixinho.

 

- Uhum- concordei com a cabeça, depois tomei meu banho normalmente, enrolei a toalha no corpo e fui para o meu quarto colocar o meu Kigurumi de panda (nas notas finais).

Ele parou de estudar, guardou as coisas e deitou no meu lado, um tempo depois dormimos.

 

^^quebra de tempo^^

 

Fui pra escola com um dos meus vestidos vitorianos ( nas notas finais ) e coloquei uma meia que vai até em cima do joelho( nas notas finais ) pra ficar legal e um sapato branco com um salto pequeno normal. Lys falou que eu tava parecendo uma bonequinha, ele quis combinar e colocou sua típica roupa vitoriana também, só que em tons preto e branco pra combinar comigo.

 

Estávamos naquela droga de aula de História, ninguém merece, até que sinto alguma coisa bater na minha cabeça e cair no chão, quando vejo, era uma bolinha de papel.

 

[ E aí tábua, tá parecendo bem animada com a aula. NERDZONA. (Desenho de um cachorrinho com óculos) ]

 

Decidi responder a cartinha.

 

[ Falou o garoto que desenha E.T’s ao invés de estudar (desenhei o Castiel versão Chibi, sentado pensando em E.T’s)]

 

[ Sou um ótimo desenhista, Ok? ]

 

[ Se iludir é bom as vezes né? ]

 

[Idiota]

 

[Babaca]

 

[ A professora ta olhando pra cá tábua ]

 

[ Ela é lésbica e ta vendo o quanto eu sou linda e maravilhosa ]

 

[ Ah claro, “ se iludir é bom as vezes né? “. Otária ]

 

[ Ladrão de frases, ok, para de mandar cartinha, daqui a pouco ela vem aqui e me bate, flw ]

 

Joguei a cartinha pra ele, vi o mesmo rir e guardar na bolsa. Ele guardou papel na bolsa, ok né. Passou mais dois tempos de aula e fomos para o refeitório, eu e Lysandre estávamos em uma mesa e eu tomando meu típico toddynho até que o pessoal chega.

 

- Você ta aqui sua tampinha, a diretora ta te chamando- Alexy falou fazendo uma careta ao mencionar a diretora.

 

- Ela me ama muito – falei debochando e levantei da cadeira, fui até a diretoria e encontrei a mesma sentada olhando uns papéis.

 

- Senhorita, a sua professora de História, a Amanda, está reclamando que você não presta atenção nas aulas- ela disse Amanda, esse era o nome da professora? Kkk, nem sabia.

- Ela que se incomoda com tudo – falei dando de ombros

 

- Tente não atrapalhar as aulas senhorita- ela falou e logo eu saí da sala. Fui em direção ao refeitório denovo, não tinha terminado meu lanche, me sentei ao lado do Lysandre de novo.

 

- E aí pirralha, levou bronca?- perguntou Castiel.

 

- Pirralha?- falei ficando vermelha de raiva- Nós temos a mesma idade seu animal!

 

- Mas eu sou mais velho.

 

- Castiel, se mata assim você faz um favor para a humanidade com a sua presença inútil- falei sem emoção.

 

- Ai meu pênis, a coisa ta séria. Calma, vamos meditar- falou Lysandre me balançando como se eu fosse uma boneca da Cotiplás(sempre um rostinho feliz, plim).

 

-...- fiz uma cara de “vai se danar” e voltei a tomar meu toddynho, puts acabou. Me levantei e fui comprar outro, comprei os quatro últimos, vai que eu tenho sede mais tarde e alguém compra o último.

 

- Hey, sério isso, não vai deixar nenhum?- perguntou, ele tava acompanhado do Viktor e do Dake.

 

- Olha, Deus ensinou que temos que dividir o pão, não o toddynho- falei abrindo um dos três que eu comprei e tomando.

 

- Por favor- ele falou me seguindo, me sentei ao lado do Lys denovo e olhei pro Lucas.

 

- Implore- falei olhando pra ele, que fez uma careta

 

- Eu te imploro, me dê um toddynho- ele falou se ajoelhando.

 

- Fale que eu sou a Capitã Toddynho, a chefe da máfia de toddynhos e que eu sou a melhor.

 

- Oh senhora Capitã Toddynho, chefe da Grandiosa Máfia de Toddynhos, a melhor pessoa do mundo... Dê-me um toddynho- falou irritado.

 

- Agora sim- falei e dei um toddynho pra ele, sobrou um e, o que eu tava tomando, ele olhou pro outro e eu neguei com a cabeça, e decidiu ir em borá.

 

- Credo, que maldade – falou Kentin

 

- As pessoas tem que saber me obedecer, muahahaha – falei fazendo uma risada de gordinho das trevas. Logo depois vi Violette, vindo até a nossa mesa correndo, mais especificadamente em minha direção, ofegante.

 

- H-hana eu descobri- ela falou me olhando.

 

- Descobiu o quê?- perguntei , quer ver a merda?

 

- Quem veio primeiro foi o ovo- falou animada. Alguém pode bater nela pra mim? Violette é muito fofa, mas é bem anta, e muito estranha, tem um amor por galinhas, o sonho dela é lamber uma galinha. Credo..

 

- Como descobriu?- a essa altura, o povo da nossa mesa tava se cagando de rir

 

- Eu li no site ovosegalinhas.com ! – Essa merda existe?

 

-Aí você acreditou?- perguntei incrédula

 

- Claroo! O site é confiável, pra você ver. O ovo veio primeiro, na verdade, dois ovos, que surgiram na terra que vieram junto com os meteoros, aí, com o calor do sol eles chocaram, daí veio o galo e a galinha, depois eles fizeram s-sexo e....

 

- Okay Vio, já entendi- falei olhando pro meu toddynho. Que menina burra.

 

- Hana, a Ágatha ta ligando, ela quer falar com você- TRANQUEI.

 

- A-ai meu rim, Lys- falei colocando a mão na barriga, não sei onde o rim fica- T-tá doendo, e-eu to com RINITE NO RIM- falei, porque não, RIM-ITE, RINITE, PAM!- avisa pra ela que não da pra falar com ela, eu vou morrer, minha erança vai pro Bonnie(coelhinho do Lys)

 

- Lorhana, você é uma péssima atriz- falou dando risadas. Eu sou péssima mesmo. No jardim de infância, eu fui a Maria na peça JOÃO E MARIA e eu comi a casa de doces e o João também, daí deu a louca na bruxa e ela também comeu a própria casa. Tenso

P.S.: A Maria era a Lorhana, o João era o Lysandre e a bruxa era a Mary, haha.

 

- Serião mano, ela vai me deserdar com palavras, chegar em casa eu falo com ela- falei, ele disse isso no telefone. MEU PÂNCREAS, TAVA LIGADO.

 

- Ou tu fala com ela, ou ela vem te buscar na chinelada- ele falou

 

T-E-N-S-O.

 

- Lys amor da my life, quem disse pra você que eu não iria falar com ela, passa esse celular pra cá – peguei o celular e falei com a minha tia, não foi nada de mais, ela só disse que era pra gente ir pra lojinha do Leigh poque, se ela falasse pro Lysandre, ele ia esquecer.

Saímos da escola e fomos para a Loja do Leigh


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...