História Complicado amor - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Black Pink, Red Velvet
Personagens Irene, Jennie
Tags Black Pink, Comedia, Crossover, Drama, Histórico, Hitler, K-pop, Política, Red Velvet, Romance
Visualizações 38
Palavras 377
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Ficção, Ficção Científica, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá, essa é minha primeira fic, espero que gostem ;)

Capítulo 1 - Irene


Fanfic / Fanfiction Complicado amor - Capítulo 1 - Irene

Tudo aconteceu no final de 2017, Irene tinha sido expulsa de seu grupo Red Velvet, por acusações de homofobia, ela ainda estava chocada com tudo, não conseguia entender como um simples comentário poderia gerar tanto mimimi, afinal, guei tem que apanhar mesmo pra deixa de dá o cu. A mesma coisa tinha acontecido com sua amiga Jennie do Black Pink, que foi acusada de praticar bulling com suas integrantes. Irene pensou que certamente ela e a amiga eram areia demais para o caminhãzinho daquelas fudidas com quem compartilhavam o cachê, o destino reservava muito mais para as duas amigas.

Foi então que elas procuraram a grande chefe de todas as renegadas: Jessica Jung. A deusa Jessica deu então uma tarefa inicial para as meninas,  teriam que trabalhar para a companhia do tráfico de drogas de sua grande empresa mundial. Tiveram que ir para o Brasil, gerenciar os negócios nas favelas do Rio de Janeiro.

Irene e Jennie passeavam tranquilamente no morro do camarão quando ouviram um som alto e estranho.

- CARALHO QUE PORRA É ESSA!? - exclamou Irene, que tinha aprendido o português carioca muito bem, assim como Jennie.

- Deve ser tiro, lek! - Jennie interveio - Ainda não se acostumou? já estamos aqui a meses. - Irene sabia que aquilo não se parecia com um tiro comum, soava diferente, quase como o som do crânio de um viado rachando depois de receber uma pancada.

Foi então que perceberam pessoas aglomeradas logo a frente, em uma esquina. Aproximaram-se e tentaram ver o que todos estavam olhando. Irene perguntou a um menininho que se encontrava diante dela:

- Ô menor, que bagulho doido é esse? A carreta furacão veio pra cá de novo? 

- Não tia, eu ouvi que teve um maluco aí que caiu do céu, que apareceu  tipo do nada. - explicou o menor da favela.

- Essa erva que a gente tá vendendo tá boa mesmo ein! Puta que pariu...

Foi aí que, abrindo o espaço entre a multidão, um homem com vestes do exército alemão olhava para os lados, parecendo desnorteado. Irene não conseguia acreditar no que via; aquele bigode... os encantadores olhos azuis... os olhos que naquele momento tinham encontrado os dela... Esse homem tinha a aparência exata de Adolf Hitler!

 


Notas Finais


Esse é só o comecinho, quem estiver lido e quiser saber a continuação podem comentar que é sempre bom. O próximo capítulo será o PVO de Adolf Hitler um pouco (na verdade muito) antes dessa cena do primeiro capítulo.
Beijinhos :*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...