História Complicado Coração - Capítulo 46


Escrita por: ~ e ~BrendaScarlatti

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Lobisomens, Romance, Vampiros
Visualizações 24
Palavras 697
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Científica, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 46 - O que está havendo? falem logo!


Fanfic / Fanfiction Complicado Coração - Capítulo 46 - O que está havendo? falem logo!

P.o.v narrador

A alguns quilômetros ao norte fica a casa de Nicolas, aonde as coisas não estão muito boas, Sírios brigava com o seu filho, por perder o controle, pois o menino era um lobo, não um lobo completo, mas já estava quase se tornando um. O menino se explicava para o pai dizendo que não teve culpa e que perdeu o controle.

a caminho da escola Nate seu irmão mais velho não sou se calar.

-Te disse para ter cuidado, poderia ter atacado alguém, e tem mais e se as pessoas vissem você, como o papai iria explicar isso para o conselho e para cidade.

Nate sempre pega no pé só irmão, sempre o protegeu, na verdade ele protege todos os lobos a sua volta, pois logo pode se tornar alfa, já manda em alguns lobos escondidos pela escola.

-Juro que não consegui me controlar Nate, uma força maior do que eu me puxou para isso, eu tentei resistir, mas não deu certo.

O irmão negou com cabeça, sabia que era difícil de controlar, mas ele teve sucesso na sua primeira transformação,.Por que seu irmão não tivera? essa era a pergunta que lhe rondava.

Nate parou o carro e desceu do mesmo sendo acompanhado pelo irmão que o deixou sozinho para ir falar com Luna que já estava sentada em um banco perto das escadas, ele chegou perto da garota que sorriu ao velo, ele também não segurou o sorriso, mas não conseguiu esconder a decepção.

-O que houve? você está com o olhar triste, e não parece o Nicolas alegre que eu conheço.

Ela perguntou e Tyler apareceu.

-Você já contou a ela?

Tyler perguntou ficando ao lado de Nick.

-Não, é muito humilhante, você não sabe as coisas que meu pai me disse.

Luna franzi o cenho.

-O que está havendo? falem logo!

Ela pediu nervosa.

-Perdi o controle ontem a noite e sumi no meio da floresta, fui aparecer hoje de manhã lá em casa.

-Mas você lembra o que aconteceu? e por que se transformou? que eu saiba precisa ficar nervoso ou só em lua cheia, te fizeram alguma coisa.

-Eu acho que tem mais haver com quem chegou na cidade.

Tyler disse interrompendo o assunto.

-Como assim?

-Meu pai estava conversando com a minha mãe sobre um tal família de Vampiros, eu não entendi bem, só que sei que a febre de lobos vai aumentar.

Tyler disse ajeitando seus óculos, o menino ainda não havia se transformado, mas sabia bem sobre o assunto.

-Vampiros? na cidade? mas como isso foi acontecer?

Luna disse.

-Parece que vai ter uma reunião do Conselho no domingo, falando sobre o assunto, querem esclarecer algumas coisas, eu sei que já saiu do controle deles.

Tyler continuou.

-Agora que você falou sobre essa coisa de Vampiro, ontem eu acho que ataquei um, pois ele me jogou com tanta força que quase me machucou feio, o bom é que cicatrizou.

Nicolas disse por fim.

-Só acho que isso vai ficar pior, os lobos perdendo o controle, vampiros famintos na cidade...

-Diria que meu pai continua furioso, ele quer tomar medidas drásticas, como expulsar os vampiros da cidade, ou trata - los como forasteiro.

-Não me leva a mau Tyler, mas Carliste é louco, ele está louco para ser o líder do conselho.

-O que tem o conselho?

uma voz fina e firme soa atrás de ambos, Luna levou seu olhar para o lado e viu Violet com olhar de interrogação e curiosidade.

-Conselho? Ficou louca Violet?

Tyler se fez de desentendido.

-Olha aqui eu não sou surda, eu ouvi muito bem, ela disse conselho.

Violet disse nervosa.

-Acho que você deveria procurar algum especialista, pois sua audição não está muito boa.

Quando a garota iria responder, o sinal toca indicando ser aula, os três saem apressados e não olham para trás, Violet bate o pé de irritação.

Violet caminhava pelos corredores do colégio, ela foi até o seu armário e pegou o livro de literatura e viu um bilhete.

"Te pego as 8 horas"

ela sorriu bobo vendo de quem era o bilhete, até que sentiu algo colidir com o seu corpo a fazendo ir para trás.

-Oh me desculpe.

A menina vulgo Lauren havia esbarrado em Violet, que se mantinha calada até então.

Lauren saiu até o ginásio, já havia conseguido o que queria.

Violet estava irritada, se controlava para não explodir, pois viu que seus amigos escondem algo



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...