História Complicated - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Naruto, Romance, Sasusaku
Exibições 108
Palavras 3.258
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oioi gent <3
Td bom com vcs?
Estão fazendo provas ou de férias?
Bom já fiz minhas provas e me dei bem <3 adoro.
Chega de enrolação, bora pro cap, espero que gostem!

Capítulo 2 - Complicado.


Fanfic / Fanfiction Complicated - Capítulo 2 - Complicado.


Complicated
Escrita por Senhorita_Alone

Acabei adormecendo, quando acordei foi com um senhor me cutucando.

- Senhorita Haruno, chegamos. - logo me levantei e arrumei meu cabelo, tentativa falha, me sinto uma mendiga.

O senhor abriu a porta e eu só via as escadas, estava com medo do que viria, ontem de manhã eu estava comendo torradas com leite e agora estou aqui. Me sinto envergonhada por aparecer assim do nada, será que meu pai é um homem bom? será que vou me dar bem? suspirei fundo e tomei coragem. Sofri por muito tempo, é hora de fazer as coisas acontecerem. Seja você mesma, seja você mesma, seja você mesma...

Desci do jatinho olhando meus sapatos velhos e pisei no chão, eu já me senti rebaixada só por pisar no chão...Ai meu Deus, oque era aquilo? eu me sentia como uma princesa da Disney!! Tinha um lindo jardim enorme cheio de flores de todos os tipos, árvores de cerejeira, um lago com lindos peixes, além da mansão ser enorme. Aquilo ali dava minha cidade inteira, tinha umas varandas lindas e enormes, era muito bela. Imagine um lugar lindo, a mansão mais linda e maior que existe na sua mente, imagine como se fosse um adorável castelo, era aquilo, eu estava encantada.

Eu  não tinha mala só a mochila então mordi os lábios e caminhei até a porta que tinha uns seguranças sorrindo. 

- Boa tarde madame. - disse um segurança forte, alto e negro. 

- Bom dia senhor. - disse sorrindo, ele era uma boa pessoa. 

Abri a porta na maior calma sem fazer barulho, não vi ninguém, reparei na casa. Entrei e já entrava na sala, que dava umas 15 casas da minha, a sala era grande, com um tapete enorme no meio e um sofá grande vermelho que era junto, uma TV na parede que parecia TV de cinema, uma estante cheia de livros, uma mesa de ping pong, e tinha um aquário na parede cheio de adoráveis peixes. 

Ouvi um latido e olhei pra baixo vendo um enorme cachorro muito lindo e bem cuidado de pelo brilhante e macio pular em cima de mim.

- Oi garoto! - falei e acariciei seus pelos enquanto ele balançava o rabo, eu sempre quis ter um cachorro. 

A sala tinha vários quadros e eu estava apaixonada por esse lugar, era tudo tão mágico, cada coisa que vejo fico boquiaberta. Tinha uma escada e eu fiquei indecisa de subir a escada ou ir em uma porta que ali tinha. Fui na porta. A abri com cuidado e vi que era a cozinha, tinha umas 3 empregadas trabalhando, uma estava na panela, outra lavando e outra cortando. A cozinha também não fica por fora da beleza, tinha outra porta ali mas estava escrito "produtos de limpeza" então não achei necessário e nem na outra escrito "friezer". Sai sem que elas saibam que estou aqui, são senhoras. 

Tinha uma porta de vidro no fundo, eu já tinha visto. A puxei pro lado e o cachorro me seguia, quando abri vi uma churrasqueira, mesas, pia e geladeira, uma e n o r m e piscina literalmente, tinha uma escadinha e um trampolim. Uns guarda sol e uns sons pra por música, e uma TV igual a da sala.

Agora vou subir as escadas. Eu estava tão maravilhada até ver a melhor parte daquela casa, um quadro, na enorme escada na lateral da parede, com ele tinha uma mulher, muito bela, cabelos rosados enormes e olhos azuis, de um belo sorriso, estava com um vestido vermelho e branco, do seu lado um homem loiro de olhos verdes muito belo também de terno e no colo deles um bebê, uma menina de cabelos rosinhas e olhos verdes sorrindo abertamente com um cachorrinho no braço, o nome do cachorro era Apolo como estava na coleira.

Eu sabia que ali era minha mãe e meu pai e eu. Me encantei e senti meus olhos lagrimarem. 

- Ela é muito bela não? - disse uma voz. Me virei olhando pro alto da escada e vi o homem do quadro, só que agora com barba, meu pai, ele sorria. - Assim como você, minha garotinha venha cá. - eu sorri, não sei como descrever oque sinto aqui, mas eu estou tão feliz, meus olhos lagrimaram. Subi a escada e fui abraça-lo, ele me abraçou de volta ainda mias apertado. Passou tanto tempo eu o abraçando, conseguia sentir seu coração batendo depressa, ele estava tão feliz quanto eu.

- Como é bom conhece-lo pai. - falei sorrindo e com meus olhos cheio de lágrimas.

- Não chore minha filha, é muito bom te-la de volta. - disse feliz e rindo, seu sorriso era contagiante.

- Venha, vamos conhecer a casa e seu quarto, e também sua família. - sorri. - aproveite e me conte mais tarde onde esteve, quero saber sobre tudo. 

Ele segurou minha mão andando pelos corredores e abriu uma porta.

- Aqui é a sala de cinema, você pode vir aqui assistir filmes sempre que quiser, principalmente os que estão nos cinemas da cidade.  - disse e mostrou a sala, eu nunca tinha ido no cinema mas pelo que sei, tem essas cadeiras vermelhas e uma enorme tela na frente onde as luzes se apagam e você pode assistir filmes.

- Agora. - caminhou até outra porta. - Aqui é a sala de diversão, tem boliche, ping pong, sinuca, video-game e outras coisas. - disse mostrando uma sala escura cheia de coisas, bom pra passar tempo. 

- Aqui. - disse chegando em outra porta. - É a biblioteca, você pode estudar aqui. - okay essa é minha parte favorita a biblioteca é enorme, cheia de livros, eu com toda certeza amei isso, nunca vi tantos livros como vejo agora.

- Tem a sala de massagem aqui e o spar na porta do fundo, pode ir sempre que quiser. A casa é sua! Agora vamos subir as escadas e ir lá em cima. - tinha mais uma escada no fundo do corredor. - bom aqui em cima são os quartos, tem 6 quartos, com suítes. O meu é o último, o da sua vó é o da porta bege e ela esta dormindo, o do seu irmão é o da porta preta e ele esta no colégio, seu é o da porta vermelha e os outros de hóspedes.

- Irmão?

- Ele tem 6 anos, cabelos castanhos e olhos azuis. Seu nome é Matt, vocês dois vão se dar bem. - disse sorrindo, ele não parava de sorrir e muito menos eu. - Agora vá conhecer seu quarto, tome um banho e vista suas novas roupas, então desça pra comer. - veio até mim e me deu um beijo na testa. 

Assim que ele saiu fui ver meu quarto, já devem estar cansados do quanto falo que tudo é lindo né? Eu nunca tive a oportunidade de ter um quarto, família que me amasse, escola boa ou comida pra comer. E agora ver que posso ter isso tudo é inacreditável.

Meu quarto tinha paredes cor creme, dividido por uma linha branca e embaixo cor vermelha, o chão branco. Minha cama cabia umas 5 pessoas, e ficava no meio do quarto, uma janela do outro lado com uma varanda que dá pra ver tudo lá de fora, e tinha um telescópio ali. Além das estantes com livros, guarda roupa cheio de roupas lindas pra usar, um banheiro com banheira e todos os tipos de shampoos e cremes e sabonetes,um ventilador de teto e um ar-condicionado, além de ter umas estrelas no teto que ascendem quando a luz apaga. Uma tv enorme na parede e um video game e um computador. E agora uma caixinha em cima da cama com um celular novo, um quadro igual o que ta na sala na estante e um quadro do meu irmão com minha vó e meu pai e Apolo. 

Era tudo tão mágico, eu não sabia parar de chorar, cara quem tem uma oportunidade dessas na vida? queria saber como Tenten estava e oque estava fazendo. Como meus ex pais estavam, se minha "mãe" estava surtando e meu pai bebendo mais uma. 

Joguei minha mochila e minhas roupas no lixo, eu não queria aquilo e nada daquele lugar, me olhei no espelho e vi as marcas que aquele homem deixou, nada apagável. Sorri, era a última vez que eu via aquilo. 

Entrei no chuveiro e tomei um banho de água quente bem demorado e lavei os cabelos, saí e me sequei, fui até o guarda-roupa, já era 18hrs. Escolhi uma calça moletom cinza bem quentinha e uma blusa de alça preta escrita "Hello, baby", calcei minhas meias, mas fiquei sem sapatos. Sequei meu cabelo no secador e o deixei solto o pentiando bem. Vi um estojo de maquiagem e pensei "porque não?" o abri e passei rímel, borrando várias vezes mas tudo bem, concertei, passei um gloss, e só isso. Me perfumei e passei desodorante. Não posso esquecer do creme né. Passei uma pomada que eu tinha trazido na mochila por causa dos machucados e pronto eu sorri. Estava feliz e me sentindo linda. Desci as escadas e já vi Apolo correndo até mim.

Fui até a sala de jantar que era uma mesa enorme com 10 cadeiras. Papai estava sentando na ponta, meu irmão Matt do lado dele e minha avó do lado de Matt, sentei do seu outro lado de frente pra Matt que me olhou. Ele era uma gracinha, tinha olhos azuis escuros e cabelos castanhos, sua boca estava suja de macarrão.

- Olá você deve ser minha irmã! - disse empolgado. 

- Sim sou.

- Você é linda,idêntica a mamãe.- disse sorrindo, e eu sorri, ele é um amor.

- Seja bem vinda de volta querida. - disse minha avó.

- Obrigada. 

- Bom vamos comer família! - disse feliz e rindo.

Ficamos comendo e conversando, meu pai contou sobre sua vida e sobre mamãe e também sobre Matt. Vovó contou suas histórias de vida. Eu falei sobre Tenten, não queria meter meus antigos pais numa furada, então falei que eram boas pessoas mas faleceram e Tenten minha amiga ficou comigo. 

Fomos eu e meu irmão pro quarto, meu pai e vovó tinham ido deitar. Eu e meu irmão começamos uma guerra de travesseiros e ele ria muito, nunca me diverti tanto. Acabamos cansando e deitamos na casa.

- Te conheci hoje mas te adoro irmã. 

- Também te adoro. - sorri.

- Vou ir pro meu quarto, amanhã tenho aula. - disse e me deu um beijinho na bochecha.

Eu sorri. Sorri muito até.

Liguei meu celular e o deixei carregando. Fui mecher no computador, criei uma conta no facebook. Sakura Haruno, 16 anos, Solteira, Canadá. De amigos só adicionei Tenten, Papai e umas 15 pessoas que eu conhecia na escola. De capa coloquei uma foto do meu cachorro Apolo e de foto de perfil uma que tirei hoje com Matt. 

Twitter eu já tinha, instagram depois eu crio, conta no youtube. Sei disso pois eu mexia na Tenten.

Liguei a TV e me joguei na minha cama confortável, fiquei vendo uma novela, então dormi.

...

2 meses depois.

2 meses se passaram, estavámos em fevereiro, eu já amava essa família mais que tudo, já tinha me acostumado com essa vida, e não sentia saudades de antigamente. Pra mim o passado foi esquecido. Já viajamos pra Dubai, Orlando, Itália e Alemanha. Conheci diversas praias, parques de diverções, lojas de roupa. Já sabia como me vestir aqui. 

Mas o problema era que eu sabia conviver com minha família, com pessoas mais velhas e crianças, mas não com adolescentes da minha idade. Tenho 16 anos, faço 17 mês que vem. Não sei como me portar na escola daqui ou com pessoas daqui.
Já sai em sites de revistas e fofocas por ter sido encontrada.

Hoje começa as aulas, vou estudar de manhã e de tarde curso de piano. Acordei 6hrs pra me arrumar, tomei um banho quente, me sequei e passei creme, desodorante. Vesti minhas roupas intimas, uma blusa branca com uma gravata vermelha meio aberta e o símbolo da escola no ombro, uma saia azul escuro até a metade das coxas e uma meia calça preta até o joelho, um sapatinho preto. Deixei meus cabelos soltos, cresceram mais e estão na bunda. Passei rímel e gloss e meu perfume. Escovei os dentes e peguei meu celular guardando na minha mochila novinha, junto do fone. Desci das escadas e fui até a cozinha invadindo a geladeira e bebendo água. 

- Sakura. - me chamou a empregada. - o dinheiro que seu pai deixou pra comer. - me deu uma nota de 50. - o motorista a espera lá fora. 

- Obrigada.

Fui lá fora e vi o carro, o motorista abriu a porta pra mim e eu entrei.

- Bom dia. - disse.

- Bom dia.

O carro começou a dirigir quando os portões da casa se abriram. Eu estava nervosa, era meu primeiro dia de aula. O motorista parou em frente a um portão enorme de uma escola que parecia um castelo. Desci do carro e entrei pelos portões, minha sala era 3E, ficava no penúltimo andar no final do corredor por ser uma das últimas salas. 

Entrei correndo e peguei o elevador. Sim tinha elevador, afinal são 10 andares. O primeiro andar fica a diretoria, secretária, sala dos professores, sala da limpeza entre outros. O segundo é 6 salas da 6série, o terceiro 6 salas da 7série, o quarto a mesma coisa do 8, o quinto do 9, o sexto a cantina pro fundamental, o sétimo andar fica o 1 ano, o oitavo o 2, o nono o 3, ai no décimo andar era a cantina do ensino médio. 

Sem contar nas salas de música, dança, luta, canto que era tudo misturado. Tinha o pátio que ficava atrás da escola,e lá as arquibancadas pra assistirem os jogos de basquete. E a piscina do outro lado pras aulas de natação. 

Era uma escola enorme, eu vim conhecer com meu pai semana passada. 

Cheguei no andar e fui até minha sala batendo na porta, o professor abriu e disse pra eu me sentar. Fiquei olhando onde eu ficava, mordi os lábios. Uma garota loira de olhos azuis acenou pra mim, pedindo que eu senta-se na frente dela e eu fui e me sentei.

- Oi sou Ino Yamanaka. 

- Sakura Haruno.

- A filha desaparecida de Kizashi que foi encontrada certo? 

- Sim. - ela sorriu.

- Espero que sejamos amigas. - eu sorri.

Ta tudo bem até agora. 

- Essa é Hinata Hyuuga e seu primo Neji Hyuuga. - disse apontando pra uma garota de franja e cabelos pretos azulados e olhos perolados, e um cara igual só que de cabelos castanhos e parecido com um homem né. - Esse é Naruto Uzumaki namorado de Hinata. Karin Uzumaki prima de Naruto. Kiba e Shikamaru, Temari no Sabaku namorada de Shikamaru. Suigetsu por quem Karin é apaixonada, Gaara no Sabaku irmão de Temari e meu namorado. Shion Uzumaki, irmã de Naruto por quem Kiba é apaixonado mas ela namora Sasuke Uchiha. Aquele ali da ponta. - Gente essa é Sakura Haruno... - e continuou falando.

Foi então que reparei em Sasuke Uchiha, um belo homem, de olhos e cabelos negros, braços fortes. Meu coração palpitou por uns segundos e fiquei nervosa e ansiosa por algum motivo. Ele me olhava e isso me deixava arrepiada. Não sei oque senti, mas que foi estranho foi.

A aula começou e fiz toda a lição, respondi tudo que o professor falava e isso me deu pontos com os professores.

O intervalo chegou e subimos, vi Shikamaru e Temari de mãos dadas, Naruto e Hinata abraçados, Gaara e Ino de mãos dadas, só Sasuke e Shion que andavam afastados, isso me pareceu estranho. Mas deve ser deles né.

Nos sentamos em uma mesa e começamos a conversar, contei sobre mim e oque eu gostava, e todos me contaram também. Eles são legais e peguei uma intimidade máxima com cada um, menos Sasuke que não falava nada.

O sinal bateu e voltamos pra sala, as aulas passaram e deu a hora de ir embora.

- Vamos Sakura. - gritou Ino.

- Vou passar na diretoria, pra entregar uma papelada que falta, vejo vocês depois.

Esperei todos irem embora pra ir lá, a escola estava escura por as luzes estarem apagadas e as janelas fechadas com cortinas. Andei pelos corredores e peguei o elevador, por incrível que pareça Sasuke estava li, ficou me encarando, e como se eu estivesse em uma novela o elevador parou, clichê. As luzes apagaram e ficou tudo escuro, bati com o celular na mão pra ligar a lanterna e iluminei tudo. 
Sasuke estava me olhando.

- Não devia apontar luz na cara das pessoas.

- Desculpe. - logo tirei do seu rosto.

-Por que será que isso aconteceu?

- Talvez por falta de energia?

- Ah - ri sem graça. 

Ficamos em silêncio por um bom tempo, meu coração palpitava, que merda era aquela? nem conheço esse cara.

- Sabe..

- Oi? - perguntei.

Ele puxou o celular da minha mão guardando no bolso.

- Oque está fazendo? me devolva!

- Cale a boca. - disse e me beijou. 

Que merda é essa?

Ele me beijou fortemente, tentei empurra-lo, mas não consegui ele era forte, então me rendi e o beijei de volta, seu beijo era doce e quente. Ele segurava minha bunda e apertava com força, conseguia sentir sua ereção, isso era estranho, mas era bom e até de mais. Eu apertava sua nuca e puxava seus cabelos, ele subiu sua mão esquerda até meu cabelo e me beijou o puxando com força, me fazendo suspirar e sentir um prazer em meu corpo. Oque ele estava fazendo afinal? Eu não sabia e nem queria saber. Ele colocou sua mão por baixo da minha saía retirando a calcinha pro lado e me dando várias dedadas enquanto mexia, eu gemia que nem louca.

A luz voltou, e eu me afastei.

- É-é oque é isso?

- Quase transamos.

- Sim, mas você tem namorada!

- Não gosto dela, é um relacionamento forçado pelo meu pai.

- Mas a gente nem se conhece!

- E porque me beijou de volta? - fiquei vermelha.

- Ora, você chegou me agarrando! Isso foi  abuso sexual, você pode ir pra cadeia sabia?

- Não seja boba. - disse chegando perto e sorrindo. - você gemeu que nem louca. - chegou mais perto, abaixou a mão e começou a dar dedadas na minha vagina, eu gemi.

- Aahh!

- Ta vendo como gosta? - parou de dar dedada e subiu minha calcinha, antes apertando minha bunda e me dando uma mordida no pescoço. - Não se preocupe, não é a primeira vez que vai fazer isso comigo.

- Não vou fazer de novo.

- Você vai. - disse me deu um selinho. - Seu celular. - o devolveu. - Vamos sair hoje, apareça na minha casa 22hrs.

- É muito tarde.

- Edaí?

- Sua namorada pode ver.

- Para de besteira, ela nem de mim gosta, e sim do Kiba, estamos sendo forçados pelos nossos pais, nem nos beijamos ou transamos, trato ela como amiga e todos sabem.

O elevador desceu e ele saiu e eu sai também, vi o meu motorista que acenou.

- Que demora!

- Pois é. - e eu nem entreguei a papelada, mordi os lábios.

Agora vou ter de lidar com  Sasuke Uchiha, sempre tem como ficar pior. 

 

 

 

 

_(*-*)_até o próximo!


Notas Finais


Espero que tenham gostado, desculpe qualquer coisa <3 e.e


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...