História Complicated Girl - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Hayes Grier, Jack & Jack, Magcon, Matthew Espinosa, Nash Grier, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Personagens Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Christian Collins, Crawford Collins, Hayes Grier, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Jacob Whitesides, Mahogany LOX, Matthew Espinosa, Nash Grier, Personagens Originais, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Exibições 845
Palavras 1.100
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Escolar, Famí­lia, Festa, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - Who are you ?


Fanfic / Fanfiction Complicated Girl - Capítulo 8 - Who are you ?

Nash: bom dia, Heleninha - disse entrando no meu quarto sem bater na porta, que audácia.
eu: sua mãe não te deu educação ?
Nash: deu, mas só uso com quem merece - sorriu, se deitando do meu lado da cama - o que está fazendo ? -  falou enfiando a cara dele no meu celular
eu: nada - falei saindo rápido do YouTube, mais especificamente do canal dele
Nash: hey, voce assiste meus videos ? - falou divertido
eu: não - ele levantou as sombrancelhas - okay, assisto
Nash: que fofa - começou apertar minha bochechas
eu: ja chega - bati na mao dele o fazendo soltar minha lindas bochecha doloridas
Nash: a gente vai gravar juntos
eu: nada disso - neguei com a cabeça - eu prefiro ficar como a irmã desconhecida
Nash: por que ?
eu: eu gosto de privacidade, fazer minhas merdas em paz, sem ninguém ficar sabendo
Nash: você não vai conseguir ficar escondida por muito tempo
eu: mas prefiro adiar isso - eu quero andar livre, sem se preocupar com o que as pessoas vão pensar,não sirvo para ser famosa- mas o que faz aqui ?
Nash: a mãe ligou - lá vem bomba - você ja está matrículada na escola
eu: você ta brincando, certo ?
Nash: não, você vai ter que estudar - que maravilhoso - como a escola é do outro lado da cidade, cam vai te buscar
eu: Nunca ! eu não vou entrar em um carro com ele
Nash: são só 20 minutos
eu: os piores 20 minutos da minha vida - eu não consigo nem ficar no mesmo lugar que ele imagina por 20 minutos - eu sei dirigir
Nash: ela disse que não é para deixar você dirigir
eu: por que ?
Nash: porque você é um pedido para a humanidade - disse rindo, eu não acredito nisso
eu: então vou de ônibus
Nash: não, você pode matar aula
eu: isso é horrível, ele é meu inimigo
Nash: para de drama - revirou os olhos - você começa segunda
eu: O Gus era bem mais legal - eu estou morrendo de saudade dele
Nash: quem é Gus ?
eu: meu irmão - ele se levantou apoiando no braço
Nash: desde quando você tem irmão ?
eu: desde quando eu fui embora
Nash: não acredito nisso - falou indignado - eu sou seu irmão !
eu: tá com ciúme ? - falei rindo da cara de bravo dele - calma, tem espaço para você também - o abracei
Nash: acho bom - disse me abraçando, escutei meu celular tocar, olhei na tela vendo o nome "star Wars "
Ligação on
eu: alô
Star: nós encontre no Starbucks daqui 20 minutos
ligação off
desligou na minha cara sem eu nem responder
eu: eu vou sair - disse me levantando
Nash: para onde ?
eu: encontrar minhas amigas
Nash: aquelas de ontem ? - assenti - elas são gatas
eu: Hey, respeita minhas amigas! - dei um tapa no braço dele o fazendo rir
Nash: fala isso para o cameron - revirei os olhos saindo do quarto, desci as escadas entrando na cozinha
eu; alguém poderia me levar até o Starbucks ?
Matthew: cam vai sair daqui a pouco
eu: esquece, vou de a pé - me virei para sair mas uma voz me impediu
Jack G: eu te levo - disse pegando as chaves
eu: tudo  bem - andamos até a porta do apartamento a abrindo, fomos ate o elevador, logo chegando no hall
Jack G: bom dia, Jonas - falou para o velho sentado atrás de um balcão com cara rabugenta
Jonas: é boa tarde, você não viu o relógio hoje ? - disse bravo
Jack: também te amo - gritou saíndo do prédio - ele me odeia
eu: ele parece odiar todo mundo 
Jack G: você tem razão - ele apertou o controle fazendo uma carro muito lindo fazer barulho - não vai entrar ? - disse entrando no carro
eu: e  eles tem coragem de falar que YouTube não dá dinheiro - falei entrando no carro, fiquei olhando a paisagem até que paramos em frente do Starbucks - obrigada, G - falei descendo
Jack G: G ?
eu: sim
Jack G: tudo bem - riu - quer que eu venha te buscar ?
eu: não precisa
Jack: tá bom, tchau
eu: tchau - ele ligou o carro saindo, entrei no lugar, vendo as meninas sentadas em uma mesa na janela andei até elas me sentando
Laura: só me confirma se aquele era o Jack Gilinsky
eu: era ele mesmo - sorri amarelo
Pâmela: pode começar a se explicar
eu: tudo bem - me arrumei na cadeira - eu sou irmã do Nash, por isso meu sobrenome " Grier " - meio óbvio isso
Pâmela: por que nos escondeu isso ?
eu: porque eu não queria que ninguém soubesse
Anne: e você achou que mentir para suas amigas seria o ideal ? - disse brava
Star: que droga, Helena ! quem é você ?
eu: gente, vocês tem que entender... - eu iria terminar mas Laura me cortou
Laura: entender o que ? que você mentiu sua vida inteira para a gente ? 
Star: você não via eu e Laura sonhando em conhecer eles e você sendo irmã de um deles ? 
eu: eu ficava com a consciência pesada mas fazia tempo que não falava com eles, nossas vidas era diferentes
Pâmela: mas isso não era motivo para mentir
Anne: a gente sempre foi sincera uma com a outra - me olhou desapontada, é mais um daqueles olhares que me fazia se arrepender de existir
eu: eu só não queria ser conhecida como a irmã do " Nash Grier".
Star: a gente nunca faria isso, pra mim você vai sempre vai ser a Helena louca.
Laura: a gente só não queria que você mentisse - disse mais calma, ficamos um tempo em silencio, eu não quero ficar brigada com elas.
eu: me desculpe - falei quebrando o silêncio
Anne: tudo bem - suspirou agora calma
eu: eu não quero ficar brigada com você - elas me olhavam atenta - quer dizer, estamos em Los Angeles, juntas - sorri - a gente tem que aproveitar
Star: tem razão - sorriu - o nosso juramento era nunca deixar nenhum menino atrapalha nossa amizade
Pâmela: só perdôo se me apresentar aquele menino dos olhos azuis - se referiu ao Nash
Eu: respeito, ele é meu irmão
Pâmela: desculpa, mas só trabalho com fatos - disse nos fazendo rir
  Essas meninas não prestam e é exatamente por Isso que somos amigas

   



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...