História Complicated Loves (Segunda Temporada) - Capítulo 33


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Escola, Romance
Exibições 10
Palavras 1.108
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Desculpem-me a demora, estava com dois probleminhas: Falta de criatividade e eu sendo uma preguiçosa que fica deitada na cama olhando pro teto ouvindo música.
No Cap de hoje, aconselho ouvirem a música 'Echo', da Gumi. Vai ter a letra da música traduzida no final.
A partir de agora, personagens "principais" (os de vocês) e aleatórios (igual o pai da menina que o Joey matou) irão morrer, então me desculpe de verdade se o seu personagem morreu.
Os capítulos intitulados "My Demon" serão o começo do fim, que será mais ou menos 15 à 20 capítulos.
Mas antes que vocês me matem, terá a segunda temporada.
Vamos parando de enrolar, vá ler agora:

Capítulo 33 - My Demon -Parte 1- A Primeira morte


Fanfic / Fanfiction Complicated Loves (Segunda Temporada) - Capítulo 33 - My Demon -Parte 1- A Primeira morte

LEIA AS NOTAS INICIAIS

 

~Camz~


    Ouvi uma risada muito macabra, parecia vir lá de cima, me levantei da cadeira, sai da cozinha e a risada silenciou-se. Estranhei, e subi as escadas correndo, o ar do corredor estava meio pesado, comecei a suar frio, a porta do quarto de Michael e Luna estava entreaberta. Quando abri, vi Luna parada olhando para o teto, sussurrava uma música, a qual ela amava muito, lembro-me que Luna dizia que está música descrevia os sentimentos dela. Seus olhos estavam... A íris de seus olhos estava branca, e a parte que deveria estar branca agora era preta. 'Essa "coisa" voltou... Preciso avisar Joey'. Sai lentamente do quarto, corri até a sala, Bell estava brigando com Joey.
-VOCÊ ESTÁ ME TRAINDO SIM, JOEY!-Bell gritou, seu rosto estava vermelho de raiva.
-Não, não estou-ele respondeu calmo.
Quando ambos notaram minha pessoa lá, ficaram quietos. Meu sangue ferveu. 'Joey pode ser um assassino mega estranho, mas NUNCA NA SUA VIDA TRAIRIA UMA MULHER!'.
-ELE NUNCA TRAIRIA UMA PESSOA!-gritei.
-SIM, TRAIRIA!-Bella respondeu.
-NÃO! NUNCA FARIA ISSO, QUEM ESTÁ TRAINDO AQUI É VOCÊ!-gritei.
-O quê?-Joey perguntou, agora olhando irritado para Bell.
-N-não estou te traindo, eu juro!-Bell respondeu, preocupada.
-Aham, sei-ele disse, frio.
    Enquanto assistia essa cena, eu tentava lembrar-me do que deveria dizer à Joey, até que ouvi sons de passos vindos da escada. Olhei para trás, a "Luna" estava parada lá, seus olhos não haviam voltado ao normal, um sorriso assustador estampava sua boca, minhas mãos começaram a tremer. Ela fez sinal para sair de seu caminho e, por medo do que ela pode fazer, obedeci.
-Olha, senhorita Timberg, meu irmão NUNCA trairia uma mulher de seu gosto-"Luna" disse irritada, aproximando-se de Bell.
-Como você vai saber disso?-Bell perguntou.
-Sou a irmã dele, sei de tudo relacionado ao Joey-"Luna" respondeu, seca.
Em um movimento rápido, "Luna" retirou de seu bolso uma adaga, e enfiou na barriga de Bell, que gritou de dor. "Luna" removeu a adaga, limpando o sangue de Bell em sua blusa, dando as costas para a garota que sangrava. Bell caiu de joelhos, e acabou morrendo de hemorragia. Joey e eu estávamos paralisados, vendo a poça vermelha que saia de minha prima espalhar-se pela sala.
-Por quê estão com essas caras de coruja assustada? Já era de se esperar a morte dela-"Luna" disse, guardando no bolso de seu short a adaga.
-P-por quê v-você fez i-isso?-Joey perguntou, gaguejando.
-Bella merecia isso-"Luna" respondeu.
-Não merecia-respondi, minha voz trêmula.
-Merecia. Agora, podem me ajudar a sumir com o corpo?-"Luna" pediu. 
Sem escolha, aceitamos ajudá-la.
    Enquanto eu limpava o sangue, "Luna" e Joey levaram o corpo para um lugar que nunca iria ser encontrado. 'Tsc, se não tivesse desistido do Luca, isso nunca teria acontecido. Ou teria? Ah, foda-se'. Quando tirei a mancha e o cheiro do sangue, esperei sentada os irmãos voltarem.


{1 Hora e meia depois}


    Nada deles. Michael perguntou sobre Luna, não respondi, Ayumi e Lolo perguntaram sobre Bell, fiquei quieta. Meu medo daquela "Coisa" é maior que minha lealdade com meus amigos. Todas as perguntas sobre o que ocorreu, não serão respondidas por ninguém, nunca.

 

~"Luna"~        [Todas as palavras que estiverem entre ' * ', são os pensamentos, falas ou ações do Demônio]


*'Finalmente está garota está morta! Não aguentava mais ela. Agora só falta: Carol, Bruno e Michael. Será que mato os outros também? Ah, Joey terá o trabalho disso.'.
Voltamos para casa, todos perguntavam de Bell, sem resposta. 'Se descobrirem o que aconteceu, Camz, Joey e eu seremos presos, e Michael irá me abandonar, mas ele sumirá de nossa vida de qualquer forma, então não fará falta'.*
'N-não acredito que eu fiz isso. COMO PUDE MATAR A BELLA?! SOU UM MONSTRO!'.
*'Talvez seja, talvez não'.
'Quem. É. Você?'.
*'A "Coisa" que lhe possuiu, a "Coisa" que matou a Timberg, a "Coisa" que irá destruir seu namorado'.*

-MICHAEL!-gritei, assustada.
O mesmo sobe correndo as escadas e entra desesperado no quarto.
-O QUE FOI?!-ele perguntou, assustado. Ele suava frio.
-N-nada, foi só um.... Pesadelo-respondi.
-Uhum, sei. Diga-me o que foi, vai. Não confia em mim?
-Sonhei que uma garota.... *Quero dizer, eu matei você. Pena que não é realidade, ha ha ha-respondi, seca.*
Michael ficou um pouco assustado com minha fala, assentiu e forçou um sorriso, saindo do quarto um pouco depois.
-*Medroso, tem medo da própria namorada!* Claro, você o assustou! *Assustei nada, só disse a verdade, você irá matá-lo*. NÃO, NÃO VOU! *VAI SIM!*-gritei comigo mesma.
Segurei minha cabeça forte, ouvi a mesma música, a qual eu amava mas agora temo:


[MÚSICA ECHO, DA GUMI]


O relógio parou seu tick-tack
Há muito tempo
Por quanto tempo estive acordada?
Eu não sei
Eu não consigo me agarrar
Mas não posso deixar ir
Não havia nada
Para me agarrar
Por que não consigo ver?
Por que não consigo ver?
Todas as cores
Que você vê?
Por favor, eu posso ser
Por favor, eu posso ser
Colorida e livre?
O que diabos está acontecendo?
Alguém pode me dizer, por favor
Porque estou mudando mais do que os canais na tv?
Eu sou preta e então sou branca
Não!
Algo não está certo!
Meu inimigo é invisível, eu não sei como lutar
O medo paralisante é mais do que posso suportar
Quando eu estou contra
O eco no espelho
Eco
Eu vou queimar minha casa
Em uma escuridão feia
Eu vou fugir agora
E nunca olhar para trás
Eu vou queimar minha casa
Em uma escuridão feia
Eu vou fugir agora
E nunca olhar para trás
Eu vou queimar minha casa
Em uma escuridão feia
Eu vou fugir agora
E nunca olhar para trás
Eu vou queimar minha casa
Em uma escuridão feia
Eu vou fugir agora
E nunca olhar para trás
Eu vou queimar minha casa
Em uma escuridão feia
Eu vou fugir agora
E nunca olhar para trás
E nunca olhar para trás
O que diabos está acontecendo?
Alguém pode me dizer, por favor
Porque estou mudando mais do que os canais na tv?
Eu sou preta e então sou branca
Não!
Algo não está certo!
Meu inimigo é invisível, eu não sei como lutar
O que diabos está acontecendo?
Alguém pode me dizer, por favor
Porque mudo mais do que os canais na tv?
Eu sou preta e então sou branca
Não!
Algo não está certo!
Meu inimigo é invisível, eu não sei como lutar
O medo paralisante é mais do que posso suportar
Quando eu estou contra
O eco no espelho
O medo paralisante é mais do que posso suportar
Quando eu estou contra
O eco no espelho


*'Nunca lute com alguém que você não é capaz de derrotar, Luna Days'.*
 


Notas Finais


Obrigada por lerem, comentem por favor o que acharam.
Desculpa Bell, não me mata '-'
Leiam a minha outra fanfic, a "The Demons and The Angel"
Um beijo, um abraço e até o próximo cap!
E uma rosinha para a Bell, desculpa mesmo tá, fica brava não ;-;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...