História Complicated Love(Suga BTS) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bangtan Boys, Bts, Min Yoongi, Suga, Yuni
Visualizações 26
Palavras 2.401
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - "Namora comigo?"


 Paramos em frente o cinema, tirei o capacete e coloquei pendurado no guidão da moto, entramos no cinema e começamos a olhar os filmes.

 Yuni; -Você comprou ingresso pra que filme?

Yoongi; -Você gosta de comedia? –“Não vai me responder?!”

 Yuni: -Terror... –Ele sorriu e foi pra bilheteria, um tempinho ele voltou com dois ingressos.

Yoongi; -Vamos assistir Invocação do Mal 2. –O olhei, “Porque ele comprou outro ingresso?”. –Vamos? O filme começa agora. –Fiz que sim com a cabeça, compramos pipoca e refrigerante, entramos na sala de cinema e nos sentamos em um ótimo lugar. O filme começou, correu tudo bem, assistimos o filme normalmente, até foi bom! Passei um tempo com o Yoongi sem ele fazer piadinhas e mandar cantadas bestas, só ele, quietinho na sala de cinema... A única coisa foi ele me olhando fixamente perto do final do filme.

 Yuni; -Que foi? –Falei ao ve-lo me olhar discretamente sorrindo próximo aos créditos finais do filme.

 Yoongi: -É bom sair com você Yuni... –Ele falou baixinho, se inclinou um pouco e começou a aproximar seu rosto do meu, eu estava com raiva mas ao mesmo tempo não sabia oque fazer, quando seu lábios estavam quase tocando os meus as luzes do cinema se acenderam. –Droga... –Voltei a sanidade e o empurrei pra longe.

 Yuni; -Você não é idiota de fazer isso! –Falei nervosa.

Yoongi: -Você sempre diz que eu sou... –O encarei. –Um idiota. –Me levantei rápido e corri pra fora da sala de cinema e sai até do próprio cinema, parei em frente a rua, ‘Eu vou pra casa!”, olhei pros lados, parei e pensei, “Se bem... Eu estou devendo esse encontro ao Yoongi, pela loira oxigenada...” Respirei fundo, na verdade essa coisa de “Estou devendo” era só uma desculpa, no fundo eu fiquei com um pouco de dó de deixa-lo sozinho, oque era um pouco difícil, quem diria... Eu? Com dó de alguém? Voltei pra dentro e vi Yoongi sozinho ainda sentado no acento do cinema.

 Yuni: -Ahh... Hey. –Ele não falou nada, me aproximei. –Você precisa sair da sala de cinema se não eles... –Olhei pra seu rosto e o babacão estava roncando, “NÃO É POSSIVEL!” o empurrei fazendo o mesmo rir. –Não se finja!

 Yoongi; -Ai ai, tabom! –Ele se levantou, saímos do cinema. –Ah desculpa por antes, foi... Extinto. –Subi na moto sem falar nada. Ele me levou até um... Nada... Não, na verdade era tipo um jardim, de quem não sei, era um jardim grande pra k7, com um monte de arvores e chãozinho de grama.

 Yuni; -Oque eu to fazendo aqui... –Ele se sentou na grama.

Yoongi: -Senta.

 Yuni; -Pra que? –Ele segurou minha mão e me puxou pra baixo me fazendo cair sentada.

Yoongi; -Vamos conversar. –Ele sorriu fofo, “Hyuna tem razão, o apelido Suga com certeza vem do seu sorriso fofo...”

 Yuni; -Conversar? Era isso um dos planos pra fazer com a loira oxigenada?

Yoongi; -Nope, eu quero conversar com você porque quero te conhecer... Com ela, não... Eu nem quero saber o nome dela.

Yuni; -Você... Não sabe o nome dela?

 Yoongi: -Não, eu apenas a chamava de linda ou de flor... Ela nem desconfiou. –Sorri fraco e balancei a cabeça. –Então, me conta de você.

 Yuni: -Não acredito.

 Yoongi: -Vamos! Fazemos assim gatinha, você conta algo seu e eu conto algo sobre mim.

Yuni: -Não que eu esteja interessada sobre você mas, tabom... 1° Eu odeio que me chamem de gatinha.

 Yoongi: -1 Amo chamar você de gatinha. –Revirei os olhos “Alguem me mata.”

Yuni: -2 Odeio ser obrigada a sair com idiotas.

Yoongi: -2 Adoro obrigar garotas a sair comigo, que por acaso sou um idiota. –Sorri “Ate que foi engraçado...”, ele me encarou.

 Yuni: -3 Odeio que me encarem.

Yoongi: -3 Eu gosto de te olhar sorrindo. –“Oque isso esta virando?!”

 Yuni: -4 Eu não sorrio!

Yoongi: -4 Eu gosto de garotas marrentas... –“Ta virando jogo de indiretinhas é? Já chega!”

 Yuni; -Eu te odeio! –Ele sorriu.

Yoongi: -Eu te amo! –O olhei surpresa.

Yuni: -Mentiroso... –“Mentira... Mentira... Seu mentiroso, ninguém me ama!”, comecei a olhar pro céu.

 Yoongi: -Tá tabom, vamos fazer certo... Eu começo dessa vez. –Continuei olhando pra cima. –Eu nunca gostei de uma menina de verdade. –Ele falou serio, o olhei.

Yuni: -Eu... Não sou grossa porque quero... As palavras ruim apenas saem por impulso.

Yoongi: -Eu tambem sei que nenhuma garota gosta realmente de mim, apenas me quer porque eu sou popular. –“Isso... é meio triste... Mas tambem, quem manda ser tão popular assim?!”

 Yuni: -Eu começei a ser ruim com as pessoas... –Ele me olhou atencioso. –Depois q-que meu pais morreram. –Ele me olhou com uma cara triste ele ia se preparam pra falar algo. –Não quero que fique com dó ou algo do tipo...

 Yoongi: -Ahh... Vamos?

Yuni; -Aonde? –me levantei.

 Yoongi: -Restaurante...

Yuni; -Tá... –“Essa conversa estragou meu dia...”

_________(Quebra de tempo)_______

 

 Garçom do restaurante chique; -O casal tem reserva?

Yoongi: -Não... –“Ele não tinha reservado esse restaurante pra vir com aquela vadia?”

 Garçom: -Vai ser difícil achar uma mesa pro senhor... –Yoongi coçou a nuca, tirou um maçinho de dinheiro do bolso e deu pro cara, “Porra”, passou-se um tempo e, olha que magica! Acharam uma mesa! Nos sentamos e o garçom deu o cardápio, escolhemos a comida rápido.

 Yuni; -Yoongi... Você não tinha reservado o restaurante? E comprado os ingressos do cinema? Você disse que já tinha arrumado tudo pra sair com aquela garota!

 Yoongi: -Eu disse pra você, não disse? Eu me esforço quando quero alguém... E eu não queria ela tanto assim. –“FILHA DA...” –Eu não tinha comprado nada, só tinha pesquisado um bom motel, só isso... –Eu ia xinga-lo dos piores nomes possíveis, mas dai o garçom chegou com os pratos. Eu apenas comi rápido quieta, quando terminei me levantei.

 Yuni: -Me leva pra casa! –Ele me olhou sem entender.

Yoongi: -Oque? Mas está chovendo... –Olhei pela janelona de vidro, e estava mesmo. –Eu não vou te levar na chuva... –Sorri.

Yuni; -Perfeito! Eu pego um taxi! –Sai dali rápido e ouvi ele me seguir, peguei o celular e quando estava indo ligar pra um taxi Yoongi me tomou o celular.

 Yoongi: -Eu não vou deixar! –Ele sorriu sinico.

Yuni; -Me da esse celular Yoongi!! –Falei tentando pegar. –Não vai me levar eu vou com um taxi! Seu franginho!

 Yoongi: -Franginho você disse?

Yuni; -Isso, tá com medinho de me levar na moto com chuva? Vai molhar esse seu cabelinho escovado?! –Ele sorriu e começou a andar pra fora da área coberta, ‘Oque esse idiota esta fazendo?!, ele entrou em baixo da chuva. –Meu celular!

 Yoongi: -Espero que seja aprova d’agua. –Ele sorriu, e é mesmo, porque se não fosse e meu celular quebrasse, eu ia esfregar aquela cara de kidol pomposo no asfalto.

 Yuni; -Me devolve!

Yoongi: -Vem pegar... –Ele falou enquanto a chuva escorria em seu rosto. –Ou você esta com medo de se molhar? Ahn? –Ele riu, bufei e entrei em baixo da chuva e fui em sua direção, mas ele começou a andar rápido pra longe e eu fui seguindo-o, eu estava tão focada em pegar logo o celular que nem percebi aonde ia, só percebi quando encostei em algo, ou melhor em alguém, estava com meu corpo colado ao de Yoongi que sorria feito bobo enquanto seu cabelo molhado caia sobre seu olhos. Ele me entregou o celular ainda olhando pra mim.

 Yoongi: -Yuni... Namora comigo. –“Ele so pode estar brincando comigo.”

Yuni: -Haha, essa piada não tem graça! –Ele abriu a boca pra falar algo mas as palavras não saiam, ele não disse nada.

 Yoongi: -A-ah... Vamos... Eu te levo em casa. –Ele passou na minha frente e eu o segui até sua moto, bom, ele me trouxe ate em casa sem falar nada, eu entrei toda molhada e ele ficou me olhando do lado de fora da porta.

 Yuni; -Eh, então tchau... –Ele assentiu e eu fechei a porta, antes de sair o ouvi dizer do lado de fora, “Não era piada...” Me perguntei oque significava. Fui correndo pro meu banheiro, tomei um banho e fui dormir, pensando em hoje... Lembrei do que ele disse, “Yoongi: -Yuni...Namora comigo.” Ele parecia serio quando disse isso. Poderia ser que... Ele estava falando serio? Sera? ...Nãooo! Oque? Aquele idiota? NOPE!

...(Dormindo)

 Acordei com um barulho de notificação, olhei, era uma mensagem de um numero desconhecido.

[?]: -Bom dia.

[Yuni]: -Quem é você e como conseguiu meu número?

[?]: -Eu sou seu daddy, babygirl. –Ao ler isso eu fiquei com uma perfeita cara de bunda, “Mas que merda é essa?”

[Yuni]: -Para com essa merda! Yoongi!

[?]: *Digitando..*

[?]: Como sabia que era eu?

[Yuni]: -Você é o único idiota capais de mandar uma mensagem dessas pra mim em plena manhã de domingo. –Esfreguei os olhos, me sentei na cama e alterei o nome do novo contato.

...

[Idiota]: -Haha manhã você disse?

[Yuni]: -Não, eu digitei. Qual problema?

[Idiota]: -Já viu que horas é? Você estava dormindo até agora? –Olhei as horas, “1:15” Arregalei os olhos.

[Yuni]: -Mas que merda...

[Idiota]: -Que foi?

[Yuni]: -Nada, já volto... Vou fazer um café pra mim. –Me levantei e fui até a cozinha, recebi outra mensagem.

[Idiota]: -Já passou de meio dia, não é melhor almoçar algo? –Ignorei e fiz um café mesmo, “Parece que o babacão do meu tio saiu cedo, ou nem voltou de noite.” Me sentei no sofá.

 [Yuni]: -Afinal, como conseguiu meu número?

[Idiota]: -Oque você acha que eu fazia enquanto corria de você com seu celular ontem?

[Yuni]: -Filha da...

[Idiota]: -Eu sei. Está fazendo oque?

[Yuni]; -Caçando pôneis silvestres na Nova Zelândia com meu tio-avô Bernardinho...

[Idiota]: -Nossa... Que legal.

[Yuni]: -É... –Olhei em cima da estante de tv, tinha um bilhete muito mal escrito, “Se vire sozinha, volto amanhã a noite” sorri, “Esse chato, como se eu precisasse dele pra alguma coisa...”

 [Idiota]: -Sobre ontem...

[Yuni]: -Eh... Até que foi divertido.

[idiota]: -Mesmo?

[Yuni]: -Sim, até foi divertido ver você molhar esse seu cabelinho pranchado de Justin Bieber de 2010... Haha babe.

[Idiota]; -...Justin Bieber? Fala serio... Está sozinha em casa?

[Yuni]: -Sim, porque?

[Idiota] –Hum, vou ir ai.(AAHH SAFADO!)

[Yuni]: -Oppa pera, parece que não estou.

[Idiota]: -Para... Você me chamou de Oppa? –“Oppa?” Revi a mensagem.

[Yuni]: -Claro que não, foi o corretor.

[Idiota]; -Melhor corretor 2017... Enfim, to indo ai.

[Yuni]: -Oque?! PERA NÃ...

 /Idiota ficou off-line/

 Levei a xicara até a pia e subi pro quarto mudar de roupa, tirei o pijama e coloquei uma calça preta rasgada no joelho(Like a K-idol), all star preto e uma blusona cinza, pronto... “Pera... Oque eu to fazendo aqui? Se eu for rápida a tempo de fechar a porta e fingir que não tem ninguém em casa!” Desci as escadas rápido fui até a porta e a tranquei bem a tempo, ouvi um “Yunie?” lá fora, ri baixo, “Ha trouxa, vai entrar não!”.

 Yoongi: -Porque fechou a porta? –Virei o rosto pro lado e o vi pulando a janela e pisando no meu sofá branquinhoo...

 Yuni: -SEU IDIOTA! LOUCO...

Yoongi: -Por você? –Ouvi isso nitidamente mas decidi ignorar.

 Yuni: -Piso no meu sofá!

Yoongi: -Você trancou a porta... –O FUZILEI lindamente com os olhos. –Não vai dar oi pro seu daddy? –Toquei seu ombro, “Quer brincar trouxa? Então vamos brincar!”

 Yuni: -Oi daddy... –Fiz uma voz fofa.

Yoongi: -Pera, serio?

 Yuni: -Claro que não, idiota! Para que tá escroto.  Oque você tá fazendo aqui em casa?

Yoongi: -Te fazer companhia... Ver como você passa seus dias se divertindo e...

Yuni: -Errou, eu não me divirto. Não tem nada pra fazer aqui em casa.

Yoongi: -Hum.. –Ele olhou em volta. –Vamos na minha então.

Yuni: -Oque? Não!

Yoongi: -Bora!

Yuni: -Oque as pessoas vão pensar de me ver entrando na sua casa?

Yoongi: -Que somos um belo casal.

Yuni: -Que horrível.

Yoongi: -Nossa, como se você se importasse com oque as pessoas falam com você.

Yuni: -Não, mesmo assim, eu não vou.  –Ele puxou meu braço.

Yoongi: -Não vai? –Fiz que não. –Então eu te levo.

 Yuni: -Me levar? Como se você fosse me... –Ele se abaixou um pouco e me colocou no colo, “N-não acredito que...!” –Yoongi! –Ele foi em direção a porta e abriu. –Me solta ou eu grito!

Yoongi: -Grite e eu te faço gritar de outra forma... –Ele falou sorrindo.

 Yuni; -Seu idiota pervertido... Faça isso e eu enfio meu canivete na tua testa! –Ele começou a andar até sua casa.

 Yoongi: -Você é tão carismática, por isso que eu gosto de você.

Yuni: -Você não gosta de mim.

Yoongi: -Gosto. –Ele parou em frente a uma casa e abriu a porta.

Yuni: -Se gosta de mim, então me solta! –Ele riu e me soltou no chão, eu ia fugir correndo mas, ele me puxou pra dentro e fechou a porta atrás de mim. –Você fazendo as coisas desse jeito, parece um tarado... Eu posso te denunciar? –Ele riu e se afastou.

 Yoongi: -Bem-vinda a minha casa. –Olhei pros lados, “Tá bom, o filha da puta é rico...”

Yuni: -Olha, oque é isso? –Falei apontando para um sofá lindo e que devia custar muito caro.

Yoongi: -Meu sofá... –Ele falou e eu sorri. –Você não vai fazer oque eu estou pensando vai? –Subi no sofá e comecei a pular.

Yuni; -Vingança trouxa! Você cagou todo meu sofá... –Ele ficou me olhando com cara de bobo.

Yoongi: -Você é muito bonita Yuni... –Parei de pular e voltei a ficar seria.

 Yuni: -Você é um estranho que fala coisas estranhas. –Ele sorriu. –Seu estranho! –Me sentei quieta no sofá.

 Yoongi: -São coisas estranhas mas são verdade... Vou falar mais uma coisa estranha... Você vai dormir aqui hoje. –Forcei uma risada.

 Yuni: -Nunca.

 Yoongi: -Mesmo? Volta pra casa então, ficar sozinha lá...

Yuni: -Você tá tentando me fazer sentir mal? Eu gosto de ficar sozinha. –Ele fez careta.

 Yoongi: -Fica comigo, só hoje.

Yuni: -Pervertido!

Yoongi: -Não! Não fazemos nada que você não quiser, eu juro! Ficamos aqui, assistimos filme, jogamos videogame, cosplay...

Yuni: -Cosplay?

Yoongi: -Sim, tipo, Adão e Eva. –Me levantei.

Yuni: -Vai tomar no seu cú! –Ele segurou minha mão.

Yoongi: -Brincadeira! Fica! –Suspirei.

Yuni: -Eu até posso... Só lembre que se tentar qualquer coisa, eu tenho um canivete... E não tenho medo nem ressentimento em cravar ele em você. –Ele levantou as duas mãos como um sinal de rendição.


Notas Finais


kkk Nada a declarar... COMENTEM VIU
EU GOSTO DE COMENTARIOS, PELAMOR


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...