História Complications And Desires-Pausa Temporária - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Drama, Romance, Taeseok, Vhope
Exibições 77
Palavras 1.064
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Bom gente, desculpem a demora. Mas está bem difícil conseguir postar. Enfim, até as notas finais. Beijos, boa leitura :3 ^^

Capítulo 2 - Culpa do Estrogonofe.


          Por Taehyung

    Eu juro, achei mesmo que ele estava desmaiado ou coisa do tipo. Quando eu escutei aquelas palavras, meu mundo se quebrou, junto ao meu coração. Tudo que eu já fiz de ruim para ele, Jung me amava, mesmo depois de tudo.Doeu, doeu muito e pequenas lágrimas desceram por minha face.
   — "Taehyung, eu te amo" –diz uma pessoa imitando Hoseok, olho para o mesmo e me assusto ao ver Namjoon. Seco rapidamente as lágrimas e me ponho de pé. —Estava chorando Kim? Por esse garoto?
   —Namjoon, por favor. Eu quase matei ele. -Dramático? Nem um pouco.
   —Ah Taehyung, faça-me o favor né? Ele no máximo desmaiou.
   —Kim te...
   —Ah que bom que o encontram! -a diretora chega no telhado. —Taehyung, me ajude com Hobi, Namjoon volte à aula. -"Hobi"?
     Não faço nenhuma pergunta, só ajudo a diretora. Levamos Hoseok para a enfermaria e ele é medicado. Fico olhando tudo pelo lado de fora até que a diretora sai.
   —Tae, Hobi está acordado. Pode me dizer o que aconteceu?
   —Diretora, eu agredi o Hoseok depois disso ele ficou assim...
   —Você levará uma suspensão Taehyung, 3 dias sem aula. E vai ter que cuidar de Hoseok nesses 3 dias.
   —Que?
   —Isso mesmo, pode começar pegando suas coisas lá na sala e levando Hoseok pra casa. Tem que medicar certo ein?! -ela sai.
    Eu merecia, eu sei que merecia. Mas sério? Ainda vou ter que cuidar dele? Que saco.
  Volto pra sala de aula, arrumo minhas coisas e as de hoseok, saio e volto à enfermaria. Entro na sala e o mesmo me recebe com uma cara triste.
    —Vamos?
    —Si-sim. -Ele se levantou, pelo visto ele já sabia do que se tratava. O ajudei até meu carro e entramos no mesmo. —Eu moro na Rua...
   —Eu já sei, moro na mesma rua que você. Eu fico do meu quarto olhando pra rua e já te vi.
   —Ah... Por que está me ajudando?
   —Porque essa é minha punição por bater em você. -reviro os olhos.
   —Ah... -boto a mão em minha barriga e faço cara de dor.
   —Quando chegarmos eu te dou un remédio. -começo a dirigir. —Desculpa por hoje.
   —Tudo bem... Ah, eu disse que eu te amo hoje, foi um erro, desculpa okay?
   —Okay... Mas, você me ama? Diga a verdade Hoseok.
   —Sim Taehyung, eu te amo e muito.
   —... -dirijo e estaciono em frente sua casa. —Seus pais estão em casa?
   —Meus pais morreram. -ele sai do carro.
   —Meus pêsames. -pego minhas coisas e saio.
   —Vem. -ele entra e o sigo. Ele me apresenta a casa, e me leva pro seu quarto, o medico e ele se deita.
   —Pode me dar uma toalha pra eu tomar banho?
   —Tem dentro do meu armário. -Vou até o mesmo e vou abrindo. —Pera não abre! -Tarde demais!
    Me deparo com muitas fotos minhas e montagens nossas. Hoseok tinha muitas fantasias para sexo dentro de seu armário, ao lado dos sapatos havia brinquedos sexuais. Fiquei de boca aberta ao ver tudo aquilo.
    —As toalhas estão em cima. -Ele diz e eu pego, corro pro banheiro e tranco, indo tomar banho.
            Por Hoseok
    Aquilo foi constrangedor, aliás, ter um homem além de mim dentro de casa é estranho.
    Pra que tudo aquilo? Eu levo alguns "amigos" lá em casa de vez em quando e gostamos de diversão. Tenho que jogar aquilo fora.
   Ótimo! Agora meu crush supremo deve estar me achando um maníaco por sexo. Ele vai fugir e nós nem poderemos tentar criar uma amizade. Ah, vou deixa-lo sozinho, esqueceu sua roupa, não quero atrapalhar.
   —Taehyung, estarei lá embaixo, até mais.
   Desço e pego um café, vou pra varanda e fico deitado na rede, pensando nele.
   Será que eu devia tentar algo com Kim Taehyung? Seria arriscado. Ele podia me odiar, mais do que já me odeia.
    Caralho, Kim Taehyung é de longe o cara que me faz mal, esses dias com ele não serão fáceis.
        ~Duas horas depois~

    Eu já estava ficando irritado. Kim não falava nada, trocava meus curativos sem dizer nada. Decido ir fazer comida e infelizmente, terei de falar com ele e pedir ajuda.
   —Kim, o que quer comer? -me levanto tirando a atenção do mesmo da tv.
   —Estrogonofe...? -sua voz, ah, como eu amo essa voz.
   —Ok. -Vou até a cozinha e começo a pegar tudo que é preciso para fazer o almoço.
          Por Taehyung
  
     Eu não iria deixar ele o almoço, o mesmo não estava se aguentando. Está tentando disfarçar que está mancando. Eu tenho que o ajudar. Vou até a cozinha e boto minhas mãos em sua cintura, me aproximo do mesmo e chego próximo ao seu ouvido.
   —Você não vai cozinhar -Sussurro ao pé de seu ouvido, o mesmo fecha os olhos e solta a faca que estava em sua mão, cortando o frango.
   —P-por q-que? -ele diz um pouco nervoso botando sua mão em cima da minha.
   —Você não está em condições de fazer isso. -Tiro ele de perto do balcão e o viro de frente pra mim. —Eu cozinharei hoje. -me afasto e vou fazer a comida.
   
    O que foi isso? Não é que eu estou sendo babá que eu não vou me divertir um pouco.

   —Vamos nos conhecer Hoseok.
   —Hobi.
   —Hobi?
   —Me chame de Hobi.
   —Tudo bem Hobi, o que gosta de fazer?
   —Ver séries.
   —Eu gosto de beijar.
   —Ah, é mesmo? -ele se aproxima. —Qual o tipo de beijo que mais gosta?
   —Esse aqui. -seguro sua cintura com força e o jogo contra a parede, puxo seu cabelo obrigando o meu a me olhar. Ele passa a língua pelos lábios e sorrio de lado, encosto nossos lábios e mordo seu lábio.
            Por Hoseok
     Ele me beija com ferocidade. Eu não sei ao certo descrever o que eu estava sentindo só sei que estava muito bom. Ele invade minha boca com sua língua e sua mão corre pelo meu corpo. Ele passa para o meu pescoço e começa a chupá-lo com vontade.

   —T-tae-taehyung, o q-que está fa-fazendo? -digo entre gemidos.
   —Shhh. -Ele me bota em cima da mesa e sai de perto. —É assim que eu gosto. -volta a fazer o estrogonofe.
   —É bem gostoso. -mordo o lábio.

     Ele ficou calado depois disso, eu ainda não acredito que o beijei, quero conquistar ele, mas é impossível. AAAAAAA. Taehyung, tão complicado. Eu só queria dizer que o amo, só isso.
     Ah Taehyung, o que está fazendo comigo?


Notas Finais


Gente eu coloquei o nome do capítulo assim pq eu ahei engraçado aushaushaussuahau
O que acharam?
Beijos na bochecha e até o próximo. Beijinhos :*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...