História Comprei um Marido - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, G-Dragon, NU'EST, Super Junior
Personagens Baekho, Choi Siwon, D-Lite (Daesung), J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kim Ryeowook, Lee Donghae, Lee Hyukjae "Eunhyuk", Personagens Originais, Rap Monster, Ren, Seungri, Suga, T.O.P, Taeyang, V, Yesung
Tags Amigos, Amor, Bts, Jimin, Kpop, Paixão, Park, Romance
Exibições 38
Palavras 883
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Luta, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Em meu coração


Fanfic / Fanfiction Comprei um Marido - Capítulo 2 - Em meu coração

—Eu acho que liguei os regadores automáticos sem querer. -Gritou Jimin em meio a uma gargalhada. —Você está bem, vizinha?

—Eu vou matar, você! - Gritou Bel furiosa com o oriental. —Um dia eu mato você!

Com um belo sorriso nos lábios, Jimin correu para dentro de sua casa e trancou a porta por precaução. O seu coração batia forte, aquela pequena mulher mexia com seus sentimentos mais profundos.

Belinda estava sempre nos pensamentos de Jimin, ela o havia conquistado sem a menor intenção. A garota possuía uma delicadeza, e ao mesmo tempo uma força inexplicável, Park Jimin desejava estar com ela, mas isso seria impossível.

Belinda Adam era uma mulher ocidental, possuía costumes diferentes e via o mundo de maneira diferente. E, ele acreditava que essas diferenças seriam um obstáculo grande demais para tentar qualquer aproximação.

 

Em seu quarto Jimin continuava sorrindo, a garota parecia realmente estar zangada. Mas mesmo zangada ela era linda.

Com o corpo completamente coberto pela água quente da banheira, Belinda descansava  depois de um longo dia de trabalho. Ela aproveitava seu tempo para não pensar em nada, mas sem perceber ela começou a refletir e não entender o porque Jimin a importunava com tanta dedicação.

—Será que Park Jimin, me odeia? -Questionou Belinda enquanto esfregava seus cabelos castanhos.

Ao sair do banho a garota vestiu suas roupas íntimas, e jogou uma camiseta branca que cobria apenas o meio de sua coxa, e seguiu para sua cozinha. Com os pés descalços ela perambulava pela casa, seguindo as suas próprias regras.

Com o rádio ligado no volume máximo, Bel dançava e cantarolava enquanto preparava algo para comer. Na outra casa, Jimin observava a garota pela janela de seu quarto, Belinda dança e sorria. Ela possuía um certo ritmo e muita sensualidade em seus movimentos. Jimin já estava debruçado sobre a janela, impulsionando seu corpo para fora do quarto, tentando ver com mais detalhes os movimentos da garota.

—O que você está fazendo? -Perguntou Min Yoongi (Suga) entrando no quarto de Jimin.

—Eu...eu estou respirando! -Respondeu Jimin após bater a cabeça com força na janela. —E, você não sabe bater na porta, antes de entrar?

—Calma, não precisa ficar nervoso! -Disse Min Yoongi dando alguns passos para trás. —Eu só quero saber se você vai ensaiar hoje?

—Eu vou... já estou indo. -Resmungou Park Jimin coçando a cabeça dolorida.

—Olha… -Disse Suga apontando para a janela. —A nossa bela vizinha, dançando!

—A nossa linda vizinha? -Questionou Jung Hoseok (J-Hope) colocando a cabeça na porta do quarto. —Ela está dançando,eu preciso ver isso!

—Os dois fora do meu quarto! -Gritou Jimin enciumado, empurrando os dois homens.

Na sala os outros garotos movimentavam os móveis da casa, para começarem o ensaio do grupo.  A casa abrigava sete garotos e todos eles possuíam o mesmo sonho, o desejo de cantar profissionalmente.

—De onde está vindo essa música? -Perguntou Jim Seokjin (Jin) puxando uma das poltronas da sala.—Alguém está dando uma festa?    

—A Belinda está dançando! - Respondeu Suga mordendo os lábios de maneira maliciosa. —E, ela dança muito bem.

—Sério! - Falou Kim Namjoon (Rap Monster)  interessado e curioso. — Então vamos chamar a Bel para dançar com a gente.

—Não… Não. -Gritou Jimin arrancando a chave da porta principal. —Deixa a garota na casa dela!

—Certo, vamos ensaiar. -Falou Kim Taehyung (V) sorrindo ao ver o desespero de Jimin. —Jimin devolva a chave… Ninguém vai até a casa da Belinda, não se preocupe!

Com completa inocência, Park Jimin colocou a chave na fechadura da porta, e se afastou. Ele dava início ao seus alongamentos, quando Jeon Jungkook saiu em disparada na direção da casa de Belinda Adam. Sem ser alcançado por Jimin, Jungkook tocou a campainha e ouviu o volume da musica baixar. Em pouco tempo Bel já estava abrindo a porta.

—Olá vizinha! - Disse Jungkook com seu melhor sorriso nos lábios. —Como você está?

—Boa noite. -Falou a garota parecendo surpresa. —Posso te ajudar?

—Os meninos e eu pensamos, em te convidar… -Jungkook parou de falar e escolheu as melhores palavras. —Você não gostaria de ir na minha casa tomar… Tomar uma xícara de café?

No quintal ao lado, Jimin fazia sinais com os braços tentando impedir que Jungkook fala se qualquer coisa a garota.

—Tomar café com vocês? - Questionou Belinda franzindo o cenho. —Isso é estranho!

—Vamos lá, vai ser divertido! -Insistiu Jungkook segurando a garota pela mão.

Sorrindo de maneira travessa, Junkook puxava a garota pela mão. Ele sabia o quanto Jimin gostava de Belinda, e o quanto seu amigo era tímido com relação às mulheres. Naquele momento Jimin já estava dentro de casa, em completo silêncio e com suas mãos suando frio. Mas quando ela entrou em sua casa, ele sentiu seu corpo flutuar, e seu coração bater com violência contra o peito.

—Olá, seja bem vinda! - Falou Rap Monster fazendo uma pequena reverência diante dela. —Finalmente veio conhecer nossa casa.

—Boa noite, meninos! -Disse Bel de maneira gentil, sorrindo para todos eles. —Eu não sei bem porque estou aqui, mas obrigada pelo convite!  

A garota foi conduzida até uma das poltronas que estavam espalhadas pelos cantos, em questão de segundos, uma música surgiu e os garotos começaram a cantar e dançar diante de Belinda, Porém Jimin permanecia em silêncio sem mover nem um músculo.

           

 

 


Notas Finais


Comentários, por favor..


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...