História Concorrência em Amor Doce - Interativa (Vagas Encerradas) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Bia, Castiel, Charlotte, Dajan, Dakota, Debrah, Iris, Jade, Kentin, Kim, Leigh, Letícia, Li, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy, Personagens Originais, Priya, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Senhora Shermansky, Violette
Exibições 35
Palavras 820
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Não aguentei... Tive que postar! Espero que gostem.

Capítulo 4 - Daphne Roth - Primeiro dia em Sweet Amoris (Parte 2)


Fanfic / Fanfiction Concorrência em Amor Doce - Interativa (Vagas Encerradas) - Capítulo 4 - Daphne Roth - Primeiro dia em Sweet Amoris (Parte 2)

 Voltei! O sinal mal toca e eu já estou na frente da sala, me apresentando para os meus colegas de aula... E entre eles está o... Nathaniel! E o Castiel! Meu Deus... Que nervoso. Por que o Professor Faraize me fez fazer isso?!

- B-Bem... Eu me chamo Daphne Roth, tenho 17 anos e sou um pouco tímida - digo, enquanto olho para o chão.

- É, dá para ver, Daph - diz uma garota muito bonita com o cabelo platinado, enquanto a sala inteira ri (pelo menos boa parte dela...).

- Senhorita Rosalya! Deixe que Daphne termine sua apresentação! - bronqueia o Sr. Faraize.

- Ãh... Eu também gosto muito de ler e de música. Sou centrada e focada em tudo que faço, principalmente nos estudos - dou um sorriso discreto para Nathaniel, que retribui. Mas Ambre desaprova o ato e me fuzila com os olhos, enquanto outra garota morena faz o mesmo. Que bobas... Elas parecem ser muito inseguras de si mesmas, coitadas.

- Isso me lembra alguém... Quem será? - diz Rosalya, novamente arrancando risadas da sala toda.

- Senhorita Rosalya, se você tornar a interromper Daphne, irá direto à Diretoria! - nesse mesmo instante, a sala toda se cala, não se ouve nenhum chiado.

- Bem, é só isso. Onde me sento? - me viro para o Prof. Faraize.

- Pode se sentar junto ao Alexy.

- Quem? - fico meio tonta... É tanta gente nessa sala!

- Ah, o garoto com cabelo azul! - diz Rosa, me ajudando.

- Rosalya, saia já da sala! - o Professor fica muito irritado e grita com Rosalya.

- N-Não!! Ela me ajudou, Professor Faraize! Ela não precisa ir à Diretoria - o interrompo, livrando Rosa de uma punição imensa.

- Hum... Mas ela terá que limpar a sala após o término da aula.

- O QUÊ?! - se espanta Rosalya, com seus olhos arregalados e se levantando da cadeira. Ah, vou me voluntariar para ajudá-la! Eu não sou má!

- Eu te ajudo, Rosa - dou um sorriso para ela.

- Eu também! - grita (ou melhor, berra) um animado e espontâneo Alexy, também se levantando da cadeira.

- Okay. Nos encontraremos na Biblioteca após a aula, beleza? - digo, tão animada quanto ele.

Ah... E tem mais! Um garoto com os olhos de duas cores diferenciadas me olha encantado, enquanto o Nath faz o mesmo. Coro parcialmente após vê-los. A Rosalya me dá um sorriso como agradecimento e Alexy também está na frente da sala, com um braço sobre meus ombros.

- Vocês realmente estão dispostos a fazer isso? - pergunta Faraize, intrigado e preocupado, enquanto nós três acentíamos com a cabeça. - Okay, vamos retornar à aula.

Depois de algumas horas, a aula termina (mas antes, teve o Intervalo. Não quis ficar com Alexy e Rosa, nem com Nathaniel. Preferi ler um livro, é bem mais prazeroso). Fui a última a ir embora, e quando saio da sala, Ambre me encurrala e me ameaça:

- Se você chegar novamente perto do meu irmão... Ha! Ha! Ha! A coisa vai ficar feia pro teu lado! - ela sai, me deixando sozinha no corredor.

Demoro alguns minutos para chegar até a Biblioteca, enquanto Alexy e Rosalya me esperam. Eles questionam minha demora e eu os respondo. Rosalya comenta o acontecimento:

- Nossa! Que horror. Mas quem ela pensa que é para te ameaçar a ficar longe do Nath?!

- É, né. Que idiota! - diz Alexy, desaprovando total o que Ambre fez.

- Só sei que ela é muito insegura de si. Mas não vamos nos preocupar com a vida dos outros, e sim com a... Faxina na sala.

- Tá. Se você quer assim... - diz Rosalya, dando de ombros com seus olhos fechados.

- É melhor nós irmos mesmo - concordo totalmente com o Alexy.

O que eu tenho a dizer sobre essas últimas duas horas com esses doidos? Bem, teve muita zoeira e diversão. Descobri mais sobre a vida da Rosalya (ela namora Leigh, o irmão do vitoriano Lysandre; Leigh e Rosa tem uma loja de roupas, etc) e do Alexy (ele é homossexual; tem um irmão gêmeo chamado Armin; eles são adotados, etc). Foi super legal, me diverti como nunca tinha feito antes.

Na hora da saída, Rosa disse:

- Foi muito divertido! Amei ficar com você. No início achei você um pouco fechada para amizades, mas gentil. Agora, não. Vejo que você é bem extrovertida com seus amigos - diz Rosalya, com uma expressão de agrado, enquanto Alexy concorda. - Bem, vou indo. Vejo vocês amanhã - Rosa acena para nós, e retribuímos.

Eu e Alexy ficamos conversando por mais alguns minutos e nos despedimos, indo cada um a sua respectiva casa.

    Estou louca para encontrá-los novamente amanhã... O que será que está por vir? Bem, só sei que o futuro é incerto e o presente é nós que fazemos, então... Boa noite.


Notas Finais


E então? Ficou legal como Rosalya e Alexy conheceram Daphne (e como viraram amigos)? Eu achei muito legal (não é porque fui eu que escrevi, tá? É que eu realmente achei divertido).


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...