História Conexion - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Danganronpa
Tags Danganronpa, Komahina, Super Danganronpa 2
Visualizações 21
Palavras 519
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Shonen-Ai, Slash, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Spoilers, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oie rfghj
É a primeira fanfic que eu posto aqui, eu inicialmente ia fazer uma long fic, mas já consegui colocar o que queria em apenas um capítulo.
Eu acho esse shipp extremamente fofo, principalmente pelo lado do Komaeda, então eu tive que modificar bastante a cena para que isso fosse possível, então, quem jogou o jogo verá várias coisas que estão diferentes.
E não, a foto de capa do capítulo não aparece na one, apenas achei que combinasse.
Sem enrolar mais, boa leitura, espero que gostem <3.

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction Conexion - Capítulo 1 - Capítulo Único

Lágrimas de dor formavam-se nos olhos de Nagito, que se encontrava nos últimos minutos de vida.

Se sentia extremamente tolo, havia confiado tudo a seu talento, era realmente uma pessoa azarada.

Arrependia-se amargamente disso, e sentia-se frustrado ao ver a situação patética a qual se encontrava.

Fora desligado o suficiente para cair em sua própria armadilha.

Seu corpo latejava de dor, não sabia por quanto tempo isso duraria, queria morrer logo, queria que aquele sofrimento acabasse.

Sentia tanta dor que a morte lhe parecia uma opção bem mais agradável.

Ainda não acreditava que morreria ali, antes de cumprir a única promessa que fez a si mesmo.

Havia prometido, que diria o que sentia por seu amado.

Nunca conseguiu confessar-lhe os sentimentos diretamente, mesmo que deixasse isso bem evidente.

“Eu amo a esperança que adormece em você”.

Era o mais próximo de uma declaração que Nagito já havia chegado.

Na verdade, amava muito mais que apenas a esperança de Hinata, amava desde seus cabelos espetados, até seu lindo sorriso, sorrir era algo que Hinata dificilmente fazia, mas era um ato lindo, Komaeda sentia perfeitamente a alegria de Hinata quando sorria, era contagiante.

Hinata foi a única pessoa a qual Nagito genuinamente amou, o amou tanto, que não se importava nem um pouco se precisasse arriscar sua vida por ele, faria de tudo por Hinata, faria qualquer coisa para ver seu amado bem.

Amou-o mesmo no momento em que percebeu que tudo que Hinata sentia por ele era ódio, repulsa, nojo, amou-o mesmo sabendo que Hinata o desprezava.

O que Nagito sentia por ele era algo que deixava sua cabeça fora do lugar, não era costumeiro de si interessar-se por pessoas que não possuíam nada em especial, que não tinham algum talento, que eram totalmente iguais as outras, que não se destacavam ao redor dos demais.

Hinata era uma exceção.

O mais provável a ocorrer, era que Nagito perdesse total interesse pelo outro assim que descobrisse que ele não portava talento algum, mas, isso claramente não aconteceu.

Mesmo que tentasse, Nagito não conseguiria esquece-lo de forma alguma, amava-o mais que tudo, era um amor que ultrapassava qualquer barreira, talento, sentia que por Hinata, poderia fazer qualquer coisa.

Era com certeza o sentimento mais belo que já nutriu por alguém.

Estava tão distraído, que até esqueceu a sua situação.

Fora tirado de seu transe, após ouvir passos firmes no corredor.

A visão do garoto já não estava totalmente nítida, o que lhe causava uma certa dificuldade em continuar acordado, já não possuía forças o suficiente para mover-se, sua respiração já estava pausada e falhando, sentia que logo não aguentaria mais.

Antes de tudo escurecer, viu a porta sendo bruscamente aberta por alguém, não conseguia ver o rosto, mas, reconheceu o cabelo “Tsun-Tsun” de Hinata facilmente.

O garoto parecia horrorizado, estava parado sem exibir qualquer reação de inicio, totalmente assustado pela situação a qual o outro se encontrava, seu corpo tremia e os olhos estavam arregalados, queria dizer algo, queria gritar, mas não saia voz alguma.

O silêncio angustiante que tomava aquela sala, logo fora quebrado, pelas ultimas palavras de Nagito.

-Aishiteru, Hinata-kun.


Notas Finais


Glossário:
Aishiteru:Eu te amo.
Cabelo Tsuntsun:Referencia a cena aonde o Komaeda brinca chamando o Hinata de "TsunTsun Hair".
Bom, se você leu até aqui, por favor comenta alguma coisa, nem se for pra dizer "Que lixo, até meu primo de 3 anos escreve melhor" ahsuhaushaua
Espero realmente que tenham gostado <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...