História Confidence Broken - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Liam Payne
Tags Colegial, Drama, One Direction, Shoujo
Exibições 4
Palavras 2.752
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Hentai, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oii Gente...Como estão???
Espero que estejam gostando da história...Boa Leitura!!!

Capítulo 2 - Um estranho muito sexy.


Fanfic / Fanfiction Confidence Broken - Capítulo 2 - Um estranho muito sexy.

Capítulo 2;Um estranho muito sexy.

Depois de toda aquela entrada dramática ao meu novo lar,os meus colegas me chamaram pra sair.Ir a um bar no qual o Niall iria se apresentar com sua banda da qual eu nem me lembro o nome. Eu não quis pois,preferi ficar arrumando o meu quarto,que é muito sem graça. O lado do quarto que pertence ao Niall,ele pendurou posteres de mulher pelada.O meu lado as paredes ainda estão brancas sem decoração nenhuma.O quarto é pequeno,com duas camas de solteiro brancas, e um guarda roupa embutido branco e do lado de cada cama tem um criado mudo,branco também.Meu deus parece que eu morri e estou vivendo em um céu encardido.Porque parece que os antigos  moradores não conheciam limpeza.Depois que que terminei de arrumar as minhas coisas eu decidi tomar um banho,pra relaxar.Eu liguei o meu celular,para poder carregar a bateria,pois tive que desliga-lo já que ele não para de tocar desde que o meu mundo desmoronou... Não faz nenhum um dia isso.Por isso decidi não sair com pessoal,primeiro porque eu não conheço eles ainda,por mais que eles parecem amigávesis,depois do que aconteceu eu sinto que não vou conseguir confiar em mais ninguém...Pra mim confiança não existe mais. Segundo eu preciso digerir essa traição.Eu me sinto quebrada.Mas não vou ficar me acabando de tristeza...Talvez um pouco hoje.Mas amanhã é outro dia,e eu vou viver um dia após o outro.E sei que vou ficar bem. Sei também que tenho que conversar com a minha mãe e minha irmã,ma eu não sei quando eu vou conseguir falar com elas de novo. E por mais que a minha irmã fez o que fez eu estou pouco me ferrando pra ela,o que está me deixando pior foi a traição da minha mãe...Porque ela me traiu.Ela sabia de tudo,e quando eu perguntei pra ela...Quando eu disse a ela que eu estava desconfiada deles,ela me disse que não era nada,que era coisa da minha cabeça.Eu acreditei nela.Por mais que eu saiba que ela não tem culpa,eu não deixo de estar sofrendo bastante com a situação que nós duas nos encontramos...Mas fazer o quê...Agora a minha vida vai ficar um caos,e eu não quero sentir essa dor que eu estou lutando para não me consumir,espero conseguir ganhar,eu sou forte é só respirar.

Por fim eu adormeço por volta das três da manhã,e até essa hora meus companheiros de apê não chegaram ainda.Seja lá onde for esse bar que eles foram deve ser bom.Eu acordo oito horas e o Niall está dormindo com a roupa que saiu ontem.Não querendo acorda-lo eu saio do quarto e vou ao banheiro,pra escovar os dentes.E pensando na minha vida e em como foi difícil dormir essa noite,pois toda vez que eu fechava os olhos,eu via a Diana e o Erick juntos.Cheguei até a sonhar... ou melhor ter pesadelos com os dois rindo de mim,e a minha mãe junto,dizendo que eles são perfeitos juntos.Droga,eu sempre julguei aquelas garotas que são traídas e ficam chorando pelos cantos,e perguntando o que elas fizeram pra merecer isso.Mas tudo que eu mas quero é passa o dia inteiro na cama lamentando a minha vida miserável Eu sempre achei que as mulheres tinham que ser fortes,e em momentos como este,deveriam até parecer superior aos homens...Só que não é assim tão fácil ser forte quando você deposita tamanha confiança em uma pessoa,e ela te decepciona de tal forma que você começar a pensar que não é digno de ser feliz.Começa a duvidar de tudo...E o pior de tudo é que você perde a confiança no amor.Você não consegue mas confiar no sentimento do outro por você,não acredita nos amigos,na família...nem em uma planta da pra acreditar mais...e isso é uma bosta.

Meus pensamentos dramáticos são interrompidos quando eu esbarro com um estranho muito gostoso na porta do banheiro...Provavelmente ele deve estar com uma das meninas...Sorte delas.Ele fica me encarando com lindos olhos castanho,e um abdomêm que deixaria qualquer garota louca.Eu fico desconfortável por estar uma bagunça,na verdade não me importo com a minha aparência é só que eu não costumo usar microshorts com arregata branca na frente de estranhos,por isso levantei primeiro que o Niall...Até então eu não sabia que iria encontrar um estranho muito lindo.Ficamos parados olhando um para outro por vários segundos que parecem uma eternidade.

-Oi,eu sou Liam...-Diz o garoto de cabelos castanhos com estilo undercurt,totalmente sexy.Percebendo que eu estou totalmente hipnotizada ele da um sorriso e eu não sei como é possível...Mas ele ficou mas sexy.

-Oi,sou Elisa...Mas pode me chamar de Lissa.-Eu respondo tentando parecer casual e educada,e ele levanta as mão pra mim e aperta a minha mão.Ele é muito lindo,mas tem algo nele que me diz que ele é muito ferrado.

-Prazer Lis.-Eu aceno pra ele ainda segurando a mão dele,e percebo que ninguém nunca me chamou de Lis antes,já me chamaram de Lia,Li,Lili,ou até mesmo lila...E eu me sinto incomodada de perceber o quanto eu gostei de ouvir ele me chamando assim.A voz dele é muito sexy...O que nele não é sexy?Meu Deus porque eu estou pensando essas coisas?Eu não me importo se ele é sexy,ou em como fica perfeito meu nome saindo de sua boca...Ele é homem e depois da minha experiência com o Erick eu quero distância de homens por um tempo.

-Bom  Liam...Você poderia me dar licença...Eu gostaria você sabe de usar o banheiro.-Ele me olha de um jeito engraçado,eu não posso deixar de notar que os olhos são muito lindo...Liam se afasta da porta e me dá um sorriso sarcástico.

- Bonito pijama Lis.-Diz ele do modo mais irônico que ele consegue-Pode entrar...O banheiro é todo seu.-Eu reviro os meus olhos e percebo que eu já não gosto dele...Ele é lindo de morrer...Mas parece ser um idiota.Eu não tenho mas paciência para idiotas.Dando o melhor sorriso que eu poderia essa hora da manhã e entro no banheiro.Ignorando totalmente que as minha mão está formigando.Eu escovo meus dentes. E saio do banheiro.Quando eu chego na sala eu vejo que as meninas já acordaram elas estão fazendo café bom...A Mare está fazendo café a Raquel está colocando a mesa e secando o Liam da cozinha,ele está sentado no sofá ainda sem camisa,como se a casa fosse dele...Eu passo por eles e vou até o quarto pegar uma roupa pra trocar o pijama.Quando eu chego lá o Niall já está acordado e só de  cueca mexendo na sua parte do guarda roupa,fazendo menção de sair do quarto ele faz um gesto pra mim ficar.

-Hei nós somos parceiros de apartamento,e de quarto,é óbvio que você vai me ver assim algumas vezes.-Diz ele como se fosse natural ele ficar assim pelado,mas ele tem razão por isso eu não saio do quarto e me aproximo da minha parte do guarda roupa.

-Você tem razão... Mas eu não vou ficar pelada na sua frente.-Eu digo dando um meio sorriso...Mas é verdade eu não vou ficar pelada na frente dele. Ele dá risada.

-Tá okay eu nem quero te ver pelada mesmo...Você é muito branca...Não gosto de mulheres brancas-Diz ele de modo brincalhão dando um sorriso bem parecido com o de Liam.

-Falo o negão...-Mudando de assunto eu digo-Quem é aquele cara que está lá na sala?-Ele parece surpreso com a minha mudança de assunto,mas responde mesmo assim.

-O Liam?-Ele pergunta e eu aceno com a cabeça.-Ah ele é um dos integrantes da banda...Mas relaxa ele não vai ficar aqui com agente,é que ontem ele estava meio bebâdo,e eu não quis deixar ele ir pra casa.-Uau se a voz dele fosse tão sexy cantando,como é de manhã deve haver um renca de piriguetes em cima dele.Vendo o meu silêncio como algo negativo ele acrescenta.-Você conheceu ele...Ele te fez alguma coisa.

-Eu o conheci agora tem uns dez minutos...E ele não me fez nada,porquê?

-Porque digamos que o Liam tem um humor ácido,com as pessoas que ele não conhece.-Vendo minha expressão de espanto ele diz.-Não o entenda mal,ele é um cara legal,então se ele te tratar de um jeito que você não goste,trata ele do mesmo jeito...Ele não gosta de ser contrariado.-Ele pausa e pensa em algo que o faz rir e acrescentar-Algo me diz que você e a garota que irá contraria-lo não é?

-Se ele não for idiota comigo,eu vou tratar ele normal.-Essa é a única resposta que eu posso dar para o Niall.Ele termina de se vestir e sai do quarto dizendo que vai me dar privacidade,pra mim fazer coisas que meninas fazem de manhã.O Niall ele é esquisito,mas muito engraçado e eu gosto dele.Na verdade eu gosto dos meus colegas de apê.Espero que um dia eu possa confiar neles.Já o Liam ele é muito sexy,mas ele tem aquele ar de eu sou problemático...Um problematico muito sexy por sinal.Quando eu já estou vestida com uma calça de moletom e uma aregata,eu prendo os cabelos em rabo de cavalo e vou tomar café.Quando chego na cozinha estão todos sentados na mesa e o único lugar vazio e do lado dele.

-Bom dia!-Diz  a Raquel e a Mare em uníssono.

-Bom dia-Eu digo me sentando com eles.E ignorando totalmente a presença do Liam.-Que horas vocês chegaram?-Eu pergunto mas pra puxar assunto do que por curiosidade.

-Nós chegamos bem tarde...Porque aconteceu alguma coisa?Aquele idiota apareceu aqui de novo?-A Raquel me pergunta com a voz de preocupada,o que é estranho já que eu só a conheço por um dia,eu sinto todos me encarando ao mesmo tempo e até mesmo Liam sem nem saber do que se trata.

-Não,ele não apareceu e não vai aparecer...É só perguntei porque eu fui dormir bem tarde,e vocês não haviam chegado então...-Eu digo o final dando de ombros eu não quero falar do que aconteceu ontem,mas eu sei que uma hora alguém vai me perguntar,eu só não to preparada para falar ainda,sinto o olhar de Liam em mim,mas ele não diz nada,meu deus como ele é lindo sem nem tentar...Interrompendo os meus pensamentos Niall diz

-Depois de quase perder as bolas eu também não iria atrás de você...Esse cara é um idiota ele mereceu disso eu tenho certeza.-Ele não pode ter certeza disso.Eu olho pra ele surpresa pela fala dele.

-Como você tem tanta certeza disso?Você nem me conhece.-Eu respondo meio rude.E fico o encarando,todos na mesa ficam o encarando,ele engole o pão e parece estar pensando na resposta,e quando ele finalmente responde ele surpreende a todos inclusive a mim.

-Agente não precisa conhecer uma pessoa,pra saber que ela está se esforçando muito pra não demonstrar que esta quebrada.-Diz ele de modo simples e sem ironia,como se fosse óbvio que eu estou mal...talvez eu não esteja escondendo direito os meus sentimentos.

Quando eu vou responder,o meu telefone toca,eu pego a minha caneca de café e vou atender o telefone na varanda...Ao ver quem está me ligando eu sento no degrau e olho pro céu.

-Oi...-Digo de modo rude,minha mãe não tem culpa eu acho...Mas é difícill falar com ela. Dói muito.Só de ouvir a voz dela,me dá vontade chorar.

-Lissa filha,agente precisa conversar...-Ela me diz de forma suave,e eu sei que ela está sofrendo tanto quanto eu,mas sou egoísta demais pra se importar com isso no momento...Percebendo que eu não vou falar ela continua:-Olha eu sinto muito de verdade pelo que aconteceu mas você tem que entender que não era um segredo meu.A Diane me prometeu que ele ia te contar,e eu não sabia que vocês dois iam...Fazer...Bom você sabe.

-Não,mãe eu realmente não sei...Mesmo que eu não tivesse transado com ele...A senhora deixou ele me usar esse tempo todo.-Digo sendo honesta com ela,e tento engolir a bile que sobe no meu estomago enquanto eu revivo as minhas vinte quatro horas.-E sabe,agora que eu sei de tudo,eu só lamento,que eu perdi a unica pessoa que eu sempre achei que fosse honesta e verdadeira comigo.Eu perdi a minha melhor amiga,e isso está acabando comigo,não conseguir mas acreditar em você mãe,tá doendo mas do que a traição...E eu realmente sinto muito.-Digo em meio aos soluços dela,eu sei que estou send dura com ela,mas essa é a mais pura verdade.-E tem mais eu não quero falar com a Diane então pede pra ela parar de me ligar?-Eu acrescento de modo mais suave,por perceber que estou sendo muito dura com ela.-Por favor.-Ela suspira,e demora uns dez segundos pra me responder.

-Eu digo,mas Lissa você um dia vai me perdoa?Você...-Ela toma fôlego e pergunta a coisa mas estúpida que alguém poderia me fazer.-...Você me odeia?

-Não mãe...Eu não te odeio.Eu só preciso de um tempo para absorver tudo...Mas eu não posso ou consigo odiar você.-Respondo de modo automático,por mais que eu esteja brava e muito magoada,eu nunca a odiaria.-Agora eu tenho que desligar...

Depois de desligar o telefone,eu fico olhando pro céu perdida em pensamentos,que eu nem percebo ele se aproximando.

-Pensamentos profundos?-Diz Liam com uma voz absurdamente sexy,ele senta do meu lado e fica encarando o céu,como eu não respondo ele diz.-É incrível o formato das nuvens não é?-Eu não consigo me controlar e dou risada,esse Liam não parece com o idiota que ele demostrou ser de manhã,ou o que o Niall demonstrou.Ele olha pra mim surpreso e pergunta.-O que foi?

-Nada...Eu só não pensei que você fosse falar sobre as nuvens...Elas são íncriveis mesmo.-Ele parece meio incomodado com a minha resposta mas logo desfaz a carranca que tinha se formado e continua olhando para o céu de um jeito quase inocente,era quase como se ele estivesse em paz.

-Sempre que eu estou tendo um dia ruim,eu olho pro céu,ajuda a me acalmar.-Diz ele como se agente fosse amigo a anos,e não tivéssemos nos conhecido a poucas horas.-Posso te fazer uma pergunta,se você não quiser responder não precisa.-Eu olhei pra ele pronta pra dizer não,mas ele parecia sério,e não tinha sinal nenhum de ironia,ou sarcasmo vindo daqueles lindos olhos castanhos cheios de mistérios.

-Pode.-Ele acenou pra mim,como se achasse que eu iria impedi-lo.

-Foi muito ruim,o que aconteceu entre você e o cara que estavam falando no café da manhã?-Vendo que  eu me retraí com a pergunta,rapidamente ele acrescentou.-Hei,não precisa me dar uma resposta grande,pode ser apenas sim ou não...Ou não me fala nada não é da minha conta.-Vendo que ele estava falando sério,eu percebo que eu posso não conhecer ele,mas eu sei que se ele é tão idiota que nem o Niall disse,porque ele está sendo tudo menos idiota comigo agora,se eu o conhecesse bem eu diria que ele parece até preocupado com a minha resposta que eu ainda não dei,agora eu e ele estamos parados no degrau da varanda olhando para o  céu,como se fosse algo que nenhum dos dois viu.

-Sim...-Depois de minutos de silêncio eu respondo,eu poderia ter dito que não é da conta dele,ou até mesmo mentido e dizendo que não mas...Eu não sei,eu não posso começar uma amizade com mentiras.-Foi ruim.-Liam pensa na minha resposta,por um tempo.

-Olha,eu não sei o que ele te fez,mas eu sei que você é linda.-Diz ele olhando dentro dos meus olhos.Eu fiquei hipnotizada pela sinceridade nos olhos dele.-E me lembra de nunca te deixar brava...Eu tenho um carinho muito especial pelas minhas bolas,elas são muito sensiveís.-Disse ele rindo,e eu não consegui controlar quando eu vi eu estva rindo com ele.E desde que meu mundo desmoronou,essa foi a primeira risada verdadeira que eu dei.

Nós ficamos parados curtindo o silêncio por alguns minutos,olhando para o céu da manhã,como se fosse normal dois estranhos que não se conhecem ficarem curtindo...ou até mesmo desfrutando da companhia um do outro.Talvez eu tenha julgado mau,o Liam talves ele não seja um completo idiota.De repente eu decido quabrar o silêncio,e descobrir algumas coisas dele.

-O Niall me disse que você faz parte da banda dele.Vocês dois são muito próximos?-Ele fica um pouco tenso,eu abaixo a cabeça,e mudo de idéia eu não quero quebrar o silêncio.-Foi mal pela curiosidade,não precisa responder.

-Sim somos.Mas todos da banda somos muito unidos...E não faça mas perguntas não gosto de falar coisas pessoais com pessoas estranhas.-Assim que ele diz isso eu deixo de pensar que ele não é idiota...Porque isso é tudo que ele é.Que idiota eu não posso saber da vida dele mas ele pode saber minha?Não.Ele não vai saber da minha.

-Então da próxima vez,não faça perguntas pessoais a um estranho.-Eu disse pra ele de modo bem rude.E nesse momento eu percebo que ele não esta mesmo acostumado a ser contrariado,porque ele fica tenso,e me olha como se eu tivesse dado um tapa na cara dele.

-Eu disse que você não precisava me falar nada.-Disse ele completamente irritado.

-Dane-se.-Eu digo,me levantando e saindo.Não posso ficar perto de alguém como ele.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...