História Confie em Mim - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Luan Santana
Exibições 25
Palavras 686
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 14 - Capítulo 14


Me sentei em uma cadeira e Luan ficou na minha frente. Suor escorria pelas minhas costas, não de calor, mas pelo medo dele não aceitar o que estava acontecendo. Respirei fundo e me levantei.
-Vai falar o que foi?-ele disse sério e eu assenti. 
-Luan.. eé que você... você sai muito sabe! E agora que estamos namorando queria que ficasse mais tempo em casa! É isso, é isso!
-Tem certeza? Demorou tanto pra pedir isso?-eu assenti com a cabeça meio abaixada.- Claro que posso passar mais tempo em casa, quero saber quando que você vai morar comigo! Sabe eu ando tão sozinho, so tenho a Geo, minha tudo!
-Tudo?-olhei para ele.
-Minha comida, roupa lavada, cama arrumada!
-Fala sério que você não arruma a cama? -ele assentiu sorrindo.-Quer saber? Vamos agora na Minha casa, pra você conhecer a minha família e eu poder ir morar contigo, e te fazer arrumar a cama!
-Ah não! - seguimos o caminho todo sorrindo. Eu sorria por fora, porque por dentro aquilo da gravidez ainda martelava na minha mente. Depois de amanhã pego e vejo como vai ser Minha vida. Chegamos na minha casa, respirei fundo e desci do carro.
-Olha você vai amar minha família! Olha se o Gusta der em cima de você, não ligue ele é gay mesmo! -risos. Abri a porta e Gustavo estava no sofá. -Oii Gusta!
-Oi Sofia e...-ele travou quando viu o Luan. -Quem é? É o famoso Luan? Querido a Sofia fala tanto de você que eu até enjôo!-risos.
-Gusta para pelo amor de Deus, que eu não falo dele!
-Já fez até uma possível biografia! -risos. Meu Deus que vergonha. Nos sentamos ali e Gusta não parava de tagarelar. -E aí? Sofia já te contou? - gelei nesse momento.
-Contar o que?
-Então ainda não contou. .. garota safada!
-Gustavo tá louco? Eu já contei sim! -pisquei o olho pra ele. Eu estava quase levantando e matar o Gusta. -Morrendo de vergonha,  mas pedi sim!
-Ah pra eu não sair muito de noite! Ah de Boa, fico com ela a noite toda se possível!-Luan beijou Minha testa e eu sorri. Minha mãe chegava por ali.
-Quem é esse aí? Novo namorado do Gusta é?
-Meu Deus mãe. . É o Luan! Meu namorado!
-Gostei do tom possessivo!-risos. Luan disse sorrindo, cumprimentou minha mãe. -Nome?
-Dona Margarida! Sem apelidos porque não da pra falar Marga,  e nem só Rida!- risos.
-Sofia tô amando tua família! -sorri de lado e resolvi subir um pouco pro meu quarto, senti dor de cabeça, meu pai logo chegou ali pra completar a bagunça, intreteu o Luan até  a hora do almoço. Eu estava deitada, pensando e refletindo profundamente em exatamente tudo o que estava ocorrendo em minha vida. Empurraram a porta, me sentei rapidamente a senti uma leve tontura. -Oi amor, o que foi? Passei um tempão lá embaixo e nada de cê descer. Aí eu subi, tá na hora do almoço! Bora comer? E depois a gente volta pra agência!-não o respondi.-Sofia? O que foi?
-Nada, bora comer! -segurei firme na mão dele e descemos até a mesa da cozinha, a mesa já estava posta. Nos sentamos e eu apenas obseravava o modo como Luan e minha família se interagiam. -Bora Luan?-ele assentiu, nos despedimos e entramos no carro dele.
-Na Boa amor o que foi? Me fala, confia em mim! 
-Luan não é nada, eu não tenho nada!
-Você tá estranha, e eu vou descobrir o que foi, uma hora ou outra!- Luan odiava o fato de eu esconder algo dele, mas era preciso, até eu checar a verdade de tudo. Passamos o resto do dia na agência, eu apenas evitava falar muito com o Luan, eu odiava fazer aquilo, mas era preciso. Voltei para casa, tomei um banho e me deitei. Luan mandou diversas mensagens não respondi nenhuma, apenas dei Boa noite e dormi.
Hoje acordei, disposta, e não estava nem aí, hoje eu ia naquela clínica, e pegava a droga daquele exame, eles vão me dar, vão aprontar hoje, e eu vou tirar a limpo essa história de uma vez logo..

CONT...


Notas Finais


Aiai


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...