História Confissões de um Vocal


Escrita por: ~


Sinopse:
Em uma espécie de 'diário virtual' Arata conta como foi sua vida até entrar para a P'Saiko e conhecer seus companheiros de banda. Nesse relato ele não deixa escapar suas expectativas, desilusões e seus amores relembrando os fatos mais marcantes dessa jornada.

Os personagens foram criados por Aislyn, Kika Honeycutt(JokerAngel), Kaline Bogard, Litha-chan e Nii-chan.
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Visualizações 31
Favoritos 1
Comentários 4
Listas de Leitura 1
Palavras 8.745
Terminada Não
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Banda, Diário, Originais, Psaiko

Fanfic / Fanfiction Confissões de um Vocal
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Um
0
6
1.715
 
2.
Dois
1
6
1.938
 
3.
Três
1
6
2.185
 
4.
Quatro
1
9
1.847
 
5.
Cinco
1
4
1.060

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por ~Aislyn
Capítulo 4 - Quatro
Usuário: ~Aislyn
Usuário
Eu li aquela hora pelo celular e esqueci de voltar pra comentar! /o\
Talvez porque o morango não merece presente de níver... u.u *vai apanhar do Takeo*

Fico com tanta pena do Hayato nesse começo... o cara larga tudo pra tentar outra vida, mas ainda fica pensando no que deixou pra trás, essa inocência em achar que o Yuu vai sentir falta dele, ou que vai aparecer pra salvar algum dia e chamar pra viverem juntos... vontade de por num potinho e cuidar <3

Hana, você vai ser canonizada. Ela tá super certa, bola pra frente, vida nova, vai atrás dos gatinhos >3 Acho que lá no fundo ela já tinha noção do que ia ver no show, o que ia encontrar e tava pensando em como contar pro Hayato. Os caras seguiram sem ele, sem pensar duas vezes.

Shibuya e sua aura de transformar quase todo mundo em mãe, porque precisa de cuidados XDD Exceto que pra alguns, tem que olhar duas vezes pra cima, pra ter certeza que uma criança daquele tamanho não sabe se virar... ou não causa medo -q Takeo nunca teve essa visão com ele. Foi mais algo 'alguém pra aprontar comigo sem me julgar', por isso que são bons amigos e não sai nada que presta quando juntam.

Você tá la, lendo toda empolgada e... what? Como assim acabou?! Logo ali, do nada?! Ficou curto ¬¬
Se vira e termina o 7 pra começar e 8 e postar mais! ò3ó