História Eu confesso que... - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Agatha, Alexy, Armin, Castiel, Debrah, Kentin, Lysandre, Melody, Nathaniel, Personagens Originais, Rosalya, Viktor Chavalier
Tags Amor Doce
Exibições 11
Palavras 329
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Fantasia, Ficção, Harem, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá! ^^
Desculpem a demora e não estranhem tanto "Confesso" e "Talvez"
Boa Leitura!

Capítulo 2 - Conhecer/ Pensamentos pervertidos


Yasmin - On

"Amizades sinceras são bem melhores do que uma eterna solidão"

Desde que conheci os gêmeos minha vida vem adquirindo um pouco de cor. Armin não é tão sociável mais quando conversamos sinto confiança nele, sinto que ele é alguém importante em minha vida. Confesso que o acho extremamente sexy quando fica concentrado jogando. 

Alexy é muito divertido, não passo 10 minutos sem sorrir com ele, se ele não fosse gay consideraria a possibilidade de ter uma quedinha pelo mesmo. Confesso que tenho vontade de guardar ele num pontinho e o proteger pra sempre. 

"Nem todas atitudes demonstram o que o coração realmente sente"

Castiel, um bad boy da vida. Grosso, irritante, sexy, sarcástico e por aí vai... Talvez a solidão em que ele vivia o fez assim. Vivia... Rosalya cisma que Castiel tem que ir pra "roda de conversa" ela nunca o conseguiu convencer. Talvez com meu senso irônico tenho ganho a confiança dele, fazendo nos tornar bons amigos. Confesso que tenho vontade de dormir com ele algum dia, por curiosidade... (Eita)

Nathaniel, o representante de turma. Correto, dono da razão, Eisten da atualidade... Talvez o modo de ser criado, numa base rígida, tenha oprimido seus sentimentos. Sempre que posso falo com ele, ele é legal. Confesso que tenho vontade de o chamar pra sair e ver um lado mais liberal nele.

"Talvez a beleza esteja no mistério"

Lysandre, o melhor amigo de Castiel. Poeta, fofo, misterioso, gentil... Quase nunca fala sobre si próprio, isso me irrita as vezes ele sabe que sou curiosa. Admiro sua eterna calma. Confesso que as vezes tenho vontade de me vestir de coelho e ficar em seu colo por todo um dia.

"Talvez a rejeição possa mudar alguns atos"

Kentin, ex militar. Fofo, não demonstra sentimentos, baba baby... Talvez o colégio militar que ele frequentou o ajudou a ter mais coragem em questão de atitudes. Confesso que tenho alguns feitiches com militares.

Confesso que tenho vontade de fazer um harém....


Notas Finais


Esse capítulo foi meio que como eu penso a respeito de cada paquera. Espero que tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...