História Conflito de dois corações - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~rafafera1504

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Armin, Castiel, Dakota, Debrah, Kentin, Leigh, Lysandre, Melody, Nathaniel, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Violette
Exibições 42
Palavras 1.025
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Terror e Horror
Avisos: Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Rafafera1504- oi estão gostando pessoal ?

Rafaelacvs - olha esse capítulo vai ser o mais vermelho do mundo😂

Capítulo 2 - Convite para o amor


Fanfic / Fanfiction Conflito de dois corações - Capítulo 2 - Convite para o amor

Dysper on

Minha irmã já tinha uma amiga e eu estava sozinho no fundo da sala quando ouvi um suspiro vindo de um garoto ruivo e parecia ser estilo revoltado e o mesmo me encarava.

- Você está sentado no meu lugar, pode sair se não quiser encrenca - Ele disse e soltei uma risada sarcástica, odeio pessoas convencidas.

- Primeiro que esse lugar não tem dono - Alterei minha voz num tom mais alto me levantando - Segundo que encrenca é o meu segundo nome.

- Então somos irmãos, Castiel - disse ele estendendo a mão e não correspondi.

- Dysper  e não sou de comprimentos, vou sentar na carteira da frente - Disse vendo ele rir e sentar na carteira enquanto eu mudava para a da frente e observei a Melody entrar na sala e se sentou do lado da minha carteira e eu a espiava sem que ela percebesse afinal algo nela me fazia ficar intrigado.

- Ei você tá curtindo ela? - Sussurou o Castiel.

- E se estiver? - Respondi baixo ainda a olhando.

-Tem a Violette que está de olho em você também e isso está na cara dela.

- Quem é essa? Pelo nome dever ser aquela com cabelos violetas suponho - Disse observando a sala e parando meu olhar naquela garota, era meio que óbvio não?

- Ela mesma, é até bonita mas é uma tábua - disse Castiel rindo

- É bem bonita porém não acho que eu irei me interessar nela - Disse e era verdade e até era cedo demais para tirar conclusões.

- Dysper  e Melody podem ir buscar os livros de história para podermos continuar a aula? - disse Fariaze.

- Está bem - dissemos em coro e então fomos até a biblioteca pois lá que estavam os livros didáticos e começamos a procurar o da matéria que estávamos tendo aula porém sem pronunciar uma só palavra,o que fazia ser um silêncio constrangedor para mim.

- Você é bem quieto gatinho - ela disse quebrando o silêncio me fazendo corar, um vermelho que provavelmente se destacava em meu rosto diante minha pele pálida.

- Obrigado pelo "gatinho" - disse ainda vermelho e então por algum motivo que eu ainda tento descobrir o mundo conspira para que eu seja desastrado afinal eu dei um passo para trás e escorreguei no chão molhado e no momento de desespero puxei a Melody comigo, sim eu sei como piorar as coisas

- Você devia tomar mais cuidado sabia? - eu havia caído em cima dela e nosso corpos estavam colados, nossos narizes se tocavam e eu sentia sua respiração e então eu me afastei não depois de passarmos um tempo nos olhando.

- Ah desculpa, vamos pegar logo esse livros... - disse virando meu rosto para o outro lado pois sentia muita vergonha e me levantei pegando alguns livros indo em direção à sala, ou pelo menos a direção que eu pensava que estaria a minha sala.

- É por aqui - Ela disse segurando os livros e apontando na direção contrária à minha. Vou precisar de um mapa para me guiar nessa escola provavelmente.

- Eu sei queria saber se você sabia - Dysper seu tonto, para de fazer piadas para ela, você sabe que não é engraçado e que ela não irá cair nessa desculpa.

- Você é engraçado sabia? - Ela disse rindo.

- E você sabia que você é linda demais?- disse ficando vermelho mesmo que achei um bom momento apropriado para dizer aquilo.

- Obrigada pelo elogio querido - Ela mal me conhecia e já me chamava assim, quanta intimidade digamos... Enfim, não é algo que vale a pena discutir.

Isa on

- Rosa, o Nathaniel não estuda? - perguntei mordendo meus lábios observando que o mesmo não se encontrava na sala.

- Estuda porém ele é um ano adiantado... - disse Rosa com voz de sono devido à aula "interessante" que estávamos tendo.

- Ele namora ? - Perguntei e no fundo sem sabia o porque, afinal eu nem o conhecia e já estava ficando estranho pensar nele não é? E eu realmente tinha que parar com isso.

- Não, ele é tímido e não se abre para ninguém....Por que você está interessada nele? Está gostando dele? Me conta - Disse a vendo voltar a ter ânimo o qual nem tinha durante a aula.
- Não tem o que contar, só que ele me intrigou acho e nem o conheço afinal - Falei revirando os olhos e a Rosa levantou do meu lado e foi até o professor sussurando em seu ouvido e então ela voltou ao lugar ao meu lado com um sorriso maléfico digamos no rosto.
- Vai lá - Ela apontou para a porta.
- Onde? - Perguntei.
- No grêmio e só volte quando tiver sobre o que contar, não se preocupe com o professor eu disse para ele que houve um imprevisto e que você precisaria ir ao banheiro.
- Louca - Disse e sai da sala indo ao grêmio e estava aliviada afinal era horário de aula e ele não estaria lá,o que me deixava feliz devido ao nervosismo porém ele estava lá para a minha surpresa e fiquei paralisada na porta observando ele mexer em alguns papéis porém ele acabou notando minha presença.
- Entre Isabella, precisa de algo? - Ele sorriu vindo em minha direção segurando os papéis ainda.
- Não... Não preciso... - Disse encarando o chão pois estava com bastante vergonha.
- Eu ficaria feliz em conversar com você porém tenho que entregar esses documentos à diretora - Ele disse e assenti e o mesmo passou por mim e pela porta deixando somente o cheiro de seu perfume ali... Rosa, plano falho fofa.
- Posso te perguntar uma coisa? - Ele disse me assustando pois havia voltado - Vai ter uma festa em minha casa e maioria da sua sala vai, quero que saiba que está convidada.
- Sério? Eu irei sim - Finalmente algo realmente diferente e bom para fazer...Ele me convidou e isso me fazia sorrir como uma boba... O que você está fazendo? Pare com isso Isabella.


Notas Finais


Rafaelacvs - espero que tenham gostado do capítulo

Rafafera1504 - ate mais tarde adoro vocês


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...